Gerdau investe em nova plataforma de geração de energias renováveis

Gerdau investe em nova plataforma de geração de energias renováveis

A Gerdau, maior empresa brasileira produtora de aço, anuncia, hoje (29), uma parceria com a Newave Capital (NW Capital), gestora de investimentos brasileira focada no setor de energia, para aquisição de participação societária no capital social da plataforma de geração de energias renováveis Newave Energia. A nova empresa contará com participação de 33,33% da Gerdau, por meio de sua divisão de novos negócios – Gerdau Next -, e de 66,67% da NW Capital. A formalização da operação está sujeita a condições precedentes usuais em operações desta natureza, inclusive a aprovação por parte das autoridades concorrenciais.

O negócio também inclui a aquisição de energia de longo prazo, pela Gerdau e suas controladas, correspondentes a até 30% da energia gerada pelos projetos de geração de energia detidos direta ou indiretamente pela Newave Energia e suas controladas, em regime de autoprodução. A operação visa gerar maior competitividade nos custos de produção de aço, além de abastecer as unidades industriais da Gerdau no País com energia renovável, como parte de seu compromisso de reduzir suas emissões de gases de efeito estufa.

A Newave Energia nasce com o objetivo de desenvolver projetos greenfield de geração de energia elétrica com capacidade de aproximadamente 2,5 GW, exclusivamente de fonte solar ou eólica, com expectativa de início de geração nos anos de 2025 e 2026, e de investir em projetos brownfield e em atividades de comercialização de energia elétrica, seja na modalidade varejista, direcional e/ou transações de pré-pagamento.

A Gerdau Next investirá até R$ 1,5 bilhão na Newave Energia, dividido em duas etapas. Na primeira fase, a empresa aportará o valor de R$ 500 milhões ao longo de 2023, enquanto a segunda etapa contempla o investimento de até R$ 1 bilhão, condicionado ao atingimento de determinadas metas de performance. Por sua vez, o investimento realizado pela NW Capital, em conjunto com Fundos de Investimentos distribuídos pela XP Investimentos, será de R$ 1 bilhão em 2023 e, em uma segunda fase, de até R$ 2 bilhões a serem subscritos por investidores conforme captação via mercado.

O investimento na Newave Energia reforça a missão da Gerdau Next de diversificar o portfólio de negócios da maior empresa brasileira produtora de aço em segmentos estratégicos como a sustentabilidade, que hoje já conta com outros projetos de energia renovável, como a construção de parques solares no Brasil. “Esta nova iniciativa reforça o compromisso da Gerdau de reduzir suas emissões de gases de efeito estufa nos próximos anos no Brasil e nas Américas, construindo um futuro ainda mais sustentável para todos, também por meio de aportes em energia e renovável”, afirma Juliano Prado, vice-presidente da Gerdau e líder da Gerdau Next.

Com este investimento, a Gerdau prevê uma redução de cerca de 189 mil tCO²e por ano ou aproximadamente 9,6% das emissões de Escopo 2 da produtora de aço (ano-base 2021).

A Gerdau visa reduzir suas emissões de gases de efeito estufa dos escopos 1 e 2 de seu inventário, para 0,83 t de CO₂e por tonelada de aço em 2031, valor aproximadamente 50% inferior à média global da indústria do aço. Hoje, a empresa possui uma das menores médias de emissão de gases de efeito estufa (CO₂e), de 0,90 t de CO₂e por tonelada de aço, quando comparada com a média global do setor, de 1,89 t de CO₂e por tonelada de aço, segundo os dados de 2020 divulgados pela World Steel Association (worldsteel).

“A Newave Capital nasce para ocupar o espaço pouco explorado no mercado financeiro brasileiro de gestoras de investimentos com profundo conhecimento técnico, experiência on the ground e foco no setor elétrico. E a sociedade com a Gerdau traz ao projeto a robustez e governança necessárias desde o início. O mercado de infraestrutura tem muito potencial e a transição para uma matriz energética limpa é uma tendência global. Estamos contribuindo para a construção de um futuro mais sustentável”, afirma Edgard Corrochano, sócio-fundador da Newave Capital.

Comments are closed