Tag Anjos do Brasil

Aporte de RS 1 milhão irá possibilitar a expansão e implementação de novas funcionalidades na startup Incentiv

A Incentiv, startup que promove o desenvolvimento social por meio da viabilização de projetos aprovados em leis de incentivo fiscal, comemora mais um momento importante em sua trajetória. A empresa acaba de receber mais de R$ 1 milhão dos grupos de investimento anjo Harvard Angels, Anjos do Brasil e Insper Angels e da aceleradora Startup Farm. Com o recurso, a Incentiv se consolida como uma das principais soluções para empresas ampliarem suas ações de responsabilidade social com custo zero. Além disso, a Incentiv pretende expandir sua rede, aprimorar a tecnologia e ampliar os times da área comercial, relacionamento e marketing.

O investimento conjunto de redes anjo à Incentiv é considerado pioneiro e democrático, pois trata de um negócio de elevado impacto social com a participação de mais de 50 investidores. “O acordo foi estruturado de maneira inédita no Brasil e não presume e nem depende de um exit para ser um grande sucesso”, explica Claude Salmona Ricci, o investidor líder.

Fundada por Douglas Lopes e Thais Nicolau, a Incentiv conecta proponentes e projetos a empresas e pessoas, gerando oportunidades para uma sociedade cada vez mais responsável. A ferramenta oferece um serviço completo para otimização do investimento incentivado. O processo vai desde a seleção personalizada de projetos ao acompanhamento de resultados em tempo real. Um de seus diferenciais é a convergência de funcionalidades em uma única solução online, que beneficia organizações e projetos sociais de todo o país.

O mercado no qual a Incentiv está inserida apresenta grande potencial inexplorado. No Brasil, todos os anos são aprovados aproximadamente R$10 bilhões em projetos via leis de incentivo fiscal. No entanto, mais de 60% dessas iniciativas não são realizadas por falta de captação de recursos. Ao mesmo tempo, mais de 95% das empresas aptas a utilizarem não aproveitam os benefícios fiscais para fomentar projetos sociais, de acordo com dados da Receita Federal.

Para estimular que empresários utilizem toda sua capacidade de investimento no setor de responsabilidade social e agreguem valor à marca, a Incentiv oferece uma solução completa com custo zero. A startup realiza o mapeamento de potencial, identificando todas as leis que podem ser aproveitadas no âmbito federal, estadual e municipal. A partir disso, realiza uma curadoria de alta performance alinhada aos pilares e valores da organização, priorizando credibilidade, transparência e segurança. “Nosso objetivo é garantir que os incentivadores fiquem confiantes e tenham tranquilidade em direcionar seus impostos para qualquer um dos projetos de nosso portfólio, por isso apresentamos um crescimento consciente da base de projetos, pois apenas os que passam por uma auditoria e são aprovados, ficam online. Nós entendemos que compliance é investimento e não custo”, reforça Thais, COO da Incentiv.

Além disso, a plataforma permite que os empreendedores façam a gestão de seu portfólio de projetos, acompanhem os resultados em tempo real e mensurem o impacto social gerado e o retorno do investimento, por meio da “prestação de contas sociais” realizada pelos proponentes.

“Para nós, é muito gratificante receber esse reconhecimento das maiores e mais tradicionais redes de investimento anjo do país. Isso mostra que estamos no caminho certo e que nosso negócio tem grande poder de impacto. Nossa meta é audaciosa: queremos levantar mais de 20 milhões no próximo ano, ajudando projetos sociais que transformam a vida de milhares de pessoas”, afirma Douglas Lopes, CEO da startup.

Trajetória e Reconhecimento

O primeiro desafio da Incentiv aconteceu em novembro de 2016: uma imersão no Campus da Google, em São Paulo, no programa da Startup Farm, maior aceleradora da América Latina. Nesta fase foi possível aprimorar o modelo de negócios e lapidar a estratégia.

No primeiro semestre de 2017, a Incentiv participou do InovAtiva Brasil, maior programa de aceleração de startups do país. Foi durante o Demoday InovAtiva, em julho, que a Incentiv chamou atenção de potenciais investidores especializados em negócios de impacto social. A empresa foi uma das finalistas daquela edição do InovAtiva de Impacto Socioambiental, ciclo do programa dedicado a negócios com esse foco, e recebeu o prêmio de destaque na categoria de Tecnologia da Informação e Big Data.

“Para nós, participar do programa de aceleração foi uma experiência positiva. Fizemos contatos com mentores e investidores, o que nos permitiu uma expansão mais estruturada de nosso negócio.Acredito que as novas startups devem buscar suporte em programas de aceleração e incubadoras, pois esse ecossistema é muito colaborativo e ajuda o empreendedor em suas principais dificuldades”, finaliza o CEO da Incentiv.

Desde 2017, a startup está incubada no Centro para Laboração de Tecnologias Avançadas em Florianópolis e na incubadora da USP, em São Paulo. Além disso, no final do ano conquistou o primeiro lugar no Startup Day, iniciativa do LIDE Futuro.

Ecossistema Conectado

Além da solução para empresas, a plataforma Incentiv.me também beneficia todo o ecossistema. Para os proponentes, a ferramenta otimiza a captação de recursos e o contato com os incentivadores, proporcionando visibilidade nacional para os projetos. Para pessoas, a tecnologia permite o direcionamento de impostos com liberdade de escolha, de forma simples e automatizada. A solução foi desenvolvida com objetivo de facilitar o engajamento cívico, permitindo que empresas atuem como multiplicadores, comunicando seus colaboradores para que também fomentem os projetos do portfólio de responsabilidade social da empresa, dessa forma, amplia sua verba incentivada, visibilidade positiva e valor de marca.

Para potencializar ainda mais o alcance da startup, foi criado um movimento a favor do uso eficiente e transparente de recursos públicos, a ”Rede de Executivos de Impacto”. Um grupo formado por diretores de grandes multinacionais, investidores, empresários, mentores e empreendedores que aproveitam o poder de seu networking para fomentar ações de responsabilidade corporativa, conectando grandes empresas a projetos alinhados com suas causas sociais, para gerar relevante impacto positivo nas regiões em que atuam.

Tags, , , , , , , , , ,

Projeto para compra secundária de participação de Investidor Anjo em Startup é lançado no Brasil

Bossa Nova Investimentos, Micro Venture Capital sediada no Brasil, cria projeto original em parceria com a Anjos do Brasil, a maior rede de investidores anjo do país, que possibilita ao investidor anjo saídas de seus investimentos e ao mesmo tempo impulsiona o ecossistema de investidores em inovação no país

Em uma ação inédita na América Latina e principalmente no Brasil, o projeto irá alimentar e incentivar ainda mais o investimento anjo no país. Segundo Cassio Spina, presidente da Anjos do Brasil, “as poucas opções de saída disponíveis para os investidores anjo brasileiros limitam sua capacidade de reinvestirem em novas startups, uma vez que utilizam apenas recursos próprios, assim, esta parceria irá contribuir muito para o crescimento do ecossistema como um todo”.

A partir de agora, os investidores anjo que tenham investimentos em startups em seu portfólio poderão ter um caminho mais claro para realizar saída delas. Para isso, é necessário que apresentem à BNI sua startup investida ou o seu portfólio de startups contendo as seguintes informações: nome e site da empresa; valor investido e data do investimento; valuation na entrada; valuation hoje; cap table na startup e qual o percentual que deseja vender.

Com as informações fornecidas, a BNI, que tem interesse em aumentar seu portfólio de investimentos em startups, fará as analises necessárias para a escolha e decisão de aquisição. É preciso que a startup esteja de acordo com a tese de investimento da Bossa Nova, ou seja, startups com modelos de negócios B2B ou B2B2C, que sejam negócios inovadores, digitais e escaláveis, com mais de 1 ano de vida, que já estejam validados, operando, faturando (mesmo que pouco) e rumo direcionado ao break-even. Além disso, que tenha anuência dos fundadores e demais investidores.

Outro ponto importante é que a startup deve manter um ou mais investidor Anjo no cap table, que pode ser o mesmo, fazendo uma saída parcial ou outro que fique no negócio. Isso significa dizer que para a Bossa Nova, o smart Money do Anjo é muito importante para a continuidade da Startup. “Ter opções claras de saídas, tanto em possibilidades, quanto de tempo, é um dos maiores gargalos hoje no mercado para a entrada de novos investidores e também para que os mais antigos possam continuar investindo”, comenta João Kepler, partner da Bossa Nova, que esse ano foi eleito novamente o melhor Investidor Anjo do Brasil pelo prêmio Startup Awards.

Os segmentos alvo da Bossa Nova são de educação, saúde, fintech, agro, lawtech, soluções para PME, softwares para varejo (mas não venda de produtos no varejo). A Bossa Nova, não investe em negócios de mídia (adtech), governo, e-commerce (que vendam produtos), games ou hardware. Além disso, avalia outros pontos como: modelo de negócios, tração, time e tam (Total Adressable Market).

A única contrapartida exigida pelo projeto é que o investidor anjo que pretender efetuar a venda de sua participação deverá reinvestir 50% do valor recebido a título de cash out em uma nova startup a ser escolhida por ele mesmo dentro da plataforma da Anjos do Brasil. “Acreditamos que, com esta iniciativa, ajudaremos o ecossistema brasileiro a crescer e se profissionalizar ainda mais”, declara Pierre Schurmann, Managing Partner da Bossa Nova.

A Bossa Nova reservou o valor de R$ 5 milhões para a operação. Maior investidora em número de startups da América Latina, a BNI já investiu nos últimos 12 meses R$ 19,5 milhões em 110 startups.

Tags, , , , , , , , , ,

Girls in Tech Brazil promove evento sobre Investimento Anjo em São Paulo

Uma ideia na cabeça não vai para frente sem recursos para tal. Para ajudar você a conseguir os fundos que a sua Startup precisa, a Girls in Tech Brazil promove o encontro “Investimento Anjo para Startups”, no dia 05 de setembro às 19h no Espaço Cubo. A palestrante da noite é Maria Rita Spina, diretora executiva da Anjos do Brasil e fundadora do MIA – Mulheres Investidoras Anjo.

Para participar, basta se inscrever na página do evento. Os ingressos do 1º lote custam apenas R$ 30 (com as taxas), mas corra que as vagas são limitadas! Vale lembrar que os eventos do Girls in Tech Brazil são abertos à participação de homens.

O Investimento Anjo é o investimento efetuado por pessoas físicas com seu capital próprio em empresas nascentes com alto potencial de crescimento (as startups). Além do capital, estes investidores também empregam seus conhecimentos, experiência e rede de relacionamento para apoiar a empresa investida. Daí vem o uso do termo “anjo”.

A Girls in Tech (GiT) é uma iniciativa global sem fins lucrativos que busca promover o engajamento de mulheres que lidam com novas tecnologias. Composto por profissionais com capacidade para inspirar e liderar, é objetivo do grupo incentivar o crescimento da presença de mulheres inovadoras e empreendedoras no ambiente de tecnologia, criando condições para que tenham sucesso e que assumam posições de destaque nesse ecossistema.

nvestimento Anjo para Startups
Data: 05 de setembro
Hora: 19h30
Ingressos: 1º lote R$ 30 (até 14/08) | 2º lote R$ 35 (até 27/08) | 3º lote R$ 40 (até 04/09)
Local: Espaço Cubo Coworking
Endereço: R. Casa do Ator, 919 – Vila Olímpia, São Paulo – SP, 04546-003.

Tags, , , , , ,

Governo estimula investimentos em startups

As startups, empresas especializadas na oferta de serviços e bens inovadores, ganharam mais apoio do governo brasileiro. Por meio de um acordo assinado com a organização sem fins lucrativos, Anjos do Brasil, que apoia o empreendedorismo inovador brasileiro, o Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC) vai buscar maneiras eficientes de auxiliar o desenvolvimento deste segmento empresarial.

De acordo com o secretário de Inovação do MDIC, Nelson Fujimoto, o acordo irá possibilitar criar novas políticas públicas para estimular o chamado ‘investimento anjo’, que se direciona às empresas startups. “Contamos com a atuação da Anjos do Brasil fornecendo informações sobre o setor e, principalmente, desenvolvendo juntos instrumentos de apoio a esse segmento. Esses instrumentos poderão ser projetos específicos, como contratação de estudos e capacitação ou ainda aperfeiçoando o marco regulatório vigente”, afirma o secretário.

Fujimoto ressaltou ainda que o acordo não traz somente benefícios para investidores anjos ou empreendedores. “Ele criará o desenvolvimento de políticas públicas mais reais, diretamente ligadas a esse universo e que ajudarão também no crescimento de um país mais próspero e que aposta nos seus talentos”, disse.

Para a Anjos do Brasil, esse acordo representa um passo importante para a consolidação do segmento. “É uma grande honra podermos cooperar com o MDIC para o fomento do investimento anjo e para o desenvolvimento do empreendedorismo brasileiro. Consideramos este acordo um passo muito importante para que sejam desenvolvidas políticas e ações de estímulo a esta prática fundamental para o financiamento de negócios inovadores” afirma Cássio Spina, fundador da Anjos do Brasil.
Sobre a Anjos do Brasil

Tags, ,

Anjos do Brasil realiza seu 1º Congresso de Investimento Anjo

O evento acontece no próximo dia 2 de julho e trará reflexões que contribuirão tanto para investidores quanto para empreendedores de alto impacto do nosso país, reunindo personalidades, governo e entidades para essa discussão.

Promovido pela Anjos do Brasil, o evento que acontece na BM&FBOVESPA em São Paulo, discutirá temas reais que a economia brasileira vive e de que maneira a atuação dos investidores anjo contribui para o crescimento da economia e das organizações. “Queremos debater essas questões e envolver todo o ecossistema, incluindo os próprios investidores, os empreendedores, o governo e os fundos de investimento”, explica Cassio Spina, criador da entidade organizadora do evento.

A programação do evento refletirá sobre o importante momento que nossa economia vive e de que maneira a atuação dos investidores anjo contribui para o crescimento da economia e das organizações. Será um dia dedicado a debater as tendências e desafios, melhores práticas e o potencial do investimento anjo no Brasil. As palestras e painéis propiciaram um profundo entendimento sobre as ações necessárias para aprimorar o ambiente de investimento anjo e empreendedorismo de inovação no Brasil.

EVENTO: 1º CONGRESSO INVESTIMENTO ANJO

DATA: 2 de julho de 2013 – CIA – Congresso de Investimento Anjo 2013

LOCAL: auditório da BM&BOVESPA – São Paulo – SP Rua XV de Novembro, 275 – 1º andar

HORÁRIO: das 8h00 às 18h30

Quem quiser participar pode se inscrever no site do congresso

Tags, ,

3ª Virada Empreendedora de São Paulo acontece em abril

Em sua última edição, a Virada Empreendedora de São Paulo levou mais de 400 pessoas que puderam usufruir de palestras, serviços do universo empreendedor, além de contatos com anjos-investidores e profissionais que deram dicas importantes sobre empreendedorismo e inovação.

Sua terceira edição acontecerá nos dias 27 e 28 de abril e trará mais novidades: serão 24h corridas de programação, com rodadas de negócios , consultoria coletiva, cursos e palestras com personalidades do mundo empreendedor além de eventos paralelos que ajudarão na formação do Pitch e na elaboração do plano de negócio.

Para manter os participantes atentos durante a madrugada, estão programados jogos interativos, criação de oficinas, cursos e muito mais, sem perder o foco no empreendedorismo.

O evento conta com o apoio da FGVCenn, Startupi , ENDEAVOR, Anjos do Brasil, entre outros nomes envolvidos diretamente com o mundo empreendedor , “Ofereceremos ainda mais opções de serviços e informações aos participantes” garante Ana Lúcia Fontes, a idealizadora da Virada Empreendedora. “Tenho certeza que essa terceira edição será ainda melhor do que as outras ” afirma.

A III Virada Empreendedora terá início às 14h00 do dia 27/04 e será encerrada às 14h00 do dia 28/04. O evento será realizado no CAMPUS da FGV em São Paulo. As inscrições serão abertas em breve, pelo próprio site.

Reserve essa data para participar do evento que promete ser o marco no universo empreendedor!

Serviço:
datas: 27 e 28 de abril
horário: a partir da 14h do dia 27/04
local: rua Itapeva, 474 – Próximo ao metrô TRIANON MASP
Tel: (11) 2619-9190
www.viradaempreendedora.com.br

Tags, , , ,