CODE School: Fundação Grupo VW lança academia de programação

CODE School: Fundação Grupo VW lança academia de programação

O mercado de Tecnologia da Informação é um dos mais aquecidos em todo o mundo, e no Brasil não é diferente. De acordo com pesquisa publicada pela Associação Brasileira das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom) em dezembro de 2021, a demanda por esses profissionais é crescente, devendo chegar a 797 mil vagas até 2025. Por outro lado, o déficit anual de profissionais deve superar a cifra de 100 mil.
 

Com o objetivo de formar jovens e adultos em situação de vulnerabilidade socioeconômica em conteúdos de programação (coding) e desenvolvimento, a Fundação Grupo Volkswagen está lançando o projeto CODE School: Academia de Programação e Desenvolvimento. A iniciativa irá priorizar pessoas pertencentes a grupos minorizados (mulheres, pretos, pardos, indígenas, pessoas com deficiência e pessoas da comunidade LGBTQIA+), além daquelas com menor renda familiar per capita. Serão oferecidas 64 vagas, em duas turmas.

“A Fundação Grupo Volkswagen tem a mobilidade social como uma de suas causas prioritárias de atuação. Ao mesmo tempo, a procura por profissionais de TI é uma realidade em todos os setores econômicos, situação que deve se ampliar nos próximos anos. Por isso, idealizamos o projeto CODE School, pelo qual vamos incentivar a empregabilidade de jovens e adultos de comunidades vulneráveis, com um olhar especialmente atento à diversidade e à inclusão”, explica Douglas Pereira, Presidente do Conselho de Curadores da Fundação Grupo Volkswagen e Vice-Presidente de Recursos Humanos da Volkswagen do Brasil e Região América do Sul.

Com duração aproximada de 13 meses, as formações, realizadas pelo SENAI-SP, serão 100% presenciais, gratuitas, e acontecerão de segunda a sexta-feira, no período noturno (das 19h às 22h), nas instalações da Escola SENAI Paulo Skaf. A unidade está localizada em São Caetano do Sul (SP), a poucos metros da Estação da CPTM. As aulas têm início previsto para fevereiro de 2023 e o curso está dividido nos seguintes módulos obrigatórios:

• Programação Full Stack (carga horária de 600 horas)

• Java para Mobile Android (carga horária de 40 horas)

• Kotlin para Mobile Android (carga horária de 60 horas)

“O conteúdo do curso foi totalmente construído a partir das contribuições de profissionais da Volkswagen do Brasil, Volkswagen Caminhões e Ônibus e Volkswagen Financial Services, empresas do Grupo VW que fazem parte da governança da Fundação. Além disso, dezenas de colaboradoras e colaboradores se voluntariaram para atuar na mentoria durante o projeto. Esse time vai acompanhar as alunas e os alunos e apresentar desafios para serem resolvidos ao longo da jornada formativa. Com isso, queremos estar próximos desse time de talentos”, concluiu Douglas.

Quem pode participar? Pré-requisitos

• Ter 18 anos de idade completos no momento da matrícula*

• Possuir, no momento da matrícula, Formação Técnica Completa em Desenvolvimento de Sistemas, Informática, Redes de Computadores, Multimídia, Jogos Digitais; OU ser formado ou estar cursando a partir do 2º ano de curso de Ensino Superior em área correlata; OU ter concluído um curso de Qualificação Profissional de, no mínimo, 160 horas em Programação Web ou Mobile e, neste caso, ter concluído também no mínimo o 1º ano do ensino médio ou estar matriculado em curso que lhe permita concluí-lo até a data de início das aulas.

• Ter disponibilidade em participar das aulas e demais atividades previstas pelo projeto, nos horários e condições estabelecidos.

• A seleção será feita considerando menor renda familiar per capita, além da priorização de pessoas pertencentes a grupos minorizados (mulheres, pretos, pardos, indígenas, pessoas com deficiência e pessoas da comunidade LGBTQIA+).

*Matrícula prevista para fevereiro de 2023

Inscrições

As inscrições estão abertas até 11 de dezembro de 2022 por meio de formulário eletrônico disponível neste link.

Serão pré-selecionadas até 300 pessoas candidatas, observando os pré-requisitos acima mencionados. Elas deverão realizar Prova de Conhecimentos em Matemática e Português a ser aplicada pelo SENAI Paulo Skaf em data e local que serão comunicados às pessoas pré-selecionadas. As aulas têm início previsto para fevereiro de 2023.

Comments are closed