Kstack cresce 200% com Hunting de profissionais especializados para TI

Kstack cresce 200% com Hunting de profissionais especializados para TI

A Kstack, especializada na oferta de soluções digitais e Hunting com profissionais especializados a partir da seleção de talentos, cresceu 200% nos últimos dois anos em número de vagas fechadas. “A pandemia refletiu diretamente nesse crescimento, pois aumentou muito o número de posições em tecnologia, principalmente para o modelo home office, tanto no Brasil quanto no exterior”, explica Priscila de Oliveira, Head de cultura e pessoas.

Com mais de 100 Huntings fechados no último ano, a empresa destaca que as oportunidades mais requisitadas são desenvolvedores que dominam linguagens como: Java, Node.js, PHP, React, Ruby on Rails, entre outras.

Com a aceleração da Transformação Digital nos últimos dois anos devido à pandemia, o mundo corporativo tem como principal desafio encontrar e reter talentos levando-se em consideração o atual momento altamente aquecido. De acordo com um estudo realizado pela Brasscom – Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) e de Tecnologias Digitais -, a demanda anual de profissionais da área é de 159 mil por ano, com uma projeção de 797 mil vagas até 2025, sendo que 67% destas vagas podem não ser preenchidas por falta de profissionais qualificados.

Com o mercado aquecido e um cenário desafiador na busca de talentos, o Hunting, que em português significa “caça”, tem se destacado no mercado nacional e internacional quando o assunto é o processo de busca do candidato ideal para uma oportunidade aberta. A Kstack, há cinco anos no mercado, já coleciona casos de sucesso com mais de 50 clientes, inclusive internacionais. “A principal meta desse modelo de processo seletivo, o Hunting, é captar os talentos ideais para as vagas, conforme os requisitos desejados e perfil alinhado com a cultura organizacional do negócio”, revela Priscila.

De acordo com a executiva a Kstack vai além da busca do candidato ideal. “Criamos um ecossistema completo e absorvemos todo o processo de recrutamento, onboarding e acompanhamento dos profissionais, respeitando a confidencialidade e adequados com as diretrizes da LGPD, para que realmente os clientes possam manter o foco na rotina do seu negócio”, finaliza a executiva.

Fit Cultural

Um ponto fundamental para a Kstack é conhecer a cultura dentro da empresa do cliente. Priscila destaca que a cultura organizacional é um fator relevante quando a empresa indica os candidatos para posições em aberto. O alinhamento deve começar no início do processo. “Saber quais os valores que a empresa acredita, se os pilares da cultura estão alinhados será determinante para que o candidato indicado tenha fit com a empresa”, observa a executiva.

Outra oferta que também considera o alinhamento cultural e organizacional da empresa disponível na Kstack é o “Profissional Service”, terceirização de profissionais especializados para a área de TI, que se encaixem na cultura da empresa e que tenham as soft skills esperadas para os cargos desejados. Nesse caso a Kstack disponibiliza um consultor Kstack para atuar dentro do cliente alinhado também com o fit cultural e técnico do projeto. “Desde a contratação, até treinamento e responsabilidades, incluindo o acompanhamento semanal e mensal do consultor Kstack dentro do cliente, com avaliações de performance anuais, tudo sob responsabilidade da própria Kstack.

Priscila afirma também que, mesmo na opção Hunting, que busca o profissional e entrega para as empresas o candidato ideal, sendo nesse modelo absorvido totalmente pelo contratado, a Kstack acompanha e analisa a performance de cada um para que ele não fique solto ou sem acesso a informações para evolução do crescimento.

A executiva explica ainda que, nos dois casos, Hunting e Professional Services, soft skills, que são habilidades e competências socioemocionais associadas ao relacionamento no ambiente profissional, são imprescindíveis em cada etapa do processo. “As habilidades variam de acordo com a função a ser desempenhada, mas podemos considerar criatividade, comunicação, colaboração, resolução de problemas, entre outras, que inclusive podem ser aprendidas e melhoradas ao longo do período e da vida profissional”, complementa.

Aprovação do mercado

A Kstack é uma empresa com baixo turnouver dentro dos clientes no caso de Hunting e professional services e sua taxa de turnouver anual foi de 6,8% em 2021. A empresa respeita muito seus candidatos, desde a abordagem até a devolutiva no processo seletivo. “Realizamos o acompanhamento de nossos consultores dentro dos clientes mensalmente e aplicamos avaliações de performance anual”, explica Priscila. “Nossos clientes possuem a percepção de que a Kstack é uma empresa confiável, com entregas rápidas e um ótimo relacionamento com gestores, candidatos e clientes”.

“Outro ponto importante é nossa nota no Glassdoor”, diz a executiva. “Estamos com 4.9 sendo no máximo 5 – sendo que 100% dos consultores e entrevistados recomendam a empresa para se trabalhar. E 96% dos candidatos classificam suas experiências na Kstack como positiva”.

A Kstack é uma consultoria especializada em serviços de Hunting e professional services para o mercado tech. Provedora de soluções digitais para as frentes de negócios, meios de pagamento e agronegócios. Há cinco anos no mercado nacional e internacional, a empresa já alocou mais de 300 profissionais em mais de 50 empresas como: ELOPAR, ACI, MOBLY, ZURICH, UHG, Magalu Lab, Dock.

Comments are closed