Tag Cristina Palmaka

Novos projetos de SAP S/4 HANA puxam crescimento da SAP Brasil no trimestre

A SAP Brasil registrou mais um forte crescimento no terceiro trimestre de 2020, mantendo o ritmo dos negócios registrado no primeiro semestre, já sob os impactos da crise da Covid-19. O principal fator de fortalecimento está  na estratégia de aproximação com os clientes para ajudá-los em seus projetos imediatos e, principalmente, no planejamento das operações para a retomada dos negócios com o arrefecimento da crise do novo coronavírus.Em comparação com o mesmo período do ano passado, a empresa registrou crescimento de dois dígitos no fechamento de novos contratos de implementação do ERP digital SAP S/4HANA na nuvem e três dígitos na venda de novas licenças.

O trimestre também foi marcado pelo fechamento de novos projetos de implementação do SAP Business One, sistema de gestão digital para empresas em crescimento, com avanço de dois dígitos. A adoção de soluções na nuvem, em especial para integrar processos e desenvolver soluções diretamente relacionada ao modelo de negócios, impulsionou a adoção da SAP Cloud Platform (SAP SCP). As empresas também estão buscando maior sustentabilidade em seus processos de compras e relacionamento com fornecedores, impactando em três dígitos novos projetos na nuvem com as soluções do portfólio SAP Ariba.

“Registramos mais um trimestre muito positivo para a operação da SAP Brasil, marcado por grandes contratos com grandes empresas, mas também projetos com empresas menores que estão usando a tecnologia como habilitadora para seus projetos de negócios. O que temos visto é que as empresas estão priorizando seus processos de transformação digital e conciliando-os com seus planos de crescimento no médio e longo prazo. Elas têm adotado soluções que vão além da digitalização do back office, integrando seus processos de gerenciamento de compras e da cadeia de suprimentos, gestão de capital humano e buscando uma plataforma que ofereça capacidade de desenvolvimento com base nas necessidades dos negócios”, explica Adriana Aroulho, presidente da SAP Brasil.

O setor de maior crescimento no período foi o de petróleo & gás, impulsionado por um novo contrato com a Petrobras. A multinacional brasileira de energia e uma das maiores empresas de óleo e gás do mundo está acelerando a transformação digital, em parceria com a SAP, e deu um passo importante com a adoção do SAP S/4HANA. Agora, como parte de um roteiro de digitalização de cinco anos, a gigante do petróleo e gás está se voltando para a implementação dos sistemas SAP Ariba, SAP Concur, SAP Analytics Cloud, SAP HANA Enterprise Cloud e SAP IBP, entre outros, para apoiar seu crescimento, simplificar a arquitetura de sistemas agregando valor e tornando-se mais enxuta.

O trimestre também voltou a registrar projetos importantes no setor de telecomunicações, como o da Algar Telecom, uma das maiores empresas de telecomunicações do Brasil com mais de 1,3 milhão de clientes, que está transitando para economia digital e fazendo parceria com a SAP pela primeira vez. A empresa está adotando uma combinação de soluções como SAP S/4HANA Cloud, SAP Cloud Platform, SAP Ariba e SAP Digital Supply Chain para desenvolver completamente seus processos principais, transformar sua estratégia de compras e gerenciar seus requisitos de cadeia de suprimentos, tudo sob uma plataforma escalável, confiável e unificada.

O setor varejista segue sendo um dos que mais demandam novos projetos, como parte da estratégia de digitalizar a operação para responder às novas demandas dos consumidores. Neste segmento, a C&C Casa e Construção, um dos maiores varejistas do setor de reformas domésticas do Brasil, recorre à SAP para apoiar sua estratégia de crescimento e se tornar uma empresa inteligente. A empresa, com 39 lojas em 3 estados, adotou o SAP S/4HANA e outros produtos para unificar todas as suas aquisições em uma plataforma robusta e escalável e contar com acesso às informações em tempo real para permitir consolidar as operações, melhorar a gestão e tomar melhores decisões de negócios.

A migração para o SAP S/4HANA também faz parte da estratégia de crescimento da Natura & Co, 4º maior grupo de beleza pure play do mundo, iniciou sua transformação digital há alguns anos com a SAP como parceira de confiança, investindo em tecnologias avançadas, melhores práticas e processos integrados de negócios. Após a aquisição da Avon, a integração se concentrará na migração do SAP S/4 HANA como o sistema de gestão confiável para integração com outras soluções como SAP Ariba, SAP Warehouse Management e SAP Analytics para aperfeiçoamento da gestão da cadeia de suprimentos.

Grupo Boticário, maior franqueador do Brasil e um dos líderes em cosméticos no País, está confiando na SAP para apoiar seu plano de crescimento agressivo. A empresa, com mais de 4.200 lojas e presença em 15 países, está atualizando sua plataforma ERP para SAP S/4HANA para ter maior agilidade, flexibilidade, confiabilidade e informações em tempo real. Cliente de longa data da SAP, o Grupo também adotou o SAP Extended Warehouse Management para melhorar a logística e suportar as mais avançadas operações dos seus centros de distribuição, em conjunto com o SAP Advanced Track and Trace para uma gestão mais precisa dos pedidos.

Riachuelo, rede de varejo com mais de 320 lojas no Brasil e parte do Grupo Guararapes – maior grupo de varejo de moda do país – vem trabalhando em sua transformação com forte investimento em tecnologia e na operação. A empresa atualizou a plataforma SAP S/4HANA, recém-adquirida, para incluir um motor principal especializado para apoiar a indústria da moda e adotou o SAP Extended Warehouse Management para integrar as áreas de manufatura, varejo e finanças, levando suas operações ao próximo nível de excelência.

Fornecer a experiência digital certa ao cliente é fundamental no relacionamento das empresas com a sua base de clientes e essa demanda foi impulsionada pela crise da Covid-19. No Brasil, a montadora francesa Renault atualizou recentemente seu pacote SAP Customer Experience para fornecer aos clientes que compram um carro online uma experiência ainda mais integrada e relevante. A solução da SAP também ajudará a empresa a se concentrar na continuidade de negócios, tornando a operação mais ágil e eficiente para atender às demandas e, ao mesmo tempo, obter economia.

Dando continuidade aos projetos de modernização com as soluções da SAP, a Atento – maior provedora de serviços de CRM e BPO da América Latina e entre as 5 maiores do mundo – continua seu roadmap de transformação com a SAP. A empresa, com uma base de 135 mil funcionários, está implementando o SAP SuccessFactors para unificar seus processos de RH globalmente, procurando aumentar a eficiência operacional e automatizando tarefas manuais para garantir a precisão dos dados, respeitando as diferenças regionais nos 16 países em que opera.

SAP acelera a transição para a nuvem e tem como meta mais de € 22 bilhões em receitas na nuvem até 2025

No terceiro trimestre, o backlog de cloud acumulou 10% ano a ano, para € 6,60 bilhões em meio aos contínuos efeitos do COVID-19 nos negócios em nuvem da SAP. A receita da nuvem cresceu 11% ano a ano para € 1,98 bilhões (IFRS), um aumento de 10% para € 1,98 bilhões (não-IFRS) e de 14% (não-IFRS em moedas constantes). As receitas de transações continuadas mais baixas, especialmente no Concur, impactaram negativamente o crescimento da nuvem em 6 pontos percentuais. A receita da nuvem das ofertas SaaS / PaaS da SAP, que não pertencem ao conjunto de soluções de Intelligent Spend Management, e sua oferta IaaS cresceram 26% e 24% (não IFRS em moedas constantes), respectivamente. A receita de licenças de software caiu 23% ano após ano para € 0,71 bilhões (IFRS e não IFRS) e 19% (não IFRS em moedas constantes). A receita de nuvem e software caiu 2% ano a ano para € 5,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e aumentou 2% (não IFRS em moedas constantes). A receita total caiu 4% ano a ano para € 6,54 bilhões (IFRS e não IFRS) e estável (não IFRS em moedas constantes)

“A COVID-19 criou um ponto de inflexão para nossos clientes. A mudança para a nuvem, combinada com uma verdadeira transformação de negócios, tornou-se uma obrigação para as empresas, para ganhar resiliência e posicioná-las para sair mais fortes da crise. Junto com nossos clientes e parceiros, iremos inovar e reinventar a maneira como os negócios funcionam em um mundo digital. A SAP vai acelerar o crescimento na nuvem para mais de € 22 bilhões em 2025 e expandir a participação da receita mais previsível para aproximadamente 85%”, declara Christian Klein, CEO da SAP.

América Latina mantém crescimento impulsionado pela adoção de soluções na nuvem

Na América Latina a SAP registrou o 21º quarter consecutivo de crescimento na nuvem, com aumento de dois dígitos no trimestre. O contexto de incerteza e a necessidade de continuidade dos negócios impulsionada pela pandemia acelerou a migração para soluções em nuvem. Além dos projetos em cloud, Brasil e México se destacaram neste trimestre pelo desempenho na venda de software on-premise. E nesta área, o crescente interesse na modernização e na mudança para a transformação digital foi demonstrado pelo crescimento de dois dígitos na adoção do ERP de próxima geração SAP S/4HANA, que está agregando cada vez mais novos clientes ao seu portfólio.

“As empresas da região têm demonstrado que com a adoção de tecnologia podem ser ágeis, resilientes e adaptáveis, três virtudes que, como evidenciado nos últimos meses, são essenciais para superar qualquer desafio”, disse Cristina Palmaka, presidente da SAP América Latina e da Caribe. “É verdade que navegamos em um cenário de muita incerteza, mas também repleto de desafios: a inovação e a transformação digital são ferramentas fundamentais para competir e vencer no contexto vertiginoso que nos é apresentado”, acrescentou.

Tags, , ,

SAP Brasil anuncia Jaime Muller como novo COO

A SAP Brasil anuncia que, a partir deste mês, Jaime Müller assume a função de Chief Operating Officer – COO. O executivo responderá diretamente à presidente da empresa, Cristina Palmaka, e será um dos principais porta vozes de Customer for Life, posicionamento estratégico da SAP com foco em uma consistente e ampla aproximação com o cliente. Ele substitui Theo Pappas, que vai ocupar nova função na SAP Latin America.

“Jaime Muller tem grande experiência em diversas áreas da indústria de TI e, em todas elas, privilegiou não só a conquista de novos clientes como a atenção especial às suas necessidades, ao desenvolvimento de soluções inovadoras e ao comprometimento com a sustentabilidade e perenidade dos negócios”, destaca Cristina Palmaka. “Como COO, ele poderá colaborar ainda mais com nosso objetivo de consolidar um relacionamento cada vez mais duradouro com nossos clientes”, afirma.

Segundo o novo COO, um de seus principais compromissos será o de “ficar cada vez mais atento e próximo dos clientes para ajudá-los no design de soluções e na conquista de um desempenho operacional mais eficaz, melhorando processos e otimizando o uso das soluções da SAP”.

Jaime Muller entrou na SAP em 2015 e ocupava, até o momento, o cargo de Vice-Presidente Sênior de Vendas para Indústrias Estratégicas. Com 25 anos de experiência profissional no mercado de TI, ele atuou em algumas das mais importantes empresas do segmento de tecnologia. Em suas atividades, privilegiou o foco no entendimento e obtenção de resultados para os clientes e liderou ondas de transformações relevantes como downsizing, outsourcing/insourcing, cloud computing, mobilidade, internet das coisas e transformação digital. Antes de sua chegada à SAP, trabalhou por 16 anos como Líder Executivo de Vendas em outra grande empresa do segmento de TI, respondendo por resultados significativos e crescimento de várias áreas como Soluções de Tecnologia, Aplicações e Soluções para Indústrias.

Graduado em Administração pela PUC – Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (SP), com Mestrado em Marketing pela Universidade de São Paulo (SP) e pós-graduação na Escola Superior de Propaganda e Marketing (SP), Muller também fez curso de Gestão de Negócios no INSEAD (França).

Tags, , , , , , ,

Vendas em cloud puxam resultados da SAP Brasil em 2017

A SAP Brasil anuncia os resultados financeiros consolidados do ano fiscal de 2017. A subsidiária brasileira registrou um crescimento de dois dígitos, em comparação com o ano anterior, da receita total das vendas de soluções em nuvem. Esta carteira mais que dobrou de tamanho no país em 2 anos. O destaque no ano passado foi o considerável aumento dos contratos firmados com as pequenas e médias empresas.

“O crescimento contínuo da adoção de soluções em nuvem, particularmente alto este ano, é um indicador muito positivo da maturidade do mercado. As empresas brasileiras já entenderam que precisam digitalizar suas operações para continuar crescendo, mas acima de tudo, para continuarem competitivas, não importa em que segmento estão ou que tamanho tenham”, afirma Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

Outra solução de relevância para os resultados do ano foi o SAP S/4HANA, pacote de gestão de recursos empresariais em tempo real para negócios digitais, que utiliza todo o potencial da plataforma HANA. A solução on premise (por venda de licenças) manteve sua trajetória constante de crescimento de vendas, registrando um aumento de dois dígitos sobre o ano anterior.

“A estratégia da SAP vai continuar privilegiando a oferta de uma plataforma de gestão simples, que ajude os clientes a se tornarem produtivos e competitivos e que impulsione seus negócios com soluções que atendam exatamente suas necessidades”, destaca Cristina Palmaka.

Novos clientes adotam a plataforma SAP Cloud

Entre os clientes que elegeram, em 2017, a plataforma SAP Cloud, está a Natura Cosméticos S/A, maior fabricante brasileiro de cosméticos, com 6.400 funcionários e uma rede de 1,8 milhões de consultores em oito países. O objetivo é aprimorar sua complexa cadeia de canais de vendas que inclui lojas, vendas online e diretas com a captura digital de informações de rastreamento de pedidos.

Outro nome de destaque que passou a integrar o portfólio de clientes da SAP, desta vez no segmento de varejo, foi o Makro, atacadista do grupo holandês SHV, que opera no Brasil, Argentina, Colômbia, Peru e Venezuela. Para substituir sistemas internos, a companhia, responsável pela comercialização de grandes volumes de alimentos e produtos não-alimentícios a preços baixos para clientes profissionais, optou por soluções SAP Hybris buscando realizar campanhas específicas, implementar programas de fidelidade e apoiar equipes internas para analisar hábitos de compras de seus clientes.

Também apresentaram resultados expressivos de vendas, com crescimento de dois dígitos no ano, as soluções de gestão de capital humano, SAP SuccessFactors; de e-commerce Hybris e da plataforma HEC – SAP HANA Enterprise Cloud, que permite a transição de aplicações on premise para um ambiente de nuvem, com processamento em tempo real. No que se refere aos mercados que mais contribuíram para o crescimento da empresa, vale ressaltar os de Seguros, Varejo e Produtos de Consumo.

Nuvem também se destaca na América Latina

Na região, a SAP continua conquistando bons resultados com seu portfólio para a nuvem. Em dois anos, a empresa duplicou seu negócio nesse segmento. Em 2017, o crescimento na região foi de dois dígitos, liderado pelo desempenho do Brasil. O destaque especial foi a velocidade de adoção pelas empresas, principalmente durante o último trimestre do ano, de soluções de comércio digital SAP Hybris.

A receita de vendas de soluções on premise também cresceu. No último trimestre fiscal de 2017, aumentaram dois dígitos, impulsionadas por SAP HANA.

Globalmente, a SAP apresentou um crescimento de 8% na receita com vendas de softwares e aplicações em nuvem.

Tags, , , , , , ,

SAP inicia operação de um novo datacenter no Brasil

A SAP anuncia a abertura de seu primeiro Datacenter na América Latina para a plataforma de serviços SAP Cloud Platform. A iniciativa atende à demanda do mercado por serviços inovadores, seguros e ágeis para as aplicações SAP na nuvem, que desde o ano passado têm registrado crescimento expressivo de três dígitos no Brasil.

“Nosso País se consolidou entre os mais importantes mercados da SAP Cloud Platform em todo o mundo. O data center responde ao grande interesse das empresas pelas soluções na nuvem e mostra o comprometimento da SAP com o suporte aos nossos clientes da região, comprovando o interesse da empresa em ser a parceira de negócios e suportar suas jornadas de transformação digital”, destaca Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

A executiva destaca que além de impulsionar a utilização de todas as possibilidades inovadoras do portfólio Leonardo, a inauguração do Datacenter abre um grande leque de oportunidades para diversos segmentos, como governo, bancos, seguradoras, e empresas de economia mista, que podem sofrer restrições na colocação de seus dados fora do País.

A solução SAP Cloud Platform é importante para a estratégia da SAP, que trabalha para impulsionar a necessária transformação digital das empresas. Ela é a base para a adoção de inovações, como as que podem ser proporcionadas pelo portfólio SAP Leonardo, que reúne tecnologias como Internet das Coisas, Blockchain, Aprendizado de Máquina (Machine Learning) e Inteligência Artificial, entre outras.

O novo Datacenter está operando desde o final de outubro e funciona em alocado no espaço do parceiro global Equinix, em São Paulo. Além do novo Datacenter em São Paulo, a SAP mantém Cloud Data Centers nos EUA, Alemanha, Austrália, Japão, Rússia e Canadá.

A SAP possui no Brasil outras duas operações de processamento de dados operando em data centers de parceiros. Um deles atende os clientes da solução SuccessFactors de Gestão de Capital Humano, e o outro dá suporte aos clientes que utilizam a plataforma de processamento de dados em tempo real SAP HANA em ambiente de nuvem.

Família de soluções fiscais ganha versão cloud

A SAP também anuncia que já está disponível no mercado o seu primeiro produto de uma nova Família Fiscal na Nuvem, a NFE Cloud. A solução foi especialmente desenvolvida pela SAP Labs Latin America para facilitar, com agilidade, segurança e conformidade com as legislações fiscais, a emissão de notas fiscais e materiais para todo o País.

A NFE cloud também já pode ser utilizada para emissão de notas de serviços para a cidade do Rio de Janeiro e em breve para São Paulo. A nova Família Fiscal Cloud atende ao grande número de empresas que estão migrando seus processos para a nuvem, proporcionando economia de gastos com infraestrutura, manutenção e suporte 24X7, além de escalabilidade e atualizações permanentes. As soluções fiscais da SAP já existentes no modelo on premise continuarão disponíveis no mercado.

Concur amplia portfólio no Brasil

A Concur, também empresa SAP, e líder mundial em soluções de controle de viagens, despesas e faturas, que iniciou suas operações no Brasil em março deste ano, disponibilizou mais uma solução para o mercado de viagens corporativas – o Concur Expense.

A solução permite solicitações automatizadas de reembolso, rápidas e precisas, bastando fotografá-las e enviá-las digitalmente para que sejam provisionadas e lançadas nos arquivos. Um dos primeiros clientes a aprovar e adotar a nova solução Concur Expense foi a companhia Votorantim.

Tags

Nuvem continua a puxar o crescimento da SAP no Brasil

A SAP Brasil anuncia os resultados financeiros do terceiro trimestre do ano fiscal de 2017. Mais uma vez, pelo sétimo trimestre consecutivo, o desempenho com aplicações em nuvem foi o grande destaque. A receita com o valor total de contratos em cloud teve alta de dois dígitos, em comparação com o mesmo período do ano anterior.

“Ter um ambiente de aplicações de negócios rodando em nuvem é fundamental para nossos clientes inovarem cada vez mais e tornarem seus negócios mais eficientes. Sem dúvida, a nuvem é a palavra-chave para a transformação digital das organizações, sendo capaz de levar as empresas, de todos os portes e segmentos, a um crescimento sustentável e que atenda as exigências dos consumidores”, aponta a presidente da SAP Brasil, Cristina Palmaka.

Outro indicativo que demonstra a performance positiva da SAP Brasil no trimestre em relação à computação em nuvem é o fato de ter aumentado em dois dígitos o número de novos clientes de nuvem em sua base. “O crescimento registrado mais uma vez pela SAP demonstra o acerto de nosso foco em manter uma parceria total com nossos clientes, entendendo as diferentes jornadas de cada um e seus desafios para desenvolver e propor as soluções de negócios mais assertivas”, salienta Cristina.

Ainda no que diz respeito ao desempenho da empresa abrangendo a computação em nuvem, o destaque no portfólio foi a solução de gestão SAP S/4HANA cloud, que atingiu um crescimento de mais de três dígitos. “Esse resultado reforça a nossa estratégia em oferecer ao mercado uma plataforma completa para o ERP, rodando em cloud e com toda a infraestrutura e suporte já prontos. Esse é um nosso importante diferencial”, lembra Cristina.

Outro item do portfólio de nuvem que teve relevância no resultado financeiro no trimestre foi a solução de gestão de capital humano SAP SuccessFactors. A receita com as vendas da aplicação subiu três dígitos. Por fim, a subsidiária brasileira aumentou em dois dígitos seus ganhos com a solução SAP HANA Enterprise Cloud, plataforma que permite a transição de aplicações on premise para um ambiente de nuvem, com processamento em tempo real.

Em se tratando de mercados em que a SAP Brasil alcançou resultados positivos, vale destacar o de Agronegócio, em que a empresa obteve alta de mais de três dígitos em suas vendas para empresas do setor. Um dos clientes do segmento que escolheu a SAP para trilhar uma jornada de transformação digital foi a Citrosuco, uma das primeiras empresas a adquirir algumas soluções do portfólio SAP Leonardo, que inclui tecnologias inovadoras como Internet das Coisas (IoT), Machine Learning, Blockchain, Big Data, Análise de Dados e a plataforma para desenvolvimento de aplicações em nuvem SAP Cloud Platform.

Responsável por cerca de 25% do mercado global de suco de laranja, a companhia brasileira possui um plano de inovação ambicioso, que inclui a implantação de algumas soluções do portfólio SAP Leonardo, entre elas, Internet das Coisas e a SAP Vehicle Insights, para monitoramento inteligente de veículos, juntamente com a solução de gestão em tempo real SAP S/4HANA e o conjunto completo da suíte SAP Supply Chain. A combinação de tudo isso vai permitir à Citrosuco um melhor planejamento baseado na demanda e aumentar a capacidade de conectar fazendas a unidades de fabricação, para um processo orquestrado que também otimize a logística de transporte em todo o mundo. A empresa também adquiriu as aplicações em nuvem SAP Ariba, SAP SuccessFactors, SAP Hybris e SAP Fieldglass, para gerenciar, respectivamente, seus processos de procurement, recursos humanos, engajamento com clientes e a força de trabalho terceirizada.

O trimestre foi positivo também para os resultados com pequenas e médias empresas. A SAP Brasil aumentou em três dígitos as vendas do principal produto da empresa para PMEs, o software de gestão SAP Business One.

Recorde na América Latina

Olhando para a América Latina, a SAP registrou seu melhor desempenho com as vendas em nuvem. Esse foi o melhor terceiro trimestre da história da SAP na região.

Com um crescimento de dois dígitos nas vendas em nuvem, puxadas pelo bom desempenho no Brasil, o destaque fica para solução SAP SuccessFactors, cuja receita cresceu dois dígitos. Clientes como o Bancolombia, o maior banco varejiosta da Colômbia, com operações em outros países da América Latina e Caribe, escolheram a aplicação para gerenciar o desenvolvimento de seus mais de 32 mil funcionários.

Tags

SAP e Prefeitura de São Paulo lançam o Latin Code Week, programa para capacitar jovens em linguagem de programação e inovação

A SAP Brasil e a Prefeitura de São Paulo, por meio da Secretaria Especial de Relações Governamentais, Secretaria das Prefeituras Regionais, Secretaria Inovação e Tecnologia e da PRODAM, com o apoio da ONG Junior Achievement, anuncia a realização do Latin Code Week, uma das iniciativas do Programa Profissão Cidadão. Focado em tecnologia e linguagens de programação para a capacitação de 400 jovens estudantes de São Paulo, com faixa etária entre 16 a 25 anos, a ação terá inscrições abertas e gratuitas de 5 de outubro a 7 de dezembro. Os treinamentos serão inteiramente gratuitos e acontecerão nos meses de dezembro de 2017 e janeiro de 2018.

“Iniciativas como o Latin Code Week, além de contribuírem decisivamente para a inclusão social e digital da nova geração, plantam sementes de inovação que vão se multiplicar e resultar em soluções criativas para vários setores da sociedade, inclusive para a própria administração pública”, destaca Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

O Programa Profissão Cidadão formula políticas públicas para o fortalecimento direto ou indireto das atividades econômicas, sensibilizando, fomentando e regulando seu desenvolvimento de forma criativa, inovadora e transversal entre os entes da administração pública, a inciativa privada e o terceiro setor, com o intuito de conectar os munícipes com a administração municipal e ampliar possibilidades para o alargamento do conhecimento dos habitantes da cidade, explica Bruno Covas, Vice Prefeito e Secretário das Prefeituras Regionais.

Com recursos estruturais das Prefeituras Regionais de São Paulo e da UniCEU assegurados, o Latin Code Week receberá os estudantes nas seis grandes etapas, descentralizadas nas quatro Macro-Regiões da cidade. “Cada etapa terá um grupo de 60 jovens, subdivididos em grupos de seis ou sete componentes”, explica o Dr. Milton Flávio, Secretário de Relações Governamentais e Curador do Programa Profissão Cidadão. “Serão 20 horas de capacitação para cada um, distribuídas ao longo de uma semana, sempre às tardes.”

“Nossa preocupação foi produzir um” conteúdo que envolvesse também o desenvolvimento de habilidades não cognitivas, como Design Thinking, comunicação e trabalho em equipe, para jovens que buscam qualificação técnica profissional que ampliem as oportunidades de colocação no mercado, destaca o presidente da PRODAM, Rogerio Brecha.

Além das oficinas de treinamento, os participantes terão como desafio desenvolver o protótipo de uma solução para um problema previamente determinado pela organização, ligado à gestão pública. “Cada etapa terá um projeto vencedor, e os escolhidos participarão de uma grande final em março de 2018,” explica Bety Tichauer, presidente da ONG Junior Achievement. “As ideias de aplicativos serão avaliadas por uma banca e premiadas conforme sua viabilidade como um verdadeiro negócio”.

Os responsáveis pelos treinamentos serão monitores especializados e funcionários voluntários da SAP e da PRODAM. No total, devem ser mais de 8000 horas de capacitação, mais de 50 profissionais envolvidos e 1200 horas de voluntariado. A metodologia do Latin Code Week foi desenvolvida em conjunto pela SAP e a Junior Achievement.

Tags, , , , ,

SAP oferece soluções cloud focando a profissionalização de pequenas e médias empresas

A SAP anuncia uma oferta para atender às crescentes necessidades de gestão profissional das empresas de pequeno e médio porte no Brasil. Segundo a última pesquisa realizada pelo Sebrae e pela Fundação Getúlio Vargas, as mais de nove milhões de pequenas e médias empresas representavam 27% do PIB nacional. Esse número, em valores absolutos, soma um total de R$ 599 bilhões (quatro vezes mais do que o resultado da última década).

A estratégia da empresa é a oferta do software de gestão SAP Business One no formato de serviços (SaaS). Com assinatura mensal, a partir de R$ 250,00 por mês para empresas com até 25 usuários, além do custo de hospedagem na nuvem de um provedor a ser escolhido pelo cliente, este modelo de serviços flexibiliza o acesso ao software e aumenta a transparência na gestão de empresas em crescimento.

“Como não há um investimento inicial na compra de software – o que imobilizaria um capital que normalmente as pequenas empresas não tem -, a aquisição da solução torna-se realmente uma decisão de estratégia de profissionalização da gestão. Por isso, o SAP Business One é a solução perfeita para PMEs que estão pleiteando aportes e investimentos para dar um salto de crescimento, precisam profissionalizar suas operações, garantindo aos investidores transparência na gestão”, afirma Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

Hoje, no Brasil, organizações como Instituto Ayrton Senna, 1900 Pizzeria, Cisa Brasile, Global Aviation e até times de futebol, como o Palmeiras e o Botafogo (da cidade paulistana de Ribeirão Preto) utilizam o SAP Business One para fazer a gestão de suas operações administrativas.

Para se ter uma ideia da importância das pequenas empresas no Brasil buscarem a profissionalização da gestão de seus negócios, em 2016, as fintechs (empresas iniciantes de tecnologia do setor financeiro) receberam aportes totais no valor de US$ 161 milhões (cerca de R$ 515 milhões), de acordo com Relatório da Global FinTech Hubs Federation, Federação internacional que reúne associações de apoio a startups. O Brasil ocupa só a 7ª posição em volume de investimentos, o que demonstra que startups e pequenas empresas nacionais também necessitam ter uma governança bem definida da gestão para atrair investidores.

Gestão de fornecedores

Seguindo a mesma demanda por soluções que ajudem a impulsionar os negócios das PMEs, a SAP também disponibiliza ao segmento a solução em nuvem SAP Ariba, uma ampla rede online que conecta vendedores e compradores de todo o mundo.

“Com a mesma solução que já é usada por grandes companhias globalmente, empresas em crescimento podem ganhar agilidade, diminuir custos, reduzir riscos e aumentar a receita por meio de uma melhor gestão de compras e contratos com parceiros comerciais”, conclui Cristina.

Atualmente, a rede SAP Ariba conecta 2,3 milhões de fornecedores com empresas de todos os tamanhos no mundo. Só no Brasil 13.000 companhias usam a rede para otimizar seus processos de compras. Entre elas estão o Aché Laboratórios e a Atento.

Tags,

Concur anuncia expansão para o Brasil

A Concur, uma empresa da SAP e líder mundial em soluções de controle de viagens, despesas e faturas, anuncia hoje seus planos de crescimento para o mercado brasileiro. O Brasil já está atualmente entre os 10 principais mercados da Concur em volume de transações e usuários. A operação brasileira ficará alocada juntamente com o escritório da SAP em São Paulo para atender clientes brasileiros e multinacionais.

“A América Latina é uma região de grande importância na estratégia de crescimento global da Concur. Já temos mais de 160 clientes multinacionais usando as nossas soluções no Brasil, mesmo antes de estar presente no mercado local”, afirma Mike Eberhard, presidente da Concur. “Como a adoção de serviços de gestão de despesas e de nuvem deve aumentar no Brasil nos próximos anos, acreditamos que a oportunidade de crescimento é significativa.”

Para a presidente da SAP Brasil, Cristina Palmaka, a chegada da Concur no Brasil é estratégica para o crescimento da subsidiária. “Em 2016 tivemos um ótimo desempenho com vendas de soluções em nuvem, que cresceram três dígitos, em comparação com o ano anterior. Agora, temos mais uma opção em Cloud para nossos clientes. A Concur completa nossa estratégia de levarmos as aplicações de negócios das empresas para a nuvem”, destaca Cristina.

Valéria Soska, que atuava na SAP Brasil anteriormente, assumiu a posição de diretora geral da Concur Brasil, tendo como desafio liderar a expansão e supervisionar o desenvolvimento dos negócios, vendas, marketing e serviços de suporte ao cliente em todo o País. Na SAP Brasil, a executiva ocupou a função de vice-presidente do programa de clientes estratégicos da SAP Brasil, em que era responsável por atender grandes organizações no país.

As soluções Concur são utilizadas por algumas companhias no Brasil, que já colhem os benefícios de simplificarem a gestão de despesas de funcionários e viagens corporativas.

O Brasil é atualmente um dos 10 maiores mercados da Concur no mundo, em termos de transações e usuários dos sistemas. O fluxo de transações de clientes brasileiros que passam pelas aplicações Concur aumentou 40% no quarto trimestre de 2016, em comparação com o mesmo período do ano anterior. Somente em dezembro, o crescimento saltou para 50%. Agora, com uma operação local, o objetivo é elevar ainda mais a participação de mercado das aplicações de gestão de despesas e viagens.

Uma das empresas que já se beneficiam das soluções da Concur é a Sanofi, quinto maior laboratório farmacêutico do mundo: “A Sanofi tem tido benefícios com as soluções de controle de viagens e despesas da Concur, contando com uma visão holística sobre os gastos da empresa. Esses dados ajudam nossos negócios a ter uma economia significativa no Brasil”, afirma Roberto Simonsen, diretor de finanças da Sanofi LATAM.

A Concur oferece um ecossistema de plataformas de viagens e despesas totalmente conectado que integra produtos, fornecedores e parceiros, incluindo grandes marcas no Brasil, como Uber e Airbnb. Esse ecossistema aberto, associa dados sobre gastos para proporcionar uma visão que ajuda clientes e parceiros a conduzir seus negócios de forma mais eficiente.

A empresa brasileira Avipam Turismo e tecnologia, que atua com prestação de serviços de viagens e eventos corporativos, também está otimista com o início da operação local da fornecedora. “A Concur é conhecida por sua liderança e inovação na área de controle de viagens e despesas, e estamos muito animados para ver a empresa fazer do Brasil uma prioridade em sua iniciativa de expansão global. Estamos ansiosos para trabalhar em estreita colaboração com a Concur na oferta de soluções inovadoras para gestão de viagens de negócios para nossos clientes locais”, destaca Antonio Fernando Slomp, presidente da Avipam Turismo e Tecnologia.

A SAP, que adquiriu a Concur em 2014, ajudará a impulsionar a estratégia go-to-market da Concur no Brasil.

Tags, , , , ,

TIVIT firma parceria inédita com a SAP para América Latina

Em busca de um parceiro regional dinâmico, flexível e com grande conhecimento de mercado, a SAP firmou parceria com a TIVIT, líder em serviços integrados de Tecnologia na América Latina, tornando a empresa a primeira provedora de cloud computing para a solução SAP HANA Enterprise Cloud – HEC na América Latina.

“A SAP tem como foco entender as necessidades de seus clientes para apresentar as melhores soluções, capazes de simplificar processos e ajudá-los a enfrentar os desafios da jornada de transformação digital”, destaca Cristina Palmaka, presidente da SAP. “Ao estabelecer esta parceria com a TIVIT conseguiremos estar ainda mais próximos dos clientes e explicar como o SAP HANA Enterprise Cloud permite unir o poder do acesso aos dados com a flexibilidade da nuvem. Com isso, garantimos que nossos clientes consigam se adaptar às rápidas mudanças do mercado, com menor custo e risco. ”

Entre outras vantagens, o SAP HANA Enterprise Cloud – HEC disponibiliza recursos de gestão que permitem implementações mais rápidas, atendendo as empresas que precisam ou desejam contar com aplicações de missão crítica na nuvem sem qualquer prejuízo em termos de desempenho, integração, segurança e condições de recuperação em caso de falhas ou desastres naturais.

Esta parceria é única no mercado regional, pois a qualificação para se tornar um Premium Suplier da SAP requer uma série de validações e certificados, que inclui avançados níveis de segurança, alta disponibilidade, processos operacionais de gestão de tecnologia, performance da infraestrutura e qualificação profissional, atributos já presentes nos data centers e nas operações da TIVIT. Para concretizar a parceria foram necessários sete meses dedicados de uma equipe multidisciplinar.

“Este acordo qualifica ainda mais a oferta da TIVIT e demonstra a confiança e o reconhecimento do mercado nos nossos serviços SAP e Cloud Computing. Do ponto de vista de negócios, esperamos dobrar nossa base de clientes SAP até o fim de 2017”, ressalta Carlos Gazaffi, vice-presidente de Gestão de Tecnologia da TIVIT. A parceria, que estará disponível no Brasil a partir de novembro de 2016, em breve também contemplará outros países da América Latina.

Este movimento faz parte da estratégia de expansão da oferta de cloud computing da TIVIT. Recentemente a empresa anunciou investimento de R$ 46 milhões para a construção de nuvens locais e ampliação do portfólio com a adoção de um modelo multicloud, que oferece aos clientes uma solução híbrida, combinando ambientes tradicionais, nuvens privadas e também nuvens públicas.

Centro de Excelência SAP

Para prover aos clientes gestão unificada de infraestrutura e aplicações, assim como uma solução integrada do ciclo de vida das soluções SAP, desde 2012 a TIVIT possui um Centro de Excelência com mais de 600 profissionais que agrega toda a expertise em processos de negócios complexos, inovadores e de missão crítica.

Com uma robusta infraestrutura baseada em cloud computing, a TIVIT possui mais de 10 milhões de SAPS (SAP Application Performance Standard) gerenciadas. SAPS é uma unidade de medida para dimensionar processamentos em sistemas SAP, independentemente do tipo de hardware. O ambiente da TIVIT suporta mais de 165 mil usuários, abrangendo as etapas de licenciamento, projeto, consultoria, manutenção, suporte técnico e funcional. Outra vantagem importante é a garantia de ambiente tecnológico estável, com alta disponibilidade e segurança.

Tags, ,

O esporte está se transformando para ser mais emocionante e competitivo – Por Cristina Palmaka

Para muitos de nós, esporte é uma paixão. Independentemente do idioma, território ou torcida, estamos todos unidos por uma louca paixão pelo esporte, fazendo dele um forte elo de integração e inspiração. Por outro lado, o esporte também é um negócio sério.

Nossa paixão pelo esporte – e pela competição –sempre fez parte do DNA humano. Uma coisa que mudou, no entanto, é o modo como vivenciamos essa paixão. Durante o último século, avanços tecnológicos têm revolucionado o esporte e, como resultado, essa indústria se tornou global e está avaliada em US$ 100 bilhões. Hiperconectividade, computação em nuvem, dispositivos inteligentes e segurança cibernética são algumas megatendências que estão impulsionando a transformação digital nos esportes.

Embora ainda em estágios iniciais, uma nova era nos esportes já está em curso: a era do Big Data. Há quinze anos, o uso de análises no esporte era estranho e controverso. Muitos olheiros, treinadores e jornalistas esportivos acreditavam apenas no que viam com seus olhos. Eles não valorizam o uso de computadores nem de dados – até que as equipes que usavam dados começaram a vencer e inovar. Isso mudou o jogo para sempre. Organizações esportivas em todo o mundo estão investindo para mudar o jogo com tecnologias modernas, incluindo dispositivos para vestir (wearables) e tags RFID que rastreiam os movimentos a fim de melhorar o desempenho dos jogadores e reduzir lesões, e instalando tecnologias baseadas em câmera para capturar estatísticas em tempo real.

Temos um exemplo bem próximo de como a inovação pode impactar positivamente o esporte. A equipe alemã de vela se preparou para os Jogos Olímpicos de 2016, no Brasil com tecnologia de ponta. Veja um vídeo.

Hoje, com a capacidade tecnológica existente para processar grandes volumes de dados brutos, o esporte profissional está mudando em todos os níveis – dos camarotes, campos, e quadras até torcedores em casa.

Ainda que a tecnologia possa parecer complexa, a transformação nos esportes já está ocorrendo de três maneiras simples: tornando o jogo mais competitivo para os jogadores, mais divertido e atraente para os torcedores e mais rentável para os clubes e organizações. É um cenário em que todos ganham uma vantagem competitiva.

Mais performance, menos lesão

Com a ajuda da tecnologia, ligas e equipes esportivas são capazes de analisar grandes quantidades de dados e transformá-las em informações inteligentes, permitindo que os jogadores treinem melhor, de forma mais inteligente que seus adversários, e evitem lesões. Isso permite que os treinadores façam uma gestão holística e engaje suas equipes de modo mais eficiente.

Pense nisso. Em apenas 10 minutos de treinamento, 10 jogadores treinando com três bolas podem gerar 7 milhões de novos pontos de dados. E uma hora e meia de partida de tênis entre dois jogadores gera uma média de 60 mil a 70 mil registros. Com o poder da tecnologia de processamento e análise de informações, por exemplo, todos os dados podem ser processados e analisados até 1.000 vezes mais rápido do que as plataformas tradicionais, ou seja, podemos encontrar padrões nos dados em um piscar de olhos. Essas são as perspectivas que nenhum treinador, jogador ou clube, com toda sua experiência, poderiam ter normalmente.

As equipes agora podem explorar os grandes volumes de dados vindos de sensores, vídeos e plataformas sociais e reunir todos os sinais de grandes conjuntos de dados de históricos, permitindo fazer previsão e recomendações perfeitas para a forma física e o desempenho dos jogadores. Eles poderão agir imediatamente e tomar decisões informadas em tempo real.

Torcedor no centro das ações

Torcedores são pessoas apaixonadas. Hoje, eles não só estão usando a camisa de seus times, como também estão compartilhando suas paixões com milhões de pessoas nas mídias sociais – até 2020, mais de 2,55 bilhões de pessoas estarão nas mídias sociais. Os torcedores de hoje esperam mais em troca de sua torcida. Eles querem ser capazes de assistir a todos os jogos, estejam onde estiverem, em qualquer dispositivo. Eles querem ver placares, estatísticas personalizadas e notícias atualizadas constantemente. Eles também querem se relacionar com seus jogadores favoritos e saber as notícias em primeira mão.

Em vez de acompanhar passivamente os esportes em casa, eles querem esportes que também se envolvam com eles. E, na nova economia digital com 50 bilhões dispositivos capazes de se conectar à Internet e na qual os limites entre os mundo físico e virtual são cada vez mais tênues, os torcedores esperam contar com experiências digitais inteiramente novas que os aproximem da ação.

Com o poder da tecnologia, os torcedores passaram a serem no centro das ações e a tecnologia está redefinindo a experiência digital para eles. Assista aqui a um vídeo que mostra como o time alemão de hóquei, Adler Mannheim, transformou a experiência de consumo aos seus fãs. Isso sim é inovação.

Administração simplificada

Por fim, com a capacidade de armazenagem e processamento de grandes volumes de dados, os clubes podem integrar todos os aspectos de suas operações, tudo em um mesmo lugar: venda de ingressos e de merchandising; avaliação de jogadores e gestão de salários; recursos humanos e contabilidade; mídias sociais e marketing. A tecnologia também permite que os times identifiquem e compreendam suas bases globais de torcedores para gerar mais oportunidades de receita e valor para a marca.

Enfim, a transformação e a inovação nos esportes, independente da modalidade, já são realidades e estão à disposição para tornar a experiência dos torcedores mais interativas e agradáveis, os clubes e ligas têm um leque de opções para se diferenciarem e se tornarem mais atrativos aos fãs.

Cristina Palmaka é presidente da SAP Brasil

Tags, , , , ,

SAP apresenta no CIAB 2016 portfólio completo de soluções para apoiar a transformação digital

A presidente da empresa, Cristina Palmaka, fará a palestra
“The Boardroom of the future – Redefina a maneira de fazer negócios” durante o Congresso

Líder mundial de aplicações de software empresarial e maior empresa de soluções tecnológicas para o setor financeiro, a SAP participa, no Transamérica Expo Center, em São Paulo, de 21 a 23 de junho, do CIAB Febraban, o mais importante evento para o Mercado Financeiro da América Latina.

O estande da empresa terá uma “sala de comando do futuro” onde experts da SAP vão abordar temas relacionados à transformação digital. Clientes, parceiros e visitantes terão a oportunidade de conhecer o portfólio completo de soluções que apoiam a adaptação para a nova economia digital.

Pela primeira vez, a SAP, como patrocinadora ouro do Ciab, também participará com palestras no Congresso. A empresa destacou três de seus mais representativos executivos para levar temas relevantes para os que forem ao evento. Cristina Palmaka, presidente da empresa, vai abordar The Boardroom of the future – Redefina a maneira de fazer negócios” no dia 23, às 11h30, no Auditório Febraban, Hall B. No mesmo dia, às 14 horas, Eduardo Brunetti, especialista em Negócios Financeiros, fala sobre a “Transformação Digital no Canal de Vendas”, no Auditório C2, Hall C. Às 15h30, Tonatiuh Barradas, vice presidente de Indústrias Estratégicas, tem como tema “Descubra como as principais instituições financeiras abraçam a inovação”, no Auditório G1, Hall G.

No primeiro dia do evento, no tradicional happy hour, às 18 horas, a SAP vai promover uma Harmonização de Whisky e Chocolate em seu estande.

Tags, , ,

SAP traz para o Brasil programa global de treinamento para jovens talentos

A SAP traz para o Brasil o programa Young Professional, voltado para a formação e capacitação gratuita de jovens talentos. Coordenado pelo SAP Training and Development Institute (SAP TDI), uma organização da SAP que nasceu há quatro anos, em Dubai, o programa já qualificou mais de 760 jovens graduados no Oriente Médio e no norte da África. A iniciativa também oferece suporte para que os jovens desenvolvam seu potencial como empreendedores.

No Brasil, o programa ocorre em São Paulo e haverá duas turmas. A primeira terá início em julho e a outra em setembro/outubro. Poderão se inscrever apenas estudantes brasileiros com graduação completa (até três anos de formados) e que não estejam empregados. O número de vagas é limitado (25 por turma) e as aulas são gratuitas.

“Queremos proporcionar aos jovens profissionais, com curso superior, treinamentos especiais que vão auxiliá-los a se destacarem no mercado e capacitá-los para que apoiem a Economia Digital no Brasil”, afirma Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil.

O conteúdo do Young Professional abrange a capacitação em habilidades pessoais e de negócios, além de prover conhecimento sobre tecnologias SAP como Analytics, SAP HANA e aplicações em nuvem. A agenda inclui oficinas de desenvolvimento de competências, como Design Thinking, além de ensinar técnicas de vendas, negociação e habilidades de apresentação e comunicação. A programação também conta com a apresentação de experiências práticas através de exercícios simulados sobre o ciclo de vida de um projeto.

Ao término do curso, os participantes poderão obter certificação em um conjunto de soluções da SAP, e estarão formados como Consultores SAP Associados, o que lhes dará uma vantagem competitiva junto a clientes e parceiros da empresa. Os alunos formados, portanto, estarão preparados para ingressar nessas companhias que são parte do ecossistema da SAP, ou mesmo para empreenderem.
“Estamos empenhadas em trabalhar ao lado de instituições públicas e do setor privado para desenvolver a geração Millennials, que vai conduzir a economia da região. Acreditamos que a tecnologia pode transformar a vida de muitas pessoas no Brasil”, salienta Marita Mitschein, diretora executiva do SAP Training and Development Institute.

O processo seletivo será aberto em breve. O alvo são estudantes graduados em áreas como administração, engenharia e tecnologia.

Qualificar agora para crescer no futuro

Atualmente, uma em cada duas pessoas no planeta tem menos de 30 anos. A primeira geração “sempre conectada”, a Millennials, é que a tem a melhor formação educacional da história, mas ainda sofre com altas taxas de desemprego, de acordo com a Organização Internacional do Trabalho (OIT). Cerca de 20% dos jovens no Brasil, com idades entre 15 a 29 anos, não está na escola, no emprego, nem em treinamento. Algumas das principais dificuldades de emprego que os jovens enfrentam são a educação limitada e a falta de competências necessárias.

Em paralelo, todas as organizações estão se tornando cada vez mais dependentes de habilidades técnicas avançadas na emergente Economia Digital. Até 2020, os países enfrentarão a escassez de talentos qualificados e, segundo a McKinsey, será necessário um total de 40 milhões de profissionais altamente capacitados, especialmente em ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

Tags, , , , , ,

SAP Brasil tem forte foco em Cloud e transformação digital dos clientes em 2016

A SAP Brasil anuncia que vai priorizar em sua estratégia de negócios para 2016 os segmentos de nuvem e SAP S/4HANA. Segundo Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil, há uma grande oportunidade nestas áreas porque as empresas buscam maior simplificação de processos para elevar rapidamente a produtividade e a análise em tempo real. “A nuvem permite aos clientes corporativos das mais variadas indústrias e linhas de negócios a adotar mais rapidamente soluções como o S/4HANA, que proveem informações em tempo real para análise e tomada de decisão”, aponta Cristina.

A presidente da SAP Brasil ressalta que o uso da tecnologia da informação é fundamental para que as empresas encarem os desafios da transformação digital. “A nova economia já responde por 4,3% do PIB latino-americano*”, destaca Cristina. “As empresas não têm mais escolha: ou abraçam a transformação digital, ou somem”.

Segundo ela, a transformação digital exige a conexão de todos pontos da cadeia de valor – clientes, funcionários, big data, fornecedores e parceiros –, o que gera um grande volume de informações importantes para a tomada de decisão. “A SAP tem expertise para apoiar os clientes a superar diversos desafios, incluindo os de gestão de mão-de-obra, de fornecedores, e-commerce e fiscal”, complementa.

Cristina Palmaka adianta que em 2016, para expandir os negócios em cloud, a SAP seguirá a abordagem adotada em 2015, que conferiu à subsidiária destaque internacional. “O time de vendas se alinhou com equipes especialistas, que trocam oportunidades de negócio. Como resultado, bons trabalhos existentes abriram portas para resolver desafios de nossos clientes em áreas onde a SAP ainda não tinha presença”, destaca.

Segundo a executiva, ao longo de 2015, a SAP contribuiu para a transformação digital de companhias de todos os portes, entre elas:

· DPaschoal – Com 66 anos de atuação no mercado nacional, a empresa passa por uma transformação digital. Investiu na reformulação de sua estratégia comercial para lançar uma operação de e-commerce totalmente integrada às suas 180 lojas físicas no país. Para se transformar na primeira loja de pneus omnichannel do mercado, a empresa optou pela implementação da plataforma hybris da SAP, permitindo a compra, contratação, agendamento e pagamento de serviços como instalação, alinhamento e balanceamento on-line. Também disponibilizou um fácil acesso a vídeos e infográficos sobre a hora certa de trocar pneus, e informações sobre os produtos mais adequados a cada caso. O objetivo da DPaschoal é o de proporcionar aos clientes uma experiência de consumo que vai além do que apenas comprar pneus e recebê-los em casa. O site www.dpaschoal.com.br, hoje, cuida do cliente desde o momento em que ele desconfia de que há algo errado com o carro, fornecendo um rico conteúdo para esclarecimento de dúvidas, e guiando até a finalização de seu processo de compra;

· PADO – Maior indústria de cadeados do Brasil, a PADO adotou soluções de IoT (Internet das Coisas) da SAP para otimizar sua linha de produção, reduzir o tempo na tomada de decisões e ampliar a autonomia e eficiência de suas equipes de vendas. As soluções SAP permitem que a empresa conecte qualquer objeto a qualquer aplicação ou processo de negócio na sua empresa ou rede. Todos os dados de funcionamento das máquinas do chão de fábrica, como temperatura do óleo, número de batidas, ciclos e consumo de energia, serão processados na plataforma SAP HANA, que permite acompanhamento, análise, gerenciamento e visualização em tempo real das informações em uma central de controle ou em outro ponto pré-determinado, como totens ou telões.

· 1900 Pizzeria – Para transformar seus processos de gestão, tradicional pizzaria da capital paulista que serve cerca de 25 mil pizzas por mês, adotou uma versão totalmente customizada (pelo parceiro Ramos Sistemas) para o setor de alimentação da solução de gestão de negócio para pequenas empresas SAP Business One. O objetivo é melhorar a eficiência da gestão e, por consequência, a tomada de decisões, além de procurar entender melhor os seus clientes.

Tags