Startup de Logística tem aporte de R$2 milhões em rodada de pre-seed

Startup de Logística tem aporte de R$2 milhões em rodada de pre-seed

Solução inovadora de tecnologia para a gestão de toda a cadeia logística de exportação de celulose, granel e carga solta, a Hexagon Pro é uma startup que já nasceu grande. Com investimento acima de R$ 2 milhões no primeiro ano, por meio de um aporte em rodada de pre-seed, e mais de 20 colaboradores dedicados ao desenvolvimento do produto, a empresa é a resposta para um setor bilionário, mas que, em sua maioria, ainda controla suas cargas com ferramentas antiquadas ou mesmo manuais.

Recém aprovada no Cubo, considerado o maior hub de tecnologia e empreendedorismo da América Latina, a startup atua no setor portuário com soluções de tecnologia que unificam a gestão de toda a cadeia de exportação, revolucionando, assim, a logística no maior porto da América Latina, o de Santos, com expansão para toda a cadeia de commodities em território nacional.

“Nós observamos que não existia no mercado brasileiro nenhuma solução que unificasse a gestão da exportação de celulose. E foi o que criamos: um conjunto de sistemas voltado para área logística, principalmente para celulose e que agora está se expandindo também para gestão de granel sólidos e carga solta. Nossas soluções permitem reunir e processar dados para a gestão operacional, identificar gargalos na produtividade e potencializar, portanto, a geração de resultados”, explica o CEO da Hexagon Pro, Luiz Simões.

Melhora na qualidade da operação logística em diversos aspectos, com mais controle, segurança, agilidade, além de redução de custos e economia em aproximadamente 20%. Esses são apenas alguns dos principais benefícios que a solução da Hexagon Pro tem proporcionado aos terminais de celulose. “É um ganho de qualidade, otimização de tempo e pessoas. E esses números tendem a subir já que as exigências da Receita Federal têm aumentado e os terminais portuários alfandegados precisam informar as movimentações de carga, cada vez mais, com muita precisão e velocidade”, avalia Luiz Simões.

Nascida dentro da ModalGR, empresa de serviços de tecnologia, a Hexagon Pro assumiu sua independência em outubro de 2021. Em apenas cinco meses de operação, já conquistou clientes que movimentam mais de 1 milhão de toneladas de exportação de celulose. Com essa expertise na área logística portuária, prevê um crescimento exponencial nos próximos 12 meses, com expectativa de faturar R$ 3 milhões neste primeiro ano.

“Nascemos no maior Porto da América Latina, com suporte, conhecimento e investimentos da maior consultoria de negócios e tecnologia para logística do Brasil. Para entregar soluções que tragam impacto positivo ao negócio, utilizamos o melhor em processos, propondo melhorias operacionais, implementando inovação, aumentando a eficiência e entregando resultados”, complementa o CTO da Hexagon Pro, Leandro Duca.


Ecossistema de inovação

Não foi à toa que uma das primeiras ações que o CEO da Hexagon Pro, Luiz Simões, tomou em relação à startup foi procurar se aproximar de um hub de inovação, como o Cubo. Conforme conta o empreendedor, um dos grandes “motores” do time é o compartilhamento de aprendizados para auxiliar o desenvolvimento de pessoas e do ecossistema em que a startup está inserida.

“Na Hexagon Pro, temos uma cultura muito forte de incentivar a inovação, compartilhar o conhecimento e trabalhar na formação de pessoas. Acreditamos que isso fomenta o mercado e todos saem ganhando. Por isso, fizemos tanta questão de estar em um hub de inovação, como o Cubo, para podermos mostrar nossa experiência, ensinar e aprender com todos do ecossistema”, diz Simões.

As conexões entre grandes empresas, investidores e startups faz com que o Cubo seja o mais relevante hub da América Latina, pois fomenta o empreendedorismo tecnológico. Para estarem no Hub, as startups passam por um processo de seleção e curadoria intensos, que conferem a elas um “selo Cubo” de excelência para o mercado. O processo seletivo é formado por um board que conta com equipes do Cubo, Itaú e Redpoint.

“Recebemos o convite para realizarmos um pitch para a vertical de Logística do Cubo em novembro de 2021, coincidentemente durante nossa visita ao Web Summit – Lisboa, maior evento do mundo de inovação e tecnologia que acontece em Portugal. Ficamos honrados com o convite e extremamente felizes em termos sido selecionados, pois sabemos que é um processo muito rigoroso e que seleciona as startups com grande potencial de crescimento. Tudo isso nos deu mais incentivo para acelerarmos cada vez mais”, comenta Luiz Simões.

Para 2022, o planejamento da Hexagon Pro é ambicioso e prevê um crescimento exponencial sustentado pelas novas tecnologias que serão lançadas no primeiro semestre, permitindo maior escalabilidade para empresa e seus clientes. “Todos esses planos já estão sendo executados, inclusive com os primeiros clientes fora do porto de Santos já em negociação, ultrapassando a região litorânea e adentrando pelo Brasil, com o avanço da ferramenta no atendimento ao agronegócio. Com esse potencial já são esperadas conversas com fundos de investimento para acelerar ainda mais o desenvolvimento e viabilizar a internacionalização da empresa aproveitando os contatos já feitos na Europa e Estados Unidos”, conclui o empreendedor.

Comments are closed