Tag primeiro emprego

Estagiários e trainees: como se dar bem em 2014

Navegar pelo site da empresa, estudar ou ter um traje apropriado não garante uma vaga em programas de estágio ou de trainee. Para que um candidato consiga uma oportunidade em um desses cargos, é preciso ir muito além dessas tarefas. “Esse tipo de candidato precisa estar muito atento ao cenário macroeconômico. O mercado espera recrutar um profissional que possa em breve ajudar sua organização a reduzir custos, planejar e conhecer todas as etapas do processo”, explica Manoela Costa, gerente da Page Talent, unidade de negócios da Page Personnel dedicada ao recrutamento de estagiários e trainees.

Veja abaixo algumas dicas da especialista para candidatos a vagas de estágio e trainee se darem bem em 2014:

1) Analise o cenário – Qual é o momento econômico? Quais são as tendências no mercado? Faça isso procurando matérias sobre o assunto, não considere apenas informações “de ouvido”. Há muitos blogs e sites conceituados, por exemplo, para auxiliar um candidato. A vaga que ele está procurando pode sim ter influência nos fatores econômicos.

2) Analisou o cenário? Agora é hora de pensar em você! No que você é bom? Como você é reconhecido por seus colegas? Pense como você pode agregar para a empresa dos seus sonhos.

3) Quais empresas você almeja trabalhar? Como elas estão no atual momento? Procure conhecê-las e entender a cultura da empresa para ir se preparado para o processo seletivo.

4) Autoconhecimento: para mostrar quem você é, é preciso que você se conheça, que saiba seus pontos de melhoria e seus destaques. Antes de ir para a etapa presencial, refresque sua memória: quais foram suas conquistas? O objetivo é que você tenha sua trajetória em mente e procure extrair o aprendizado levado em cada vivência.

5) Conhecendo a si mesmo, permite você responder a uma importante pergunta: Aonde você quer chegar? Qual sua ambição de carreira? Pense como você imagina daqui alguns anos e, principalmente, o que você está fazendo de forma prática para chegar lá?

6) Faça anotações de todas essas etapas, construa um raciocínio para que você mesmo possa entender e expor a sua caminhada na entrevista ou atividade em grupo do processo. Depois de tudo isso, entenda que você está pronto, você se preparou e então seja natural; você mesmo!

Tags, , , , , , , , ,

Currículo: o primeiro passo para conseguir o primeiro emprego

Para ingressar no mundo do trabalho de hoje, o jovem precisa estar orientado sobre as etapas de um processo seletivo. Eventuais dificuldades na hora de confeccionar um currículo é um dos principais dilemas dos jovens na busca do primeiro emprego.

Para sanar estas dúvidas, a coordenadora da área de Triagem e Encaminhamento do Espro, Luciana Koyama, responde às principais dúvidas dos jovens e dá dicas para que eles se dêem bem durante o processo de seleção. Confira e esclareça suas dúvidas de como preencher o currículo, quais os dados de maior importância, qual a estrutura mais utilizada e outras informações básicas, que fazem a diferença na hora da triagem do selecionador.

Um currículo profissional deve conter os dados essenciais do candidato, tais como: nome, dados do endereço onde reside, formação acadêmica ou escolar, experiência profissional – mesmo que informal, sem registro em carteira – e cursos que tenha realizado como, por exemplo: informática, idiomas e profissionalizante.

Definir os objetivos profissionais é importante, porém não é um fator determinante na hora da escolha, pois o jovem pode não ter vivência profissional e o selecionador fará a entrevista de acordo com o perfil do candidato.
Para aqueles que não têm experiência profissional é importante, neste momento, destacar a disposição e entusiasmo e, principalmente, os motivos que o levam a querer o primeiro emprego.
Os jovens sempre questionam se é importante colocar foto em um currículo. Isso é bem relativo e depende do selecionador e do processo do qual ele está participando. A foto pode ajudar quando o selecionador recebe muitos currículos ao mesmo tempo e precisa analisar os dados sem a presença do candidato. Se optar por inserir foto, é importante que ela seja recente.
No caso de jovens, o ideal é que o currículo tenha apenas uma página. O diferencial está no conteúdo e nas experiências significativas que venham compor a carreira.
É importante que ele siga a seguinte estrutura:
• Dados pessoais;
• Dados residenciais;
• Dados escolares;
• Cursos extracurriculares, como: pacote Office, Corel Draw e Técnicas Administrativas – sempre citar a instituição de ensino;
• Experiência Profissional.

Sobre o Espro
Com a missão de promover a inclusão social por meio de ações socioeducativas, mediação de acesso e integração ao mundo do trabalho, o Espro – Ensino Social Profissionalizante é uma organização sem fins lucrativos que se dedica à formação de jovens a partir de 14 anos, em situação de vulnerabilidade social, incluindo pessoas portadoras de deficiência, para o mundo do trabalho, com o objetivo de promover sua formação ética e cidadã.

Com mais de 33 anos de história, O Espro ajuda a unir o potencial dos jovens às necessidades do mercado. Por isso, oferece gratuitamente, em todo o Brasil, cursos de Formação para o Mundo do Trabalho, além de Programas de Aprendizagem, de acordo com a chamada Lei da Aprendizagem (lei 10.097/00), e de Estágio, tornando-se Agente de Integração.

Com sede no centro de São Paulo, o Espro também possui sete filiais e 64 unidades de atendimento em todo o Brasil. Além disso, atende mais de 22 mil jovens por ano e conta com mais de 650 empresas parceiras.

Os jovens podem se inscrever pelo site www.espro.org.br.

Tags, , , ,