ABDE e BID assinam acordo de cooperação para auxílio às micro, pequenas e médias empresas

ABDE e BID assinam acordo de cooperação para auxílio às micro, pequenas e médias empresas

Objetivo do acordo é fortalecer os associados da ABDE e suas capacidades de articulação e metodologias de ação para impulsionar o financiamento às MPMEs

A Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), entidade composta por bancos de desenvolvimento, agências de fomento e cooperativas de crédito de todo o país, assina nesta segunda-feira (21) acordo de cooperação com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O documento abre portas para ampliar ações de apoio às micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), severamente afetadas pela crise da economia. O convênio será celebrado em reunião virtual entre a presidente da ABDE, Jeanette Lontra, e representante do BID no Brasil, Morgan Doyle.

O objetivo da cooperação é fortalecer os associados da ABDE e suas capacidades de articulação, incluindo novas formas e metodologias de ação, para impulsionar o financiamento às MPMEs. O acordo também pretende contribuir para acelerar o desenvolvimento regional sustentável, o fortalecimento das competências digitais de instituições do Sistema Nacional de Fomento e a inclusão digital das MPMEs.

Composto por instituições financeiras de desenvolvimento (IFDs) públicas e privadas, incluindo bancos públicos e de desenvolvimento federais e estaduais, agências de fomento, bancos cooperativos, além da Finep e do Sebrae, o Sistema Nacional de Fomento (SNF) tem trabalhado ativamente para socorrer às MPMEs da crise causada pela pandemia.

Nos últimos dois anos o SNF desembolsou R$ 48,7 bilhões através do Pronampe, equivalente a 78% dos recursos repassadas pelo programa. A maior parte dos recursos foi disponibilizado para pequenas empresas, totalizando R$ 47,3 bilhões, equivalente a 75,7% do total. Já as microempresas contrataram R$ 15,1 bilhões, o que corresponde a 24,3% dos recursos.

Comments are closed