Tag transportes

Programa de startups do Governo de São Paulo abre espaço para soluções na área de Transporte

O Pitch Gov.SP 2.0 receberá propostas de startups que ajudem a melhorar ainda mais as estradas paulistas sob concessão e também os serviços de transporte intermunicipal regulados e fiscalizados pela Artesp

Já estão abertas as inscrições para a segunda edição do Pitch Gov.SP para novos projetos que aproximem o Governo e startups na busca de soluções inovadoras para os desafios da administração pública, com a finalidade de melhorar os serviços ao cidadão.

Neste ano, pela primeira vez estão sendo apresentados desafios para que as startups busquem soluções também na área de Transporte, tendo como ponto de partida a proposta de engajar a sociedade em prol de um trânsito mais seguro. A partir daí foram propostos desafios específicos relacionados à administração das rodovias estaduais paulistas sob concessão fiscalizadas pela Artesp – Agência Reguladora de Transporte do Estado de São Paulo. Esses desafios contemplam a melhoria nos serviços prestados pelas concessionárias e na fiscalização realizada pela agência reguladora.

A Artesp é o órgão estadual que regula e fiscaliza os serviços permissionados de transporte intermunicipal de passageiros, área na qual também poderão ser apresentados projetos para a melhoria na prestação desse serviço.

Soluções na área de Transporte – Algumas soluções específicas que o Governo do Estado espera que sejam apresentadas pelas startups são:

-Melhoria na comunicação entre usuários/cidadãos com as empresas concessionárias reguladas pela Artesp;

-Otimização do processo de fiscalização das condições das estradas pela Artesp e a resposta das concessionárias quanto às correções das irregularidades apontadas pela agência;

-Aprimoramento na comunicação entre os usuários, a Artesp e as concessionárias em qualquer ponto das rodovias concedidas por meio de soluções tecnológicas, com o objetivo de permitir o compartilhamento de informações sobre condições das rodovias e a prestação de serviços;

-Implantação de arrecadação automática de pedágio por trecho percorrido (sistema ponto a ponto);

-Sistema de pesagem em movimento de veículos nas rodovias, para tornar o processo mais rápido e fácil, a fim de evitar formação de filas nos postos de pesagem (processo já incluído nos novos editais de concessões rodoviárias realizados este ano);

-Aumento da eficiência das ações de melhorias na fiscalização e planejamento do Sistema de Transporte Coletivo de Passageiros por meio da otimização da coleta de dados indicadores, de atividades de monitoramento e avaliação dos serviços.

Inscrições das startups – As propostas poderão ser inscritas até o dia 15 de outubro pelo site: www.pitchgov.sp.gov.br/. As propostas devem incluir informações da empresa, sua equipe, bem como detalhar a solução proposta e identificar os benefícios esperados na implementação da solução pelo Governo. Neste mesmo site é possível encontrar o detalhamento de todos os desafios apresentados na área de Transporte e também em outras áreas de atuação do Governo do Estado – ao todo são 42 desafios em oito áreas.

No próximo dia 28 de setembro haverá um workshop de lançamento do Pitch Gov.SP 2.0, na Escola de Negócios Sebrae, nos Campos Elíseos, região central da Capital. Na ocasião serão apresentados às startups o programa, dicas sobre o edital, processo de inscrição, modelos de negócios e uma sessão dedicada a perguntas e respostas dos interessados. Inscrições para o workshop devem ser feitas através do link: http://bit.ly/pitchgov2.

As startups vitoriosas serão apresentadas no dia 27 de outubro, no CASE – Conferência Anual de Startups e Empreendedorismo, maior evento do segmento da América Latina, realizado pela ABStartups.

Tags, , ,

TruckPad promove evento Frotas Conectadas

unnamed (62)

O TruckPad, primeira e maior plataforma que conecta caminhoneiros a cargas, promove o Frotas Conectadas, um dos maiores eventos da indústria automobilística, logística e mobilidade. Produzido pela Revista Transporte Moderno, a edição do ano passado reuniu mais de 250 participantes, promovendo diálogo e networking entre profissionais do setor e empresas de tecnologia.

Os participantes serão recebidos na Oxigênio Aceleradora, aceleradora de startups criada pela Porto Seguro, e terá como tema central “Colocando tecnologias nas rodas ou rodas na tecnologia?”. Com a curadoria técnica da Lunica Consultoria e Netz Engenharia, os palestrantes discutirão a evolução de plataformas e serviços de inteligência do segmento logístico do Brasil.

“A maior proposta do evento é mostrar que antes a tecnologia era um item considerado apenas como suporte para os negócios. Mas agora, ela se tornou essencial para promover transformações em diferentes setores em todo o mundo, como é o caso da logística”, comenta Carlos Mira, CEO do Truckpad.

Tags, , , , , ,

CargoX testa drones para monitoramento de cargas

A CargoX – primeira transportadora do Brasil impulsionada por tecnologia e inovação, que opera conectada a uma rede de mais de 100 mil caminhoneiros autônomos testa uma proposta pioneira para o mercado de logística. Chamado de SafetyTruck, o projeto propõe utilizar drones para o monitoramento de cargasque saem de São Paulo.

A iniciativa ainda está em fase de desenvolvimento, mas uma das principais funcionalidades de segurança é o botão de pânico, que aciona o drone em situações de emergência, como as tentativas de assalto. Nesses casos o equipamento acompanha o veículo por cerca de cinco horas e envia as imagens captadas direto para a transportadora iniciar à recuperação da carga e do caminhão. Além disso, o recurso conta com um item de reconhecimento de paradas não programadas para identificar rotas fora do itinerário.

Segundo a Associação Nacional do Transporte de Cargas &Logística (NTC&Logística), os altos índices de roubo de cargas no Brasil geram um prejuízo anual de R$ 2 bilhões e, para inibir este tipo de incidente, a CargoX pretende estar na vanguarda do uso de drones para inibir furtos de carregamentos. “Queremos antecipar o futuro de segurança do setor rodoviário com o uso dessas tecnologias de última geração, que permitem monitorar e localizar o motorista em tempo real, para que tomemos providências se houver algum imprevisto no trajeto”, afirma Federico Vega, CEO da CargoX.

De acordo com o executivo, a companhia está focada 100% em tecnologia e empenhada em melhorar o transporte rodoviário no Brasil nos próximos anos com a iniciativa dos drones, dentreoutros projetos. “Com o SafetyTruck e outras ações que estamos criando, nosso intuito é projetar o futuro para a logística do país e melhorar as condições nas estradas”, explica Vega.

A CargoX, (http://www.cargox.com.br), é a primeira transportadora do Brasil sem frota própria, baseada em tecnologia e inovação, operando conectada em tempo real, por meio de um aplicativo próprio, a uma rede de mais de 100 mil motoristas autônomos. Lançada oficialmente em março deste ano e considerada como a “Uber dos caminhões”, a empresa é pautada pelas diretrizes agilidade, flexibilidade e qualidade na experiência do contratante do serviço, além de responsabilidade pelas cargas transportadas. A CargoX começou a ser estruturada em meados de 2015 por Federico Vega, CEO da companhia. Atualmente, atende todas as regiões do país e com crescimento médio de 57% ao mês espera faturar no primeiro ano de atuação cerca de R$ 50 milhões.

Tags, , , , , , ,