Nove a cada 10 candidatos a emprego acham o trabalho híbrido tão importante quanto os benefícios financeiros

Nove a cada 10 candidatos a emprego acham o trabalho híbrido tão importante quanto os benefícios financeiros

Os candidatos a emprego agora veem o trabalho híbrido como um pré-requisito para novas funções, tornando-se tão importante quanto outros benefícios financeiros, incluindo seguro saúde, seguro de vida e proteção de renda em grupo. A IWG, líder global e nacional em espaços de trabalho flexíveis como coworkings e escritórios, encomendou uma pesquisa com o Indeed, maior site de empregos do mundo, com colaboradores e usuários de 2 mil escritórios para entender melhor os principais fatores que impulsionam a tomada de decisões dos candidatos a uma vaga de emprego.

Nove em cada 10 trabalhadores (88%) disseram que o trabalho híbrido foi um fator importante na procura de um novo emprego este ano, colocando-o ao lado de benefícios como seguro de saúde e proteção de renda em grupo (ambos 88%) e à frente do seguro de vida (84%), férias ilimitadas (76%) e licença parental prolongada (71%). Os números surgem quando o mercado de trabalho do Reino Unido passa por um abalo significativo após a pandemia, com dados do governo revelando a maior taxa de pedidos de demissão desde 2009, causando um recorde de vagas de emprego.
 

Híbrido como padrão 

O estudo apontou que as buscas pelo termo “híbrido” aumentaram 6,5%, tornando-o um dos mais pesquisados na plataforma Indeed. A possibilidade de trabalhar remotamente também é valorizada entre os candidatos a emprego. A procura por trabalho remoto nas vagas aumentou consideravelmente (+666%), representando 2,3% de todas as pesquisas. Isso mostra o desejo das pessoas de trabalhar mais perto de suas comunidades locais, com 60 % dos entrevistados confirmando que gostariam de um espaço de trabalho a 15 minutos de sua casa.

A pesquisa do IWG mostra ainda que o trabalho híbrido está se equiparando ao salário, pensão e férias como os principais fatores a serem considerados em uma nova oportunidade profissional. Quando questionados sobre os benefícios mais importantes em uma vaga os funcionários de escritório classificaram o trabalho híbrido (43%) como mais importante do que a cultura da empresa (27%), patrimônio e bônus (27%), potencial de progressão (30%) e novos colegas (32%). Metade (49%) dos trabalhadores de escritório disseram que descartariam imediatamente empregos que não oferecessem trabalho híbrido.

Os funcionários também identificaram vários benefícios para o trabalho híbrido: 67% disseram que melhorou o equilíbrio entre trabalho e vida pessoal, enquanto 37% citaram a melhora na saúde mental e no bem-estar. Mais de um terço dos colaboradores responderam que o trabalho híbrido reduziu a carga de deslocamento e 31% relataram aumento na produtividade.
 

A ascensão do trabalho perto de casa 

Dados adicionais do IWG mostram como a popularidade do trabalho híbrido está impulsionando a demanda por espaços de escritórios suburbanos e rurais. As pessoas estão evitando longos deslocamentos diários e, em vez disso, optam por trabalhar de forma flexível nas comunidades locais. A demanda por escritórios rurais e suburbanos da IWG cresceu 29% em 2021.

De acordo com Instituto Nacional de Estatísticas Britânico (Office for National Statistics), as vagas de emprego subiram para um novo recorde, no período de dezembro de 2021 a fevereiro de 2022 foram mais de 1,3 milhão de oportunidades criadas, enquanto a proporção de desempregados para cada vaga teve um novo recorde de baixa. Essa tendência levou os empregadores a oferecer benefícios cada vez mais competitivos.

Mark Dixon, CEO da IWG, comentou: “Com um mercado de trabalho dinâmico após alguns anos desafiadores, os trabalhadores estão exigindo mais de seus empregadores e de suas funções. Já se foram os dias em que o salário era o único fator ao se considerar uma oferta de emprego, e nada melhor demonstra isso do que a ascensão do trabalho híbrido.”

“O deslocamento diário é uma prática cara e desnecessária, e é claro que os trabalhadores em todo o Brasil estão retomando o controle desse tempo. Os empregadores que não oferecem trabalho híbrido vão perder os melhores talentos. Os funcionários não apenas se beneficiam de um equilíbrio entre vida profissional e pessoal, mas ao optarem pelo modelo híbrido, as empresas podem economizar uma média de U$11 mil por funcionário.”, finaliza Dixon.

O número de funcionários que visitam a rede da IWG aumentou constantemente nos últimos meses, demonstrando uma demanda crescente por soluções de trabalho híbridas. Somente em 2021, a IWG adicionou mais de dois milhões de novos clientes à sua rede global de espaços de trabalho flexíveis.

Comments are closed