Tag storage

Dell EMC apresenta Programa de Fidelidade para soluções de Storage

A Dell EMC – fornecedora que reúne a oferta mais abrangente e inovadora de soluções corporativas de TI da indústria – apresenta o programa de fidelidade para soluções de armazenamento mais robusto da indústria, que contempla garantia de satisfação de três anos, proteção de investimento de hardware, software completo, garantias de eficiência de armazenamento e suporte para migração de dados. Clientes novos da plataforma Unity contam com Virtustream Storage Cloud gratuito, por um ano. O programa já está disponível a partir da compra dos novos arrays de armazenamento da Série SC Dell EMC SC5020F e Dell EMC SC7020F ou do Dell EMC Unity, diretamente pela Dell EMC ou com um dos parceiros de canal certificados.

A empresa também anuncia a expansão do seu portfólio de armazenamento midrange, líder do setor1, com dois novos arrays de armazenamento de dados All Flash da série SC e com uma importante atualização de software para o Dell EMC Unity, que amplia a eficiência e a economia de cargas de trabalho mistas e de arquivos em blocos.

“A Dell EMC está redefinindo a forma como parceiros e clientes programam a oferta e aquisição de soluções de armazenamento, ao proporcionar um programa de fidelidade que oferece, entre seus benefícios: software completo, proteção de investimento de hardware e uma garantia de satisfação de três anos, que é a mais longa e completa da indústria”, reforça Luis Gonçalves, Vice-Presidente Sênior de Vendas da Dell EMC Brasil Commercial.

O novo programa de fidelidade oferece aos clientes de soluções de armazenamento da Dell EMC garantias e valor em toda a vida útil dos seus arrays e inclui:

· Garantia de satisfação de três anos – os produtos Dell EMC funcionarão como anunciados para clientes, com satisfação garantida.

· Garantia de eficiência de armazenamento All-Flash 4:1 – oferecido sem pré-avaliações e restrições complexas.

· Migrações de dados sem preocupações – os clientes podem fazer upgrade facilmente para o novo armazenamento Dell EMC com migrações de dados integradas que estão sempre on-line e não causam interrupções.

· Proteção de investimento de hardware – os clientes obtêm crédito flexível para upgrades de controladora de armazenamento ou crédito de troca para compra de qualquer produto novo do portfólio da Dell EMC.

· Software completo – os produtos de armazenamento midrange da Dell EMC são enviados com todo o necessário para armazenar, gerenciar e proteger os dados, sem licenças adicionais para compra ou manutenção. Essa oferta contempla novos arrays Dell EMC SC5020F e Dell EMC SC7020F e Dell EMC Unity.

· Virtustream Storage Cloud integrado (somente para Dell EMC Unity) – os clientes podem classificar arquivos automaticamente e armazenar snapshots na nuvem, sem custos, por um ano.

Atualizações facilitam modernização do data center

Os novos arrays All Flash SC, disponíveis em dezembro de 2017, são projetados para ajudar os clientes a modernizarem seus datacenters. Dessa forma, é possível ganhar mais velocidade, eficiência e economia, a partir de aplicativos existentes, ao mesmo tempo que abrem novas possibilidades para a empresa dar suporte a novos casos de uso e cargas de trabalho habilitados para flash.

O Dell EMC SC5020F e o Dell EMC SC7020F são oferecidos como aplicações de 3U que apresentam controladoras duplas ativo/ativo, com processadores Intel Xeon® de 8 núcleos com até 256 GB de memória e suporte multiprotocolo para 10GB iSCSI e conexões de rede 16/32GB FC. Os produtos também apresentam:

· Desempenho All Flash – até 399.000 IOPS por array e 3,9 milhões de IOPS agregados por cluster de vários arrays.

· Mobilidade de dados agregados, escala e proteção – envia clusters de vários arrays agregados para balanceamento, migração fácil e sem interrupções de cargas de trabalho, incluindo o recurso de failover automático para continuidade integrada dos negócios.

· Eficiência auto-otimizadora – desduplicação e compactação inteligente de dados, classificação por níveis RAID e provisionamento abrangente ajudam a automatizar a economia de custos

· Software completo – todos os recursos avançados da Série SC estão incluídos sem licenças adicionais de software para compra ou manutenção

Já o Dell EMC Unity, projetado para simplificar, com desempenho totalmente flash e ambientes SAS-NAS unificados, ajuda as organizações a acelerar a implantação, simplificar o gerenciamento e facilitar a classificação de armazenamento na nuvem. O novo Unity v4.3 OS fornece várias atualizações-chave, incluindo desduplicação para ajudar a reduzir custos, juntamente com novas tecnologias para facilitar upgrades do sistema, sem interrupções e habilitar a sincronização de arquivos. O Unity OS v4.3 estará disponível em janeiro de 2018 para os clientes do Dell EMC Unity com um contrato de suporte válido.
“Para ajudar nossos clientes com a modernização do data center, oferecemos recursos e desempenho inovadores no novo array totalmente flash da linha SC e também impulsionamos ainda mais eficiência na linha Dell EMC Unity a partir da atualização mais recente do Unity OS”, completa Luiz Schmitt, líder de vendas da área de Storage da Dell EMC Brasil.

1 Fonte: IDC Enterprise Storage Systems Quarterly Tracker, setembro de 2017. Midrange é definido como sistemas de armazenamento externo com preços entre US$ 25 mil e 250 mil

Tags, , , , , ,

Globalweb amplia parceria com Lenovo

A Globalweb Corp, um dos maiores grupos de tecnologia da informação do país, acaba de ampliar parceria com a Lenovo para a comercialização de produtos da linha System X, que contempla servidores, storages e acessórios.
Parceiras desde 2014, a comercialização dos produtos da Lenovo pela Globalweb Corp limitava-se a vendas de PCs, segmento do qual a fabricante é líder mundial. Entretanto, desde o ano passado a companhia vem expandindo sua atuação no mercado, oferecendo soluções corporativas completas para empresas de diversos portes. Com isso, vem buscando parceiros para distribuir suas novas soluções no país.

A aliança com a Globalweb Corp, portanto, possibilita a ampliação do portfólio da marca no segmento de servidores no mercado nacional. “A Globalweb Corp está presente nas grandes companhias do país, provendo serviços como service desk, operação e gerenciamento de data center, centrais de monitoramento, centrais de comando e controle, tem conhecimento de mercado e está preparada para ofertar nossas soluções. Essa parceria fortalece o nome da Lenovo no Brasil e para nós é uma oportunidade de expandir nossa atuação no país”, diz Adriano Bolzani, diretor de Enterprise Business Group da Lenovo Brasil.

Para Renato Panessa, VP de Plataformas e Serviços Tecnológicos da Globalweb Corp, a extensão dessa aliança com um dos maiores fabricantes de servidores no mundo, fortifica o papel da companhia como fornecedor de soluções poderosas de tecnologia. “A Lenovo está em constante crescimento com a fabricação de dispositivos móveis e servidores, contar com os produtos de um dos maiores players do mercado nos dá a possiblidade de atender projetos complexos e arrojados com necessidades distintas”.

O negócio, que foi fechado recentemente, aumenta a capilaridade do portfólio de soluções da Globalweb. Com a parceria a empresa pretende expandir as vendas de produtos da marca em 100%.

Tags, , , , , ,

Armazenamento – no local ou na nuvem?

Por James Honey, gerente de marketing de produto sênior da SolarWinds

Quando se trata de determinar a melhor forma de armazenar enormes quantidades de dados empresariais confidenciais gerados diariamente, as organizações se deparam com duas opções: (aquilo que pode ser considerado o método tradicional) sistemas de armazenamento nas próprias instalações ou uma solução externa hospedada por provedores de computação na nuvem. Embora muitas empresas continuem investindo em armazenamento local, o armazenamento baseado na nuvem está começando a se tornar uma opção potencial para algumas. De fato, espera-se que 36% de todos os dados sejam armazenados na nuvem até 2016, um crescimento da parcela de apenas 7% em 2013. Obviamente, apesar de o armazenamento em nuvem parecer uma opção intrigante, existem pontos positivos e negativos associados a cada método, desde custo e controle até segurança.
Acima de tudo, as organizações precisam entender que não existe uma solução que atenda a todos os casos. Em vez disso, é basicamente uma questão de identificar um método — local ou baseado na nuvem — que ofereça a melhor opção para uma organização com base em necessidades individuais. Existem três fatores importantes a serem considerados ao avaliar qual opção é a melhor para uma organização.

Controle e gerenciamento de dados

Controle e gerenciamento são os primeiros fatores importantes que devem ser considerados. Para as organizações que desejam ou precisam de mais controle sobre seu armazenamento, a infraestrutura local oferece uma variedade de opções englobando nível de serviço e graus de proteção de dados. Oferecer maior suporte à replicação de sistemas de arquivos, camadas de dados, capturas de tela, recursos de backup e hardware físico é geralmente ideal para organizações que procuram otimizar o desempenho para diferentes tipos de aplicativos e dados dentro de um único sistema. Além disso, ela oferece maior capacidade de gerenciar e ajustar o desempenho diretamente como parte da pilha de aplicativos coletivos, ou AppStack, que consiste na infraestrutura subjacente necessária para garantir um desempenho ideal de aplicativos. O hardware no local também proporciona às organizações um gerenciamento de segurança e conformidade de dados mais direto, ao passo que alguns provedores de nuvem podem não ter o nível de privacidade necessário para atender aos regulamentos de dados específicos.

Em comparação, as empresas que optam por utilizar os serviços de um provedor de nuvem, tal como o Amazon Web Services, devem aceitar os termos estipulados no contrato de nível de serviço (SLA). Elas não têm que gerenciar com tanto nível de detalhes, mas também não têm o mesmo nível de controle. Se o SLA inicial, que inclui detalhes como a percentagem de tempo que os serviços estarão disponíveis, o número de usuários que podem ser atendidos simultaneamente e os parâmetros de desempenho, acabarem se tornando inadequados, as organizações deverão migrar para a camada mais alta (e mais dispendiosa) de armazenamento para obter serviços e recursos adicionais.

Apesar disso, para algumas, o armazenamento em nuvem ainda pode oferecer uma alternativa valiosa a hardware físico como, por exemplo, para empresas de pequeno a médio porte com um orçamento de TI limitado e com funcionários que podem achar que o gerenciamento de dados incorporados em armazenamento de nuvem é altamente econômico, apesar do SLA. Além disso, empresas de maior porte que executam aplicativos baseados na nuvem podem optar por implantar armazenamento na nuvem para garantir maior disponibilidade (veja a seguir).

Disponibilidade e latência

A capacidade de armazenar e acessar dados a qualquer momento é um componente crítico das soluções de armazenamento de dados e exerce grande influência sobre a escolha do que é ideal para uma organização: armazenamento local ou na nuvem. Embora uma alternativa relativamente nova à armazenamento local, a disponibilidade de armazenamento na nuvem pode quase sempre exceder a disponibilidade de um ambiente tradicional, porque os sistemas que acessam os dados normalmente não têm um ponto único de falha e podem ser facilmente acessados de vários locais.

Contudo, um desafio inerente ao armazenamento na nuvem é a latência, que é difícil de ser reduzida sem garantir que os dados sejam armazenados em um local físico mais próximo, talvez optando por um provedor de serviços em nuvem que tenha um datacenter próximo a um centro de operações da empresa. Os profissionais de TI que gerenciam o armazenamento para as organizações com aplicativos instalados no local, onde a latência ou uma incapacidade de acessar dados for um problema grave, deverão levar em conta essas desvantagens potenciais da nuvem.

Por outro lado, a infraestrutura local pode ser configurada para alta disponibilidade, embora muitas vezes isso seja muito caro. Mesmo assim, ele pode oferecer às organizações um armazenamento rápido com o suporte de um sistema de redes de armazenamento, tornando adequada a solução de armazenamento no local para várias cargas de trabalho diferentes que exigem alto desempenho, armazenamento de baixa latência, tais como virtualização de servidor e desktop ou aplicativos de bancos de dados.

Economia de custo (ou não)

Muitas empresas continuam investindo em hardware físico, mas cada vez mais, especialmente à medida que os custos de largura de banda caem, a nuvem está se tornando atrativa. Com armazenamento baseado na nuvem, uma organização pode comprar apenas a quantidade de armazenamento necessária e pagar uma tarifa mensal por esse armazenamento, em vez de ter que comprar um dispositivo físico caro que pode acarretar um custo inicial alto de capital, sem contar o custo adicional de alocação de espaço e energia. Esta capacidade de “expandir conforme a necessidade” também pode ajudar as empresas que buscam reduzir os custos iniciais. Se isso pode ser evitado, por que comprar uma solução dispendiosa de 20 terabytes quando a empresa precisa apenas da metade desse armazenamento no momento, mesmo que a expansão no futuro possa exigir isso em determinado ponto?

Todavia, as organizações devem estar cientes de que ao mesmo tempo que as soluções hospedadas na nuvem reduzem as despesas de capital, geralmente há uma parcela de custos ocultos, por provedor e SLA, é claro, que podem aumentar os custos operacionais. Os custos de provedor por gigabyte de armazenamento, por solicitação e a cada transferência de dados de e para a nuvem podem aumentar rapidamente, resultando em uma economia geral de orçamento menor do que muitas organizações esperam. Para determinar de forma eficaz se a computação em nuvem é uma alternativa econômica às soluções físicas, as empresas devem realizar auditoria suficiente com relação às estruturas de preços em SLAs para que não haja nenhum custo suplementar que as surpreendam.

Então, o que é melhor?

Realmente não se trata de qual método é o melhor, mas de qual método atende melhor às necessidades de uma organização. Se uma empresa precisa de disponibilidade, proteção, desempenho e conformidade de armazenamento, considerando um orçamento de TI, haverá uma necessidade para ambas as soluções de armazenamento: no local e na nuvem. Os profissionais de TI avaliam ambas as opções considerando as necessidades diárias específicas da empresa antes de determinarem se devem armazenar seus dados no local ou movê-los para a nuvem.

Tags, , ,

Pure Storage lança três inovadoras soluções de armazenamento

A Pure Storage, principal fornecedor independente de matrizes de estado sólido, anunciou hoje três novas soluções de armazenamento que vão sacudir o mercado. Os lançamentos são: o FlashArray//m, novo carro-chefe da empresa; o Pure1, oferta de gerenciamento e suporte baseada em nuvem; e o Evergreen Storage, um novo modelo de compra e atualização de armazenamento. Juntas, essas inovações formam um sistema de armazenamento extremamente simples e eficiente, e eliminam a necessidade de atualização em grande escala e o fardo da propriedade de armazenamento na migração de dados. Agora, o armazenamento pode contribuir significativamente para a transformação dos negócios e da infraestrutura de TI dos clientes, permitindo maior crescimento e rentabilidade.

O Evergreen Storage elimina o ciclo de substituição de matrizes de armazenamento a cada três ou cinco anos, o que tem prejudicado por décadas a eficiência da TI. Com isso, os clientes implementam o armazenamento apenas uma vez e o atualizam no local, por muitos anos. O Evergreen Storage apresenta uma combinação da arquitetura “stateless”, modular e definida por software do FlashArray com o Forever Flash, o programa de manutenção padrão da empresa que oferece uma precificação previsível e contínua, e inclui atualizações de software assim como atualizações periódicas de hardware, mantendo o FlashArray sempre moderno ao longo do tempo. A Pure Storage também lançou os upgrades Flex Bundles, que permitem aos clientes que estão expandindo sua capacidade atualizarem, se assim o desejarem, o seu hardware controlador do FlashArray, recebendo um bom valor na troca da controladora existente. O Evergreen Storage permite que as empresas invistam em uma infraestrutura de armazenamento que torne seu negócio mais rápido, inteligente e inovador – sempre.

“Hoje, mesmo quando um cliente compra a última versão da matriz de armazenamento, logo depois já haverá um equipamento mais recente, pronto para tornar obsoleta a implementação atual. Para atualizarem a sua tecnologia, os clientes precisam arcar com custos de atualização e horas de desempenho reduzido ou interrupções de serviços durante suas atualizações em grande escala”, disse Matt Kixmoeller, vice-presidente de produtos da Pure Storage. “O modelo Evergreen Storage muda isso completamente. Agora os clientes podem investir em uma plataforma de armazenamento que agregará valor aos seus negócios por uma década ou mais, e fazer atualizações de componentes individuais quando o negócio exigir, sem perturbar a capacidade e/ou o desempenho. Este modelo descomplicado e previsível de compra (tipo SaaS) torna mais fácil para os clientes levarem armazenamento totalmente flash para os seus data centers, desbloqueando tanto os negócios como a transformação da TI”.

“Já ficou claro que o armazenamento flash chegou aos data centers para ficar. O IDC recomenda que todos os centros de dados tenham flash implementado em pelo menos parte de sua capacidade, e que estrategicamente considerem a melhor forma de aproveitá-lo daqui para frente”, disse Eric Burgener, diretor de pesquisa da IDC. “Com os anúncios de hoje, a Pure Storage cria um novo modelo para atualização de tecnologia que oferece um significativo valor para os seus clientes. Com o suporte das modificações no hardware do seu novo FlashArray//m, os clientes podem agora – e daqui para frente – atualizar FlashArrays inteiros para gerações de tecnologia completamente novas, sem qualquer tempo de inatividade, impacto no desempenho, atualização em grande escala ou migração de dados. Este novo modelo mudará o conceito de como se faz a atualização da tecnologia em matrizes de armazenamento de classe empresarial”.

FlashArray//m: unindo a inovação do hardware e do software no armazenamento totalmente flash

FlashArray//m, a quarta geração do FlashArray, o produto carro-chefe da Pure Storage, fornece uma completa e integrada inovação de hardware e software, algo inédito para uma matriz totalmente flash. O FlashArray//m apresenta uma arquitetura modular expansível e oferece um aumento de 50% no desempenho, melhoria de 2,6x na densidade, e de 2,4x na eficiência de energia por terabyte em comparação com gerações anteriores de FlashArray. O FlashArray//m integra totalmente duas controladoras de alto desempenho Intel Haswell que executam o Purity Operating Environment 4.5, além de novos módulos de cache NV-RAM e de flash dual-drive em um chassi de três unidades de rack (RU). Esta densidade leva a uma consolidação dos racks de armazenamento em disco legado, proporcionando melhoria de 5x a 10x em termos de energia, espaço e eficiência.

O FlashArray//m oferece três opções de controladoras para atender a diversas necessidades de desempenho e capacidade:
– controladoras //m20 – até 120+ TBs utilizáveis (5 a 40 TBs de armazenamento bruto) e 150 mil operações de entrada/saída (IOPS) de 32K por segundo
– controladoras //m50 – até 250+ TBs utilizáveis (30 a 88 TBs de armazenamento bruto) e 220 mil IOPS de 32K
– controladoras //m70 – até 400+ TBs utilizáveis (44 a 136 TBs de armazenamento bruto) e 300mil IOPS de 32K

De forma consistente com o seu modelo Evergreen Storage, a Pure Storage desenvolveu o novo FlashArray//m para entregar densidade, desempenho e simplicidade sem sacrificar a escalabilidade e a capacidade de atualização. O FlashArray//m oferece:

– Tamanho Reduzido: Com sua capacidade de consolidar racks de disco rígido em padrão 3U, a Pure Storage encolheu as matrizes de armazenamento, que antes eram do tamanho de várias geladeiras, para o tamanho de um micro-ondas, além da redução do consumo de energia para um quilowatt (kW) – equivalente à redução do consumo de energia de dez casas residenciais para o de apenas uma torradeira. Os novos módulos flash dual-drive, juntamente com o software de redução de dados FlashReduce da Purity, oferecem uma densidade de até 40TBs/U, e permitem a mistura/correspondência com módulos de maior densidade ao longo do tempo.

– Escala Modular: Com o novo design modular, personalizável e atualizável de hardware, os clientes podem escalar desde a aceleração de um único aplicativo de 15 TB até quase meio peta byte (PB) de armazenamento utilizável, capaz de rodar um rack, um negócio ou uma nuvem inteira. O design modular permite à Pure Storage entregar atualizações tanto dos processadores como do flash a cada nove a doze meses, e os clientes podem adotar esses avanços em seus FlashArrays existentes sem qualquer migração de dados, tempo de inatividade ou impacto no desempenho.

– Desempenho Poderoso: O FlashArray//m oferece até 300 mil IOPS de 32K a menos de um milissegundo de latência média – 10 vezes mais rápido do que o armazenamento tradicional baseado em disco rígido – e até nove gigabytes por segundo (GB/s) de largura de banda. Juntamente com o software FlashProtect da Purity, o FlashArray//m mantém seu desempenho sub-milissegundo com atualizações de software e hardware.

– Extrema simplicidade: Com instalação semelhante à de um “appliance”, o FlashArray//m é constituído por uma única unidade que se conecta com apenas seis cabos. Todo o software está incluído no preço base, ou seja, não tem custo adicional por sua alta disponibilidade, snapshots, replicação, criptografia ou software de gerenciamento. O FlashArray//m permanece simples e “evergreen” (sempre-vivo) ao longo do tempo, com atualizações sem interrupções de desempenho ou capacidade.

Pure1: levando simplicidade e suporte em nuvem ao armazenamento
O Pure1 é a nova plataforma de gerenciamento e suporte baseada em nuvem da Pure Storage que permite que os clientes, a equipe de suporte e os parceiros colaborem com perfeição e segurança para gerenciar e dar suporte ao armazenamento. O Pure1 é construído sobre a plataforma Pure1 Cloud, uma expansão da tecnologia existente do CloudAssist da Pure Storage.

Evergreen Storage: negócios e transformação de TI
A Pure Storage está lançando uma plataforma de armazenamento de última geração, que une o primeiro software otimizado para flash e o hardware de matriz flash do setor (FlashArray//m), através de um modelo revolucionário de negócio. Esta plataforma oferece um novo modelo de propriedade de armazenamento que resulta na transformação dos negócios e da TI para os clientes.

– Transformação de Negócios: com o armazenamento totalmente flash da Pure, os clientes ficam mais rápidos, espertos e inovadores. Os aplicativos de negócios que rodam mais rápido melhoram o rendimento, a produtividade dos funcionários e as experiências de clientes e parceiros, permitindo que tomem decisões mais inteligentes e aumentem a inovação em suas organizações. Uma organização mais inovadora cria uma experiência do cliente nova e diferenciada, e leva ao mercado novos produtos ou serviços que antes não eram possíveis com uma infraestrutura de armazenamento legada. Alguns exemplos reais dos nossos clientes:

A Shutterfly eliminou seu gargalo de armazenamento através de uma melhoria de 500% no desempenho, o que lhes deu confiança para implementar novos serviços e produtos (ThisLife), sem que a experiência do cliente fosse afetada. A confiança e a agilidade se traduziram em um impacto positivo em seus resultados, permitindo que continuassem a inovar e a manter uma vantagem competitiva.

– Uma empresa doméstica de soluções de contabilidade conseguiu executar incrementos noturnos em seu ambiente de desenvolvimento em 80% menos tempo, o que lhes proporcionou 14 horas de maior produtividade por dia – o equivalente a dois funcionários dedicados em tempo integral.
– Uma fabricante global de dispositivos médicos acredita que possa reduzir em 5 dias o estoque disponível, resultando em uma economia de mais de US$ 100 milhões.
– A SurveyMonkey conseguiu suportar uma grande expansão de seus serviços voltados para clientes de grande escala através da introdução de um novo produto com base em análises nunca antes acessíveis, dando aos clientes maiores perspectivas de mercado e um aumento de vantagem competitiva.
– Transformação da TI. A simplicidade operacional, o provisionamento rápido, a fácil programação, a baixa sobrecarga de gerenciamento e a escalabilidade de baixo custo da plataforma Pure Storage permitem que os clientes implementem o modelo de nuvem para a TI, melhorando a eficiência e a agilidade. Entre os benefícios estão uma experiência “sem qualquer esforço” de ponta a ponta, incluindo uma economia de 50% do custo de armazenamento, uma redução de 90% dos custos de gerenciamento de armazenamento, bem como uma consolidação de servidores e aplicativos. Para cada 250TB de armazenamento em disco com desempenho de Nível 1 substituído por Pure Storage, os clientes podem economizar mais de US$ 500 mil por ano em média ao longo de um período de seis anos. Entre os exemplos de Transformação de TI dos nossos clientes estão:

– Sierra Nevada: Os custos de hardware foram reduzidos significativamente ao passar de racks de disco rígido para flash, resultando em uma economia de mais de US$ 200 mil e uma redução de 50% no espaço do data center. A Sierra Nevada usa hoje 1/10 da energia em comparação com o que era necessário para os discos rígidos, o que afetou positivamente o seu resultado financeiro, ajudou a atender suas metas de sustentabilidade e reduziu sua pegada de carbono.
– Perfection Fresh: A mudança para um data center totalmente flash permitiu que a empresa processasse consultas até dez vezes mais rapidamente, liberando o pessoal de TI em toda a empresa. Combinando velocidade com economia de energia e refrigeração, o FlashArray proporcionou uma economia de US$ 120 mil em um ano.
– Securities America: Com uma taxa de compressão de dados de 4,7:1, a empresa prevê uma economia de US$ 600 mil ao longo de 3 anos.
– Workday: Os desenvolvedores sem experiência com SAN podem gerenciar o armazenamento, navegar na interface do usuário do FlashArray em minutos e aprender como criar um LUN em menos de uma hora.

“A Pure Storage continua a elevar o nível com sua tecnologia totalmente flash, e o FlashArray//m é uma prova do compromisso da empresa com a inovação. A Pure nos permite ser mais dinâmicos e já não nos preocupamos com espaço para o armazenamento de dados”, disse Peter Dunn, diretor de Comunicações e Serviços da Lamar Advertising”. A administração do FlashArray é fácil e intuitiva. A Pure nos permite executar aplicações de business intelligence com o desempenho ideal, acelerando o tempo de conclusão em projetos críticos”.

Precificação e Disponibilidade
O FlashArray//m foi validado em um programa Beta de uso generalizado desde o primeiro trimestre de 2015 e deverá estar disponível através de um programa global de Disponibilidade Direcionada em julho, permitindo implantações totalmente suportadas em nível de produção. As entregas de volumes completos em Disponibilidade Geral deverão ocorrer no terceiro trimestre de 2015. Os clientes que adquirirem um FlashArray 405, 420 ou 450 a partir de 1 de fevereiro de 2015 através da Disponibilidade Geral do FlashArray//m têm automaticamente direito à atualização da Pure Storage Upgrade Assurance Promotion (com direito a receber uma atualização gratuita e sem interrupções do chassi e da controladora //m quando expandirem sua matriz através da compra de uma capacidade que os habilite) até 31 de janeiro de 2016. Todos os recursos de software fornecidos com o Pure1 já estão disponíveis e serão incluídos automaticamente em todas as compras de FlashArray, através de um contrato vigente de manutenção e suporte.

Tags, , , , ,

HP ajuda usuários de armazenamento definido por software a maximizar investimentos em servidores

A HP anuncia uma série de inovações em suas ofertas de armazenamento convergente que permitem às empresas maximizar o retorno sobre os investimentos (ROI) na infraestrutura virtualizada ao reduzir os custos e aumentar a agilidade e capacidade de utilização.

Ampliando uma liderança construída desde o lançamento da primeira solução de armazenamento definido por software há seis anos ,a HP traz uma nova funcionalidade do software HP StoreVirtual Virtual Storage Appliance (VSA), com recursos que incluem camadas de armazenamento de sub-LUN (número de unidade lógica) automatizado e maior integração com VMware e Microsoft para aumentar a eficiência e o desempenho. Novas opções de licença oferecem flexibilidade de implantação para suportar as exigências das atuais cargas de trabalho e futuras necessidades de crescimento.

A empresa também apresenta dois plug-ins de software para o armazenamento HP 3PAR StoreServ, um para uso com VMware e outro para uso com software SAP®. As ferramentas ajudam a simplificar o gerenciamento de implantações complexas de aplicações.

Armazenamento definido por software autônomo, escalável e altamente disponível

Empresas com ambientes virtualizados, como pequenos escritórios, grandes empresas ou mesmo provedores de nuvem pública, estão optando pelo armazenamento definido por software independente de hypervisor e hardware para oferecer, de forma econômica, alta disponibilidade e outros serviços de dados executados em infraestruturas baseadas em servidor padrão de mercado.

O HP StoreVirtual VSA — equipado com o conhecido sistema operacional HP LeftHand e com novos recursos de Adaptive Optimization —, é a primeira solução de armazenamento do mercado definida por software expansível a oferecer camadas de dados. Esse recurso movimenta, automaticamente, blocos de dados para storage de alto desempenho ou custo otimizado com base nas necessidades da aplicação para garantir maior eficiência e desempenho

Com o HP Adaptive Optimization, o monitoramento contínuo das cargas de trabalho migra ativamente os dados utilizados para armazenamentos mais ágeis, como discos sólidos (SSD), e os dados inativos para storage de menor custo, como discos rígidos (HDD). Essa abordagem granular elimina a necessidade de movimentar volumes inteiros de aplicações para SSD mais caros. No caso dos dados inativos, o HP StoreVirtual VSA permite que as empresas reduzam ainda mais os custos ao reposicionar e virtualizar as informações em sistemas de armazenamento legado de outros fornecedores, tratando essa capacidade como uma camada secundária no HP Adaptive Optimization.

Além da licença padrão do HP StoreVirtual VSA de 10 tebabytes (TB), a empresa oferece uma licença de 4 TB para aplicações menores e uma licença de alta capacidade de 50 TB. Com isso, o cliente pode realizar atualizações de forma ininterrupta para um VSA maior ou para o dispositivo HP StoreVirtual 4000 conforme necessário.

Facilmente gerenciado por profissionais de TI em ambientes VMware e Microsoft, a instalação do HP StoreVirtual VSA é três vezes mais rápida que as outras opções de armazenamento definido por software oferecidas pela VMware(3). O recente suporte ao VMware ParaVirtualized SCSI Controller garante utilização eficiente da CPU, minimizando investimentos contínuos em infraestrutura. A maior integração com o Microsoft Windows® Server com Hyper-V permite que os clientes provisionem armazenamento do Microsoft System Center Virtual Machine Manager para uma implantação mais rápida.

“Para reduzir os investimentos e os custos operacionais do data center, empresas com limitações de orçamento estão mudando de hardware físico integrado para armazenamento definido por software integrado aos atuais servidores padrão de mercado,” afirma David Scott, vice-presidente sênior e gerente geral da divisão Storage na HP. “Como pioneira em armazenamento definido por software, com uma base instalada de mais de 170 mil licenças do StoreVirtual VSA, a HP está ampliando sua liderança nesse segmento com o recurso de auto-tiering (camadas automáticas) para otimizar ainda mais os custos e o desempenho em pequenas e médias empresas, bem como em escritórios empresariais remotos”, completa.

Gerenciamento de data center e orquestração

A transição para data centers definidos por software exige APIs abertas e controle integrado a aplicações de sistemas de armazenamento para garantir produtividade administrativa.

O HP 3PAR StoreServ se integra perfeitamente às soluções dos principais fornecedores independentes de software (ISVs) e, juntamente com o novo HP StoreFront Analytics Pack para VMware vCenter Operations Manager™, permite que os administradores de VMware monitorem de maneira eficiente e econômica, além de solucionar problemas, de ambientes virtualizados complexos.

O software HP StoreFront Analytics Pack para VMware vCenter Operations Manager oferece dados em tempo real sobre a integridade, o desempenho e a utilização da capacidade de sistema do Armazenamento HP 3PAR StoreServ. O monitoramento proativo do desempenho de aplicações virtualizadas em um único console de gerenciamento simplifica a gestão do armazenamento. Para facilitar o processo de decisão, o software oferece dados precisos de capacidade e prognóstico em relação a serviços de armazenamento HP 3PAR StoreServ, incluindo thin provisioning acelerado para hardware, o que aumenta amplamente a capacidade de armazenamento sem impactar o desempenho da aplicação.

Para o gerenciamento de implantações complexas de SAP em ambientes físicos e virtualizados, a HP oferece um plug-in que integra o HP 3PAR StoreServ Storage e o HP XP P9500 Storage ao SAP NetWeaver® Landscape Virtualization Management 1.0. Esse novo plug-in da HP Storage é compatível com ambientes Microsoft Windows, Linux e HP-UX, e inclui recursos de automação que reduzem o tempo de clonagem de aplicações SAP. Esses recursos de automação sucessivos ajudam a reduzir o tempo de cópia e atualização do sistema geral, o que aumenta a agilidade dos negócios e reduz os riscos associados ao provisionamento manual.

Tags, , , , , , , ,