Tag Socesp

Coração 3D com tecido humano pode revolucionar transplantes de órgãos

Especialistas da Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp) explicam como pesquisa pode melhorar eficiência do procedimento

A impressão de um coração em 3D a partir de tecido humano é um grande passo para uma revolução na área de transplante cardíaco. Foi o que explicou o cardiologista Fábio Jatene, membro da Socesp. “Apesar de ser muito eficiente, existem dois grandes problemas no transplante de órgãos: o primeiro é uma desproporção entre o número de órgãos doados e a quantidade de pessoas necessitadas. O segundo é a rejeição”, diz o especialista.

Por conta disso, a pesquisa chefiada por cientistas da Universidade de Tel Aviv, em Israel, pode melhorar o proveito do transplante cardíaco. A grande novidade do estudo, publicado na revista Advanced Science, em 15 de abril, é a utilização de células do próprio paciente. Com isso, a rejeição do órgão seria praticamente descartada e o número de corações produzidos seria proporcional à quantidade de pessoas necessitadas.

“A produção de órgãos em uma escala compatível com o número de indivíduos que precisam deles seria uma solução extraordinária”, enfatiza o diretor de Comunicação da Socesp, Dr. José Luis Aziz. “No caso do coração, é preciso que, além de bombear sangue de modo eficiente, ele seja durável o bastante para oferecer qualidade de vida ao paciente”.

A estimativa é de que os corações 3D comecem a fazer parte da rotina médica em dez anos, já que, atualmente, o protótipo tem apenas três centímetros e ainda não estaria preparado para ser transplantado em um ser humano.

Tags, , ,