Tag Instituto Embratel Claro

Instituto Embratel Claro leva vencedores da 4º edição do Campus Mobile ao Vale do Silício

O Instituto Embratel Claro anuncia os vencedores da 4º edição do Campus Mobile, projeto realizado em parceria com o LSI-TEC – Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico -, com apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo – USP. O projeto – que tem como principal objetivo identificar, estimular e contribuir para a formação de jovens talentos universitários para atuação no desenvolvimento de conteúdos e novos serviços para dispositivos móveis –, teve duração de cinco meses e recebeu 343 inscrições de 18 estados do Brasil. Nesta última etapa, a banca avaliou seis propostas em duas categorias: Educação e Facilidades.

Em Educação, o projeto vencedor foi o “Block.Ino”, aplicativo que ensina lógica de programação a alunos do Ensino Fundamental II e do Ensino Médio, utilizando a linguagem de blocos. Criado pelos estudantes da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Lucas Mellos, João Paulo de Lima e José Pedro Simão, o grande diferencial do App é que tudo pode ser realizado a partir do acesso remoto a uma placa Arduíno, não sendo necessário que a escola disponha desse tipo de recurso.

O segundo app escolhido foi idealizado por Augusto Mateus Carvalho, cursando Análise de Sistemas, Vinícius Lima e Ian Vitor da Silva, estudantes de Publicidade e Propaganda e Ciência da Computação, respectivamente, da Bahia. O “Motáxi”, da categoria Facilidades, conecta usuários e mototaxistas, permitindo que o serviço seja solicitado por intermédio do aplicativo.

Os ganhadores serão premiados com o valor de 6 mil reais, além da viagem de imersão ao Vale do Silício, berço de importantes centros de inovação e tecnologia.

“Estamos felizes com o resultado, pois entendemos que a iniciativa contribui para o desenvolvimento de serviços que atendem demandas sociais e, principalmente, para a formação de jovens empreendedores que anseiam por oportunidades de viabilizar seus projetos”, comemora Daniely Gomiero, vice-presidente executiva do Instituto Embratel Claro. “O Campus Mobile colocou estes estudantes em contato com o mercado, uma oportunidade de mostrarem suas ideias para o mundo. E, além de toda a bagagem de conteúdo e amadurecimento de ideias, puderam trocar experiências muito valiosas”, complementa.

A 4º Edição

As ideias propostas foram apresentadas individualmente e em grupos de até três pessoas, sendo enquadradas em uma das duas categorias disponíveis. Em Facilidades, as propostas deveriam ser voltadas para a formatação de aplicativos para dispositivos móveis, como celulares e tablets, com objetivo de tornar a vida mais prática, divertida e segura e que incentivassem hábitos saudáveis ou que contribuíssem para o exercício da cidadania. Já na categoria Educação, o desafio era o desenvolvimento de aplicativos com foco na criação de produtos ou serviços inovadores que aprimorassem ou promovessem o aprendizado dentro e fora da escola, o contexto escolar ou o interesse pelos estudos.

Para desenvolver seus projetos, os candidatos tiveram apoio de tutores e puderam participar de palestras e oficinas para complementar sua formação. Além disso, conseguiram ampliar seu networking, por meio do contato com empresas de tecnologia e empreendedores, assim como absorver dicas e sugestões sobre os aspectos mercadológicos deste tipo de negócio.

Tags, , ,