Tag Bradesco

Bradesco é o banco mais inovador do mundo pelo Efma-Accenture DMI Award 2018

O Bradesco recebeu três troféus do Efma-Accenture Distribution & Marketing Innovation Award 2018, que reconhece projetos inovadores em marketing de bancos de varejo. O prêmio avaliou mais de 400 cases de inovações de 180 corporações financeiras de 59 países, sendo o Bradesco o único banco brasileiro mencionado.

Entre os troféus, está o primeiro lugar na principal categoria do prêmio, a de Global Innovator, que reconheceu o Bradesco como o banco mais inovador do mundo por conta de cases como o da criação da atendente virtual BIA, do projeto inovaBra (habitat e lab) e da Plataforma MEI.

A partir do case do Lollapalooza, em que o Banco firmou parceria com o festival para se conectar a clientes mais jovens, foi premiado com o primeiro lugar na categoria Digital Marketing & Communication. Além disso, ainda recebeu o terceiro lugar da categoria Workforce Experience pelo case de gerenciamento de prestadores de serviços externos em parceria com a startup Fieldcontrol.

De acordo com Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco, a instituição tem investido continuamente na capacidade de inovação. “Este ano foi um marco para o banco com o lançamento do inovaBra habitat, que faz parte da plataforma criada para promover a inovação a partir de um ecossistema de programas baseados em coinovação”, comenta. “O Bradesco tem um histórico de pioneirismo e vanguarda e esse reconhecimento é a coroação de um trabalho que vem sendo feito há anos para contribuir com a inovação no Brasil e no mundo”, completa o executivo.

Tags, , ,

Sebrae firma convênio com Bradesco para melhorar o acesso das MPE ao crédito

O Sebrae e o Bradesco firmaram um convênio de cooperação técnica para promover a melhoria das condições de acesso ao crédito por parte das Micro e Pequenas Empresas. O acordo também prevê que o Sebrae ocupará um espaço no inovaBra habitat, do Bradesco, em São Paulo. Além disso, o convênio inclui ainda suporte e mentoria da instituição às startups instaladas no inovaBra, que reúne mais de 170 startups e outras 60 empresas corporates.

A cerimônia reuniu toda a diretoria do Sebrae, o presidente Guilherme Afif Domingos, os executivos do Banco e Luiz Carlos Trabuco Cappi, presidente do Conselho de Administração. “A presença maciça da diretoria se justifica pela importância desse momento. Em vez de dispersar esforços, estamos unindo”, afirmou Afif. “O Sebrae é uma das instituições mais admiradas do país. Estamos felizes por estar a serviço da comunidade e de uma causa”, discursou Trabuco.

O objetivo do convênio é atender empresas com orientações sobre crédito e microcrédito, inclusive para modalidade com a garantia do Fundo de Aval às Micro e Pequenas Empresas (Fampe). Segundo informações da instituição bancária, estima-se que cerca de 1,4 milhão dos 8 milhões de MEIs do país sejam correntistas do Bradesco, mas apenas aproximadamente 200 mil têm conta pessoa jurídica. Trabuco disse que o banco atua na formalização desses empreendedores. “Vislumbramos chegar a 20 milhões de MEIs, a exemplo dos Estados Unidos, que têm cerca de 30 milhões.”

O inovaBra habitat faz parte do ecossistema de inovação Bradesco e foi criado para promover a inovação na instituição. Segundo Mariana Grapeggia, gerente de empreendedorismo e inovação do Sebrae em Santa Catarina, a sala do Sebrae nesse espaço é composta de quatro posições, que serão ocupadas por dois técnicos do Nacional, um de São Paulo e outro de Santa Catarina. Eles estarão disponíveis para dialogar com as startups instaladas, promover a conexão com empresas atendidas pela entidade em outros estados e inseri-las nos desafios tecnológicos. “O objetivo é entender as necessidades desses empreendedores e procurar formas de supri-las”, explicou Mariana.

Tags, , , , ,

Bradesco divulga finalistas da 4ª edição do inovaBra startups e anuncia novidades no programa

O Bradesco anuncia os finalistas da 4ª edição do programa inovaBra startups, criado para descobrir projetos inovadores que tenham soluções aplicáveis ou com possibilidade de adaptação no setor de produtos e serviços financeiros.

São elas:

Segurize – Santos (SP): Plataforma de indicação de clientes para produtos de seguros que utiliza o conceito de marketing de indicação atrelado a recompensas.

MaxxMobi – Salvador (BA): Plataforma de multiatendimento ao cliente feito por Whatsapp e Telegram.

Dualk – São Paulo (SP): Plataforma capaz de vender microsseguros de forma integrada entre canais online para bancarizados e off-line para desbancarizados.

Banib – Sorocaba (SP): Plataforma para o ramo imobiliário que permite interatividade entre o cliente e o imóvel.

Rankdone – São Paulo (SP): Plataforma de processos de recrutamento com API que utiliza ATS (applicant tracking system).

Dataholics – São Paulo (SP): Plataforma de tecnologia para captação de informações para credit scoring.

PhdRisk – Maringá (PR): Plataforma de análise de crédito que utiliza Inteligência Artificial.

As sete finalistas seguem para a fase de concepção do projeto, na qual receberão orientação para atender a uma necessidade real do Banco. Elas terão apoio no desenvolvimento do produto ou serviço e adaptação da solução ao ambiente do Bradesco. Ao final do programa, as empresas terão a possibilidade de comercializar seus produtos para o Banco, que poderá ainda ser um investidor estratégico.

A 4ª edição do InovaBra Startups recebeu 1.517 inscrições de todo o Brasil. Desde 2015, quando foi lançado, o programa contou com a inscrição de cerca de 3200 empresas, sendo que 30 chegaram à etapa final, concluindo com sucesso a formatação do Produto Mínimo Viável (MVP) de suas soluções. Dessas, oito startups já foram contratadas pelo Banco para serem parceiras estratégicas e duas estão em análise. Três empresas já receberam aporte do inovaBra Venture: Rede Frete Fácil, Semantix e R3.

Novo formato

Desde 2015 o Bradesco vinha lançando uma única chamada pública anual para receber as inscrições das startups interessadas em participar do programa. A partir de junho deste ano, as inscrições poderão ser feitas a qualquer tempo pelo site www.inovabra.com.br/startups e uma vez por mês o Bradesco fará a triagem das candidaturas.

“Esse universo é muito dinâmico e percebemos que seria necessário dar uma resposta mais rápida às startups. A procura pelo programa sempre foi grande ao longo do ano e não fazia sentido manter os interessados aguardando até o início de uma nova edição para apresentar suas propostas”, comenta Luca Cavalcanti, diretor-executivo do Bradesco.

A seleção acontecerá de forma mais rápida, porém as etapas permanecem as mesmas: um time de triagem faz uma pré-avaliação das startups, de acordo com critérios pré-estabelecidos, e as direcionam para o polo adequado. Em seguida, uma comissão verifica a viabilidade e a qualidade da solução para a área de negócio. Uma vez validada a solução, acontecem os workshops de imersão, momento de interação da startup com a área de negócio para avaliar como a solução pode agregar valor ao Banco. A última etapa será a aprovação da startup pelos executivos do Bradesco.

Concepção do projeto

Esta etapa não teve sua duração alterada. Por cerca de seis meses, as startups recebem orientação e podem testar suas soluções com situações reais do Banco. Com o programa, o Bradesco consegue estabelecer parcerias para acelerar o processo de entrega de experiências inovadoras aos seus clientes. Como contrapartida, oferece a possibilidade das startups escalarem seus negócios rapidamente, uma vez que as soluções podem ser distribuídas para os 69 milhões de clientes do Bradesco, em mais de 60 mil pontos de atendimento, além de 55 sites de internet e 62 aplicativos móveis.

Co-inovação

Além disso, com a inauguração do inovaBra habitat, espaço de co-inovação do Bradesco, o convívio com startups é diário e as oportunidades de ingressarem no programa podem surgir a qualquer momento.

Já as provas de conceito das soluções passam a ser desenvolvidas no inovaBra lab, laboratório colaborativo cujo principal objetivo é acelerar o desenvolvimento de inovações do Banco juntamente com parceiros de tecnologia. “A integração de todos os programas inovaBra implantados recentemente vai acelerar todo o processo de inovação no Bradesco”, completa Cavalcanti.

Os interessados em participar do inovaBra startups devem apresentar projetos inovadores em qualquer segmento que tenham soluções aplicáveis ou com possibilidade de adaptação ao segmento financeiro, principalmente relacionados a produtos e serviços, atendimento, canais digitais, meios de pagamento, seguros, e que enderecem desafios nos seguintes temas: pagamentos, algoritmos, segurança, engajamento de clientes, gerenciamento financeiro, plataformas de investimentos, crowdfunding, customização massificada, IOT, blockchain e inteligência artificial.

Mais informações em www.inovabra.com.br/startups.

Tags, , , , , , , ,

Bradesco lança InovaBra Lab em sua sede em Alphaville

O Bradesco inaugurou esta semana o inovaBra lab, laboratório colaborativo cujo principal objetivo é acelerar o desenvolvimento de inovações do Banco juntamente com parceiros de tecnologia.

Localizado no Núcleo Bradesco em Alphaville, São Paulo, o espaço de 1.700 m² abrange laboratórios de tecnologia, co-working, arena para eventos, laboratório para prototipação e experimentação, espaço para certificação, além de um ambiente destinado exclusivamente a parceiros do Banco no lab: Cisco, Dell EMC, Google, IBM, Intel, Microsoft e Oracle, que poderão trabalhar conjuntamente com as áreas de tecnologia e negócios do Bradesco.

“O lab uma iniciativa única no Brasil. É o primeiro laboratório criado para acelerar o processo de inovação a partir desse modelo colaborativo. Com isso, o cliente terá a seu serviço um banco muito mais inovador, que consegue dar velocidade no lançamento de novos produtos e serviços para melhor atendê-lo”, explica Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco.

O inovaBra lab oferece uma infraestrutura completa e preparada para impulsionar soluções inovadoras lado a lado com as empresas parceiras, como realização de certificações de tecnologias e experimentações de novas soluções, prototipagem, eventos, hackathons, entre outros. O espaço será ocupado por diversas áreas de tecnologia do Banco, incluindo os Departamentos de Pesquisa e Inovação (DPI), Arquitetura e Tecnologia da Informação (DATI), Infraestrutura de Tecnologia da Informação (DITI) e Sistemas (DS), que trabalharão em colaboração no processo de experimentação, homologação e certificação.

“Para os parceiros, o lab será como uma grande vitrine, pois poderão mostrar seus produtos e serviços para várias áreas do Banco ao mesmo tempo. E ao trabalharmos juntos, eles entenderão nossas necessidades mais rapidamente, trazendo soluções com agilidade. É uma relação ganha-ganha”, completa Minas.

É o caso da IBM, parceira do Bradesco há mais de 60 anos. “Juntos, tiramos do papel projetos que revolucionaram o sistema bancário do nosso país e impactaram a vida de milhares de brasileiros. O lançamento do inovaBra lab traduz o DNA de inovação do Bradesco e ajuda, na prática, a acelerar projetos que transformarão ainda mais a forma como enxergamos e lidamos com um banco hoje. Estamos felizes por estar nesse projeto com nossa IBM Cloud e sabemos que iniciativas como essa, que constroem um verdadeiro hub de inovação, só reforçam a importância de tecnologias como o Watson, a computação em nuvem e a segurança da informação, que contribuem para o progresso de negócios e tornam a sociedade mais inteligente e conectada”, afirma Tonny Martins, presidente da IBM Brasil.

O espaço também trará outros parceiros do Bradesco, como o Google. Fabio Coelho, presidente da empresa no Brasil, reforça a importância da iniciativa e do trabalho que as empresas vêm desenvolvendo juntas nos últimos anos. “Acreditamos que o inovaBra lab será um dos berços da inovação no mercado financeiro e a participação do Google nesta iniciativa consolida a parceria entre as duas grandes companhias”.

Plataforma de inovação do Bradesco

O lab é mais uma iniciativa da plataforma de inovação do Bradesco, o inovaBra, que conta ainda com o inovaBra startups, inovaBra ventures, inovaBra internacional, inovaBra hub, inovaBra polos e inovaBra inteligência artificial.

O próximo lançamento, previsto para fevereiro, é o inovaBra habitat, espaço de co-inovação dedicado à geração de negócios de alto impacto baseados em tecnologias digitais disruptivas como Blockchain, Big Data e Algoritmos, Internet das Coisas, Inteligência Artificial, Open API e Plataformas Digitais.

Mais informações em www.inovabra.com.br.

Tags, , , , , , ,

Bradesco participa do Seedstars Belo Horizonte

Além de atuar como jurado para selecionar as startups, o banco apresentará seu programa inovaBra startups aos participantes do evento

O Bradesco está patrocinando a edição brasileira do Seedstars World, competição que percorre mais de 65 países identificando e premiando as melhores startups em fase de crescimento.

Na etapa de Belo Horizonte, que acontece no dia 05 de outubro, o Bradesco fará parte do painel de jurados, ajudando a eleger a startup vencedora, que segue para a final regional, no dia 17 de outubro em São Paulo.

O Bradesco também apresentará aos participantes as iniciativas do inovaBra startups, programa de inovação aberta que dá a oportunidade para as startups trabalharem com clientes reais, testarem soluções na prática e crescerem com escala.

As inscrições para a 4ª edição do inovaBra poderão ser realizadas a partir de outubro no site www.inovabra.com.br/startups.

Seedstars World – Belo Horizonte
Onde: CentoeQuatro
Praça Rui Barbosa, 104 – Centro, Belo Horizonte
Quando: 05 de outubro de 2017
Horário: 17:00 – 21:00
Inscrições para o evento:
https://www.seedstarsworld.com/event/Belo_Horizonte

Tags, ,

Bradesco participa do Seedstars Florianópolis

Além de atuar como jurado para selecionar a empresa vencedora, banco apresentará seu programa inovaBra startups aos participantes do evento

O Bradesco está patrocinando a edição brasileira do Seedstars World, competição que percorre mais de 65 países identificando e premiando as melhores startups em fase de crescimento.

Na etapa de Florianópolis, que acontece no dia 28 de setembro, o Bradesco fará parte do painel de jurados, ajudando a eleger a startup vencedora, que segue para a final regional, no dia 17 de outubro em São Paulo.

O Bradesco também apresentará aos participantes as iniciativas do inovaBra startups, programa de inovação aberta que dá a oportunidade para as startups trabalharem com clientes reais, testarem soluções na prática e crescerem com escala.

As inscrições para a 4ª edição do inovaBra startups serão abertas em 17 de outubro pelo site www.inovabra.com.br.

Seedstars World – Florianópolis
Onde: Centro de Inovação ACATE Primavera
Rodovia SC 401, km 4 – Bairro Saco Grande
Quando: 28 de setembro de 2017
Horário: 18h30 às 21h30
Inscrições para o evento: https://www.seedstarsworld.com/event/seedstars-floripa-2017

Tags, , ,

Bradesco anuncia startups finalistas na 3ª edição do programa inovaBra

Fase de projetos tem início no mês de abril, com a participação de 10 empresas
O Bradesco anuncia as startups finalistas da 3ª edição do programa inovaBra, criado para descobrir projetos inovadores que tenham soluções aplicáveis ou com possibilidade de adaptação no setor de produtos e serviços financeiros.

São elas:

– Axei Saúde (São Paulo – SP) – Comercialização de planos de saúde
– ContadorX (Londrina – PR) – Gestão empresarial para micro empreendedores individuais (MEI)
– Field Control (São José do Rio Preto – SP) – Gestão de prestadores de serviço
– Flowsense (São Paulo – SP) – Plataforma de geolocalização e engajamento de clientes
– Folha Certa (São Paulo – SP) – Gestão de pessoas e carga de trabalho através de aplicativo móvel
– Futuritos (São Caetano do Sul – SP) – Plataforma de engajamento para previdência privada com apelo emocional
– Laura Networks (Curitiba – PR) – Plataforma de inteligência artificial para gerenciamento de riscos
– Nuveo (São Paulo – SP) – Solução de inteligência artificial para captura e interpretação de informações em documentos
– RemédioCerto (São Paulo – SP) – Plataforma de assinatura e comercialização de medicamentos de uso contínuo
– SQUID (São Paulo – SP) – Solução de engajamento e relacionamento com micro influenciadores de redes sociais

As 10 finalistas seguem para a fase de concepção do projeto, na qual receberão orientação para atender a uma necessidade real do banco. Elas terão apoio no desenvolvimento do produto ou serviço e adaptação da solução ao ambiente do Bradesco. Ao final do programa, as empresas terão a possibilidade de comercializar seus produtos para o banco, que poderá ainda ser um investidor estratégico.

A 3ª edição do InovaBra Startups recebeu 504 inscrições de todo o Brasil. Desde 2015, quando foi lançado, o programa contou com a inscrição de mais de 1.600 empresas, sendo que 20 chegaram à etapa final, concluindo com sucesso a formatação do Produto Mínimo Viável (MVP) de suas soluções. Dessas, seis já foram contratadas pelo banco para serem parceiras estratégicas e 10 estão em análise. Duas empresas já receberam aporte do inovaBra Venture.

“A cada edição nos surpreendemos com o número de inscritos e com a qualidade das soluções apresentadas. Temos ecossistemas muito promissores em diversas cidades brasileiras, e isso tem refletido positivamente no inovaBra”, comenta Maurício Minas, vice-presidente do Bradesco.

Mais sobre o inovaBra Startups

O inovaBra Startups permite às empresas testarem suas soluções com clientes reais. O objetivo é estabelecer parcerias para acelerar o processo de entrega de experiências inovadoras aos clientes e oferecer como contrapartida a possibilidade dessas startups escalarem seus negócios rapidamente, uma vez que as soluções podem ser distribuídas para os 69 milhões de clientes do Bradesco, em mais de 60 mil pontos de atendimentos, além de 55 sites de internet e 62 aplicativos móveis.

Os interessados devem apresentar projetos inovadores em qualquer segmento que tenham soluções aplicáveis ou com possibilidade de adaptação ao segmento financeiro, principalmente relacionados a produtos e serviços, atendimento, canais digitais, meios de pagamento, seguros, e que enderecem desafios nos seguintes temas: pagamentos, algoritmos, segurança, engajamento de clientes, gerenciamento financeiro, plataformas de investimentos, crowdfunding, customização massificada, IOT, blockchain e inteligência artificial.

Sobre o inovaBra Ventures

Juntamente com a 3ª edição do inovaBra Startups, o Bradesco lançou o inovaBra Ventures, programa no formato corporate venture que tem como foco investir em startups em três áreas: algoritmos e máquinas inteligentes; plataformas digitais; e infraestrutura.
Os primeiros aportes – por meio do Fundo FIP Multiestratégica InovaBra I Investimento do Exterior, que conta no total com R$ 100 milhões de capital comprometido pelo próprio Bradesco – foram direcionados à Rede Frete Fácil e Semantix, empresas participantes da 1ª edição do inovaBra Startups.

O ticket de investimento do Fundo dependerá do grau de maturação da empresa e/ou avaliação econômico-financeira do negócio e poderá ter aportes adicionais em casos de novas rodadas e/ou situações pontuais, avaliadas caso a caso. O Bradesco deverá liderar e aceitará co-investidores em todas as rodadas de investimento, quando ocorrerem.

Tags, , , , , , , , , , , ,

Livelo dá desconto de até 50% na compra de pontos em antecipação parcial da Black Friday

Para aproveitar melhor o mês da Black Friday, que acontece no dia 25 de novembro, a Livelo, programa de fidelidade criado por Bradesco e Banco do Brasil, vai oferecer alguns descontos a partir de 21/11, até o dia 24/11 na Black Week.

Entre as ofertas da Black Week, destaque para os descontos de até 50% na compra de pontos no site da Livelo. Além disso, clientes Livelo terão acesso a descontos em alguns produtos e serviços de todo o site, incluindo na agência de viagens online, onde é possível comprar passagens aéreas e pacotes de viagem.

A pontuação dos cartões para acúmulo de pontos será turbinada no período da Black Week e os clientes Livelo poderão acumular até 15 pontos para cada R$1,00 gasto.

Mas será no dia 25/11, durante a Black Friday, que os clientes poderão aproveitar as melhores recompensas com os menores preços. Para a data, a Livelo contará com descontos de até 50% entre produtos e serviços, além de ofertas relâmpago especiais no catálogo e na agência de viagens online no decorrer do dia.

Como utilizar

Para trocar pontos por recompensas na plataforma Livelo, os participantes dos programas Bradesco Fidelidade e/ou Ponto pra Você, do Banco do Brasil, precisam ativar sua conta na Livelo. Para ativar a conta na Livelo, basta acessar www.livelo.com.br.

Tags, , , ,

Inscrições abertas para 3ª edição do inovaBRA Startups

unnamed

O inovaBra Startups é um programa de inovação aberta para empreendedores que tenham soluções tecnológicas inovadoras em modelos de negócio e que enxerguem a possibilidade de transformá-las para atender grandes mercados, como o Bradesco. As duas primeiras edições foram um sucesso entre as empresas participantes, que estão tendo a oportunidade de alavancar suas soluções dentro de um grande cliente.

Inscrevam-se em www.inovaBra.com.br e agradeço se também puder divulgar compartilhando os materiais anexos para a sua rede de contatos e nos indicar as empresas que, em sua opinião, possam ter interesse no inovaBra startups.

Fonte: Altivia Ventures

Tags, , , ,

CPqD e Bradesco destacam questão da segurança em sistemas de biometria em evento internacional

A segurança dos dados é um requisito fundamental para o sucesso do uso de tecnologias de biometria em sistemas de autenticação de usuários. Afinal, ao contrário das senhas ou outros tipos de código de segurança, a biometria não poderá ser substituída, caso seja exposta a pessoas mal intencionadas.

Esse é, justamente, o papel principal do framework de segurança para sistemas biométricos desenvolvido pelo CPqD, que será o tema de palestra a ser proferida no Biometrics 2015 – Conference & Exhibition on the Practical Application of Biometrics, um dos principais eventos do mundo nessa área, que será realizado entre 13 e 15 de outubro, em Londres. Programada para o dia 14, às 15h20, a palestra será feita por Emilio Nakamura, especialista em Segurança da Informação do CPqD, em conjunto com Marcelo Ribeiro Câmara, gerente do Departamento de Pesquisa e Inovação do Bradesco e responsável por diversos projetos de segurança no banco – entre eles, a implementação de autenticação biométrica para 14 milhões de clientes.

“Existem mais de dez pontos possíveis de ataque aos sistemas de autenticação biométrica”, diz Nakamura. Segundo ele, um dos problemas mais conhecidos é o spoofing, em que o fraudador tenta usar fotos ou gravações de voz para se passar pelo usuário. Mas há também tentativas de ataque às bases de dados e aos aplicativos dos dispositivos móveis, por exemplo. “O diferencial da solução do CPqD está na atuação no ecossistema de autenticação biométrica, protegendo os dados em todos os possíveis pontos de ataque”, afirma o especialista.

Para isso, o framework de segurança – que já faz parte da solução de autenticação biométrica (de voz e de face) CPqD Smart Authentication – utiliza diversas técnicas avançadas de proteção, como ofuscação de código e de chaves criptográficas, antiviolação, troca de parâmetros de segurança e canal seguro, entre outras. “Essas técnicas são aplicadas em vários níveis do ecossistema, desde a captura dos dados biométricos (com a câmera ou o microfone), o aplicativo web até a transmissão (criptografada) dos dados para os servidores”, explica Nakamura.

Para o Bradesco, instituição pioneira na adoção de sistemas de autenticação biométrica no Brasil, a facilidade de uso das tecnologias é um fator essencial. “Cada canal e cada contexto tem uma implementação biométrica com melhor aderência. Pela experiência nas implementações de biometria que já fizemos, percebemos que esse tipo de tecnologia é adotada rapidamente, se trouxer as características de proteção adequadas e fizer sentido para os clientes. Soluções assim, que associam segurança e usabilidade, serão a tendência que veremos prevalecer nos próximos anos’, enfatiza Marcelo Câmara.

O Biometrics 2015 é um evento anual, que conta com o apoio do Biometrics Institute e reúne desenvolvedores, fornecedores, integradores de sistemas, consultores e usuários de tecnologias de biometria – entre os quais executivos das maiores instituições financeiras do mundo e agentes de órgãos de segurança. Neste ano, a programação de palestras e debates inclui diversos temas relacionados aos principais desafios e aplicações de sistemas de biometria – como, por exemplo, o gerenciamento de identidade no mundo digital e aplicações dessa tecnologia nas áreas militar e legal e, também, em pagamentos por dispositivos móveis. Mais informações sobre o evento estão disponíveis em http://www.biometricsandidentity.com/

Tags, , , ,