Tag Startup Weekend

Startup Weekend sobre AdTech chega ao Brasil

São Paulo receberá, nos dias 3, 4, e 5 de agosto, a primeira edição brasileira da Startup Weekend AdTech – ou Tecnologias de Publicidade. A iniciativa da Techstars convida empreendedores, administradores, desenvolvedores, designers, cientistas de dados e profissionais de publicidade e mídia para discutirem novas soluções e ideias para o setor, que é um dos mais promissores para a criação de startups.

A edição conta com a participação da agência de publicidade AlmapBBDO, da rede de televisão SBT e do canal Discovery. Os inscritos no evento terão 54 horas para lançar novas ideias, validar os melhores insights, construir um modelo de negócio voltado a tecnologias de propaganda e marketing e desenvolver um protótipo. Cada dia contará com uma programação específica para estimular a criatividade e a viabilização dessas novas ideias.

Os desafios propostos para a criação das startups também estarão relacionados aos modelos de negócios da AlmapBBDO e do SBT, que levarão especialistas renomados de seus quadros de profissionais para atuarem como mentores junto aos grupos participantes. Os resultados finais serão apresentados a uma banca avaliadora composta pela sócia e diretora geral de planejamento da AlmapBBDO, Cíntia Gonçalves, e pelo diretor de Assuntos Institucionais e Regulatórios do SBT, Roberto Franco. As melhores ideias se tornarão startups e serão reconhecidas e contempladas com prêmios oferecidos pelos patrocinadores.

A Startup Weekend AdTech dá foco a um mercado que está em expansão. A chegada de Ad Tech ao mercado é vista como uma possibilidade de trazer mais inteligência nas áreas de publicidade e propaganda tradicionais. Seja na internet ou na TV, tecnologias que acertem ainda mais nos modos como consumidores e marcas se relacionam.

Na última versão do Global Entertainment & Media Outlook 2018-2022 da PwC, a 19ª pesquisa aponta que o segmento crescerá 4,4% nos próximos 5 anos, apontando tendências em tecnologias como Realidade Virtual e Assistentes Pessoais, sem contar mercados promissores como e-Sports e games no geral.

A 1ª Startup Weekend AdTech acontece na Distrito, plataforma e espaço coworking voltado à inovação, localizada na região da Avenida Paulista.

Mais informações no site: go.startupweekend.org/adtech

Tags, , , , ,

Startup Weekend ocorre em São Paulo e vai focar em Connected Devices

A cidade de São Paulo receberá, pela primeira vez, uma edição do Startup Weekend Internet of Things, ou Internet das Coisas. A iniciativa convida programadores, makers, empreendedores e designers para discutirem novas soluções e ideias para o setor que é um dos mais promissores para a criação de startups.

Serão 54 horas de imersão, entre os dias 25 e 27 de novembro na Oxigênio Aceleradora, no centro da capital paulista. A programação do evento consiste na elaboração de ideias relacionadas com a Internet das Coisas. O papel das equipes, é conseguir implementar uma tecnologia que seja viável e rentável no mercado. A partir desse conceito, as melhores ideias serão executadas, um modelo de negócio será criado e um protótipo será desenvolvido com auxílio de mentores experts na área. Por fim, uma banca avaliadora decidirá qual startup será a vencedora.

A proposta desta edição especial é dar foco a um mercado que está em expansão. A Internet das Coisas é amplamente difundida como a possibilidade de conectar dispositivos a nossa volta com a internet, afim de solucionar problemas e facilitar as tomadas de decisões.

“Até 2025, o impacto econômico anual da Internet das Coisas será de mais de US$ 10 trilhões. E aonde veremos a maioria desse impacto? Nas indústrias e nas aplicações comerciais”, enfatiza Jenny Fielding, Managing Director da Techstars IoT de Nova York.

Essa será a primeira de cinco edições especiais da iniciativa Startup Weekend Indústria, uma parceria entre Techstars, Finep e ABDI, que busca explorar os desafios atuais das indústrias e como as tecnologias e modelos de negócios disruptivos das startups podem trazer inovação para o setor. O evento ainda conta com apoio e patrocínio da Konker, empresa especializada em plataformas para operação de soluções de Internet das Coisas.

As inscrições podem ser feitas pelo site:
http://www.up.co/communities/brazil/sao-paulo/startup-weekend/9026

Tags, , , , , ,

Aplicativo que devolve a voz original a pacientes vence o 2º Startup Weekend Health

No último final de semana, investidores, profissionais e empreendedores da área de saúde se reuniram em São Paulo para o 2º Startup Weekend Health, que selecionou ideias de startups voltadas para a área de saúde para serem desenvolvidas. O evento, que teve apoio do Google Foundation e da Janssen, farmacêutica do grupo Johnson & Johnson, reuniu 120 participantes em 13 projetos que contaram com o apoio de mentores, investidores e empresários da área dispostos a ajudá-los a tirar suas ideias do papel e tocar suas próprias startups.

O projeto vencedor, escolhido pelos jurados no final das 54 horas de trabalho, foi o Minha Voz, um aplicativo que permite a reprodução de palavras para pessoas que perderem a voz por conta de cirurgias ou algum tipo de doença.

Ao contrário de aplicativos similares que já existem no mercado, o Minha Voz tem como objetivo reproduzir a voz original da pessoa ao invés de usar um som eletrônico pré-programado, o que ajuda bastante na recuperação da autoestima do paciente. O grupo, formado por duas fisioterapeutas, uma fonoaudióloga, um médico especializado em medicina da família e urgências e um desenvolvedor, usou como case uma paciente que perdeu a voz há 16 anos. A partir de uma antiga fita de VHS, os empreendedores conseguiram captar algumas palavras ditas por ela e inseriram esses áudios no banco de dados do programa. Ao digitar as palavras no aplicativo os áudios são emitidos.

Segundo a fisioterapeuta Verônica Vilalta, integrante do grupo vencedor, a ideia do projeto surgiu porque o pai de uma das componentes da equipe teve um câncer na garganta e perdeu a voz. “Existem outros aplicativos no mercado com esta finalidade, mas nenhum que use a voz original do paciente. A nossa expectativa agora é conseguir viabilizar o projeto e lançar o aplicativo em caráter definitivo”, explica. A equipe vencedora recebeu muitos telefonemas de pessoas interessadas em ajudar a desenvolver e financiar o projeto e já até tem reuniões agendadas. Em princípio, o Minha Voz – com algumas palavras – será gratuito, podendo evoluir para uma versão paga com a programação de frases e textos mais longos.

Além do projeto Minha Voz, mais duas equipes se destacaram nessa edição do Startup Weekend Health. Tratam-se da solução “No Dia”, ferramenta de agendamento de consultas para o mesmo dia e o “Acompanhare”, que funciona como um “Uber” de cuidadores para idosos.

De acordo com Fernando Cembranelli, CEO da aceleradora de saúde Berrini Ventures, foram 54 horas de muito aprendizado trocas, discussões e, no final, um resultado absolutamente surpreendente. “Foi um privilégio poder testemunhar tantos profissionais e apaixonados por saúde lutarem para transformar seus sonhos realidade, através de startups.”

Sobre o Startup Weekend

É uma rede global de líderes e empreendedores de alto impacto com a missão de inspirar, educar e capacitar indivíduos, equipes e comunidades. Mais de 8.000 startups foram criadas nos eventos realizados em cerca de cem países. O Startup Weekend é ainda um evento de imersão, uma experiência única onde empreendedores e aspirantes a empreendedores podem descobrir se suas ideias de startups são viáveis. O encontro é uma oportunidade para desenvolver ideias, formar equipes e lançar startups. O Startup Weekend já realizou 4.240 eventos em 1.150 cidades de 150 países, tendo mobilizado mais de 240 mil participantes. No Brasil, chega à sua 235ª edição, tendo passado por 54 cidades e aglutinado mais de 20 mil participantes.

Tags, , , , , , ,

São Paulo recebe Startup Weekend Health

Em meio a uma crise econômica sem data para acabar e a uma forte demanda de mercado por soluções inovadoras que reduzam os gastos excessivos com a saúde, São Paulo recebe nos dias 22, 23 e 24 de julho o Startup Weekend Health, evento que oferece uma oportunidade única para quem quer aprender e mostrar seu talento empreendedor.

O encontro reunirá jovens empresários da área no Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InRad – HCFMUSP)
, onde, ao longo de um intenso fim de semana, eles terão a oportunidade de desenvolver suas ideias, formar equipes e lançar startups num ambiente controlado e assessorado por mentores. O objetivo do evento é colaborar com o ecossistema empreendedor focado naquela que é considerada área prioritária de investimentos públicos – a saúde.

Para isso, contará com a presença de fundos de investimento, executivos e especialistas de áreas como saúde, tecnologia e inovação que vão atuar como jurados e mentores, além de representantes de startups consolidadas no mercado de saúde e dos próprios médicos do Hospital das Clínicas da FMUSP, que vão oferecer todo apoio aos projetos dos participantes.

Startup Weekend

O Startup Weekend se estabeleceu como uma rede mundial de eventos onde empreendedores, desenvolvedores e outros profissionais do meio se reúnem para compartilhar idéias e desenvolver novos projetos de startups. A iniciativa não tem fins lucrativos e é organizada por uma equipe de voluntários interessados em estimular a atividade empreendedora ao redor do mundo.

Pelo modelo concebido, os empreendedores têm 54 horas, ao longo de um fim de semana, para aprender a criar uma empresa real através de metodologias mundialmente empregadas para e tirar suas ideias do papel e torná-las startups.

Esta edição do Startup Weekend Health, que é a 2ª no Brasil – a primeira edição ocorreu em Brasília, em2014 -, terá início na noite de sexta-feira, 22, quando os participantes vão apresentar seus pitchs para em 60 segundos expor suas ideias, que posteriormente serão votadas pelos próprios participantes.. Os participantes com as melhores ideias montarão seus times que pelos próximos dois dias se dedicarão a a atividades que envolvem criação de modelos de negócios, programação, design e validação de mercado.

“No sábado, com os times já formados, vamos trabalhar com o desenvolvimento das soluções propostas por cada equipe, a partir de metodologias como Lean Startup, Design Thinking e Customer Development”, afirma Gustavo Comitre, fundador e Product Owner do Dr. Cuco. Ele explica que mais de 20 mentores ficarão à disposição dos times para dar todo suporte necessário para o desenvolvimento dos trabalhos.

Em paralelo, experts palestrarão sobre validação, modelo de negócio, pitch e tudo o que é necessário saber para se montar uma startup. “Ao longo de um intenso fim de semana, você não só aprende metodologias novas, mas vive na pele como é aplica-las.” conta Mariana Wiezel, uma das organizadoras do Startup Weekend Health no último dia do evento, será realizada a cerimônia de premiação das melhores ideias, com a apresentação dos projetos de novos produtos e serviços aos jurados e a seleção dos ganhadores.

A cerimônia de encerramento, permite que os participantes percebam o quanto a trajetória é intensa e impactante por meio da tamanha evolução e transformação das ideias de cada uma das equipes. “A ideia premiada partir de você é extremamente gratificante, mas mais do que isso é perceber o quanto seu impacto foi amplificado a partir de seu compartilhamento“, afirma Marizilda Brizzotti, organizadora do SWH e premiada em 2° lugar no Startup Weekend Centro São Paulo 2016.

Mercado de saúde

O setor de saúde passa por uma fase de inovação acelerada, com o surgimento de serviços que otimizam, facilitam e reduzem custos na saúde. Soluções disruptivas visam reduzir as filas nos hospitais, aperfeiçoar a comunicação entre médico e paciente e criar uma cultura de tratamento preventivo e adesão ao tratamento de doenças crônicas.

As expectativas para os próximos anos são altas: de acordo com relatório publicado pelo portal da Revista Forbes em maio, o setor de saúde lidera investimentos no mercado financeiro norte-americano. Aqui no Brasil, um estudo publicado pelo Sebrae sobre startups de São Paulo mostrou que as empresas inovadoras do setor de saúde estão em terceiro lugar na lista de preferência dos investidores, atrás apenas das áreas de educação e tecnologia.

“O cenário oferece inúmeras oportunidades para novos empresários e possibilidades para o paciente administrar sua própria saúde de modo mais fácil, rápido e barato”, afirma Comitre.

Dentre os nomes que movimentam esse mercado, a startup americana Doctor on Demand, por exemplo, que trabalha com o conceito de telemedicina, que permite ao paciente realizar consultas à distância, reduzindo o tempo gasto no deslocamento e na fila dos hospitais. No Brasil, clínicas populares, como a Clínica Fares, oferecem atendimento rápido e a baixo custo em unidades posicionadas em áreas de fácil acesso à população.

2º STARTUP WEEKEND HEALTH

Quando: Começa na sexta-feira, dia 22 de julho, às 18h30, e termina no dia 24

Onde: Instituto de Radiologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP (InRad – HCFMUSP)
, localizado na Av. Dr. Enéas de Carvalho Aguiar, nº 255, Bairro Cerqueira César, São Paulo (SP)

Ingressos: Primeiro lote: de R$120 a R$150

Inscrição: www.sympla.com.br/startup-weekend-sao-paulo-health__71702

Site oficial: http://www.up.co/communities/brazil/sao-paulo/startup-weekend/9266

Tags, , , , , ,

Quarto Startup Weekend reúne novos empreendedores em Manaus

A capital amazonense se prepara para receber um evento internacional para desenvolver o empreendedorismo na região. A quarta edição do Startup Weekend Manaus será realizada entre os dias 1 e 3 de abril deste ano, no espaço Ocean Samsung Manaus da Escola Superior de Tecnologia, localizada na Avenida Darcy Vargas, Zona Centro-Sul de Manaus. O evento – promovido pelo Google – possui cunho educativo e visa formar novos empreendedores com ideias inovadoras. Os valores dos ingressos variam entre R$ 89 e R$ 125.

O Startup Weekend trata-se de um evento de imersão para que empreendedores e aspirantes possam desenvolver novas ideias para startups. Logo no primeiro dia, são formadas equipes em torno das melhores ideias – escolhidas por meio de votação. A partir disso, as 54 horas seguintes são utilizadas para criação de modelos de negócios, programação, design e validação do mercado. O evento é encerrado com a apresentação dos projetos para receber retorno da banca avaliadora.

O evento é realizado em Manaus com a ajuda de voluntários. Um deles é Daniel Goettenauer, diretor de aceleradora de Startups da empresa FabriQ. Segundo ele, o evento de renome internacional possui cunho educativo para desenvolver a cultura empreendedora na região.

“O objetivo final não é fazer com que esses participantes saiam com empresas criadas. O evento existe para aumentar a visibilidade do potencial deste novo tipo de empreendedorismo, porque os participantes entram em contato com outros estados e países”, contou.

Já na quarta edição em Manaus, o encontro mostra o interesse da capital em conhecer e investir mais em Startups. “O evento encurta diversos caminhos. Recebê-lo pela quarta vez demonstra que caminhamos no mesmo ritmo que outros lugares do Brasil”, analisou Goettenauer.

Um dos destaques do evento trata-se da atuação de 14 mentores. Segundo Goettenauer, estes profissionais são responsáveis por compartilhar conhecimentos com os novos empreendedores. “Eles tentam abrir a mente dos participantes como questionadores. Eles não estão lá para dar dicas ou fornecer atalhos, mas para causar inquietação”, explicou.

As melhores ideias serão escolhidas pelos três jurados do evento. Um deles será o empresário José Benchimol. Formado em economia pela Universidade de Stanford, é fundador e diretor da Para Guardar Self Storage, integra o conselho de administração do Grupo Bemol-Fogás e é membro da CDL Jovem Manaus. Segundo ele, o novo empreendedor precisa ter persistência, visão e curiosidade.

“Procuramos durante o evento ideias com viabilidade econômica que possam conquistar mercado e que tenha um modelo de negócios sólido. Os participantes precisam de conhecimento de mercado e da área em que vão atuar para entender como o negócio pode ir para frente”, explicou.

Para Benchimol, o evento significa desenvolvimento para o empreendedorismo local. “O Startup Weekend mobiliza toda a comunidade de tecnologia e permite que as pessoas troquem experiências e informações entre si – o que possibilita o refinamento de seus projetos”, disse.

Os ingressos para o evento estão disponíveis no site Sympla. Os valores, dependendo da área de atuação de cada participante, vão de R$ 89 a R$ 125. O pagamento pode ser feito via boleto bancário ou transferência online. Além disso, é possível parcelar as entradas em até três vezes. – See more at: http://www.dino.com.br/releases/quarto-startup-weekend-reune-novos-empreendedores-em-manaus-dino89081166131#sthash.h47C2Kz9.dpuf

Tags, , , ,

Chamada pública define empresas nascentes para apoio do Start-up Brasil

Até 100 empresas nascentes de base tecnológica serão apoiadas por chamada pública do programa Start-up Brasil. O edital será lançado pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Inovação, Marco Antonio Raupp, nesta quinta-feira (21), no Rio de Janeiro.

As startups escolhidas receberão recursos públicos e privados e terão o apoio de aceleradoras de empresas, que irão abriga-las durante seis meses a um ano. O período tem como objetivo o amadurecimento rápido dos projetos para sua adequada inserção no mercado.

A cerimônia no Rio terá palestra do fundador do Startup Weekend, Andrew Hyde. Participam do anúncio o prefeito do Rio, Eduardo Paes; o presidente da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), Maurício Borges; o secretário de Política de Informática do ministério, Virgilio Almeida; o COO do Start-up Brasil, Felipe Matos.

O coordenador do programa, Rafael Moreira, mediará um painel com representantes das nove aceleradoras selecionadas em edital anterior. As nove aceleradoras selecionadas na primeira etapa do programa Start-up Brasil foram anunciadas pelo secretário de Política de Informática do Ministério da Ciência e Tecnologia e Inovação (MCTI), Virgilio Almeida, em São Paulo, no dia 28 de fevereiro. Foram habilitadas as empresas 21212, Aceleratech, Microsoft, Papaya, Pipa, Wayra, Acelera MG, Outsource Brasil e Start You Up.

Após a cerimônia, as 11h30, os jornalistas presentes estarão convidados a participar da coletiva de imprensa.

O Start-up Brasil

O programa tem o objetivo de fortalecer o ecossistema de startups no país para ampliar a competitividade do Brasil e estimular o desenvolvimento econômico. Foi criado pelo MCTI como parte do Programa Estratégico de Software e Serviços de Tecnologia da Informação, o TI Maior, que se baseia em cinco pilares: Desenvolvimento Econômico e Social; Posicionamento Internacional; Inovação e Empreendedorismo; Produção Científica, Tecnológica e de Inovação; e Competitividade.

Apoio

O apoio oferecido às startups se destina a empresas nacionais (75% do total) e internacionais (25%), com até três anos de constituição, que desenvolvam produtos ou serviços inovadores, usando ferramentas de software e serviços de TI como parte da solução proposta.

Cada startup escolhida contará com R$ 200 mil na forma de bolsas para pesquisa, desenvolvimento e inovação e concedidas pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI). Além disso, a aceleradora poderá investir recursos adicionais, que variam de R$ 20 mil a R$ 1 milhão, no projeto.
A aceleração é o processo, muito rápido, de desenvolvimento de um produto ou serviço direcionado ao mercado, envolvendo o suporte de mentores, investidores de risco e pesquisadores universitários, entre outros recursos.

Tags, , ,