RNI lança programa inédito para startups e avança no incentivo a inovação na construção civil

RNI lança programa inédito para startups e avança no incentivo a inovação na construção civil

A construtora e incorporadora RNI, do grupo Empresas Rodobens, dá importante passo em sua estratégia de negócios e no incentivo ao uso da tecnologia na construção civil com o lançamento do Programa Projeta RNI. Direcionada a startups, a iniciativa tem como objetivo estimular ainda mais a vertente de inovação dessas empresas ao incentivar que desenvolvam soluções específicas para o segmento.

“Construir o futuro é ser adaptável e absorver as diversas tecnologias que vêm surgindo. Nesse sentido, uma das tendências na construção civil é a parceria com startups de tecnologia e “construtechs”, promovendo as ferramentas mais criativas e inteligentes para resolver problemas comuns do setor, automatizando processos, reduzindo desperdícios, controlando ou prevenindo problemas, entre outros benefícios. Fomentar essas parcerias é oxigenar o mercado, dialogar com o futuro da construção civil e preparar nosso negócio para o futuro, aumentando a vantagem competitiva, essa é a nossa proposta”, explica Clóvis Sant’Anna, Diretor Técnico da RNI.

O objetivo do Projeta RNI é procurar soluções inovadoras para as necessidades do negócio, com foco em economia, inovação e criatividade. Com a iniciativa, duas startups terão a oportunidade de se tornar parceiras da incorporadora em 2022 ao desenvolver projetos / soluções para dar suporte às necessidades de negócios da companhia em duas diferentes frentes: suprimentos e planejamento de obras. Confira abaixo os destalhes de cada desafio:

Desafio Projeta RNI — Suprimentos

Criar uma solução para mitigar/evitar falhas de escopo, descrição detalhada e correta dos itens a serem contratados, plano contingente para casos em que há falta de projeto e solução para termos um farol integrado com Planejamento, Portal Suprimentos, SAP, e-mail, WhatsApp e Microsoft Teams. Com o alto volume de pedidos gerados pela RNI, muitas vezes é comum que haja reajustes e alterações nos pedidos criados, a proposta e reduzir/otimizar as etapas do processo, para gerar menos atrasos no fechamento/fornecimento. Com isso, as startups têm a missão de desenvolver uma solução que:

  • Enviem aviso pelo financeiro sobre qualquer alteração;
  • Permitam a elaboração de painéis com o farol de Planejamento + Portal Suprimentos + SAP;
  • Faça mapeamento e prevenção de atrasos de solicitações, prazo após fechamento, elaboração de contrato, abertura de chamado, recolhimento de documentações etc.

Desafio Projeta RNI — Planejamento de obras

Criar uma solução que a incorporadora consiga realizar medições precisas e confiáveis, mesmo de forma remota, dispensando a necessidade de viagens frequentes, além de proporcionar um processo mais ágil, simplificado e, ao mesmo tempo, completo à equipe. O grande volume de trabalho manual aliado ao crescente número de empreendimentos em diversas regiões do país tem tornado o acompanhamento das obras cada dia mais complexo. Com isso, as startups têm a missão de desenvolver uma solução que:

  • Permitam medições remotas, através de fotos ou vídeos;
  • Software que compile os dados de medições, gerando gráficos e retroalimentando planilhas de controle de Planejamento;
  • Sistema/software que atualize automaticamente os materiais de acompanhamento de Planejamento, conforme lançamentos/baixas da obra no SAP.

“A construção civil tem como grande dever incentivar o uso de inovação para o desenvolvimento do setor. E as startups têm uma função muito importante, pois, dispõe de modelos de negócio que permitem crescimento acentuado, já que apresentam ideias inovadoras que têm impacto na sociedade. Seguimos em constante reflexão nesta frente, tanto que fomos em busca de novos expoentes que nos auxiliem nesta jornada”, contextualiza Carlos Bianconi, CEO da RNI.

Após a seleção, as empresas iniciantes selecionadas apresentarão suas propostas em um evento no dia 15/12 em São José do Rio Preto, onde fica a matriz da RNI. As duas startups escolhidas darão continuidade à sua relação comercial, bem como para definição das próximas etapas para implantação das soluções, incluindo formalização das negociações.

Comments are closed