Raízen investe na Tupinambá Energia, startup com soluções de recarga elétrica veicular

Raízen investe na Tupinambá Energia, startup com soluções de recarga elétrica veicular

Comprometida com o propósito de redefinir o futuro da energia, a Raízen realiza um importante movimento no mercado liderando a rodada de investimento de R$10 milhões na startup Tupinambá Energia. Criada em 2019, a startup é pioneira no desenvolvimento de soluções de recarga elétrica veicular, operando a infraestrutura de eletro-abastecimento de ponta a ponta, do aplicativo ao carro carregado. A rodada contou também com a participação da empresa de investimentos Plataforma Capital.
 

A Tupinambá possui uma plataforma digital integrada a uma rede de pontos de recarga, possibilitando que diferentes empreendimentos comerciais ofereçam serviço de recarga para veículos elétricos de seus consumidores. O aplicativo Tupinambá oferece uma experiência única, reunindo hoje mais de mil pontos de recarga mapeados o que facilita a jornada dos motoristas ao consolidar a malha de infraestrutura de carregadores elétricos presentes no País. A empresa também gera receita ao disponibilizar painéis publicitários em estações de recarga junto a shoppings e centros comerciais, promovendo experiência diversificada no ecossistema da mobilidade elétrica.
 

“Em meio a uma forte e necessária discussão sobre inovação e tecnologia, a chave do sucesso da Tupinambá é focar nossa solução na experiência do dono de carro elétrico. Para isso, não medimos esforços e atendemos no modelo ponta-a-ponta ajudando o parceiro em todas as etapas do processo de adoção de Mobilidade Elétrica. A parceria com a Raízen e a Plataforma Capital vem justamente para avançarmos ainda mais na construção de uma experiencia única para os nossos clientes”, aponta Davi Bertoncello, CEO da Tupinambá.
 

O Investimento tem o intuito de acelerar o desenvolvimento da rede de recarga no país, fortalecendo ainda mais o software e aplicativo criados pela Tupinambá e criando uma parceria complementar entre Raízen e a Startup, as quais passarão a oferecer soluções em conjunto ao mercado. Como parte da estratégia há a possibilidade da gigante converter seu investimento em participação societária da empresa.
 

Buscando valorizar o impacto do uso de energia renovável para descarbonização do setor automotivo, a parceria com a Tupinambá acelera a estratégia de crescimento em renováveis da Raízen, agregando novas soluções para atender diferentes desafios e necessidades com eficiência e sustentabilidade, além de sustentar a expansão da rede de recarga elétrica no Brasil através de uma experiencia única.
 

“Com a agenda ESG aquecida, as empresas brasileiras estão buscando formas de se tornarem mais verdes, não só no discurso mas, principalmente, na atuação prática. A Tupinambá é a parceira ideal para ajudá-las nesse desafio ao facilitar o investimento na Mobilidade Elétrica” – sinaliza Pedro De Conti, co-fundador da Tupinambá.
 

A parceria também irá complementar e integrar o portfólio da Raízen em Mobilidade Elétrica, que inclui o fornecimento de energia renovável e soluções de abastecimento elétrico para frotas de empresas, e o desenvolvimento de uma ampla rede de recarga rápida através do programa Shell Recharge, anunciado em no final de 2021. Com estas recentes movimentações no mercado, a Raízen fortalece sua estratégia de se tornar um one stop shop de soluções em energia, com produtos e soluções em geração distribuída e comercialização de energia no mercado livre, eficiência energética, certificados de energia renovável e mobilidade elétrica, pautados pela sustentabilidade de fontes limpas e renováveis.
 

“Acreditamos muito no crescimento e na plataforma da Tupinambá, especialmente pelo foco na usabilidade e experiência do cliente ao oferecer soluções mais limpas de energia. A sinergia dos nossos negócios contará com nosso know-how e o suporte das nossas Unidades de Negócio, para que possam crescer de maneira sustentável e escalar rapidamente, transformando a mobilidade elétrica no Brasil”, destaca Frederico Saliba, Vice-Presidente de Energia e Renováveis da Raízen.
 

A aceleração de startups não é novidade para a Raízen. Há quatro anos, a companhia criou o Pulse, um dos grandes hubs incentivadores de inovação aberta do Brasil e importante engrenagem que viabiliza a oxigenação de novas ideias e práticas que enriquecem os diferentes modelos de negócio da companhia. Atualmente, o Pulse colabora diretamente com o desenvolvimento de mais de 50 startups associadas e, nos últimos anos, possibilitou que mais de 70 projetos-piloto fossem ou estejam sendo testados dentro da companhia. A Raízen possui participação societária em startups do setor de Energia (Tyr, Diel e Holu) a partir do acordo de formação de joint venture com o Grupo Gera, que atua com projetos de geração distribuída no Brasil, comercialização e soluções de tecnologia escaláveis.

Comments are closed