Tag Algar Tech

4º Hackathon da Algar Tech tem R$ 8 mil em prêmios e pré-selecionados para vagas abertas na empresa

Depois de 16 horas de maratona, foi concluído com sucesso o 4º Hackathon da Algar Tech – multinacional brasileira especializada em gestão do relacionamento com cliente, ambiente de tecnologia e serviços de telecom. Além da construção de um bot com cognição, quase metade dos participantes foram pré-selecionados para vagas na área de tecnologia abertas na empresa.

Embora o hackathon, por definição, seja uma competição que visa a resolução de desafios técnicos, por meio do desenvolvimento de um protótipo ou um novo modelo de negócio viável para a companhia, a identificação de talentos foi o grande foco dessa quarta edição, conforme explicou Júlio Emmert, diretor de Talentos Humanos da Algar Tech.

“Durante toda a competição, ficamos de olho no desempenho das pessoas que participaram. Quase metade mostrou bastante potencial e perfil para trabalhar conosco e vão ser abordados para seguir com processo de entrevista”, afirmou o executivo. Dos 29 participantes, 13 foram pré-selecionados para concorrerem às vagas.

O desafio foi a construção de um bot de cognição para realizar a negociação de dívidas de clientes, com acionamento e acesso por canais digitais. A equipe que conquistou o 1º lugar recebeu R$ 5 mil em dinheiro. Os 2º colocados levaram R$ 2 mil e a equipe que ficou em 3º embolsou R$ 1 mil.

As premissas utilizadas para o desenvolvimento da solução foram arquitetura de microserviços, padrão RESTful, utilização de ferramentas e plataformas open source, estímulo para cobrança por SMS e E-MAIL e negociação via bot por canais digitais públicos. O evento foi realizado no Innovation Lab da Algar Tech em Uberlândia (MG).

Tags, , , ,

Presidente da Algar Tech é mentora em programa de desenvolvimento da liderança feminina

Tatiane Panato, presidente da Algar Tech, foi escolhida para participar como mentora na segunda edição do programa “As Executivas do Amanhã”. Promovido pela EXEC, o objetivo é estimular o empoderamento da mulher e a liderança feminina nas organizações.

Dez estudantes do último e penúltimo ano da graduação de todo o país serão escolhidas para se conectarem com executivas que se destacam em sua área de atuação. Serão três encontros em que cada mentora orientará uma universitária. Haverá, ainda, um encontro geral para discutir o tema diversidade de gêneros. As inscrições estão abertas por meio do site: https://bit.ly/2IgVvjF

O índice de mulheres que ocupam cargos de CEO no Brasil é de apenas 16%, segundo pesquisa da Women in Business, da Grant Thornton. Embora esse número tenha aumentado nos últimos anos, ainda é muito baixo. “O fato de ser possível formatar um programa como este já é um grande avanço”, afirma Panato. “Porém, ainda temos um longo caminho a percorrer”.

A executiva iniciou sua carreia na área financeira e está no grupo Algar há 19 anos. Após adquirir ampla experiência em atividades administrativas de Finanças e Negócios no segmento TIC (Telecom e TI), em 2013 assumiu a função de diretora Financeira e de Relações com Investidores na Algar Telecom. Na Algar Tech, atuou como vice-presidente de Operações, respondendo pelas áreas de operações, marketing, vendas e negócios internacionais. No início deste ano se tornou a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente em uma das empresas do grupo Algar.

Graduada em Ciências Contábeis pela Universidade Federal de Uberlândia (UFU), é especializada em Finanças e Planejamento Empresarial também pela UFU, com MBA em Gestão Avançada de Negócios pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) e em Finanças e Relações com Investidores pela Fipecafi. Tem ainda participações em treinamentos internacionais nas instituições Insead e IMD.

“A Algar Tech é uma empresa que valoriza a diversidade e igualdade de gênero dos seus 12 mil associados e possui as mulheres em sua maioria, sendo que 54% dos colaboradores são mulheres e 52% dos cargos de liderança da organização são ocupados por mulheres. Quando faço uma reflexão sobre toda minha trajetória até aqui, vejo quanta coisa aprendi. E agora tenho a oportunidade de passar para frente esses ensinamentos que poderão, quem sabe, fazer a diferença na carreira de uma jovem mulher. É gratificante fazer parte deste programa”, ressalta Tatiane Panato.

Tags, , , , , ,

Algar Tech inicia sua atuação no inovaBra habitat

A Algar Tech, multinacional brasileira que oferece soluções de Gestão de Relacionamento com Clientes, de Ambiente de Tecnologia e de Serviços de Telecom, inaugurou ontem (12) seu “Innovation Lab” em São Paulo, localizado no inovaBra habitat, do Bradesco.

A ideia é que o ambiente seja usado para estreitar o relacionamento com o ecossistema de inovação, encontros com clientes, prospects e outros parceiros para desenvolvimento de projetos relacionados ao aprimoramento da experiência dos clientes e usuários finais.

Inteligência Artificial, Design de Serviço, Advanced Analytics, IoT e Plataformas Digitais são algumas das frentes escolhidas pela Algar Tech para auxiliar na construção das melhores jornadas dos seus clientes. Além disso, a companhia participará da seleção de startups que compartilharão esse espaço de inovação, bem como fará parte do Conselho do inovaBra habitat.

Mais que um espaço físico, a presença da companhia em um ambiente que estimula a geração de novas ideias em conjunto e onde os projetos serão desenvolvidos por meio de parcerias e utilização de metodologias ágeis, reforça o seu compromisso com o desenvolvimento dos mercados de gestão de relacionamento com clientes e ambiente de tecnologia e a imersão na transformação digital dos seus clientes.

“Estamos muito otimistas com essa novidade”, afirma Marco Aurélio Matos, CDO da Algar Tech. “É uma grande oportunidade de ampliarmos nosso ecossistema de inovação com criação de soluções disruptivas que vão aprimorar e até mesmo transformar nosso portfólio de ofertas, para atender nossos clientes nesta jornada de transformação digital”, acrescenta o executivo.

Recentemente, a Algar Tech lançou metodologias ágeis e próprias de inovação e transformação digital, que facilitam o entendimento do negócio dos clientes e a aplicação de modelos de negócio sob medida, com foco em resultados. “Somos percursores em transformação digital nas soluções de atendimento com foco em eficiência e na melhor experiência do consumidor e usuários de tecnologia. Iniciativas desenvolvidas a partir da nossa atuação com os habitantes do inovaBra nos ajudarão a manter esse protagonismo”, enfatiza Matos.

A Algar Tech investe em inovação incremental, colaborativa e disruptiva para fortalecer a jornada de transformação digital dos negócios. Em seu Innovation Lab em Uberlândia (MG) são realizadas várias atividades como palestras, workshops, apresentações de cases, oficinas de metodologias ágeis, maratona de programação (hackathon), projetos de cocriação, práticas de mercado e soluções/tendências em tecnologia, engajando associados (como são tratados seus funcionários), clientes e parceiros.

Tags, , , , , , , ,

Algar Tech apresenta Duda, agente virtual com inteligência cognitiva

A Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de Gestão de Relacionamento com Clientes, de Ambiente de Tecnologia e de Serviços de Telecom, lançou sua primeira agente digital com inteligência cognitiva. Batizada de Duda, a tecnologia começou a ser utilizada em atendimento via aplicativos de mensageria, no processo de renegociação de dívidas que passou a ser 100% autônomo, sem interferência humana.

A atendente virtual Duda – apelido do nome Maria Eduarda, que significa guardiã da riqueza -, foi desenvolvida a partir da integração de várias soluções de tecnologia, dentre elas o Watson, da IBM. Segundo Marco Aurélio Matos, diretor de Transformação Digital da Algar Tech, além desse ecossistema de parceiros, a Algar Tech utilizou toda a sua base de conhecimento na indústria. “Esse é nosso grande diferencial. Aliamos nossa experiência em atendimento, melhores práticas de cobrança e renegociação no mercado financeiro, e criamos uma solução capaz de trazer mais produtividade e redução de custos para nossos clientes”, enfatiza.

Para viabilizar a automação do processo de renegociação de ponta a ponta, uma equipe de curadores trabalhou para dar mais assertividade à agente virtual, considerando especificidades da linguagem do mercado financeiro e as regionalidades do idioma. A transferência para o atendimento humano só acontece em situações que a Duda não tiver a resposta. “Quando isso ocorre, nós ‘educamos’ a Duda com a resposta correta para que ela possa utilizá-la nos próximos atendimentos”, explicou Matos.

Benefícios

Além de aprender com os próprios erros, a plataforma é multilíngue e a capacidade de atendimento simultâneo é ilimitada. Outra vantagem é o tempo: a Duda consegue elaborar uma proposta à vista em menos de 20 segundos. A modernização também beneficia consumidores, que passam a utilizar aplicativos de mensageria para um autosserviço rápido, simples e eficaz.

Inicialmente, a tecnologia foi implantada na operação de uma empresa do segmento financeiro para renegociar dívidas com consumidores que utilizam cartão de crédito e estão com fatura em atraso. A intenção, porém, é que seu uso seja ampliado para outras operações. “Estamos empenhados em promover a transformação digital dos nossos clientes e promover modelos de negócios cada vez mais voltados para resultados e com foco no relacionamento. A Duda nasceu para fortalecer e acelerar esse movimento”, concluiu Matos.

Tags, , , , , ,

Algar Tech inaugura laboratório de inovação

A Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de Gestão de Relacionamento com Clientes, de Ambiente de Tecnologia e de Serviços de Telecom, inaugura o “Innovation Lab”, espaço multimídia onde associados – como são chamados os funcionários da empresa -, clientes e parceiros do ecossistema de inovação vão trabalhar em projetos de transformação digital. A abertura oficial ocorreu na última quinta-feira (19), em alusão ao Dia da Inovação, na sede da empresa em Uberlândia (MG).

O laboratório será um espaço aberto de co-criação, onde os projetos serão desenvolvidos por meio da utilização de metodologias ágeis. Além de um espaço físico, o objetivo é promover uma mudança cultural na organização e estimular o engajamento na aplicação de soluções inovadoras. A inauguração ocorreu durante a I Digital Transformation Week, que reuniu várias atividades como palestras, workshops, apresentações de cases, oficinas de metodologias ágeis, práticas de mercado e soluções/tendências em tecnologia.

Tags, ,

Solução desenvolvida pela Algar Tech minimiza risco de fraude em transações

A Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de Gestão de Relacionamento com Clientes, de Ambiente de Tecnologia e de Serviços de Telecom, desenvolveu uma plataforma com o objetivo de acionar os clientes e realizar a confirmação de gastos através de SMS bidirecional. A solução, voltada principalmente para empresas do segmento financeiro, visa minimizar o risco de fraude nas transações, diminuindo em mais de 30% o tempo médio da tratativa da suspeita de fraude, e a redução da necessidade de interação humana no processo.

A plataforma de gerenciamento de processos de negócio (BPM), integrado com facilidades de telecom, possibilita o agendamento da emissão de alertas por SMS de acordo com as regras de negócio da empresa no combate à fraude. A taxa média de resposta do cliente confirmando ou não a transação chega a 79%. “Trata-se de um canal de interação mais ágil, de baixo custo, que proporciona benefícios para o nosso cliente e ao usuário final”, afirma Fernando Polati, diretor de Gestão de Clientes da Algar Tech.

O executivo reforça que o ganho não se limita à eficiência operacional. “Ao aumentar a velocidade e efetividade no contato com o cliente, evitamos perda de receita para as instituições financeiras, uma vez que a identificação de fraudes é mais assertiva, garantindo aos clientes processar os seus gastos normalmente, sem desconfortos ou troca de cartão. Em paralelo, o cliente do nosso cliente ganha mais segurança. Se ele não reconhece a despesa, seu cartão é imediatamente bloqueado e a operação coloca em prática as ações cabíveis. Se ele confirma, pode continuar fazendo compras normalmente”, explica Polati.

Implantação e resultados

A solução foi implantada na operação de cartão de crédito de uma instituição financeira com mais de 42 milhões de clientes em todo o mundo e proporcionou um aumento de 33% na produtividade da equipe de atendimento. Além disso, diminuiu o tempo de tratativa de resposta de 9 minutos para 48 segundos em transações fraudulentas. “Neste contrato, a redução de custos foi na ordem de 31%, sendo compartilhado os ganhos com nosso cliente, através de redução de preço, outra característica de parceria e vanguarda em modelos de contratos praticadas pela Algar Tech”, adiciona o diretor.

A plataforma, que também facilita o gerenciamento das respostas enviadas pelos usuários, de forma inteligente e analítica, pode ser aplicada em qualquer operação que permita a criação de um fluxo automatizado de atendimento ao consumidor, como negociação de títulos em atraso, solicitações e agendamento de serviços (ativação, segunda via de contas, instalações), entre outros.

Tags, , ,

Algar Tech implanta Programa de Ética e Compliance

Com o objetivo de reforçar a transparência, a integridade e o compromisso com todos os stakeholders e a sociedade, a Algar Tech, multinacional brasileira que oferece soluções de Gestão de Clientes e Gestão de Serviços de TIC, implantou um Programa de Ética e Compliance. Além de assegurar o cumprimento de todas as imposições dos órgãos de regulamentação, as práticas visam garantir a conformidade dos processos e fluxos de trabalho, a devida execução das políticas internas e a aderência ao Código de Conduta da companhia.

O Programa contempla as melhores práticas de ética e compliance e abrange todas as esferas – trabalhista, fiscal, contábil, financeira, ambiental, jurídica, previdenciária – nos países onde a Algar Tech estiver presente. A estruturação considera três aspectos: prevenção (código de conduta, comunicação, capacitação, análise de riscos, etc.); detecção (ouvidoria e autorias interna e externa); e reação (remediação, planos de ação e melhorias).

De acordo com a ouvidora da Algar Tech, Lucia Farias, o cenário legal no Brasil e na América Latina, em especial a Lei Anticorrupção – que pune empresas e seus colaboradores por atos de corrupção contra a administração pública –, serve como alicerce para as empresas que pretendem garantir a solidez nos relacionamentos e perenidade nos negócios. Porém, é necessário que a companhia efetivamente execute somente negócios e relacionamentos éticos, para assegurar o cumprimento das normas estabelecidas.

“Estamos investindo maciçamente em comunicação e cursos, para que o programa seja efetivamente incorporado à cultura da empresa. Além disso, vamos incentivar que as denúncias de irregularidades sejam sempre registradas na Ouvidoria, para que tudo fique consolidado em compliance e possa haver visão globalizada, facilitando a governabilidade”, afirmou Farias.

Os cursos sobre o Código de Conduta, Segurança da Informação e a Política de Gestão de Consequência são aplicados na modalidade a distância. “O EAD facilita o alcance e possibilita que o curso seja bastante interativo. Com essa dinâmica, conseguimos fazer a gestão de todo o processo, incluindo a necessidade de reciclagem depois de algum tempo de conclusão”, destacou a ouvidora.

Mapeamento e mitigação de riscos

Ainda segundo Faria, o Programa de Ética e Compliance vai possibilitar que seja realizado um mapeamento de riscos na Algar Tech. Vamos englobar não somente incidentes relacionados à corrupção, mas também riscos financeiros, de infraestrutura e assédio moral, etc. Assim, poderemos mitigá-los e agir preventivamente”, concluiu.

Tags, , ,

Algar Tech contrata novo VP de Marketing e Vendas

unnamed (24)

A Algar Tech, multinacional brasileira que oferta soluções de Gestão de Serviços de TIC e Gestão de Clientes, anuncia a chegada de Marcelo Ferreira como o Vice-Presidente de Marketing e Vendas da companhia. Com mais de 20 anos de experiência em empresas de Tecnologia da Informação, o executivo tem passagens por Xerox, SAP, Serasa Experian, Google e Oracle.

“Nosso principal objetivo é apoiar nossos clientes na evolução dos negócios por meio da inovação e da transformação digital”, afirma Marcelo.

Acompanhando a movimentação estratégica da companhia, a Algar Tech também anuncia a chegada de Carlos Vilarinho como o novo Diretor Financeiro. Profissional com início de carreira no Grupo Martins, maior atacadista distribuidor da América Latina, acumula 23 anos de experiência no mercado e liderança executiva. Há 15 anos no Grupo Algar, esteve envolvido estrategicamente nos principais projetos das empresas do Grupo, com forte atuação em Controladoria, Finanças, TI, Compras, Planejamento e Orçamento, além de iniciativas na área de Talentos Humanos.

O movimento reforça o compromisso com a transformação digital do portfólio, assegurando o reconhecimento da companhia entre as principais empresas brasileiras de serviços de Tecnologia e Gestão de clientes.

Tags, ,

ESPM melhora atendimento com solução de Service Desk da Algar Tech

A fim de organizar e definir processos, a Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), escolheu o Service Desk da Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de Gestão do ambiente de TIC e Gestão de Clientes, como a solução ideal para melhoria no atendimento e satisfação dos usuários com o atendimento. A entidade, que conta com 11 milalunos e mais de 600 professores, passou a desenvolver vários tipos de análise além de mensurar a satisfação da experiência dos usuários.

A implantação de Service Desk foi integrada com a área de TI para gerenciar solicitações internas, estruturação de processos com nível de acordo de serviço (SLA), adoção de novas metodologias e definição de prioridades para os atendimentos. Como resultado, foi possível definir processos com uma equipe capacitada, integrada e em sinergia com o mercado, além de oferecer entregas de alta performance com foco em resolução. Com isso, foi possível realizar diversas análises, como quantidade de chamados recebidos, tempo de atendimento e espera, taxa de abandono, retrabalho, atendimento em primeiro nível, principais tipos, assuntos e usuários demandantes.

Após a consolidação do serviço outros resultados puderam ser avaliados. Os acordos de níveis de serviços são atendidos com excelência e em sua totalidade, o volume médio de chamados supera 2.000 por mês, o índice de satisfação do cliente excede 99% e os usuários passaram a ter cinco canais de contato com a instituição: Service Desk (Via telefone, E-mail ou pessoalmente) e Service Desk EAD (Via Telefone, E-mail, Skype, Chat Collaborate).

A ESPM é uma instituição de ensino superior com 65 anos de atuação e considerada uma das principais faculdades de Publicidade e Propaganda do país. Presente nas cidades de São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Alegre (RS), possui 11 mil alunos de graduação e pós-graduação e mais de 600 professores.

O Service Desk da Algar Tech é o primeiro da América Latina com certificação ISO 20.000 e SCC (Support Center Certification) do HDI. Tem atendimento global, multicanal e em seis idiomas, soluções automatizadas com análise Big Data, que permitem ao usuário resolver o seu problema sem intervenção da equipe de TI. Conta com uma plataforma única de NOC – integrado e multidisciplinar – para monitoramento de todos os elementos da infraestrutura de TI, além de diversos especialistas certificados para projetos de alta complexidade de forma compartilhada ou dedicada.

Tags, ,

Algar Tech adota Ouvidoria digital

A fim de contribuir com a política de portas abertas da Algar Tech e preservar a relação de proximidade e transparência com seus diversos públicos, a Ouvidoria da companhia passou a adotar o atendimento digital, visando aumentar a interatividade com esses públicos. Um canal de comunicação estratégico, legítimo e imparcial, que atende, na esfera administrativa, reclamações, denúncias e situações recorrentes que não foram solucionadas de forma satisfatória nos canais habituais de atendimento da organização.

De acordo com Lucia Farias, responsável pela Ouvidoria da Algar Tech, a nova metodologia de atendimento amplia a acessibilidade e o alcance do canal de comunicação da empresa para todos os stakeholders. “Os usuários vivem conectados e já elegeram a plataforma digital como o principal meio de comunicação com os prestadores de serviço. São utilitários que estão sempre à mão e que promovem praticidade além de permitirem a interação com múltiplos canais ao mesmo tempo”, afirma.

Antes da evolução digital, todo o relacionamento com a Ouvidoria Algar Tech era realizado via telefone, carta e presencialmente. Atualmente, além desses canais, o atendimento também é feito por e-mail, website, Skype, aplicativos de mensagens e redes sociais. “Era um processo moroso em que o profissional demorava mais de uma hora no atendimento para uma única solicitação. Após a implantação dos canais digitais, otimizamos nosso trabalho, alavancamos a produtividade, aumentamos a qualidade do serviço e diminuímos o tempo de resposta”, informa a executiva.

Com a média de 150 manifestações por mês, Lucia afirma que a Ouvidoria trabalha não apenas para diminuir esse número, mas, principalmente, para solucionar a causa do problema evitando que aconteça novamente. O importante é que o manifestante possa acionar a Ouvidoria pelo meio de comunicação que julgar mais adequado às suas necessidades. “Com esse movimento de digitalização, esperamos nos aproximar ainda mais de todos os nossos públicos, independente da sua localização. O cliente/cidadão ganha em agilidade e a Algar Tech em eficiência operacional”, finaliza.

Vale destacar que o atendimento digital da Ouvidoria Algar Tech foi iniciado de forma gradativa e, atualmente, corresponde a mais de 70% de todas as manifestações recebidas pelo departamento e oriundas do público externo (comunidade, parceiros, clientes e fornecedores). Quando falamos de público interno, o número chega a 65%. O atendimento presencial, principalmente direcionado aos associados da companhia, chegou a registrar 30% e hoje em dia representa apenas 12%, com tendência a diminuição.

O próximo passo é desenvolver o sistema para integração dos canais, permitindo um atendimento omnichannel e unificando todos os canais na mesma plataforma.

Tags, , ,

O contact center e o cenário digital – Por Fernando Polati

unnamed-36

O futuro é digital e apesar de acharmos que o mundo já alcançou este patamar, é notório que ainda temos muito a evoluir. Ao se observar esse cenário em constante transformação, é possível fazermos algumas previsões sobre o que vem pela frente quando se fala em relacionamento com o cliente e o universo dos contact centers.

Os agentes virtuais cognitivos já são uma realidade que dia após dia ocupam mais funções nas operações de relacionamento com clientes. E o aumento da automação, tanto preditiva quanto cognitiva, reduz pontos de atendimentos (conhecidos por PA), mas exige profissionais mais especializados e que saibam resolver problemas mais complexos. Ao mesmo tempo, possibilita uma interação mais personalizada ao unir informação ágil à complexidade que só o humano ainda é capaz de solucionar.

Enquanto o digital massifica, o humano personaliza. E a especialização na jornada do cliente será decisiva no universo dos contact centers. Os atendimentos serão cada vez mais personalizados e direcionados às preferências de quem o busca.

A multicanalidade já tem promovido essa personalização. Como o perfil do consumidor também está em constante transformação e esse usuário é cada vez mais digital, os atendimentos já estão migrando aos poucos para esse segmento.

É o caso de uma empresa multinacional do setor de eletrodomésticos, que tem promovido evoluções no contact center tradicional, por meio da Transformação Digital, migrando volume do canal de voz para outros como web, mobile, mensagens instantâneas e redes sociais. Com seis meses de operação a empresa já realizou 5% de migração e a expectativa é que, até 2020, a operação atinja 20% de atendimento exclusivamente digital. Os resultados atuais já mostram um aumento de 400% de produtividade e possibilita o atendimento simultâneo de até oito clientes.

Também já existem aquelas empresas que nascem digitais. E, consequentemente, o seu relacionamento com o cliente também vai para o mesmo caminho, proporcionando uma experiência mais ágil e satisfatória para esses novos consumidores que se frustram ao não encontrarem as empresas já adaptadas a esse momento.

O autoatendimento também integra esse cenário e com a Internet das Coisas, precisaremos menos ainda de intermediadores nas demandas usuais, até porque o volume de solicitações tende a aumentar. Diminui-se a demanda pelo atendimento humano, mas aumenta-se a conexão e a relação cliente/empresa.

Todas essas transformações, como citado, já estão acontecendo. O robô Watson da IBM, que é capaz de opinar por aprendizagem natural com base em informações computadas e arquivadas de acordo com as ocorrências das situações, já mostra o quanto a automação tem evoluído.

Por sua vez, o contact center precisa acompanhar essas inovações, buscando nos agentes virtuais mecanismos que propiciem autoatendimento e especialização na jornada do cliente. A consequência tende a ser mais satisfação para os clientes. E quem sabe, numa realidade futura, conseguiremos um atendimento automatizado mais humanizado do que o que o ser humano é capaz de oferecer.

Fernando Polati, Head da unidade de negócios de Relacionamento com Cliente da Algar Tech.

Tags, ,

Algar Tech recebe prêmio Conarec 2016

A Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de TIC e BPO, recebeu na noite de ontem (12/09), em São Paulo, o Prêmio CONAREC 2016, na categoria Contact Centers – por operação – como melhor operação de atendimento via mídias sociais e melhor operação de atendimento web. A premiação é resultado do estudo “Panorama Brasileiro do Setor de Relacionamento com Clientes”, que avaliou empresas do setor de relacionamento com clientes a partir da percepção dos próprios usuários/ contratantes.

Esses reconhecimentos reforçam a estratégia traçada pela Algar Tech para o seu portfólio de serviços. “A empresa priorizou movimentos para garantir que seu portfólio acompanhasse a transformação digital dos consumidores e do atendimento em plataformas digitais. Esses prêmios mostram que estamos no caminho certo e sempre preocupados na inovação e no melhor atendimento aos nossos clientes”, afirmou COO da Algar Tech, Silvio Passos.

O estudo tem o objetivo de entender a evolução dos contact centers no Brasil, com uma abordagem inédita de avaliação das empresas do setor feita pelos próprios usuários dos serviços e soluções. O processo de coleta de dados é realizado por meio da aplicação de questionários on-line com os principais contact centers e com os responsáveis pela área de relacionamento com clientes dos maiores setores contratantes do Brasil. O campo do estudo de 2016 foi realizado entre os meses de maio e julho.

As categorias avaliadas e premiadas foram Contact Centers, Fornecedores de Tecnologia e Contratantes e Profissionais do Setor.

Tags, , , , ,

Aplicativo móvel auxilia fiscalização de obras em Belo Horizonte

As obras realizadas pela seretaria de Serviços Urbanos de Belo Horizonte são fiscalizadas por uma ferramenta móvel para o gerenciamento das atividades. A aplicação chamada Sistema Integrado de Fiscalização foi desenvolvida pela Algar Tech, multinacional brasileira que integra soluções de TIC e BPO para a Prodabel, empresa de informática e informação de Belo Horizonte.

Os cerca de 350 fiscais de campo do município atuam com a ajuda de smartphones ou tablets com o software embarcado e uma impressora sem fio que se acopla ao dispositivo para imprimirem automaticamente notificações. Anteriormente à implantação da aplicação havia procedimentos operacionais em que todas as etapas do input de dados das ações de fiscalização eram feitas manualmente. Os fiscais iam a campo, desenvolviam o trabalho e depois remetiam os dados. Hoje, tudo é feito automaticamente.

O sistema possui a funcionalidade de consulta à legislação vigente para as fiscalizações, reduzindo a ocorrência de problemas técnicos ou equívocos. Outra vantagem em termos de transparência de informação é que ele permite gerar relatórios em tempo real para que as equipes que trabalham nos escritórios, no backoffice, possam acompanhar as ações.

A versão 2016 do software conta, inclusive com suporte offline, que possibilita aos agentes de fiscalização atuarem em áreas onde não há sinal de rede de telefonia. Quando o fiscal entra em uma área que possibilita a transmissão das informações, tudo é compilado automaticamente.

Para o secretário municipal de serviços urbanos de Belo Horizonte, Pier Senesi, a solução trouxe melhoria da produtividade, condição de trabalho e transparência das informações públicas: “A partir do momento que a prefeitura se dispõe a desenvolver em conjunto com seus servidores uma ferramenta de altíssima qualidade, esse resultado com transparência e informações mais rápidas são um ganho para os cidadãos. A cidade hoje tem que ser pensada como uma cidade inteligente. Se é possível incorporar ferramentas que signifiquem redução de custos e do tempo de trabalho e aumento de produtividade há um resultado muito positivo para a cidade com uma aplicação melhor dos recursos arrecadados”, afirma.

Tags, , , , , , ,

Programa de lideranças da Algar Tech recebe prêmio ESARH

O case “Programa de Formação de Supervisores da Algar Tech” recebeu nesta semana, em Gramado (RS), o prêmio ESARH 2014. A empresa participou na modalidade Gestão de Pessoas – categoria pessoa jurídica.

O case da Algar Tech relata como melhorar o engajamento e a satisfação dos líderes da companhia, com o Programa de Desenvolvimento em que eles estavam envolvidos. A Algar Tech pertence ao grupo Algar que tem desde a sua origem uma preocupação com as pessoas, tendo inclusive desenvolvido uma filosofia que evoluiu para um modelo de gestão chamada de Empresa Rede. Esse modelo, que tem na sua base o comprometimento e a responsabilidade, é aplicado em todas as empresas que compõem o grupo Algar.

Coube a UniAlgar, universidade corporativa do Grupo, a estruturação do primeiro ciclo do programa iniciado em 2010 e, também, a condução da sua reestruturação. Optou-se por um processo de construção diferenciado que resultou em um Programa Inovador, com uma estrutura bastante flexível. Os participantes podem navegar nos módulos de acordo com suas necessidades. Cada um tem a sua trilha, ou seja, não é um programa engessado em que todos fazem os mesmos treinamentos. Isso fez com que ele tivesse grande aceitação, tanto por parte do público-alvo (supervisores), quanto de seu superior imediato.

Quando se analisa todo o trabalho que foi desenvolvido e a forma como foi conduzido o projeto é possível verificar grande evolução nos indicadores de presença, saindo de uma média inferior a 50%, para 98%. Também não foi por acaso que praticamente 90% dos participantes avaliaram os módulos de treinamento como excelente (e os outros 10% como bom). Enfim, a estrutura, formato e forma de condução fizeram com que, já no seu primeiro ano, fosse possível reverter de forma muito positiva os resultados de engajamento e de percepção de satisfação com relação ao Programa. Além disso, o Programa teve todas as suas expectativas iniciais cumpridas.

Em sua 5ª edição o Prêmio ESARH contempla cases nacionais e internacionais e tem o objetivo de reconhecer e incentivar as melhores práticas nas modalidades: Potencialização de Equipes, Gestão de Pessoas e Responsabilidade Social. Busca ainda, promover a pesquisa e a produção científica, bem como estimular e compartilhar a produção do conhecimento e o pensamento crítico sobre as práticas realizadas e mensuração de resultados.

Sobre o grupo Algar

A Algar é um grupo empreendedor fundado em 1929. No grupo, trabalham cerca de 25 mil associados servindo quase 2 milhões de clientes com soluções em TIC, Agro, Serviço e Turismo.

Tags, , , , , , ,

Empresas brasileiras de tecnologia vão buscar parcerias e novos negócios nos EUA

Uma semana de imersão nos negócios de tecnologia mais promissores dos Estados Unidos é o foco da missão comercial de TI que a Amcham – Brasil fará, de 10 a 17 de maio.

A Câmara Americana de Comércio vai levar 12 empresas e entidades brasileiras desse setor para se encontrar com líderes, investidores e pesquisadores em cidades como São Francisco, Seattle e Washington, DC.

A delegação empresarial da missão é composta por empresas de grande e médio porte, além de algumas start ups. São elas: Stefanini, Autodoc, Algar Tech, 2gather, BVZ Digital, Conquest One, Incube, HTP Solution, Pinhão & Koiffman Advogados, Machado Meyer Advogados e representações de 2 estados brasileiros, a Investe São Paulo e Agência Gaúcha de Desenvolvimento e Promoção do Investimento.

“O grande foco das empresas com a missão é buscar parcerias comerciais com aceleradoras, investidores e empresas americanas, além de entender como funciona o modelo de startup’s nos EUA. São parcerias tanto para entrar no mercado americano como também trazer inovação e novos produtos para o consumidor brasileiro”, explica Camila Moura, gerente de Comércio Exterior da Amcham.

A agenda contará com reuniões em instituições que se tornaram referência mundial em TI, como a aceleradora Acceleraprise, a Stanford University e empresas como Google, Amazon e Microsoft, entre outras.

“Estamos percebendo uma boa receptividade das empresas americanas para receber a delegação, tanto pelo interesse comercial como também pela disponibilidade em detalhar processos e seus modelos de sucesso”, detalha Camila Moura.

O embaixador do Brasil nos Estados Unidos, Mauro Viera, participa da agenda da missão em Washington, que contará ainda com a realização de três seminários focados na atração de investimentos para o Brasil.

Outro destaque da missão é realização da agenda em Seattle. “A cidade é hoje um dos principais centros de tecnologia no mundo e com potenciais comerciais e de parcerias poucos exploradas por empresários brasileiros. Vamos visitar sedes mundiais de grandes corporações, como Amazon e Microsoft”, conta Moura. A cidade americana também concentra os escritórios mundiais do Starbucks e Boeing.

Em Washington, a agenda da missão envolve reuniões com lideranças da Acceleprise e SAIC INC. Já em São Francisco a delegação visita e realiza encontros com Google, Stanford University, Angel Pad, Sales Force e Mozilla.

Outras edições da missão
Esta é a quinta edição da missão de TI da Amcham. Já participaram da ação mais de 63 executivos de 55 empresas. Os participantes da missão há um ano voltaram ao Brasil com negociações iniciadas para parcerias. Os empresários relatam que estar em contato com um forte ambiente de inovação impacta o planejamento de suas empresas.

“Eles também afirmam que observar os negócios americanos os ajuda a fazer mudanças, em suas operações, para se tornarem mais atrativos para investidores e parceiros”, acrescenta a gerente de Comércio Exterior da Amcham, Camila Moura.

Tags, , , , , , , , , , ,