Tag Helisson Lemos

Mercado Livre adquire o Axado – empresa de soluções em gestão de frete

Investimento de R$ 26 milhões visa reforçar e completar os serviços oferecidos pela unidade de logística do Mercado Livre, o Mercado Envios

O Mercado Livre (NASDAQ: MELI), companhia de tecnologia líder em comércio eletrônico na América Latina, anuncia a aquisição do controle acionário do Axado – líder nacional em gestão de fretes e soluções para o e-commerce -, pelo montante de R$ 26 milhões. Atualmente, o Axado conta com 580 transportadoras integradas e calcula o frete para mais de 2.500 lojas virtuais por meio de uma ferramenta pioneira de solução de frete que simplifica a logística e a torna mais eficiente – em relação ao prazo, valor e o rastreamento da entrega – reduzindo os custos logísticos.

A aquisição visa ampliar os serviços da unidade de negócios de logística do Mercado Livre – Mercado Envios -, que hoje oferece tecnologia de frete e coleta de mercadorias junto a transportadoras parceiras. Com o Axado, os vendedores que utilizam o marketplace do Mercado Livre terão acesso a uma variedade de soluções logísticas, incluindo o aprimoramento do sistema atual de gestão de transportes (TMS – Transportation Management System).

“Essa aquisição reforça ainda mais o nosso ecossistema de serviços voltados a empreendedores de comércio eletrônico de todos os portes no Brasil”, afirma Leandro Bassoi, diretor de Mercado Envios.

Com a aquisição, os mais de 50 funcionários do Axado passam a fazer parte do quadro de colaboradores do Mercado Livre Brasil, mas sem mudança física de escritórios ou alteração de suas rotinas, mantendo-se em Florianópolis – SC, sede atual. Os sócio-fundadores do Axado – Guilherme Reitz, Leandro Baptista, Michel Kommers e Eduardo Franceschett – continuarão responsáveis pela gestão da empresa, assegurando a continuidade e evolução dos sistemas e serviços já oferecidos aos clientes atuais, sem qualquer alteração no atendimento.

A Região Sul, onde o Axado está localizado, foi apontada recentemente pela Endeavor como uma das mais empreendedoras da América Latina. A empresa Axado é um dos melhores exemplos de sucesso da região: foi criada há apenas 5 anos, e, hoje, possui milhares de clientes.

“Este investimento realizado por uma empresa do porte do Mercado Livre é um reconhecimento da qualidade do nosso trabalho. Nosso propósito sempre foi revolucionar a logística no Brasil. E nesse momento, com o Mercado Livre, acredito que estamos muito mais perto de realizá-lo. Estamos muito motivados com os desafios futuros”, afirma Guilherme Reitz, sócio- fundador do Axado.

“A aquisição do Axado está em linha com o objetivo principal do Mercado Livre, que é oferecer a melhor tecnologia para a atividade de comércio eletrônico. Com isso, estamos dando um importante passo para democratizar ferramentas de gestão logística para o varejo online, melhorando a experiência dos nossos clientes”, afirma Helisson Lemos, presidente do Mercado Livre Brasil.

Tags, , , , , ,

Cresce o número de desenvolvedores que criam aplicações para comércio eletrônico no MercadoLivre

O MercadoLivre certificou, entre maio de 2014 e setembro deste ano, 24 empresas de desenvolvimento de software, ERPs e plataformas para a criação de aplicações para o comércio eletrônico realizado em seu site. De 16 empresas de desenvolvimento em 2014, agora são 40. Todas com a missão de criar ferramentas que melhorem a experiência de compradores e vendedores no uso do marketplace e também das unidades de negócio MercadoLivre Classificados (para os anunciantes de veículos e imóveis), MercadoPago (soluções de pagamento) e MercadoEnvios (soluções de logística).

Desde a abertura de seu ambiente tecnológico, em 2012, o MercadoLivre tem se aproximado de programadores e engenheiros de software para enriquecer a oferta de ferramentas e serviços para o comércio eletrônico. “A presença de lojas de médio e grande portes como vendedoras no site MercadoLivre é consequência do trabalho dos desenvolvedores, que nos ajudam na integração dessas lojas ao nosso sistema”, afirma Helisson Lemos, diretor geral do MercadoLivre Brasil. “Além disso, tem sido criada uma série de ferramentas de business intelligence e de performance de vendas para ajudar micro e pequenos lojistas, e até mesmo pessoas físicas”.

O grande número de vendedores que atuam no MercadoLivre (7 milhões de vendedores únicos na América Latina) é um dos principais fatores de crescimento do empreendedorismo na área de desenvolvimento de software para comércio eletrônico no Brasil. E, para fomentar ainda mais este crescimento, a companhia criou, em 2013, o fundo “MercadoLivre Commerce Fund”, de US$ 10 milhões, voltado para investir em companhias que criem soluções criativas para o ecossistema de serviços oferecidos pelo MercadoLivre.

Presente em 14 países (América Latina e Portugal), o MercadoLivre tem o Brasil como principal operação – e também como o país que possui o maior número de desenvolvedores certificados, comparado com os outros países da região, que somam outros 20 desenvolvedores. “O mercado brasileiro de comércio eletrônico está em uma fase de muito investimento em tecnologia e marketing, o que faz o setor crescer mais rápido do que em outros países”, afirma Lemos.

A lista completa de desenvolvedores certificados está disponível no site: http://developers.mercadolibre.com

Tags, , ,

MercadoLivre completa 16 anos com audiência de mais de 27 milhões de visitantes únicos no Brasil

Neste mês, ao completar 16 anos de história, o MercadoLivre comemora o fato de se manter invicto como líder de audiência do comércio eletrônico brasileiro. O último relatório da comScore Inc. (NASDAQ:SCOR) – líder em medição de audiência digital -, com dados de junho deste ano, mostra que o MercadoLivre foi acessado por 27,1 milhões de visitantes únicos naquele mês – cerca de 14% a mais do que no mês de janeiro, quando registrou 23,7 milhões.

Este volume significa que, na totalidade de visitantes da categoria de Varejo (57 milhões de visitantes únicos), o MercadoLivre representa praticamente a metade desta audiência. Além disso, a companhia tem, conforme o relatório, 35,1% da audiência total da internet brasileira.

Mais de 127 milhões de visitas – No mês de junho, o varejo online como um todo registrou mais de 585,4 milhões de visitas. Neste cenário, o MercadoLivre também aparece em primeiro lugar, com 127,2 milhões de acessos.

“Nossos investimentos contínuos em tecnologia, marketing e produto seguem dando bons resultados. Os índices de audiência medidos pela comScore são um excelente reflexo disso”, afirma Helisson Lemos, diretor geral do MercadoLivre no Brasil.

Para Luciana Burger, VP da comScore no Brasil, os sites de e-commerce continuam crescendo de forma constante no país; a comparação de preços e a compra online já são parte dos hábitos do consumidor online. “O MercadoLivre e outros grandes players nacionais e internacionais estão construindo um mercado digital sólido e cada vez mais preparado para as necessidades do novo consumidor multi-plataformas”, afirma.

Os Principais Sites de Varejo do Brasil por Total de Visitantes Individuais (em mil):

Junho de 2015

Público Total: Visitantes de +6 anos e em desktops.

Fonte: comScore MMX

Captura de Tela 2015-08-04 às 22.41.53

Tags, , , ,

MercadoLivre anuncia nova investida em startup de tecnologia brasileira a partir do MercadoLibre Commerce Fund

A empresa ThirdLevel, de desenvolvimento de software, é a nova beneficiada pelo programa de aportes financeiros em startups

O MercadoLivre, companhia de tecnologia líder em comércio eletrônico na América Latina, anuncia mais um aporte de seu fundo MercadoLibre Commerce Fund – fundo de US$ 10 milhões criado em 2013 para financiar startups que melhor utilizem o potencial da plataforma tecnológica do MercadoLivre. A beneficiada é a ThirdLevel, empresa que desenvolve módulos e plugins para plataformas de lojas virtuais e outros sistemas de gestão para vendedores.

Criada há pouco menos de três anos, a ThirdLevel passou por um processo de seleção entre dezenas de outras startups. É a 12ª empresa a receber parte do valor do fundo, após 4 empresas brasileiras e 7 argentinas. O potencial da empresa está mais do que comprovado: no seu curto tempo de existência, já atende centenas de clientes no Brasil e opera também no México, Argentina e Chile.

“A ThirdLevel tem o perfil das empresas que buscamos: uma aplicação com grande potencial de negócios, no estágio inicial de operação e com jovens talentos da tecnologia à frente”, afirma Helisson Lemos, diretor geral do MercadoLivre Brasil.

Tags, , ,