Abstartups e Sebrae lançam mapeamento de startups paulistas

Abstartups e Sebrae lançam mapeamento de startups paulistas

Para compreender as diversas atuações e vocações do ecossistema paulista, a Associação Brasileira de Startups, entidade sem fins lucrativos que promove o ecossistema brasileiro de startups, em parceria com o Sebrae for Startups, núcleo do Sebrae-SP que trabalha para impulsionar São Paulo a hub global de inovação, lançou o Mapeamento de Startups do Estado de São Paulo 2021 e o Mapeamento de Comunidades do Estado de São Paulo 2021.

O intuito dos mapeamentos é de dar visibilidade para os diferentes polos de startups no estado de SP, mostrando as características de cada região e o perfil das startups, além de valorizar o papel das comunidades de empreendedores e dos atores de cada um dos ecossistemas..

No mapeamento de levantamento, foram selecionadas como destaques os polos de startups das regiões de Bauru, Barretos, Campinas, Piracicaba, Região do ABC, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté.

Para o Mapeamento de Startups do Estado de São Paulo 2021, foram mapeadas inicialmente em torno de 970 startups, sendo 924 startups ativas, espalhadas em mais de 77 cidades do Estado de São Paulo. Traçando os perfis da Pessoa fundadora, Perfil da Startup, Investimentos, Diversidade e Empregabilidade. O intuito desse mapeamento foi dar à luz das Startups paulistas e as melhores regiões do Estado para se empreender.

O Mapeamento de Comunidades traz dados relevantes sobre o ecossistema paulista, através da investigação mais profunda inicialmente, de dez comunidades para orientar cada vez mais, tomadas de decisões pautadas em dados e inteligência. A partir destes dados coletados e apresentados neste e nas próximas edições do estudo, será possível fomentar o empreendedorismo local, construir uma jornada de desenvolvimento com lideranças e formar em conjunto, um cenários cada vez mais próspero e de impacto para o Estado de São Paulo. As regiões mapeadas são: Bauru, Barretos, Campinas, Piracicaba, Região do ABC, Ribeirão Preto, São Carlos, São José dos Campos, Sorocaba e Taubaté.

Diretor de Comunidades da Abstartups e um dos responsáveis pela parceria, Danilo Picucci afirma que os mapeamentos serão essenciais para ajudar as entidades de fomento a Startups e o poder público com informação de qualidade. “O primeiro passo para construir bons programas de fomento, privados ou públicos, começa por entender a realidade das cidades e regiões, de forma a entender os pontos fortes e fracos e assim endereçando assertivamente.”, explica Picucci.

Os estudos mostram o quão relevante é se olhar para o entorno da capital e interior do Estado de São Paulo; é importante estar mais próximo e trabalhar com as iniciativas das cidades mais distantes. “Acreditamos no poder da coletividade, ouvir histórias individuais e conjuntas é fundamental para entender as potencialidades de uma localidade e mostrar como construir algo maior. Nossa missão é dar protagonismo para as startups, comunidades e cidades paulistas com potencial empreendedor” , diz Michel Porcino, Head do Sebrae For Startups.

Comments are closed