Category vídeos

SET EXPO 2018 abre inscrições para startups participarem da maior feira do setor audiovisual

Há cinco anos a SET – Sociedade Brasileira de Engenharia de Televisão – promove o SET Innovation Zone (SIZ), um laboratório de pesquisa, relacionamento e incentivo a startups com soluções de tecnologia para o mercado de mídia e tecnologia. Mais de 50 startups já passaram pelo programa que conta com soluções de mercado que hoje estão operando inclusive fora do Brasil, como Netshow.me, Trakto.io e Celebryt’s. “O propósito é criar um movimento de relacionamento com o ecossistema de startups, o que vai permitir ainda mais conexão desses inovadores com as empresas de comunicação, que são seus potenciais clientes”, afirma Edson Mackeenzy, Head e Curador do Innovation Zone.

Uma das principais iniciativas do Lab é o Desafio SETup, uma chamada pública para selecionar 10 startups que irão expor suas soluções gratuitamente na principal feira de negócios do setor de conteúdo e media technology da América Latina. Além de receber um espaço para expor suas ideias, as startups selecionadas participarão de um demoday, isto é, uma competição internacional de demonstração de soluções disruptivas para o futuro da produção e distribuição audiovisual. As três soluções mais inovadoras receberão prêmios que, nas últimas edições da SIZ, passaram de US$ 100.000,00 (em produtos e serviços das empresas parceiras).

O SET Innovation Zone é uma iniciativa da SET para encontrar soluções que vão muito além das telas, que criem um ambiente imersivo de conteúdo utilizando um misto de Realidade Virtual (VR), Realidade Aumentada (AR), Inteligência Artificial (AI) e até Internet das Coisas (IoT). “Desta maneira ampliamos a atuação da SET com as startups e mantemos nossos associados atualizados com as principais inovações do setor no mundo”, afirma, Claudio Younis, VP da SET.

A iniciativa tem o apoio do SEBRAE-SP, que oferece aos inscritos a possibilidade de participar do programa de consultoria Mentoring do Audiovisual. “Após o SET EXPO, em setembro, será promovido o Speed Mentoring Audiovisual, um programa de 50 horas para os empreendedores que se inscreverem no SIZ”, explica José Carlos Aronchi, diretor da SET e consultor do SEBRAE-SP. “É o quarto ano dessa parceria, que já promoveu vários negócios inovadores e capacitou empreendedores do audiovisual na gestão dos seus negócios”.

As inscrições para o próximo Desafio SETup, estão abertas até dia 20 de julho em www.f6s.com/siz2018. As 10 Startups selecionadas serão anunciadas no site da SET, no dia 3 de agosto de 2017, para expor no pavilhão de inovação durante a SET EXPO 2018, que será realizada entre 27 e 30 de agosto no Expo Center Norte em São Paulo.

SET EXPO 2018

Data: Congresso: 27 a 30 de agosto | Feira: 28 a 30 de agosto

Horário: Congresso: 9h às 18h | Feira: 12h às 20h
Local: Expo Center Norte – Pavilhão Vermelho e Centro de Convenções

Endereço: Rua José Bernardo Pinto, 333 – Vila Guilherme – São Paulo- SP

Informações e credenciamento:

www.setexpo.com.br

Tags, , , , , , ,

Kaltura é eleita pela Gartner em três anos seguidos como empresa líder em gestão de conteúdo de vídeos corporativos

A Kaltura, empresa que desenvolveu a primeira plataforma de vídeo open-source do mundo, recebeu o reconhecimento, pelo terceiro ano consecutivo, como empresa líder pelo Quadrante Mágico 2015 da Gartner, na categoria Enterprise Content Management Vídeo.

“2015 foi mais um ano bastante empolgante para a Kaltura, com um crescimento exponencial em todas as frentes”, disse Ron Yekutiel, Presidente e CEO da Kaltura.”Desde o início, a missão audaciosa da Kaltura de ‘impulsionar qualquer experiência de vídeo’ permitiu a entrega da mais robusta, modular e flexível plataforma do mercado. Para 2016, pretendemos expandir e acelerar nossas ações inovadoras, que fomentem ainda mais o conceito open-source, contribuindo com nossa comunidade de desenvolvedores, que já possui mais de 120.000 membros “, completou o CEO da Kaltura.

O diferencial da Kaltura está em sua meta de oferecer recursos de vídeo integrados a fluxos de trabalho para qualquer empresa, auxiliando na geração de valor.

Para alcançar este objetivo, a Kaltura lançou uma plataforma aberta e flexível de vídeo – Platform-as-a-Service (VPaaS) – com base em centenas de APIs para criação de vídeo, transcodificação, gestão, proteção, distribuição, pesquisa e descoberta, publicação, engajamento, monetização e análise.

A VPaaS da Kaltura permite que as empresas personalizem facilmente qualquer produto para seus clientes. Todos os produtos “out-of-the-box” da Kaltura foram desenvolvidos com base nessas APIs e foram implantados mundialmente em milhares de organizações, envolvendo centenas de milhões de telespectadores no trabalho, na escola e em casa.

Graças a uma abordagem horizontal, a Kaltura consegue atingir um mercado-alvo bastante amplo, oferecendo soluções de vídeo que melhoram a comunicação interna e externa das empresas, assim como o treinamento e a colaboração, bem como aumento de marketing e vendas. Outro público-alvo são as instituições de ensino, já que suas soluções em vídeo melhoram o aprendizado e o engajamento dos alunos.
Já para as empresas de mídia, a Kaltura oferece ferramentas avançadas de gerenciamento de vídeo e publicação, que aumentam alcance e monetização, e que simplificam a produção e publicação de fluxos de trabalho.

Veja o relatório completo da Gartner no link:
http://site.kaltura.com/2015GartnerMagicQuadrantforEnterpriseVideoContent.html

Tags, ,

Os melhores aplicativos Android para tirar fotos, editar e compartilhar vídeos

Android é um telefone comprometido com a tecnologia de vídeo de alta qualidade. Isto inclui a captura, edição e distribuição de imagens. A recente tecnologia de vídeo Android inclui características como estabilização de imagem, captura de câmara lenta a 120fps e vídeo 4k. Além disso, segundo o diretor Pete Lau do OnePlus, o celular Android conta com mais de 120 algoritmos que “otimizam fotos e vídeos deixando eles mais limpos e nítidos”.

Claramente, acontecimentos como este, mostram que a tecnologia Android continuará saciando usuários que querem criar, editar e compartilhar conteúdos de vídeo. Como resultado, é importante explorar aplicativos focados em vídeo que aproveitem ao máximo as capacidades de vídeo do Android, certo? Vamos a eles:

MagistoVideo Editor & Maker
Magisto é uma ferramenta de edição fácil de utilizar que pode transformar fotos e clipes de vídeo em filmes de aparência profissional. Pode adicionar gráficos, música e efeitos facilmente, inclusive se não tiver nenhuma experiência em edição de vídeo.

Com mais de 30 milhões de usuários, a grande atração do Magisto é sua versão avançada. Magisto é capaz de analisar seus vídeos e fotos automaticamente para criar um vídeo original deslumbrante. Com características como reconhecimento facial, estabilização de vídeo, incorporação ao Instagram e capacidade de compartilharfacilmente vídeos em quase todas as redes sociais, é fácil ver porque Magisto é tão popular; oferece o pacote completo para tirar fotografias, editar e compartilhar vídeos.

Animoto Video Maker
Outro grande aplicativo de vídeo Android é Animoto. Igual que o Magisto, os usuários podem criar vídeos para compartilhar simplesmente escolhendo suas fotos favoritas e clipes de vídeo. Então, pode utilizar um dos estilos de edição preestabelecidos do Animoto, entre retrô, brilho e Animoto original, e escolher a trilha desde abiblioteca de músicas para finalizar o vídeo. O Wall Street Journal elogiou o aplicativo que transforma chatosslideshows em videoclipes. Além disso, todos os vídeos do Animoto podem ser compartilhados nas redes sociaiscom um clique. Apps Android como Magisto e Animoto são ideais para os usuários novos na edição de vídeo, já que incorporam um processo passo a passo para criar vídeos.

AndroVid Pro Video Editor
Aqueles mais familiarizados com a criação e edição de vídeo podem optar pelas características mais elaboradas do AndroVid Pró Vídeo Editor , que tem todas as funcionalidades dos aplicativos Magisto e Animoto, além de oferecer uma maior flexibilidade no corte, fusão, quadro por quadro de edição e mescla de som.

Muitos usuários do Android que criam vídeos utilizam uma combinação destas aplicações para obter resultados mais dinâmicos. Utilizar simultaneamente vários aplicativos de vídeo pode causar lentidão no seu telefone.Nesse caso, você pode instalar o PSafe Total para Android para monitorar a utilização de memória do seu celular e, mesmo utilizando diversos aplicativos, garantir o melhor desempenho do seu celular.

Tags

Brasileiro é o que mais está disposto a pagar por conteúdo de vídeo pela Internet

Uma pesquisa recente da Accenture em seis países e mais de 3,5 mil entrevistados mostrou que 32% dos brasileiros estão dispostos a pagar mais de US$ 15 por mês para ter conteúdo sob demanda no PC, TV e Tablet. O Brasil é seguido por Itália e Espanha, empatados com apenas 5% de consumidores que aceitariam pagar mais de US$ 15 por mês. Em 2012, o indíce de brasileiros que aceitariam pagar mais de US$ 15 por mês era de 16%.

O estudo mostrou que os espectadores estão dispostos a pagar por novos serviços de vídeo on line para receber um conteúdo premium. No Brasil, por exemplo, 68% dos entrevistados pagariam uma mensalidade para ter um canal com conteúdo exclusivo no YouTube. Em segundo lugar, novamente, empatados estão Itália e Espanha com 58%, seguidos pelos Estados Unidos com 46%. A média entre todos os países é de 52%.

Uma boa notícia para as emissoras de TV é que quando questionados sobre em quem confiariam mais para oferecer um serviço de vídeo pela Internet na TV, a grande maioria dos consumidores de todos os países (que estão dispostos a pagar pelo conteúdo) classificaram na primeira menção a própria emissora. Em 2013, no Brasil, o índice – que era de 20% no último ano – saltou para 50%.

A pesquisa também mostrou que a utilização de diversos dispositivos enquanto assistem ao conteúdo da TV é uma variável crescente entre os consumidores. Os Tablets foram responsáveis pelo maior crescimento. Em 2012, apenas 9% utilizavam o aparelho ao mesmo tempo em que assistiam ao conteúdo da TV. Em 2013, o número é de 34%.

Os brasileiros são os que mais acessam conteúdos de vídeo a partir de qualquer device conectado à internet. Com 96% de respostas positivas, o Brasil lidera o ranking, seguido por Espanha (95%), Itália (94%), França (91%), Estados Unidos (86%) e Inglaterra (85%). O Brasil saltou uma posição em relação à pesquisa de 2012.

Tags,