Category empresas de tecnologia

SAP Brasil fecha 2020 com resultados sólidos e expansão do SAP S/4HANA

A SAP Brasil registrou mais um ano de crescimento de dois dígitos em vendas, impulsionada por projetos de adoção de novas soluções tanto na nuvem como de aquisição de licenças. O ano foi marcado pela revisão de projetos e aceleração de algumas áreas de negócios dentro das empresas. Essa revisão estratégica foi verificada em muitas indústrias, principalmente como parte da resposta às mudanças impostas pela pandemia da Covid-19.

Em linha com os processos de migração das empresas para o ERP inteligente da SAP, o S/4HANA registrou crescimento de dois dígitos ao longo do ano e no último trimestre em sua versão sob licença. Nota-se também o investimento das empresas em seus sistemas de suporte ao relacionamento com o consumidor, impulsionado também pela migração para o varejo online e para estreitar o relacionamento em um momento em que fidelizar clientes é essencial para os negócios.

Outro ponto, também acelerado pelas compras online, foi o aprimoramento nas cadeias de fornecimento e de logística, para dar a agilidade necessária às operações de comercio eletrônico e atender a expansão para novos mercados.

As soluções SAP Digital Supply Chain, de gestão da cadeia de suprimentos, cresceram três dígitos. A divisão SAP Ariba (gestão de compras e relacionamento com fornecedores) também verificou crescimento de três dígitos na nuvem ao longo de 2020.

“O ano de 2020 foi desafiador em muitos aspectos e a revisão de planos e metas foi uma constante em todos os segmentos da indústria. O time da SAP Brasil respondeu a esses desafios com muita resiliência e apoio consultivo para entender as necessidades dos nossos clientes e contribuir com seus processos de negócios. Como aprendizado, ficou a certeza de que os investimentos em ciência, inovação e tecnologia ganham ainda mais relevância, pois, quanto mais desafiador o cenário, mais necessária será a presença de empresas inteligentes e capazes de reagir na medida certa e seguir crescendo e contribuindo com o desenvolvimento do País”, explica Adriana Aroulho, presidente da SAP Brasil.

Como exemplo desse processo de resiliência e investimento em tecnologia, a Duratex continuou evoluindo sua estratégia de transformação digital, contando com a SAP como um parceiro estratégico, e é um dos muitos clientes que migraram para o ERP digital da SAP, o S/4HANA Cloud. A empresa que atua nos segmentos de painéis de madeira, louças e metais sanitários, chuveiros elétricos e revestimentos cerâmicos, concluiu no último trimestre a implementação das soluções SAP S/4HANA, SAP Ariba, SAP Cloud Platform e SAP Concur, entre outras, em um esforço para agilizar sua operação e aumentar a eficiência operacional.

Último trimestre manteve crescimento acelerado em cloud

No último trimestre, as empresas seguiram seus processos de digitalização com destaque para as soluções de Digital Supply Chain, SAP CX (de experiência do consumidor) e SAP Qualtrics – tanto para a gestão da experiência do cliente como de funcionários.

Com foco na gestão do relacionamento entre em empresas e clientes, a SAP iniciou mais um projeto com a Telefônica, multinacional espanhola que opera no Brasil com a marca Vivo e é uma das maiores operadoras de telecomunicações do país, com mais de 76,7 milhões de clientes móveis, além de ser uma das grandes do setor em telefonia fixa, banda larga, TV por assinatura e serviços digitais.  A empresa expandiu seu portfólio SAP Customer Experience para comercializar produtos online para seus clientes corporativos, suportando uma base robusta de soluções apoiada em um sistema de gerenciamento de pedidos eficiente.

Outro destaque do trimestre foi a Light, uma das maiores concessionárias do setor elétrico brasileiro, com mais de 100 anos de operação e mais de 4 milhões de clientes. A empresa adotou o SAP Document Compliance para digitalizar seus processos de faturamento e atender às rígidas exigências do Governo brasileiro. A empresa segue sua trajetória para se tornar uma empresa inteligente contando com a SAP como parceira fundamental.

B3 S.A – Brasil, Bolsa, Balcão – maior bolsa de valores da América Latina, continua evoluindo e se transformando com a SAP, parceiro de tecnologia de longa data. A B3 adota o SAP Ariba para aprimorar seus serviços de compras, melhorando a comunicação com os fornecedores e proporcionando autonomia às áreas de negócios.

Já Grupo SBF, dono da marca Centauro e maior varejista do ecossistema de esportes do Brasil, escolheu a SAP como parceiro digital para levar o grupo ao próximo nível de excelência. A empresa, que anunciou recentemente um acordo inédito para assumir as operações da Nike no país, adotou o sistema de gestão SAP S/4HANA e SAP Integrated Business Planning para fortalecer sua estrutura de negócios a partir de uma plataforma in-memory robusta e escalável para prover informações em tempo real para tomada de decisão, além de contar com recursos para gerenciar a demanda da cadeia de suprimentos para obter dados, planejamento de suprimentos e otimização de estoque.

SAP ultrapassa metas revisadas para 2020 e atinge limite superior da perspectiva de lucro operacional

O desempenho dos negócios globais da SAP melhorou sequencialmente no quarto trimestre, mesmo com a persistência da crise da Covid-19 e a reintrodução de bloqueios em muitas regiões. A alta demanda por soluções de comércio eletrônico, Business Technology Platform e Qualtrics, juntamente com várias vitórias competitivas – particularmente na linha SuccessFactors – produziram um forte final de ano para os negócios.

A SAP também percebeu uma forte aceitação inicial de sua nova oferta de transformação holística de negócios “RISE with SAP” entre os clientes-piloto, contribuindo para o desempenho no quarto trimestre. Tanto a América do Norte como a Europa obtiveram um desempenho melhor do que o esperado na entrada de pedidos na nuvem, bem como na receita de licenças de software, refletindo a forte demanda por soluções digitais, para gestão da cadeia de suprimentos em particular. Além disso, a SAP obteve ganhos competitivos significativos em ERP.

“As empresas líderes mundiais estão recorrendo à SAP para se tornarem empresas inteligentes. Estamos reinventando a forma como os negócios funcionam, acelerando a transformação de nossos clientes na nuvem. Nosso forte final de ano e o lançamento de RISE with SAP, nossa nova oferta de transformação holística de negócios, nos posicionam bem para atender às nossas novas metas de perspectiva”, afirma Christian Klein, CEO da SAP.

Em 2020 a carteira de pedidos de nuvem aumentou 7% ano a ano, alcançando € 7,15 bilhões (alta de 14% em moedas constantes) em meio a efeitos contínuos da Covid-19. A receita da nuvem cresceu 17% ano a ano para € 8,08 bilhões (IFRS), alta de 15% para € 8,09 bilhões (não-IFRS) e de 18% para € 8,24 bilhões (não-IFRS em moeda constante), excedendo o total revisado perspectiva para o ano (€ 8,0 a € 8,2 bilhões não IFRS em moedas constantes).

A receita de licenças de software caiu 20% ano após ano para € 3,64 bilhões (IFRS e não IFRS) e 17% (não IFRS em moedas constantes). A receita de nuvem e software aumentou 1% ano a ano para € 23,23 bilhões (IFRS e não IFRS) e 3% para € 23,72 bilhões (não IFRS em moedas constantes), excedendo a perspectiva revisada do ano inteiro (€ 23,1 – 23,6 bilhão). A receita total caiu 1% ano a ano, para € 27,34 bilhões (IFRS e não IFRS) e aumentou 1% para € 27,90 bilhões (não IFRS em moedas constantes), também excedendo a perspectiva revisada para o ano inteiro (€ 27,2 – 27,8 bilhões).

América Latina registra mais um ano de forte crescimento na nuvem

A SAP fechou o ano de 2020 na América Latina relatando 22 trimestres consecutivos de crescimento de dois dígitos em seus negócios em nuvem. As ofertas cloud foram essenciais para garantir a perenidade de muitos negócios, responder com agilidade aos clientes e lançar as bases para competir melhor no futuro.

“Se há algo que aprendemos em 2020 é o quanto as empresas latino-americanas são resilientes. Ao nos adaptarmos com rapidez às mudanças que nos foram impostas, pudemos emergir mais fortes e ser mais eficientes para enfrentar os desafios que surgiram”, disse Cristina Palmaka, presidente da SAP América Latina e Caribe. “É muito gratificante sentir que cumprimos nossa missão apoiando as empresas em sua continuidade operacional. Nosso compromisso com os 50.600 clientes SAP da região é continuar apoiando-os em sua transformação e acompanhando-os para alcançar o próximo nível de excelência e de competitividade”, conclui.

Engineering reforça práticas ágeis com Centro de Excelência

A Engineering, companhia global de Tecnologia da Informação, acaba de criar um Centro de Excelência para assegurar e alavancar as suas práticas ágeis. O LACE (Lean-Agile Center of Excellence), como é denominado no mercado, será liderado por Rodrigo Silva, que tem o propósito de promover mudanças organizacionais e impulsionar a adoção de metodologias ágeis em toda a empresa.

“O objetivo do LACE é estimular a capacidade ágil da Engineering de se adaptar rapidamente ao mercado e ao ambiente para entregar produtos e serviços contínuos e com o máximo de valor e qualidade”, explica Silva.

Para esta estratégia, a companhia continuará a capacitar e orientar as equipes, a partir de seus líderes, no aprendizado de habilidades que promovam autonomia na resolução de problemas, engajamento no desenvolvimento de inovação e melhoria contínua a partir da identificação da causa raiz das ineficiências.

Adicionalmente, para a entrega de resultados, a proposta é estabelecer fluxos contínuos de trabalho baseados em feedback e ajustes constantes, que permitem a entrega de valor mais ágil.

Para garantir a efetividade do programa de agilidade, a área atuará em três níveis: squads, equipe de gestão de mudanças e portfólios, que, juntos, habilitarão o Business Agility da empresa, ou seja, a escalada da cultura orientada à mentalidade ágil.

“O DNA de agilidade da Engineering é uma providência nativa da nossa especialização, que é levar Transformação Digital aos processos das organizações. Por isso, a criação do LACE reforça e garante a efetividade de uma metodologia que já praticamos”, finaliza Silva.

Tags, , , ,

gA reorganiza sua estratégia SAP ampliando time com especialista em S/4HANA

O gA, companhia global de tecnologia que utiliza plataformas digitais e serviços de transformação para capacitar grandes empresas e que foi recentemente adquirida pela Globant, está reforçando seu time especialista em SAP trazendo para a equipe Fausto Motter, que irá gerenciar e fortalecer a estratégia desta área. O foco é tornar os projetos da desenvolvedora alemã o novo carro-chefe da operação brasileira e um motor de crescimento das operações globais.

A companhia, que é parceira SAP há mais de 20 anos e possui o selo SAP Recognized Expertise (REx) nos setores de Life Science e Retail, anuncia essa retomada estratégica no universo SAP durante o SAP NOW Brasil 2020, um dos maiores eventos de tecnologia e negócios da América Latina que, este ano, acontece 100% on-line de 14 a 18 de setembro.

“A nomeação de Motter vem para reforçar nossa estratégia de crescimento e posicionamento no mundo SAP e representa um importante marco na consolidação de nossa pratica SAP na América Latina, onde temos um plano importante de investimentos e bem desafiador em termos de crescimento esperado para 2021”, aponta Carlos Henrique de Souza Marques, diretor de contas globais e head da prática SAP do gA.

Um dos principais objetivos do gA será apoiar as empresas que, até o final de 2027, devem se preparar para a migração ao S/4HANA, mas aproveitando o movimento para trazer inovação e capturar o valor da nova plataforma. “Nascemos há mais de 30 anos como uma consultoria de gestão e otimização de processos de negócios e temos uma experiência em cerca de 50 grandes implementações bem-sucedidas em projetos SAP em diversos países”, explica Motter.

Outro ponto de destaque, e que será um dos pilares da operação, é buscar ganhos tangíveis e imediatos tanto com ferramentas já existentes e disponíveis no S/4HANA, mas pouco exploradas, como também com as soluções complementares autônomas de Machine Learning, Inteligência Artificial, Robotic Process Automation, entre outras.

O executivo comenta que existem muitas funcionalidades que já são cobertas pela licença tradicional do S/4HANA e não são exploradas pelos clientes. “Vamos apostar no conhecimento que temos, tanto em processo, quanto nas ferramentas da SAP para contemplar valor ao negócio do cliente que está migrando, visto que, com as sinergias capturadas junto à Globant, poucos parceiros têm um portfólio de serviços e conhecimento de negócios em nível tão maduro, sofisticado e experimentado como no gA”, explica Motter.

O executivo, que passou pelo gA entre 2006 e 2009, é arquiteto SAP especialista em construção de templates globais, tendo entregado projetos em mais de 18 países. Acumula mais de 15 anos de experiência e passou por empresas como Softtek, Tata Consultancy Services, Gerdau e Iochpe-Maxion. Em 2018, recebeu o SAP Developers Hero pela contribuição com tópicos de S/4HANA junto à comunidade de desenvolvedores e em 2019 foi nomeado SAP Champions, além de fazer parte de alguns conselhos da SAP Community que objetivam, disseminar conteúdos para clientes e consultores.

“Vamos entregar projetos melhores e mais rápidos por meio de ferramentas de produtividade, e temos como missão, em todos os países que atuamos, que os ganhos operacionais existentes sejam apresentados para nossos clientes para que o investimento na migração se reverta em benefício direto para o negócio”, finaliza Motter.

Atualmente, o gA tem operações em mais de 15 países, 14 mil funcionários e 350 consultores SAP, que passam a contar com toda experiência de classe mundial em cloud, digital e transformações de processo trazidas pelas sinergias com a Globant.

Tags, , ,

Braspag abre vagas para diversas áreas em São Paulo e Rio de Janeiro

A Braspag , empresa pioneira em meios de pagamento para e-commerce no Brasil, oferece oportunidades para os profissionais dos mais diversos segmentos se tornarem parte do time da companhia. São diversas vagas para os mais variados setores, desde programação até compliance.

Os benefícios incluem: salário compatível com o mercado, assistência médica, odontológica, auxílio academia, vale-transporte, refeição e alimentação, seguro de vida, participação nos lucros, entre outros.

“Apesar do momento desafiador pelo o qual todo o planeta está passando, nós da Braspag temos uma grande satisfação em anunciar essas vagas, já que elas significam uma oportunidade para profissionais capacitados em meio à pandemia. A empresa está crescendo e, para manter o ritmo, é fundamental a participação de novos talentos”, declarou a Gerente de Recursos Humanos da Braspag, Marcelle Jordão.

Para participar do processo seletivo, os candidatos devem se cadastrar no site da Braspag , onde poderão saber mais sobre o negócio e cultura da companhia, além das oportunidades disponíveis. As vagas são:

Especialista PO – São Paulo

Analista de Operações Júnior – São Paulo

Analista Financeiro Pleno – São Paulo

DeV Android com Java e Kotlin – pleno e sênior – Rio de Janeiro ou São Paulo ou Full Remoto

DeV Ruby on Rails Sênior – Rio de Janeiro ou São Paulo

Analista DevOps Sênior – Rio de Janeiro ou São Paulo

Analista de RiscoPleno – Rio de Janeiro ou São Paulo

DeV .Net – pleno e sênior – Rio de Janeiro

Especialista DeV – Rio de Janeiro

Estagiário Compliance – Rio de Janeiro

Tags, ,

Evento debate oportunidades para empreendedores em tecnologia

As Verticais de Negócios e Grupos Temáticos da Associação Catarinense de Tecnologia (ACATE) promovem o evento online Conecta Verticais nos dias 22 e 23 de setembro. O objetivo é discutir temas atuais do mercado de tecnologia por meio de webinars com especialistas do setor e representantes das Verticais, gerando conexões e impactando cada vez mais negócios. Para participar, basta se inscrever pelo link . O evento é totalmente gratuito e será transmitido pelo canal da ACATE no Youtube.

A programação conta, ao todo, com quatro trilhas de conteúdo: Indústria 4.0, Vendas de tecnologia na pandemia, Cidades Inteligentes e Relacionamento online com colaboradores.  Os participantes também poderão conhecer mais os programas estratégicos da ACATE, como as Verticais de Negócios, iniciativas que buscam a geração de negócios e oportunidades para as empresas do ecossistema catarinense.

Para  Arthur Nunes, vice-presidente de Ecossistema da ACATE, esse formato inédito de evento será fundamental para integração e promoção de networking no ecossistema. “O Conecta Verticais vai ser uma oportunidade de integrar ainda mais os associados que já participam  das Verticais de Negócios e também de apresentar melhor esse projeto para quem ainda não o conhece. Isso é muito relevante, principalmente nesse contexto de estadualização e participação mais ativa dos polos regionais da ACATE”.

Trilhas de conteúdo

No primeiro dia de Conecta Verticais (22), a trilha de conteúdo sobre Indústria 4.0 trará para debate a relação entre a tecnologia e a criação de uma manufatura inteligente, mais eficiente, produtiva e conectada. Profissionais de referência apresentarão as novidades dessa tendência, além de destacar o papel da Vertical Manufatura e da Vertical IoT, Big Data e Al nessa área em ascensão. 

Simultaneamente, o evento trará outro webinar para discussão sobre as vendas de tecnologia na pandemia, abordando questões como reorganização das equipes, novas necessidades dos clientes e busca por resultados nesse período. 

No dia 23 de setembro, especialistas irão falar sobre Cidades Inteligentes, que fazem uso da tecnologia para melhorar a gestão pública e a qualidade de vida dos cidadãos. O webinar vai levantar insights sobre o assunto e apresentar as principais contribuições da Vertical Smart Cities no âmbito catarinense.

O trabalho home office e o relacionamento online com os colaboradores serão as temáticas do segundo dia do Conecta Verticais (23). A intenção desta trilha, liderada pela Vertical Peopletech, é auxiliar empresários e gestores nas transformações internas que estão ocorrendo, como mudanças no espaço de trabalho e nas formas de convivência e troca com as equipes. 

As quatro trilhas acontecem a partir das 17h e contarão com espaço para interação e resolução de dúvidas dos participantes com os painelistas.

Sobre as Verticais de Negócios

As Verticais de Negócios são o maior programa de integração de empresas de tecnologia em Santa Catarina. Elas reúnem as empresas em grupos de acordo com seus segmentos de mercado, por meio de encontros periódicos, com o intuito de gerar networking, troca de conhecimento entre os empresários e gerar oportunidades de negócios para todos.  Hoje, a ACATE conta com 13 verticais que têm a participação de mais de 300 empresas.Serviço

O que:
Conecta Verticais
Quando:
Dias 22 e 23 de setembro, a partir das 17h
Onde:
Online, no canal da ACATE no Youtube. Inscrições em: https://www.sympla.com.br/conecta-verticais-acate__940737  
Quanto:
Gratuito 

Tags, , ,

ABES cria Comitê de Desenvolvimento de Negócios

A ABES – Associação Brasileira das Empresas de Software oficializou a criação do Comitê de Desenvolvimento de Negócios. Com o objetivo de fomentar e dinamizar parcerias e a troca de experiências, o fórum será coordenado pelo André Elias Gonçalves, da IN – Inteligência de Negócios, com o apoio da assessora dos comitês Carolina Marzano.

“Fico muito honrado em participar deste movimento. Nosso novo Comitê tem como objetivos o fomento de negócios e o desenvolvimento profissional. É impressionante constatar como a discussão de temas relevantes, a troca de experiências e a abertura para sinergias são geradoras de interesse e potencialmente ricas para beneficiar tanto as empresas como os profissionais. Contamos, agora, com a ampliação do envolvimento das associadas da ABES”, destacou André.

O comitê conta com a participação dos C-Levels e de profissionais das áreas comercial, de marketing e vendas das associadas, com o objeto explorar o potencial que a nova economia baseada em modelos digitais proporciona e como superar os desafios do mercado. Segundo o IDC (International Data Corporation), o setor de TI brasileiro cresceu 10.5% em 2019, comparado com um crescimento mundial de 5%. Em 2020, a expectativa é crescer 6%, enquanto o mundo deverá crescer cerca de 5.1%. Além disso, de acordo com o IBOPE, o nível de penetração da internet no Brasil é de 70%, representando o quinto maior mercado do mundo, com aproximadamente 149 milhões de internautas ativos, atrás apenas da China, Índia, Estados Unidos e Indonésia. Por outro lado, o relatório do Índice Global de Competitividade do Fórum Econômico Mundial de 2019, apontou que o Brasil está na 71ª posição de 141 países analisados, e na 8ª posição na América Latina. Tal índice demonstra que, apesar de algum avanço na última década, o Brasil ainda possui um complexo ambiente de negócios, devido à complexidade tributária, forte judicialização, e ao processo judicial caro e demorado.

“Diante desse cenário promissor e ao mesmo tempo desafiador, do mercado brasileiro, a ABES vem proporcionar um fórum para trocas de experiências e expectativas, com o intuito de ajudar seus associados a transpor a complexidade do mercado brasileiro, além de trabalhar junto aos principais stakeholders para melhoria do ambiente de negócios. Sendo assim, a ABES posiciona-se como uma plataforma, na qual os mais variados serviços e produtos são oferecidos aos associados”, destaca Rodolfo Fücher, presidente da entidade.

Outros comitês focados em assuntos de interesse do setor de tecnologia e de usuárias de tecnologia são mantidos pela associação. Com isso, a ABES tem o propósito de contribuir para a construção de um Brasil mais digital e menos desigual, no qual a tecnologia desempenha um papel fundamental para a democratização do conhecimento, e a criação de novas oportunidades,

buscando proporcionar melhor qualidade de vida para todas e todos, de forma inclusiva e igualitária.

Acompanhando a evolução do mercado, recentemente a ABES ampliou o escopo de representatividade. Além das empresas de software e as que prestam, de alguma forma, serviços correlatos, que já eram tradicionalmente representadas, incluímos duas novas categorias de associados: (i) empresas que utilizam intensamente software e (ii) as interessadas no setor de tecnologia da informação de forma geral. Desta forma passamos a contar com a participação de empresas ligadas às plataformas digitais, incluindo as xTechs (EduTechs, HealthTechs, LawTechs, FinTechs, AgroTechs, etc.) e também incubadoras, aceleradoras e fundos de investimentos, por serem importantes agentes no fortalecimento da inovação e dinamismo do mercado brasileiro.

Tags

Rio Info homenageará protagonistas da inovação no Brasil

Na próxima terça-feira, 15, como parte de sua programação de abertura, o Rio Info, principal evento de inovação, negócios, tecnologia e networking do setor de TICs no Brasil, em conjunto com a Softex, realizará a entrega da homenagem Illuminatus, um reconhecimento a nove personalidades dos setores públicos e privados cujas ações realizadas em prol da inovação são de grande importância e relevância para o país.

Um comitê de notáveis composto pelo Presidente da Softex e Ruben Delgado, Arapuan Mota Neto, Celso Pansera, Guilherme Cruz, Henrique Faulhaber, Isabel Roxo, José Gontijo, Lizandro Manzato, Lucas Ribeiro e Michael Nagy, trabalhou não apenas na indicação, mas também na seleção dos homenageados. Vale destacar a preocupação do comitê em reconhecer atores do ecossistema de inovação em diferentes setores e de todas as regiões do país.

Conheça os nove homenageados:

•          Ministro Marcos Pontes – Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI)

•         Adélia Maria Carvalho de Melo Pinheiro – titular da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação da Bahia (SECTI)

•          Carlos Eduardo Spezin Lopes – CEO da Doctoralia para Brasil, Peru e Chile

•         Cleber Oliveira Soares – diretor de inovação para agropecuária do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA)

•         Gianna Sagazio – diretora de Inovação da Confederação Nacional da Indústria (CNI)

•          Gilberto Novaes – CEO da Transire Eletrônicos e Pax Brasil

•          Rafael Henrique Rodrigues Moreira –  CEO e founder da Bertha Capital

•          Richard Uchoa – CEO da LEO Learning Brasil 

•         Vania Neves – CIO Brazil da GSK

Realizado anualmente desde 2003, o formato digital da edição deste ano do Rio Info deverá favorecer a participação de um número recorde de congressistas. O evento, com duração de três dias, terá atividades simultâneas também na Argentina, no Canadá, Estados Unidos e Portugal.

A programação desta 18ª edição inclui ainda rodadas de negócios e o debate de temas como a relação da tecnologia e o home office, desafios e oportunidades para as empresas no cenário digital, internacionalização, mundo geek, planejamento ágil de estratégias e diversidade.

Para se inscrever, acesse www.sympla.com.br/rioinfo2020.

Detalhes sobre a programação http://rioinfo.com.br/2020

Rio Info 2020

15, 16 e 17 de setembro
Programação: http://rioinfo.com.br/2020
Inscrições – a partir de R$ 25,00 – pelo link: www.sympla.com.br/rioinfo2020


 

Tags,

Globant anuncia a expansão de suas operações no Brasil

A Globant (NYSE: GLOB), empresa de serviços de tecnologia nascida no meio digital, anunciou hoje a expansão de suas operações no Brasil. Com uma abordagem disruptiva na área de serviços de tecnologia, a companhia pretende solidificar sua presença na região, impulsionando transformações digitais, culturais e cognitivas em todo o país.

“O momento sem precedentes em que vivemos hoje está levando as organizações a repensar a forma como administram suas operações. Um parceiro como a Globant, com expertise em tecnologia e processos digitais, é extremamente importante para desenvolver e escalar os negócios”, afirma Alexandre Thomaz, Diretor Executivo da Globant no Brasil . “Estamos muito animados para expandir nossa atuação e fornecer serviços cada vez melhores para as organizações brasileiras, contribuindo também com o crescimento econômico do país.”

A abordagem única da Globant, que a difere dos projetos de TI tradicionais, permite transformações culturais mais rápidas e que ajudam as organizações a desenvolver um modelo de colaboração ideal, que une agilidade com a criatividade brasileira para gerar impactos positivos nos negócios.

As recentes aquisições da Avanxo e gA trazem para a Globant a experiência de mais de dez anos em Finanças, Seguros, Saúde, CPG, Varejo, Manufatura e Logística no mercado brasileiro. Com isso, a Globant continua a focar seus recursos na criação de experiências digitais para grandes organizações em todo o mundo, além de expandir recursos com a inclusão de Salesforce e as plataformas Oracle e SAP, para entregar serviços em nuvem e de aplicativos corporativos.

“Hoje, é de extrema importância que tomemos decisões inteligentes e de forma rápida, para ajudar as organizações a serem mais ágeis e responsivas. Estamos prontos para ajudar na evolução das organizações e para oferecer serviços e soluções para encurtar as distâncias entre as pessoas, entre as equipes e entre as indústrias”, completa Thomaz.

Alexandre Thomaz é um líder multidisciplinar com mais de 20 anos de experiência internacional em TI e consultoria de gestão. O executivo reúne o conhecimento do setor e uma visão estratégica para a transformação de negócios e serviços digitais. Antes de ingressar na equipe da Globant, atuou como Diretor de Consultoria de Negócios na IBM Brasil, onde comandou o atendimento ao cliente em serviços financeiros, telecomunicações e varejo. Anteriormente, ocupou vários cargos de liderança na Hewlett-Packard (HP), onde foi Diretor de Desenvolvimento e Modernização de Aplicativos para a América Latina e Diretor de Terceirização. Thomaz também atuou como professor de Sistemas de Informação na Faculdade Cesgranrio e é autor credenciado de artigos sobre transformação digital e governança corporativa.

Tags,

Com crescimento de 51%, GFT Brasil é destaque do Grupo GFT

Após um resultado positivo da receita no primeiro semestre de 2020, a GFT Technologies SE (GFT) confirma sua perspectiva para o ano de 2020. A receita da companhia multinacional aumentou 5%, com crescimento orgânico de 4%. A tendência de crescimento dinâmico sem os 2 principais clientes (Deutsche Bank e o Barclays) continuou e atingiu 19%. A expansão foi impulsionada pelas ofertas de sucesso na área de computação em nuvem, transformação digital e também para o setor de seguros.

“Conseguimos fechar o primeiro semestre com um aumento na nossa receita, atingimos nossas metas e esperamos um maior crescimento para a GFT, apesar da atual turbulência econômica global. A crise causada pela pandemia da Covid-19 está fortalecendo a tendência para a digitalização. A GFT está perfeitamente posicionada para atender a essa demanda. Estamos vendo um crescimento muito bom, especialmente para as nossas ofertas de nuvem e outras novas tecnologias”, afirma Marika Lulay, CEO Global da GFT Technologies SE.

Tags,

Frente empresarial defende a prorrogação da LGPD e a criação imediata da ANPD

A ABES – Associação Brasileira das Empresas de Software, junto com outras 12 associações do setor de tecnologia, assinou hoje uma carta aberta às autoridades pela imediata segurança jurídica no tratamento de dados pessoais. As entidades pedem que a Lei Geral de Proteção de Dados – LGPD (Lei n.13.853) tenha sua da entrada em vigor prorrogada, tendo em vista a necessidade da criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados Pessoais (ANPD), a sua estruturação interna, os trabalhos em torno das peças regulatórias – que envolvem ampla e irrestrita consulta pública – e de orientação e educação das organizações e dos cidadãos em torno dessas regras. Somente assim será possível conciliar a proteção da privacidade no Brasil e a segurança jurídica.

Adriana Aroulho é a nova presidente da SAP Brasil

A SAP Brasil será comandada a partir de 1º de agosto de 2020 por Adriana Aroulho, liderando uma operação que conta com mais de 1.200 funcionários e escritórios em São Paulo e Rio de Janeiro. A executiva, que continuará na função de COO (Chief Operating Officer) da SAP Brasil até o anúncio de um substituto, se reportará diretamente à Cristina Palmaka, nova presidente da SAP na América Latina e Caribe.

Adriana está na SAP Brasil desde 2017, quando entrou para liderar a Plataforma Digital Empresarial no Brasil. Como vice-presidente da área, a executiva posicionou a organização em um patamar mais elevado, com projetos relevantes e estratégicos na área de licenças e forte crescimento em cloud. Em janeiro de 2019, assumiu a posição de COO com o desafio de trazer crescimento sustentável e garantir a satisfação dos clientes. Seus esforços foram fundamentais para elevar o Brasil a “Unidade de Negócios de 2019” na região da América Latina, que por sua vez foi a Região do Ano em toda a SAP. Antes de ingressar na companhia, Adriana esteve por 22 anos na HP, onde ocupou diversos cargos de liderança.

“É com muito orgulho que aceito o desafio de liderar a SAP Brasil e contribuir de forma ainda mais ampla para o crescimento contínuo da empresa”, afirma Adriana Aroulho. “Estou feliz em começar uma nova fase da carreira em uma empresa em plena expansão, com o desafio de ampliar ainda mais o alcance das soluções SAP, ajudando clientes dos mais diversos setores a consolidar e acelerar a transformação digital de seus negócios, tornando-se Empresas Inteligentes neste cenário de constantes mudanças sociais e econômicas”, conclui.

“A região da América Latina e Caribe conta com líderes fortes e perspicazes, e a nomeação da Adriana é um passo importante para a consolidação desse time. Sua dedicação, conhecimento de mercado e foco em pessoas são atributos que farão a diferença em sua trajetória na presidência da operação brasileira”, afirma Cristina Palmaka.

Adriana é formada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo (USP) e possui especialização em Administração de Empresas pela Fundação Getúlio Vargas, além de MBA em Gestão de Tecnologia da Informação pela FIA (Fundação Instituto de Administração – USP).

Novo contexto trazido pela pandemia puxa crescimento de soluções de gestão da SAP Brasil no 2º trimestre

A SAP Brasil registrou um segundo trimestre de crescimento nos contratos de soluções de gestão, tanto com foco na experiência do cliente e colaboradores, com SAP Qualtrics, como em gestão de despesas SAP Concur, Digital Supply Chain e a linha de produtos de Analytics e Data Management. Os avanços, na comparação com o mesmo período de 2019, foram de dois dígitos em grande parte dessas linhas, com algumas chegando a três dígitos. Os resultados refletem a aceleração da digitalização de processos nas companhias em diversos segmentos, buscando eficiência e reorganizando as operações em resposta às novas necessidades trazidas pela pandemia de Covid-19.

As vendas de solução Qualtrics CX deram um salto em relação ao segundo trimestre de 2019, uma vez que o atendimento ao cliente passou por forte transformação na crise provocada pelo coronavírus. O mesmo ocorreu com a gestão da força de trabalho, com uma mudança radical nos processos, seja para os profissionais em trabalho remoto ou para as novas condições impostas para os trabalhadores da indústria. Os resultados também apontam maior preocupação das empresas com sistemas de gerenciamento da cadeia de suprimentos e relacionamento com fornecedores: a linha de produtos de Digital Supply Chain também registrou aumento de dois dígitos em cloud em relação ao mesmo período de 2019.

“Vivemos um momento em que a tecnologia, mais do que trazer agilidade aos processos e ganhos de produtividade e otimização de gestão, torna-se essencial para moldar os negócios ao novo contexto, trazendo respostas mais rápidas”, comenta Cristina Palmaka, presidente da SAP Brasil, que recentemente foi nomeada ao cargo de presidente da SAP América Latina e Caribe. “A busca por estas soluções reflete um movimento das companhias para ‘arrumar a casa’, integrar informações, digitalizar processos e agregar valor de forma ampla”, aponta.

Os últimos três meses também marcaram a continuidade dos projetos de adoção ou migração para o sistema de gestão S/4HANA, o ERP digital da empresa. Esse é o caso das Lojas CEM, rede varejista de móveis e eletrodomésticos com quase 300 lojas no Sudeste do Brasil, que impulsionou seus projetos de transformação digital. A varejista adotou o SAP S/4HANA para ter uma plataforma robusta com acesso a informações em tempo real, consolidar operações, aprimorar o gerenciamento e a tomada de decisão. Já com as soluções SAP Customer Experience, também reforçou a frente de comércio eletrônico e marketing, esta última impulsionada pelo SAP Qualtrics para melhor entender os sentimentos dos seus clientes. Outra frente foi na gestão da força de trabalho, com o SAP SuccessFactors, para melhor atrair, reter e desenvolver funcionários.

O SAP SuccessFactors também apoiou o Grupo Zaragoza, o que mais cresce no setor de varejo no país, na gestão de 5 mil colaboradores. Além disso, com as marcas Spani Atacadista e Villarreal Supermercados, a empresa adota uma combinação do SAP S/4HANA, SAP Cloud Platform e SAP Analytics para ter uma plataforma robusta com informações em tempo real e uma solução confiável de compras que permite consolidar operações e melhorar a gestão.

O setor de varejo, inclusive, foi um dos que mais demandaram projetos no período, além de seguros e produtos de consumo, com destaque para implementação de soluções tanto na nuvem como na venda de licenças.

Outra empresa que continuou investindo fortemente em sua jornada de transformação digital foi a Duratex, maior produtora de painéis de madeira manufaturada do Hemisfério Sul. A companhia, que já adotou o SAP S/4HANA, SAP Ariba, SAP Cloud Platform e SAP Concur, tem agora o SAP SuccessFactors para melhor engajar sua força de trabalho de mais de 11 mil funcionários.

A siderúrgica brasileira Gerdau, que optou pelo SAP Tax Declaration Framework para apoiar todas as operações relacionadas a impostos enquanto obtinha maior precisão no planejamento fiscal, também foi um dos destaques no segundo trimestre, junto com a Telefônica, operadora multinacional de telecomunicações da Espanha, que opera no Brasil com a marca Vivo, que teve foco na gestão da remuneração baseada em comissão para suas equipes de vendas com SAP Commissions. A Cantu Pneus, maior importadora de pneus no país, escolheu uma combinação de SAP S/4HANA, SAP Integrated Business Planning e SAP Customer Experience para melhorar processos e SAP SuccessFactors, integrados ao SAP Qualtrics para beneficiar sua força de trabalho. Enquanto a Votorantim Cimentos, líder de cimento no Brasil e uma das maiores do mundo, que expandiu significativamente sua presença global com aquisições importantes na Europa, Ásia e África, além de continuar a fortalecer sua presença nas Américas do Norte e do Sul, realizou a implementação de soluções Customer Experience da SAP para aprimorar sua plataforma de comércio eletrônico nos mercados expandidos.

Na frente de economia da experiência, a Renault do Brasil, subsidiária da montadora francesa Renault, contou com o SAP Integrated Business Planning para superar o desafio de seus revendedores na previsão das demandas dos clientes em toda a América Latina.

Implementações remotas ganham força

Nos meses de abril a junho, o Brasil registrou fortalecimento das políticas de isolamento social em resposta à pandemia de Covid-19, com grande adoção do regime de trabalho remoto em organizações em todo o país. Diante desse cenário, a digitalização foi essencial e, em muitos casos, com soluções realizadas remotamente pela SAP. “Realizamos grandes implementações de maneira totalmente virtual, o que reforçou ainda mais nossa certeza de que a transformação digital traz resultados concretos para os negócios e permite uma adaptação rápida, mesmo em situações de instabilidade”, comenta Palmaka.

Presente em 700 cidades no país, a transportadora brasileira Águia Branca, que leva 11 milhões de passageiros por ano, foi uma das empresas que contou com a implementação virtual da solução SAP Customer Experience no período, no intuito de aprimorar sua plataforma de comércio eletrônico, simplificar a reserva de ingressos e fornecer uma experiência mais personalizada aos usuários.

A BRK Ambiental, maior empresa privada de saneamento básico do Brasil, também consolidou à distância um projeto voltado às operações de concessão pública com uma combinação de SAP S/4 HANA e outras soluções cloud como SAP Concur, SAP SuccessFactors e SAP Ariba, com o objetivo de reduzir custos e melhorar as sinergias das transações.

Já o Grupo Ultra, um dos maiores conglomerados comerciais de óleo e gás do Brasil, estabeleceu parceria com a SAP para a adoção do SAP S/4HANA para se destacar na economia digital. Feita de forma remota, a implementação visou melhorar os processos de gestão nas frentes de tesouraria, planejamento financeiro, relações com investidores, questões jurídicas, fusões e aquisições e outras áreas-chave na empresa. A operação teve início no segundo trimestre, mesmo com as restrições impostas pela pandemia de Covid-19.

SAP mantém resiliência frente à crise do Covid-19

Globalmente, a receita total da SAP cresceu 2% para € 6,74 bilhões (IFRS), com alta de 21% nas soluções em nuvem, em comparação com os meses de abril a junho do ano passado, com a alta demanda por soluções de digital supply chain, comércio eletrônico, cloud platform e SAP Qualtrics. A receita de licenças de software, embora ainda abaixo dos níveis normais, teve recuperação acima do esperado: queda de 18% ano a ano para € 0,77 bilhões (IFRS e não IFRS), mas uma melhoria significativa em comparação com o primeiro trimestre deste ano. As receitas de nuvem e software cresceram 4% ano a ano para € 5,71 bilhões (IFRS), um aumento de 3% para € 5,71 bilhões (não-IFRS) e um aumento de 3% (não-IFRS em moedas constantes).

O SAP S/4HANA foi uma das linhas de produtos com maior crescimento, com mais de 500 novos clientes no último trimestre, totalizando, hoje, 14.600 adoções, um aumento de 22% na comparação ano a ano. Neste segundo trimestre, a receita de Qualtrics avançou 34% em comparação ao mesmo período de 2019.

“Mais do que nunca, a pandemia provou que a digitalização não é mais uma opção e sim uma necessidade para superar tempos difíceis e alcançar os resultados comerciais desejados. Continuaremos a investir em ofertas inovadoras para nossos clientes, a fim de promover transformações nos negócios e executar processos complexos. Também pretendemos expandir o ecossistema em nossa plataforma de tecnologia de negócios para complementar nossas soluções e promover o crescimento”, comenta Christian Klein, CEO da SAP.

Crescimento forte em nuvem continua na América Latina

Na América Latina, a SAP reporta o marco de 20 trimestres de crescimento consecutivo de soluções em nuvem, com avanço de dois dígitos na região – um aumento sustentado no mesmo nível também para o primeiro semestre deste ano. A empresa se consolida como aliada estratégica de empresas comprometidas com a continuidade dos negócios e a preparação para o novo normal.

Nesse contexto, no qual os clientes deram um grande passo em direção à transformação digital, o aumento de dois dígitos no segmento de soluções SAP Customer Experience se destaca durante o 2º trimestre do ano na região.