Tag SoftLayer

IBM abre Cloud Data Center em São Paulo

A IBM continua expandindo sua presença na nuvem e inaugura um segundo data center no Brasil. Situado em Jundiaí, São Paulo, o novo centro é o primeiro no país a oferecer acesso completo a uma gama de serviços para construção de soluções de cloud, ao mesmo tempo que clientes globais podem tirar proveito de velocidades de rede mais rápidas, melhorar o desempenho e atingir os usuários finais de uma forma mais ágil.

Neste ano, a IBM também lançará o suporte web completo e em português para os clientes SoftLayer. Desta forma, será ainda mais fácil para as empresas brasileiras utilizarem a plataforma para transformar suas operações na nuvem.A IBM continua expandindo sua presença na nuvem e inaugura um segundo data center no Brasil. Situado em Jundiaí, São Paulo, o novo centro é o primeiro no país a oferecer acesso completo a uma gama de serviços para construção de soluções de cloud, ao mesmo tempo que clientes globais podem tirar proveito de velocidades de rede mais rápidas, melhorar o desempenho e atingir os usuários finais de uma forma mais ágil.

Neste ano, a IBM também lançará o suporte web completo e em português para os clientes SoftLayer. Desta forma, será ainda mais fácil para as empresas brasileiras utilizarem a plataforma para transformar suas operações na nuvem.

“Estamos passando por um momento de grande mudança para as empresas, em que a ruptura dos modelos de negócios tradicionais é constante e exige uma adaptação quase instantânea. Ao longo de quase 100 anos no Brasil, a IBM se dedicou ao atendimento das necessidades das organizações e neste momento vemos Cloud Computing como o facilitador para estas empresas entrarem e sobreviverem neste novo contexto”, diz Tomaz Oliveira, vice-presidente de Cloud Computing da IBM Brasil. “A adoção da computação em nuvem cresce rapidamente e o nosso novo Data Center em São Paulo reforça ainda mais nosso compromisso com o sucesso dos nossos clientes e com a região, permitindo-nos fornecer ao País os melhores serviços de nuvem”, completa.

De acordo com o instituto de pesquisa Frost & Sullivan, o mercado de computação em nuvem no Brasil deve crescer mais de dois dígitos nos próximos dois anos devido ao crescente interesse das empresas pela tecnologia. Segundo o instituto, o segmento brasileiro de Cloud alcançou o valor de US$ 474,8 milhões em 2014 e deve atingir US$ 1,11 bilhão em 2017. Enquanto a redução de custo continua sendo a principal razão para a adoção da tecnologia, 45% dos executivos de TI brasileiros que responderam à pesquisa disseram que cloud dá suporte à inovação de seus negócios e outros 45% disseram que provê grande flexibilidade para suas empresas explorarem novas oportunidades de mercado.

Ao disponibilizar um centro de dados local aos clientes brasileiros, a IBM também aumenta a flexibilidade para armazenamento e processamento de dados no país. O novo data center se une aos outros dois data centers IBM Cloud na América Latina: o de Hortolândia, São Paulo, e o de Queretaro, no México, juntamente com uma extensa rede de centros de dados globais, provendo aos clientes mais opções de redundância e recuperação de dados, garantindo a continuidade dos negócios em caso de incidentes.

Com capacidade para 9 mil servidores e potência de 2.8 MW, o novo data center oferece toda a gama de serviços de infraestrutura IBM Cloud, como servidores físicos e virtuais, armazenamento, serviços de segurança e redes. O data center ainda segue a classificação padrão Tier III do Uptime Institute, que garante que não haja interrupções no caso de substituição e manutenção de equipamentos. A partir da nova localização, as conexões com serviços IBM Cloud na América Latina se reduzem a apenas décimos milissegundos.

Todo o comprometimento da IBM com o desenvolvimento de Cloud no mercado está sendo recompensado. Seekr, uma startup brasileira, lançada em 2010 e uma das maiores empresas de monitoramento de redes sociais no país, mudou para a SoftLayer recentemente. “É perceptível para nós, parceiros, o investimento e interesse da IBM em evoluir cada vez mais a SoftLayer. Mais do que performance e qualidade, dois grandes diferenciais da SoftLayer e IBM, outros benefícios foram o atendimento e auxílio na definição da melhor solução para as nossas necessidades, algo extremamente difícil de encontrar em outras soluções de Cloud Computing”, ressalta Mauricio Brentano, CTO Seekr.

O novo centro de dados também pode hospedar soluções baseadas em OpenStack, incluindo as da Blue Box, uma companhia recém adquirida pela IBM. Isso ajuda a ampliar o alcance de qualquer ambiente OpenStack, permitindo que os clientes se conectem à infraestrutura e serviços gerenciados que suportam arquiteturas eficazes, incluindo AIX em Power Systems. O resultado é maior flexibilidade e escolha para os clientes quando se trata de padrões abertos e implementações de nuvem híbrida.

A IBM opera mais de 40 data centers nas Américas, Ásia, Austrália e Europa para que os clientes possam obter recursos de Cloud exatamente onde e quando precisarem. Os usuários contam com visibilidade granular das localizações do data center – com indicação da cidade exata -, permitindo implementar cargas de trabalho críticas em áreas geográficas estratégicas a fim de minimizar a latência da rede, melhorar a performance dos aplicativos e cumprir as regulamentações locais.

A IBM mais que dobrou a capacidade geral de data centers da SoftLayer desde que investiu US$ 1.2 bilhão em 2014 para uma expansão maciça de data centers pelo mundo. Agora, esta rede globalmente integrada de centros de dados em nuvem, presente em todos os principais continentes, oferece às empresas a capacidade de escalar e construir os seus recursos de TI conforme suas necessidades, minimizando o risco. Quando usado com Bluemix, oferta de PaaS (plataforma como serviço) da IBM, os desenvolvedores podem facilmente criar e testar novas aplicações em ambientes de produção completos de qualquer lugar do mundo, enquanto também têm acesso a recursos internos como Watson para serviços de computação cognitiva, bem como a dezenas de serviços de terceiros.

Os clientes podem fazer seus pedidos de servidores e serviços no novo data center de São Paulo em: www.softlayer.com/info/sao-paulo-hosting ou entrando em contato com: http://www.ibm.com/planetwide/br/.

Mais informações sobre a Seekr: https://seekr.com.br/

Fonte: IBM Brasil

Tags, , , ,