Tag Rajiv Nayyar

Fibra óptica: unidade fabril da Sterlite Conduspar é inaugurada no Paraná

Foto: Murilo Ribas

Nesta terça, 3, foi inaugurada em São José dos Pinhais, região metropolitana de Curitiba, a primeira unidade fabril de cabos ópticos da Sterlite Conduspar, que contou com a presença do Secretário Nacional de Telecomunicações, Maximiliano Martinhão. Durante a solenidade, o vice-presidente e diretor Global da Sterlite Technologies, Rajiv Nayyar, ressaltou a importância da joint venture para a Índia e para a América Latina. “Esse empreendimento é um marco para a expansão global da Sterlite”, disse.

Na solenidade foi assinado um memorando de entendimento para dobrar a capacidade de produção da indústria em apenas dois anos. “Estamos assinando esse documento que amplia nossa produção fabril de um para dois milhões de quilômetros de fibras ópticas por ano”, afirmou Nayyar. “Isto deverá ser uma realidade até 2017.”

O secretário nacional das Telecomunicações, Maximiliano Martinhão, destacou a importância da nova fábrica. “A joint venture chega em um bom momento no país, pois o mercado de fibras ópticas está aquecido. Não temos dúvidas de que será um sucesso!”, analisou. O secretario reafirmou compromisso do governo com investimentos em banda larga e tecnologia. “Investiremos mais de R$ 8,5 bilhões nesse segmento. Já contamos com 719 projetos aprovados para colocação de banda larga em todo o território nacional”, garantiu.

O diretor executivo da Conduspar, André Abage, destacou o desafio de entrar no mercado de cabos de fibras ópticas. “Em 2013 tivemos o prazer e a alegria de sermos escolhidos pela Sterlite, que pesquisou diversas empresas de nosso setor. Também já estamos com uma expansão bem acelerada e com novos projetos para 2015 e 2016”, frisou.

O diretor comercial da Sterlite Conduspar para a América Latina, Rudney Amirati estima que até 2018 o mercado de fibras ópticas no Brasil terá uma demanda de cerca de 70% a mais do que ocorre hoje, ou seja, aproximadamente 9 milhões de quilômetros. “Estamos otimistas com o crescimento do mercado”, disse.
As atividades da empresa iniciaram em novembro de 2014 e 15% do total de sua produção está sendo direcionada para a América Latina. “No último mês de janeiro, exportamos para a Argentina e a partir desse mês de fevereiro forneceremos cabos ópticos para Costa Rica”, acrescentou André Abage.

Parceria e investimentos

A parceria industrial iniciou com o investimento de mais de R$ 30 milhões e é esperado, no primeiro ano de operação, o faturamento de R$ 80 milhões. “Queremos, em cinco anos, estar entre as três maiores empresas de cabos ópticos da América Latina”, assegura Amirati.

A aproximação entre as duas empresas se deu pela necessidade de crescimento de negócios. A Sterlite, um dos líderes mundiais em fibra óptica, precisava entrar como fabricante na América Latina, e a Conduspar, empresa genuinamente brasileira e de grande solidez, oferecia as condições estratégicas para essa ampliação. A fibra óptica é fornecida pela Sterlite, na Índia, e é “cabeada” no Brasil e distribuída na América Latina. “Observamos que o mercado não está sendo atendido de maneira igualitária. Existe uma grande demanda que precisa ser atendida e esse é o nosso foco”, ressalta o diretor comercial.

Para o prefeito de São José dos Pinhais, Luiz Carlos Setim, presente à inauguração, a nova indústria trará destaque para a cidade. “A presença da Sterlite Conduspar trará, além de mais empregos e tecnologia, uma maior visibilidade internacional para São José dos Pinhais”, declarou Setim. “Essa parceria, Conduspar Sterlite, já nasce com o que cada uma das empresas tem de melhor, por isso está, certamente, fadada ao sucesso.”

Tags, , , ,