Brasil é o país com maior taxa de aumento salarial da América Latina nos últimos seis meses

Brasil é o país com maior taxa de aumento salarial da América Latina nos últimos seis meses

Dados do Global Hiring Report, relatório semestral realizado pela Deel – líder global em gestão de pagamentos internacionais – indicam que o Brasil é o país da América Latina onde os trabalhadores tiveram maior taxa de aumento salarial nos últimos seis meses. Com um acréscimo de 174% em relação ao último semestre de 2021, o país lidera o ranking da América Latina e é o segundo colocado mundialmente, ficando atrás apenas da Itália, que apontou 175% de crescimento no mesmo período. 

A pesquisa indica que esse aumento se deve, principalmente, ao desenvolvimento do setor de tecnologia, que desempenhou um papel fundamental para o País nos últimos anos, com o advento da pandemia ao redor do mundo. Em comparação ao último semestre de 2021, o salário de profissionais de áreas de sucesso do cliente, por exemplo, cresceu 228%. Já a remuneração para engenheiros de qualidade aumentou em 155%, e profissões ligadas a dados e produtos tiveram salários 147% e 124% mais altos, respectivamente.

De acordo com o levantamento, que analisa dados com base em mais de 100 mil contratos realizados em mais de 150 países por meio da plataforma da Deel e leva em consideração as funções para as quais a Deel possui contratos ativos, mostra ainda que os países que mais contratam talentos brasileiros são Estados Unidos, Reino Unido, Canadá, Alemanha e Irlanda. Além disso, a pesquisa indica que a maior parte dos brasileiros contratados por meio da Deel são jovens entre 25 e 34 anos (62%) e as posições mais procuradas no país envolvem as áreas de Engenharia de Software, Desenvolvimento e Design. 

Cristiano Soares, Country Manager da Deel no Brasil, comenta que, graças à evolução do trabalho remoto, o recrutamento global de talentos tornou-se um fenômeno multilateral, não mais limitado a determinados países. “Na Deel entendemos que se as empresas querem acessar os melhores talentos, fronteiras devem ser quebradas e os números deste relatório comprovam isso. Em particular, o talento brasileiro, por exemplo, é um dos mais procurados e tem sido um dos mercados que mais viu crescimento salarial no último semestre. Podemos atribuir isso à qualidade universitária, a ampla gama de profissionais de diferentes especialidades, com alto nível de inglês e a cultura amplamente divulgada de horários mais flexíveis, em comparação com outros mercados”, explica o executivo. 

Outros dados do Global Hiring Report apontam que:

  • De todos os países da América Latina, Argentina, Brasil e México têm o maior número de trabalhadores remotos contratados por organizações globais.
  • No Brasil, 3% dos saques de pagamento de pessoas contratadas pela Deel realizados são em criptomoedas. Bitcoin, Ethereum e USDC são, respectivamente, as três moedas mais escolhidas no país. 
  • Na América Latina, as contratações internacionais cresceram 161% no último semestre e continuam aumentando, sendo a região com o maior número de empresas contratando no exterior, seguida pela Ásia-Pacífico.
  • A Argentina está em terceiro lugar na lista dos países mais atrativos do mundo para contratar trabalhadores do exterior, atrás das Filipinas e dos Estados Unidos.

Comments are closed