Google for Startups Brasil anuncia R$8,5 milhões para novos investimentos em startups fundadas e lideradas por pessoas negras

Google for Startups Brasil anuncia R$8,5 milhões para novos investimentos em startups fundadas e lideradas por pessoas negras

O Google for Startups Brasil anuncia nesta quinta-feira (17) R$8,5 milhões para o Black Founders Fund, iniciativa que investe recursos financeiros, sem qualquer participação societária, em startups fundadas e lideradas por negros no Brasil. Lançado em setembro de 2020, o fundo já investiu R$5 milhões em 33 startups, e agora, durante cerca de 18 meses, irá investir o novo valor adicional em empresas que estejam buscando investimentos em estágio pre-seed e seed

“O ecossistema de inovação brasileiro evoluiu em diversos aspectos nos últimos anos, inclusive quando o assunto é diversidade. Desde 2020, vimos as startups investidas pelo Black Founders Fund darem passos firmes em direção ao crescimento. Exemplo disso é que 85% das startups do fundo cresceram suas equipes após entrada no programa, gerando 170 novos empregos. É gratificante poder investir em novas startups e colaborar com mais empreendedores nos próximos anos”, celebra André Barrence, Diretor do Google for Startups na América Latina.

O Google for Startups também divulgou outras quatro startups investidas como parte da  iniciativa: Octa, Unmaze, UX Para Minas Pretas, e Yoobe. “As startups nos mostraram que estão prontas para dar o seu próximo passo de crescimento e queremos apoiá-las nesta trajetória”, explica Barrence.

Para se candidatarem para os novos aportes do Black Founders Fund, as startups devem, além de buscar uma rodada de investimento pre-seed ou seed para financiar o próximo estágio de desenvolvimento, oferecer uma solução criada com base em tecnologia e já ter um negócio em operação, ou seja, já ter um produto lançado com alguns usuários e possíveis clientes. Os empreendedores também precisam indicar como planejam usar o recurso. As inscrições permanecem abertas por meio do formulário no site da iniciativa

As empresas ainda receberão créditos em produtos do Google e terão à disposição uma rede de mentores para ajudar a endereçar seus desafios. Além disso, poderão ser selecionadas para participar dos outros programas realizados pelo Google for Startups no Brasil, como Growth Academy e Google for Startups Accelerator.

A iniciativa conta ainda com duas instituições colaboradoras, o Vale do Dendê e a Preta Hub, que seguem indicando empresas que acreditam terem potencial e preparo para receber o capital. Essas instituições também têm atuado ao lado do Google for Startups para oferecer sessões de treinamento para mentores e realizar fóruns sobre diversidade racial para engajar líderes e players importantes da indústria de tecnologia. Mais informações sobre o fundo podem ser encontradas aqui.

Conheça as novas empresas selecionadas:

Octa: Empresa que transforma a cadeia automotiva em economia circular, por meio de soluções digitais que visam profissionalizar o setor de desmontagem veicular facilitando a reciclagem e o acesso a peças usadas de pessoas e empresas.

UnmazePlataforma online de ensino de inglês que conecta alunos e professores.

UX Para Minas Pretas: Iniciativa para facilitar o acesso de mulheres negras em UX Design, estimular a empregabilidade e promover o compartilhamento de conhecimento e articulação em rede.

Yoobe: A Yoobe é uma plataforma que automatiza todo o processo de criação, produção, logística e entrega de produtos que promovem a cultura corporativa, engajando e conectando times, parceiros e clientes.

“Essas foram as últimas startups selecionadas durante os primeiros 18 meses do Black Founders Fund. Com os novos investimentos seguimos firmes no nosso compromisso de colaborar para ampliar a diversidade racial entre as startups brasileiras.”, completa André Barrence.

Comments are closed