KPMG anuncia as 10 startups brasileiras finalistas para disputa de prêmio global de inovação

KPMG anuncia as 10 startups brasileiras finalistas para disputa de prêmio global de inovação

A KPMG anuncia a lista das 10 startups brasileiras finalistas para a etapa nacional da premiação internacional “Global Tech Innovator 2022”. A iniciativa, liderada pela KPMG, tem o propósito de reconhecer startups inovadoras de rápido crescimento. O objetivo também é apoiar empresas com potencial de progredirem nos negócios e ajudar os principais inovadores tecnológicos globais interessados em assumir a liderança do mercado no futuro. As selecionadas comprovaram o uso de tecnologias inovadoras, modelos de negócios robustos, capacidade de demonstrar tração e potencial de expansão. A relação das 10 startups finalistas brasileiras é a seguinte: Alana AI, DIVIHUB, Doc4Doc, Mimo Live Sales, Olympos, SDW, Tato, Techtrials, Trace Finance, e UNIKE.

“Participar dessa premiação internacional significa estabelecer um networking único e ter o reconhecimento de grandes líderes de negócios, investidores e influenciadores globais. As startups selecionadas comprovam que esse ecossistema brasileiro está cada vez mais maduro e inovador. Temos condições de entregar resultados relevantes para a sociedade e apoiar o crescimento contínuo dos empreendedores tecnológicos que estão transformando o mercado”, afirma Diogo Garcia, sócio-diretor e líder do Programa Emerging Giants e da Premiação da KPMG no Brasil.

Na próxima fase seletiva, cada empresa selecionada fará o seu Pitch e responderá a perguntas de um corpo de jurados renomado no mercado: Carolina de Oliveira (KPMG), Diego Stone (Krilltech), Guilherme Lima (Astella), Gustavo Brigatto (Portal Startups), Gustavo Chamati (Mercado Bitcoin), Gustavo Gierun (Distrito), Ingrid Barth (Linker/Associação Brasileira de Startups), Maria Alice Frontini (MIT & MIT Sloan Club of Brazil), Marienne Coutinho (KPMG), Paulo Rogério (Vale do Dendê), Pedro Waengertner (ACE) e Sandra Regina Boccia (Editora Globo).

As finalistas serão pontuadas em seis critérios de avaliação: disrupção e inovação, potencial de mercado, adoção do cliente, tração de mercado e marketing, potencial de longo prazo e qualidade da apresentação (pitch). A startup vencedora terá os custos de passagem aérea, hospedagem e credencial para a edição global arcados pela KPMG Brasil e terá ainda a oportunidade de expor seus produtos e/ou serviços no evento, será destaque no “Winners Report” e no relatório trimestral do Venture Pulse 2022 da KPMG Global.

“Esta é uma excelente oportunidade para as startups brasileiras no early stage. Os empreendedores brasileiros poderão se conectar ainda mais no ecossistema de crescimento de negócios, onde encontrarão tecnologias inovadoras e modelos operacionais robustos. Além disso, terão a oportunidade de demonstrar a relevância das suas operações e atingir escala global. Recebemos inscrições de startups que estão fazendo a diferença, todas com o uso intenso de tecnologia e foco na resolução de problemas da sociedade”, afirma Jubran Coelho, sócio-líder da área de Private Enterprise da KPMG no Brasil e na América do Sul.

A vencedora brasileira participará da etapa final do prêmio em Lisboa, Portugal, em novembro, durante o Web Summit 2022, quando representantes de 23 países terão a oportunidade de apresentar seus negócios a um painel internacional de jurados. Os participantes previstos incluem: África do Sul, Austrália, Brasil, Canadá, China, Colômbia, Dinamarca, Alemanha, Irlanda, Israel, Índia, Japão, Dinamarca, México, Holanda, Noruega, Portugal, Qatar, Arábia Saudita, Espanha, Taiwan, Reino Unido e Estados Unidos.

Apenas uma grande vencedora será anunciada na final do KPMG Private Enterprise Global Tech Innovator 2022. A startup ganhadora será vista como líder em inovação tecnológica e seu founder terá a oportunidade de ser reconhecido como um dos empreendedores tecnológicos mais inovadores do mundo. Além disso, a vencedora poderá se conectar com players renomados do ecossistema de inovação, especialistas do setor e investidores. A edição 2021 do Global Tech Innovator atraiu cerca de 700 concorrentes de todo o mundo, ano em que a empresa brasileira Krilltech foi a grande vencedora global após uma intensa competição com outros 16 finalistas.

Comments are closed