Tag plataforma digital

iMoving, plataforma inédita de mudanças, chega ao Brasil

Com a proposta de tornar o processo de mudança de residência no Brasil mais fácil, rápido, barato e seguro para o consumidor e, ao mesmo tempo, gerar maior volume de negócios para as transportadoras e as seguradoras, o iMoving acaba de começar a operar no país. A plataforma altamente tecnológica foi lançada em 2011 nos Estados Unidos, onde chegou a intermediar a realização de 70 milhões de mudanças em 11 meses. Seu fundador, o brasileiro Roger Madeira, está investindo R$ 3 milhões no desenvolvimento da versão nacional para atender um mercado com 1,74 milhão de mudanças ao ano, de acordo com dados da Agência Nacional dos Transportes Terrestres (ANTT).

Amparada por um servidor de Machine Learning com Inteligência Artificial e Big Data, a plataforma do iMoving é capaz de comparar milhares de orçamentos de mudanças com base em mais de 12 mil datapoints diferentes, gerando um relatório detalhado para clientes de empresas de mudanças, além de oferecer 2 aplicativos para o rastreamento em tempo real do caminhão, para que o cliente da transportadora sempre saiba onde estão seus bens.

As empresas de mudanças interessadas em receber clientes e participar do processo de seleção de orçamentos da plataforma podem se cadastrar no site, sem qualquer custo. E o cliente que desejar usar a plataforma web, pode acessar pelo site http://www.imoving.com.br. Para conseguir orçamentos de várias transportadoras e realizar uma pesquisa de mercado mais ampla do que pelo método tradicional, basta clicar em “receber orçamentos”. No ambiente, o usuário é orientado a responder perguntas que revelam a característica da mudança desejada e aguardar os orçamentos chegarem por e-mail.

A inovação consegue fornecer, por exemplo, de uma só vez e completamente de graça, até 250 orçamentos de mudança identificando as cinco melhores opções de acordo com as características da mudança de cada usuário. Para isso, ela combina o famoso machine learning com outras tecnologias como inteligência artificial, automação, computação cognitiva, predição de risco, big data e data mining. “Quando uma família decide contratar uma empresa de mudanças, segue o fluxo do processo tradicional de pesquisa na internet e contato telefônico, o que dificulta o levantamento de mais de 3 orçamentos de transportadoras. No fim, a família acaba fechando negócio sob condições desfavoráveis com empresas clandestinas ou desonestas, correndo sérios riscos de perder a mudança inteira ou parte dela”, diz Madeira.

Segundo ele, também existe, por parte das transportadoras, muita dificuldade em definir o custo do frete. “Para a empresa de mudanças, o processo tradicional de chegar ao preço final do serviço inclui a visita de um funcionário ao imóvel do cliente para avaliar o grau de dificuldade, a quantidade e volumetria dos itens a serem transportados. Apenas o deslocamento deste profissional já configura custo para a empresa, que fica no prejuízo caso o consumidor não contrate a empresa de mudanças”, diz.

De acordo com Roger Madeira, o iMoving elimina tal problema com o uso massivo da tecnologia desenvolvida pela plataforma. Respondendo o questionário para receber os orçamentos, o consumidor presta informações como o tamanho do imóvel, quantidade de cômodos e tamanho da família. Com isso, a plataforma de Machine Learning do iMoving compara o inventário da mudança, o grau de dificuldade, a distância e os tipos de itens com milhares de outras mudanças semelhantes, a fim de definir mais acertada e criteriosamente a quantidade de caixas, volumes necessários, melhores e mais seguras rotas, entre outras centenas de variáveis. “A partir destes dados, é possível atribuir um valor mais acertado ao serviço sem a necessidade da visita ao local. Mesmo assim, a empresa de mudanças pode alterar o valor, se assim desejar, para mais ou para menos”, segundo o CEO e fundador do iMoving.

O machine learning da plataforma realiza cálculos altamente complexos considerando cerca de 12.750 datapoints ou critérios, para predizer as cinco melhores opções de transportadoras para o cliente, com nome da empresa, valor da mudança, forma de pagamento, seguro, rota, reviews, opinião de usuários anteriores e inúmeros outros aspectos importantes.

Para a transportadora, o iMoving apresenta o comparativo de rotas com distâncias, predição de acidentes, gastos com combustível, pedágio, tempo de chegada e outros tipos de riscos envolvidos, além da precificação adequada para cada uma das possíveis rotas e de acordo ao grau de dificuldade da mudança. Já a seguradora recebe a predição de risco de acidentes, roubo de carga e sinistros para a apólice.

“Com o machine learning trabalhando a favor de todos os envolvidos, cliente, transportadora e seguradora, todo o processo fica muito mais simples, rápido, automatizado e inteligente. E isso é algo que realmente precisamos, por que o mercado brasileiro de transportes de mudanças tem problemas sérios que o iMoving vai ajudar a resolver em alguns anos”, afirma Madeira.

Tags, , , , ,

Aplicativo conecta embarcadores, transportadoras e motoristas

O Brasil perde o equivalente a R$ 689 bilhões por ano com custos logísticos, o que representa um prejuízo em torno de 12,7% do Produto Interno Bruto (PIB), enquanto o custo logístico dos EUA, por exemplo, é de 7,8% do PIB, de acordo com um estudo realizado pelo Instituto de Logística e Supply Chain (ILOS) referente ao ano de 2015. Na economia do País como um todo, os custos de logística consomem cerca de 12% da receita das empresas, segundo dados do mesmo ano da Fundação Dom Cabral, o que impossibilita aos fabricantes transportarem produtos com preços competitivos, já que a logística é responsável por uma parte significativa do custo final dos produtos, superada apenas pelos gastos com matéria prima e produção.

Nesse cenário, as empresas se esforçam e buscam saídas para tentar baixar seus custos com logística. Devido a predominância do modal rodoviário sobre os demais no Brasil, o qual corresponde a 80% dos transportes brasileiros, soluções que facilitam o caminho da carga até sua chegada ao destino final estão atraindo embarcadores, transportadoras e caminhoneiros.

Visando unir todos os elos da cadeia logística, diminuindo custos, fomentando mais negócios para o setor e ainda suprindo a carência de inovação deste mercado, surgiu a Brasil Fretes, plataforma digital que facilita a negociação entre transportadores e embarcadores. Operando desde o início de 2016, a plataforma digital da Brasil Fretes é a única do País que inclui as transportadoras na busca por fretes, ou seja, integra toda a cadeia logística (embarcadores, operadores logísticos, empresas de transporte e caminhoneiros) através de uma ferramenta de última geração, ágil, personalizada e eficiente, que atende as necessidades dos clientes do setor de transporte e logística.

“O grande diferencial da Brasil Fretes é que ela também funciona como um braço comercial dos operadores logísticos e das transportadoras, aumenta a eficiência dos processos logísticos dos embarcadores e ainda faz a ligação com o caminhoneiro autônomo. Ou seja, com este formato exclusivo que fornecemos, abrimos mais oportunidades para as transportadoras, ofertando cargas e caminhões, e aproximamos os autônomos de todo o processo”, explica Adriano Del-Vecchio, CEO da Brasil Fretes.

Com quase 13 mil motoristas, 800 transportadoras e 500 embarcadores cadastrados, o carro chefe da Brasil Fretes ainda é o transporte de cargas provenientes do agronegócio. Isso porque o sistema rodoviário ainda é o principal transportador de cargas agrícolas e, em muitos casos, é a única alternativa para movimentação desse tipo de produto, frente à escassez nacional de hidrovias e ferrovias que liguem grandes distâncias. Esses embarcadores têm usado cada vez mais soluções tecnológicas que facilitam o embarque de suas cargas devido à preocupação com a logística envolvida para que todo o processo ocorra em condições favoráveis, cenário que é suprido pelas funcionalidades presentes na plataforma digital da Brasil Fretes.

Com a solução, é possível realizar negócios através do aplicativo, disponível para download gratuito na App Store e Google Play, como também em qualquer computador conectado à internet. O serviço oferece combinação inteligente entre cargas e caminhoneiros, compartilhamento da localização do motorista por geolocalização, notificações, integração para postagem de carga em massa através de planilhas, nova tecnologia para reduzir o consumo de internet e espaço de memória dos celulares, além de um design amigável e intuitivo. A Brasil Fretes oferece negócios para qualquer tipo de veículo e mercadoria, atua em todo o território nacional e ainda tem planos de expansão para o Mercosul em 2017.

Tags, , , ,

Direct Talk eSeekr anunciam fusão e criam a maior plataforma de relacionamento com o consumidor do Brasil

Uma das principais startups do país e a plataforma líder em atendimento digital do Brasil se unem e criam a DT+Seekr, a maior companhia de relacionamento e engajamento com o consumidor. Com aporte do Fundo CVentures, a nova empresa tem planos de expandir a atuação para toda a América Latina e faturar cerca de R$ 100 milhões nos próximos cinco anos. Entre os países estão México, Colômbia, Chile e Peru, partindo para a Argentina numa segunda rodada.

Pioneira no setor de atendimento digital e presente no mercado brasileiro há 16 anos, a Direct Talk atende mais de 400 clientes, de médio e grande portes. Com seis anos de atuação e 300 clientes, a Seekr é reconhecida como uma das startups mais inovadoras do Brasil, atendendo as principais marcas do mercado nas mídias sociais. Juntas, as empresas passam a prover um portfólio completa de soluções para clientes de todos os portes, que poderão aprimorar seus canais digitais de relacionamento com o consumidor.

“Essa união é movida pela possibilidade de transformar a maneira como as marcas se relacionam com seus consumidores. As duas empresas acreditam e sempre trabalharam por essa mudança, agora juntas, o impacto será muito maior e o principal beneficiado será o cliente final. Além disso, vivemos um novo momento, o do consumidor 3.0, no qual a experiência com a marca vale muito mais do que apenas preço e produto”, afirma Marcelo Pugliesi, CEO da empresa.

Como parte da integração entre as empresas, a nova companhia assumirá neste primeiro momento a logomarca DT+Seekr. Em relação à integração das plataformas, Pugliesi esclarece que “será uma solução completa, com dados e ferramentas que poderão ser acessados e trabalhados por todos os gestores, otimizando na tomada de decisão para atender e se relacionar com esse novo consumidor”.

De acordo com Ricardo Heidorn, fundador da Seekr e CMO da DT+Seekr, a expertise e o DNA inovador das duas empresas vão acelerar lançamentos e trazer mais inovação para o mercado. “Nosso objetivo é oferecer para pequenas, médias e grandes empresas, escalando muito mais rapidamente, consolidando nossa liderança no setor”, afirma. “A união das empresas vem para reforçar as nossas qualidades e crescer, valorizando nossas histórias e buscando novas conquistas, sempre com o foco na relação do consumidor com as marcas”, complementa o CMO.

Para impulsionar a criação da empresa, o fundo Cventures, que já havia feito uma primeira rodada de aporte à Seekr, há dois anos, investe agora na DT+Seekr. “Buscamos soluções inovadoras direcionadas aos mercados em transformação. A possibilidade de seguirmos com uma estratégia de mercado ainda mais robusta é uma oportunidade muito interessante, por isso estamos contentes e motivados em participar da criação da maior empresa de relacionamento ao cliente do Brasil”, conclui Adonay Freitas, Diretor de Investimentos da Cventures.

Com 700 clientes e uma equipe composta por 130 funcionários, distribuídos nos escritórios de São Paulo e Blumenau (SC), a DT+Seekr conta com um portfólio de soluções que se complementam e atendem as necessidades das marcas que precisam conquistar, fidelizar e corresponder plenamente às expectativas do consumidor.

Tags, , , , , , , , ,

Plataforma de startup facilita contratação de eventos

Quem precisa organizar um evento corporativo sabe como o processo pode ser complexo, gastando tempo e recursos da equipe. Pensando nisso, os empresários Marcelo Moreira e Maurício Xandó, idealizaram a Evnt (evnt.com.br), a primeira plataforma 100% online do mercado que conecta clientes corporativos a hotéis e espaços de eventos de forma super simples, fácil e rápida.

Lançada há seis meses, a Evnt já conta com mais de 140 hotéis e espaços cadastrados, sendo 70% no eixo São Paulo/Rio e conta com grandes marcas como Emiliano, Transamérica, Rede BHG (Golden Tulip, Pergamon, The Capital, entre outros), Unique, Ramada, Blue Tree e Intercontinental. “A plataforma é um marketplace que permite que as empresas realizem eventos corporativos completos. Nela, o cliente pesquisa, ajusta, analisa preços, verifica disponibilidade, reserva e fecha o evento. Tudo padronizado e realizado em poucos cliques, além da redução de custos que gera para as empresas”, explica Moreira. Depois de fazer um cadastro simples, tanto o cliente quanto o hotel podem acessar a ferramenta gratuitamente. O modelo de negócios prevê remuneração exclusiva sobre o fechamento de eventos.

“Achei sensacional a ideia. O principal benefício é a economia de tempo. É muito rápido e fácil, você consegue escolher tudo que você precisa na plataforma”, afirma Renata Sato, marketing manager da Mars Food Brasil, que usou a solução da Evnt para contratar um evento da empresa. “Foi super eficiente e funcional, uma ideia simples que ninguém tinha pensado antes”, completa Renata. Para Ana Luísa Miklasevicius, da Friesland Campina, a ferramenta também facilitou muito o trabalho. “Minha equipe é pequena, e precisamos de agilidade. Não fosse pela Evnt, eu teria que ver no Google Maps quais hoteis estavam na região que eu queria, ligar um a um para ver preços, colocar em uma planilha para ter uma mesma base para comparação e depois fecharia. Não temos esse tempo, então foi perfeito poder resolver em poucos cliques. Ainda para validar nossa decisão, os valores estavam em torno de 15% abaixo quando comparado a outros orçamentos recebidos”.

Para os hotéis e espaços de eventos, a plataforma também facilita o processo. É o caso da Via Training, que fechou 13 eventos através da plataforma em dois meses. “A experiência com a Evnt foi valiosa para a nossa divulgação e faturamento. A plataforma já envia ao cliente todas as informações, só precisamos bloquear a sala, não precisamos nos preocupar com o trâmite de pagamento, envio de propostas e orçamentos”, explica Eliana Santos, gerente administrativa da Via Training.

A empresa já prepara novidades: já está em negociação com um grande cliente um produto customizado que permite descentralização de compras, alçadas por usuário da empresa e condições de pagamento diferenciadas, tendo como objetivo redução de custos, redução de overhead e compliance. Ainda neste semestre deverá lançar a função de reserva de hospedagem. “Nosso objetivo é ter sempre o melhor serviço e preço aos clientes e a melhor relação comercial para os hotéis, simplificando significativamente o processo de contratação de eventos”, diz Moreira.

A meta da empresa é comercializar 5 mil assentos diários em eventos no Brasil e atingir um faturamento de R$ 1 bilhão até 2024, o que representa 1,5% de participação do mercado de eventos corporativos, aproximadamente 40% do mercado total. O mercado é promissor: o setor de eventos cresce em média 15% ao ano e movimenta cerca de R$ 209 bilhões no Brasil, representando 4,3% do PIB nacional, segundo levantamento da ABEOC Brasil e do Sebrae Nacional. Os planos incluem também uma expansão para outros países, possivelmente começando pelo Chile. “Nossa visão é ultrapassar as fronteiras nacionais. Toda a tecnologia foi desenvolvida de forma robusta e com estrutura em nuvem para atender ao mercado global”, explica Maurício Xandó, co-fundador e CTO da Evnt.

Tags, , , , , , , , ,

Sontra Cargo entra no 4º ano de atuação e bate marca de R$5 bilhões transacionados

Durante muitos anos o mercado de transporte no Brasil se manteve atrelado com o modo de atuação tradicional, ou seja, com processos manuais e pouca utilização da internet, mas com o crescimento da tecnologia mobile e o desenvolvimento da internet em nosso cotidiano, algumas soluções surgiram com o objetivo de otimizar o mercado. Uma das principais foi a Sontra – a primeira plataforma focada em conectar caminhoneiros e cargas – que nasceu com o foco de impactar o segmento e quatro anos de atuação depois atinge a marca expressiva de R$ 5 bilhões transacionados.

A plataforma possui um crescimento médio de 460% durante todo tempo de atuação, isso fez com que atingisse 250 mil caminhoneiros cadastrados e 100 mil cargas publicadas ao mês. Durante toda sua atuação a empresa ampliou a conexão entre caminhoneiros e embarcadores com uma plataforma simples e instintiva, onde as duas pontas conseguem se comunicar de forma rápida e ágil, como se tivessem negociando pessoalmente. “Nós criamos uma imensa solução para caminhoneiros e empresas, um intermediador que confere as informações das duas pontas e possibilita segurança para todos” detalha Bruno Torres, diretor de marketing da Sontra.

Dentro da plataforma, os embarcadores indicam o local de retirada da mercadoria, modelo de caminhão e carroceria, além do valor que desejam pagar pelo serviço, por meio do GPS do smarthphone, os motoristas próximos ao local recebem a notificação sobre esse frete e neste momento iniciam a negociação, podendo receber um valor mais alto ou alguma outra condição acordada.

Com a plataforma, os motoristas podem incrementar seu orçamento em até 55% e as empresas diminuem o prazo para encontrar um profissional em até 52%. Para os contratantes também existe uma economia no custo do frete, cerca de 30%, pois muitos caminhoneiros utilizam o aplicativo para preencher possíveis ociosidades de sua capacidade, negociando valores mais baixos. Esse movimento otimiza o mercado de transporte de forma bastante impactante, um exemplo disso é que nesses quatro anos já foram 3,5 milhões fretes realizados.

Para o futuro, o diretor cita que o leque de opções dentro da plataforma deve ampliar, permitindo assim uma solução mais completa para as duas pontas. “Hoje já possuímos check-in, compartilhamento de localização via e-mail, buscas bem refinadas e outras funcionalidades importantes para os profissionais, desejamos atingir um nível de excelência que permitirá um mercado ainda mais estruturado” finaliza.

Tags, , , , ,

Brasil Fretes contrata CEO

8276a0d294b94f5a1760a391a19420f1

A Brasil Fretes, plataforma digital que facilita a negociação entre transportadores e embarcadores, anuncia a contratação de Adriano Del-Vecchio como CEO da empresa. O executivo, que que acaba de chegar na startup com menos de um ano de operação, é graduado em Administração de Empresas e pós-graduado em Marketing e Gestão de Clientes pela Universidade Gama Filho (RJ) e conta com mais de 20 anos de experiência em transporte e tecnologia, tendo atuado em importantes empresas dos setores.

“Meu maior desafio à frente da Brasil Fretes é aumentar a eficiência no processo de contratação de frete através da nossa plataforma digital, unindo os elos da cadeia logística (embarcadores, operadores logísticos, empresas de transporte e caminhoneiros) com maior agilidade na troca de informações a fim de gerar mais negócios para os usuários da ferramenta”, comenta Del-Vecchio.

Operando desde o início de 2016, a Brasil Fretes tem o propósito de conectar e facilitar o encontro entre o embarcador e o transportador, seja uma transportadora ou caminhoneiro, através de uma ferramenta de última geração, ágil, personalizada e eficiente, que atende as necessidades dos clientes do setor de transporte e logística.

É possível realizar negócios através do aplicativo, disponível para download gratuito na App Store e Google Play, como também em qualquer computador conectado à internet. A plataforma da Brasil Fretes oferece negócios para qualquer tipo de veículo e mercadoria, atua em todo o território nacional e ainda tem planos de expansão para o Mercosul em 2017.

Tags, , , ,

Stefanini e Kitado oferecem plataforma digital de cobrança de dívidas

A Stefanini, uma das mais importantes provedoras globais de soluções de negócios baseadas em tecnologia, e o Kitado, plataforma on-line e gratuita para negociação de dívidas, apostam em uma solução que proporciona um ambiente gratuito, didático e seguro para zerar os débitos com as principais instituições financeiras do país.

O Kitado tem como objetivo modificar a abordagem na cobrança de débitos, proporcionando um ambiente que ajude os brasileiros a saírem das dívidas de forma mais transparente, humana e conveniente. “O diferencial da plataforma está na combinação de tecnologia, dados e estratégia de comunicação que ofereçam uma experiência ao usuário nunca antes vista na indústria de cobranças, desconstruindo o modelo tradicional de ligações telefônicas, que, por vezes, pode constranger o cliente”, afirma Breno Barros, Head of Solution Center & Innovation da Stefanini. A parceria estratégica com o Kitado surgiu da segunda rodada do programa OpenStartups, com o propósito de levar inovação para os diferentes setores da economia.

O processo para liquidar as dívidas pela plataforma é simples: basta o cliente acessar o site do Kitado, selecionar com qual instituição financeira deseja negociar e, após um breve cadastro, o consumidor é direcionado para um canal de atendimento gratuito e on-line, no qual ele poderá escolher as melhores condições para quitar os débitos. São utilizadas avançadas técnicas de CRM e as melhores soluções de interação com clientes no ambiente digital.

Além de um aumento expressivo na recuperação de dívidas, a plataforma é customizada de acordo com o perfil de atuação da empresa. Desse modo, é possível atrair clientes que a empresa não consegue contato pelo modo tradicional – por telefone – e obter não apenas a redução significativa de reclamações, que muitas vezes, se sentem incomodados com cobranças em momentos inoportunos, mas também potencializar elogios e lealdade por parte dos consumidores, que se surpreendem com a sutileza e transparência neste novo processo de negociação.

De acordo com Paulo de Tarso, CEO do Kitado, a plataforma já atende importantes instituições financeiras do País, acumulando mais de 250 mil acordos e um total aproximado de R$ 270 milhões recuperados. Segundo o executivo, com essa nova abordagem é possível recuperar cerca de 10% a 20% dos créditos em um prazo de três meses. “Queremos que o consumidor se sinta à vontade para quitar o débito, recuperar o crédito e voltar a consumir de forma mais consciente, mantendo uma boa relação com os credores”, conclui Tarso.

Na prática:

• Empresa – realiza o upload da lista de devedores na plataforma Kitado.

• Stefanini e Kitado – fazem o uso intenso de ferramentas digitais para encontrar, atrair atenção dos clientes e engajá-los na jornada de reestruturação de suas dívidas.

• Cliente – dá preferência por negociar on-line por meio de interações personalizadas, acessa a página de negociação, especifica a empresa e informa como pretende quitar a dívida.

• Resultados – a negociação é acompanhada on-line e, quando finalizada, os resultados são instantaneamente transmitidos à empresa credora.

Tags, , , , ,

Startup permite contratar serviços domésticos em 24 horas com garantia

Após um vazamento em sua cozinha, vários orçamentos de profissionais nas plataformas de freelancers e um serviço mal executado que lhe tirou o sono, o jovem empreendedor Edmee Moreira percebeu uma lacuna no enorme mercado de reparos domésticos: uma plataforma que encontre e garanta a qualidade do serviço executado, escolhendo apenas profissionais certificados.

Foi assim que, com mais dois sócios, lançou a startup BemCombinado (www.bemcombinado.com). Na plataforma, o cliente encontra empresas certificadas para 12 categorias e mais de 300 serviços – como marcenaria, hidráulica, instalações, montagens e reparos emergenciais – que a empresa já negociou o preço antecipadamente.

O agendamento é online e a execução do trabalho é realizada em até 24 horas, com garantia de três meses. O usuário paga direto na plataforma e como os preços são pré-estabelecidos por serviço, não tem aquele “vai e vem” de orçamento via e-mail ou WhatsApp. “Nossa ideia sempre é facilitar a vida para quem já está com um problema”, diz Edmee Moreira, CEO da startup.

“O BemCombinado resolve as duas principais dores de cabeça dos pequenos reparos e manutenções: primeiro não precisa escolher o profissional. O preço é tabelado e nós enviamos o prestador de serviço mais qualificado e próximo da sua casa. Outra dor de cabeça é a segurança do serviço: todos os profissionais são certificados e garantimos a qualidade. Tudo isso com um preço justo”, completa.

Lançada há dois meses com incentivo da Oxigênio Aceleradora, a startup também ajuda as empresas que prestam serviços a conseguirem mais clientes, já que os parceiros não precisam pagar mensalidade para estar na plataforma – que fica com 15% de cada serviço prestado.

Atualmente, o BemCombinado atende a Grande São Paulo e deve expandir para outras capitais no primeiro trimestre de 2017. “Por enquanto estamos atuando nas grandes cidades de SP, mas a ideia é chegar em todo país, inclusive, nos tornando uma franquia”, conta Edmee.

Tags, , ,

Catho cria plataforma para ajudar recrutadores na busca por profissionais com deficiência

Atenta aos desafios com os quais os profissionais de recrutamento se deparam para contratar Pessoas com Deficiência (PcD), a Catho lança hoje uma nova opção para auxiliar empresas na busca por trabalhadores com esse perfil.

A Catho Empresas, unidade de negócios voltada ao segmento corporativo, passa agora a contar com planos criados especialmente para apoiar o recrutamento de Pessoas com Deficiência. Além do cumprimento da Lei de Cotas, a Catho vem reforçando a importância da diversidade na composição de equipes e os ganhos que empresas podem ter a partir disso.

Os planos que fazem parte da iniciativa variam de acordo com o número de vagas que ele pode publicar e também pela quantidade de créditos mensais que podem ser usados para visualizar informações do candidato, imprimir CVs, enviar mensagens, fazer convites para entrevistas e encaminhar o CV de candidatos PcD a outros recrutadores. Também a possibilidade de contratar um pacote ilimitado.

Desde março deste ano, a Catho liberou o uso gratuito de sua plataforma para Pessoas com Deficiência, possibilitando dessa maneira um incremento importante no número de profissionais com esse perfil cadastrados no site.

“Sabemos do número cada vez maior de PcD que buscam uma oportunidade de trabalho e também da dificuldade de empresas em encontrar esses profissionais. O objetivo da Catho é facilitar esse encontro encurtando o caminho entre esses dois elos”, afirma Luis Testa, diretor da Catho Empresas.

As informações sobre os planos da Catho Empresas para apoiar recrutadores na contratação de PcD estão disponíveis no site http://www.catho.com.br/empresas/pcd/.

De acordo com dados da Relação Anual de Informações (Rais) de 2014, somente 0,77% das vagas de emprego do país eram ocupadas por Pessoas com Deficiência. Em 2012 e 2013, esse percentual era de 0,70% e 0,73%, respectivamente. Apesar do aumento, porém, o indicador permanece distante da faixa de 2% a 5% prevista na Lei de Cotas.

Tags, , , ,

Startup facilita encontro de compradores e vendedores em todo o Brasil

4a05ae56-8fb6-47a7-9005-aee399957476

Um dos problemas mais encontrados nas empresas é o baixo giro e obsolescência de estoques, pois além de ocupar espaço gera custos elevados ou até mesmo prejuízos. Além disso, os empresários têm encontrado dificuldade na busca por fornecedores que atendam às suas necessidades com melhores preços. Em função disso, três empreendedores criaram a plataforma digital de negócios Osucateiro.com.

Nascido em meio a um cenário de crise no Brasil, onde milhares de empresas vem fechado suas portas, o site Osucateiro.com tem como propósito aproximar compradores e vendedores e capitalizar as empresas por meio dos seus estoques obsoletos ou de baixo giro, sucatas e resíduos. O site permite a compra e a venda de produtos através de Negociação Direta e Leilões.

Com pouco mais de sete meses desde o seu lançamento, a plataforma digital de negócios Osucateiro.com já é acessada em todo o Brasil e em mais de 55 países. Além disso, conta com mais de 10 mil produtos cadastrados. Para participar, é necessário realizar um cadastro no site, que é gratuito tanto para pessoa física quanto para pessoa jurídica. Usuários de pessoa física podem comprar dentro da plataforma, já usuários de pessoa jurídica podem comprar e vender.

No site são ofertados produtos de diversos segmentos, dentre eles podemos destacar agrícola, máquinas e ferramentas, plásticos, metais ferrosos e não ferrosos, fixadores e vedações. Os vendedores publicam seus produtos e os interessados podem fazer perguntas e propostas através da plataforma diretamente aos vendedores, ou até mesmo arrematar produtos com preços diferenciados de até 30% abaixo do mercado em leilões que o site gerencia para os seus usuários.

“Diferente das demais, nós não apenas aproximamos empresas, nós focamos na venda de produtos que ficam anos parados em um estoque ou que não tem mais utilidade para a empresa. Queremos ajudar os empresários brasileiros a gerar caixa com produtos que eles já têm, sem precisar produzir e gastar mais”, destaca Rafael Davi Valentini, CEO da plataforma.

A sistemática do site é simples, basta se cadastrar e já ofertar seus itens. Cada usuário novo recebe 5 créditos para publicar seus produtos por 90 dias, e o investimento mínimo na plataforma é de R$6 para 50 produtos. Além disso, o site conta com cruzamento de dados que envia semanalmente por e-mail informações e novidades de produtos de interesse dos usuários, ou seja, você não precisa estar online para saber se os produtos que você tem interesse em comprar estão sendo vendidos no site.

Para mais informações, acesse www.osucateiro.com

Tags, ,

Startup Evnts recebe investimento e é acelerada na Oxigênio

Startup recebeu 230 mil reais para expandir suas operações

A Evnts, plataforma tecnológica de reservas de hotéis para
eventos, anuncia um importante momento em sua trajetória. A empresa
recebeu um aporte de R$ 230 mil de um investidor-anjo. Agora, a
startup planeja aumentar a equipe comercial, de tecnologia e
atendimento, além de modernizar as ferramentas e funcionalidades da
plataforma.

“A Evnts é a primeira tecnologia que assegura a melhor tarifa da
internet para a reserva de hotéis em eventos. Há um grande mercado
para ser explorado dentro desse nicho, já que temos inúmeros eventos
em todo país. Com a chegada desse investimento-anjo, teremos a
possibilidade de explorar amplamente esse segmento”, afirma
Alexandre Rodrigues, CEO e fundador da Evnts.

Além do investimento, a startup também foi aprovada no processo da
Oxigênio, aceleradora da Porto Seguro. Durante três meses, a empresa
contará com o apoio de mentores referências no mercado, terá a
possibilidade de fazer negócios e networking com a rede de contatos
da Porto Seguro e ainda receberá um investimento de U$50 mil para
aprimorar o serviço da startup. Por fim, a equipe da Evnts passará
mais três meses na Plug and Play Tech Center, uma das maiores
aceleradoras do Vale do Silício, que tem parceria com a Oxigênio.

“Participar desta aceleração será incrível para nós. Além de
todo aprendizado, ter a Porto Seguro como investidora e parceira é
uma grande oportunidade, já que poderemos trabalhar inclusive em
soluções integradas que sejam aproveitadas pela própria
seguradora”, explica Alexandre.

Atualmente, o mercado de reservas de grupos movimenta aproximadamente
U$137 bilhões no mundo todo. Por meio da Evnts, os organizadores de
eventos conseguem alcançar em média de 20% a 40% de descontos nos
hotéis parceiros. A empresa já ofereceu seus serviços para eventos
importantes, como a Campus Party, o Brasil Game Show e o CASE.

“Temos acordo com as 20 principais redes de hotéis do país. Além
disso, analisamos sempre as melhores opções de hotéis, visando
oferecer alternativas próximas aos locais de eventos, das mais
acessíveis às mais luxuosas, desde que com qualidade garantida. Já
temos mais de 2 mil hotéis em nossa base e há uma grande procura de
novos hotéis a cada evento”, finaliza Alexandre.

Tags, , ,

Startup chega a 100 mil usuários com plataforma que ajuda a organizar eventos científicos

Segundo dados da ABEOC Brasil (Associação Brasileira de Empresas e Eventos), estima-se que a indústria de eventos no Brasil movimenta mais de R$ 200 bilhões todos os anos, quase 5% do PIB brasileiro. O número, que continua a crescer, quintuplicou em 12 anos. Com o avanço da ciência e novas tecnologias, torna-se fundamental reunir especialistas, pesquisadores, críticos e profissionais de diferentes áreas no intuito de promover ideias inovadoras e buscar soluções para pautas urgentes. Desde fóruns até feiras de inovação, eventos deste tipo já são parte do calendário anual de muitos países – inclusive do Brasil. Pode-se citar, por exemplo, o Congresso de Ciência do Desporto e Educação Física dos Países e Educação Física dos Países de Língua Portuguesa – que ocorre em 6 países – e a Mostra de Pesquisa em Ciência e Tecnologia Devry Brasil, presente simultaneamente em 12 cidades e 10 mil participantes.

Todo o processo de organização destes acontecimentos precisa ser minunciosamente elaborado e adaptado tanto para atingir o objetivo principal do que está sendo proposto quanto para dialogar com os públicos que comparecerão. Neste ponto, o mercado de eventos abre espaço para quem está no “backstage” e garante que o setor em questão continue firme mesmo em tempos de crise econômica. Em outras palavras: eis a chance de investir neste nicho e transformá-lo em negócio.

Uma startup vem chamando atenção quando o assunto é facilitar a organização e realização de eventos: a Even3. Criada para atender uma demanda específica – a de eventos científicos, destacou-se por atender diferentes perfis dentro da área que vão desde professores, pesquisadores e estudantes universitários até diretores de instituições privadas e equipes de TI que lidam com inovações tecnológicas para o setor.

Um primeiro ponto a ser considerado como positivo é o fato de que a ferramenta não tem taxa de instalação ou configuração. Caso o evento seja pago, a startup cobra apenas uma pequena comissão sobre cada inscrição. Os organizadores ganham tempo, recebendo trabalhos sem planilhas desnecessárias, trocas de e-mail ou avaliação manual.

Organização é a “alma” do negócio

Uma das características do eventos científicos e acadêmicos é a complexidade de sua organização. Isso porque, além da infraestrutura, faz-se necessário pensar no tema, no formato (que pode variar entre feiras, exposições, mesas-redondas, conferências, jornadas etc.), levantamento de custos e lista de palestrantes, basicamente. E é neste “basicamente” que se encontra o desafio maior: conciliar o tempo disponível com todas as tarefas indispensáveis. Neste ponto, o auxílio de quem já conhece tais eventos e atua no mercado com soluções práticas e efetivas também se torna fundamental.

A plataforma criada pela Even3, por exemplo, realiza boa parte dos processos ligados à metodologia do evento em si (como ele irá ser organizado, de fato, e quais os processos envolvidos). Para além dos aspectos funcionais – como gerenciamento da lista de convidados, fichas cadastrais e formas de pagamento, também há necessidade de uma contribuição mais detalhada quando se trata da concretização do evento em questão. É desta demanda que surge o diferencial.

“Organizar as submissões e avaliações de trabalhos científicos, disponibilizar os anais e periódicos online, controlar o credenciamento e emissão de certificados, gerenciar inscrições online com diversas formas de pagamento (PagSeguro, Cielo, PayPal, GRU) e gerenciar a programação do evento com informações de palestrantes e programação científica são elementos complexos que exigem tempo e alto nível de administração”, enfatiza Cláusio Barbosa, sócio da empresa. Reunir todos estes processos em uma única ferramenta colaborativa e sem dependência de setup ou equipe de TI resultou na Even3 e sua efetividade no ramo de eventos acadêmicos e científicos.

Com diversas universidades, empresas, e associações utilizando a plataforma, neste mês foi ultrapassada a marca de 100 mil usuários ativos. “Pelo fato de ainda não termos 2 anos de funcionamento, este resultado nos surpreendeu. Isto é o resultado de muito esforço, comprometimento”, afirma Cláusio Barbosa, cofundador da Even3. Ele também enfatiza que a maior parte dos eventos ocorre nas regiões norte e nordeste – com destaque para Acre, Mato Grosso e Ceará, respectivamente, entretanto, há estratégias elaboradas para abranger o sudeste do país e, principalmente, o estado de São Paulo.

Resultados: e depois do evento?

Toda a estratégia organizacional e cuidado com os detalhes serão inexpressivos se, ao comparar os resultados atingidos com os de outras edições do evento, nenhuma melhoria for detectada. Mensurar o que foi obtido e quais objetivos não apenas foram atingidos, mas também superados comprova a efetividade de quem ficou responsável por “fazer acontecer”.

A VII Mostra Devry Brasil contou com os serviços da Even3. O evento tem por objetivo apresentar e fomentar trabalhos científicos voltados para tecnologia, além de reunir pesquisadores e especialistas da área junto do público participante que integrará diferentes atividades ao longo da programação. A startup, junto dos responsáveis pela mostra, teve como desafio gerenciar mais de 10 instituições simultaneamente, garantindo automatização de processos tanto do setor financeiro quanto o de conteúdo – com publicações sobre o evento no âmbito online. Como parte dos resultados positivos pode-se citar o aumento de 69% no número de inscritos e de 111% no número de atividades.

A eficiência é fruto de diversos fatores, incluindo a oportunidade. Tratando-se de startups, conseguir vaga em processos de aceleração que garantam não apenas o desenvolvimento do projeto, mas também o contato com investidores e outros empreendimentos inovadores no mercado pode ser considerado como uma primeira vitória. A Even3, por sua vez, foi uma das 40 empresas – entre 1.450 – selecionadas pela SEED, uma das principais aceleradoras da América Latina.

Aqueles que buscam ferramentas para melhor gerenciar seus eventos científicos junto de quem entende desta área em questão, basta acessar a página oficial da Even3 ou entrar em contato diretamente com o setor comercial pelo e-mail comercial@even3.com.br.

Tags, , ,

Consórcio Nacional Volkswagen lança plataforma de vendas 100% digital

O Consórcio Nacional Volkswagen, uma das maiores administradoras de consórcios do País e entre as principais administradoras ligadas a montadoras em número de clientes ativos, segundo o Banco Central do Brasil, lança uma plataforma inteiramente digital para venda de cotas de consórcio. A modalidade é uma das apostas da companhia em 2016.

O sistema está disponível em www.cnvw.com.br e é parte da estratégia da empresa para aprimorar e diversificar ainda mais os canais de comercialização e relacionamento com o cliente, seguindo a tendência do mercado de estar cada vez mais inserido no ambiente online.

“O consórcio é uma alternativa segura de investimento nesse período sensível, vem apresentando bons resultados e é atrativo para o consumidor. Por meio da plataforma, é possível adquirir cotas de consórcio, aliando economia à comodidade de compra em qualquer hora e lugar, com a tradição da marca Volkswagen”, afirma Alessandro Lora Ronco, superintendente de Marketing da Volkswagen Financial Services. Outro destaque é a possibilidade de realizar simulações por modelo de automóvel e por valor mensal da parcela.

Mesmo diante do momento de instabilidade econômica pelo qual o Brasil está passando, segundo dados da ABAC – Associação Brasileira de Administradoras de Consórcios –, o setor registrou crescimento em relação ao ano passado, com volume de 2,99 milhões, em janeiro de 2015, para 3,25 milhões, em maio de 2016, um incremento de 8,7%.

“Recentemente, promovemos uma grande mudança em todo o nosso sistema, visando aprimorar a agilidade e a qualidade dos serviços oferecidos aos nossos clientes. A plataforma digital é uma forma de estarmos cada vez mais próximos, oferecendo mais opções de compra, rápida e descomplicada, e com planos adequados às diferentes necessidades dos consumidores”, finaliza o executivo.

Tags, , , ,