Category Campus Party

Fórmula 1 na Campus Party

O F1 in Schools, projeto educacional que reúne atividades de aprendizagem ativa e empreendedorismo no ambiente da Fórmula 1, será uma das atrações da Campus Party São Paulo, que ocorre até domingo, 17 de fevereiro. Logo na entrada principal do evento, visitantes vão se deparar com uma pista destinada ao projeto operado no Brasil pela Associação Projetando o Futuro e implementado nas escolas pela ZOOM education for life. No estande do F1, interessados podem acompanhar a fabricação de aerofólios por meio de uma impressora 3D, além de conhecer os portfólios de equipes que participaram do programa e alguns de seus carrinhos.

Sucesso pelo mundo há 15 anos, o F1 in Schools promove o protagonismo de alunos em sala de aula por meio de programas de aprendizagem focados no desenvolvimento do potencial criativo. Voltada para jovens dos níveis Fundamental e Médio, de 12 a 19 anos, a iniciativa desafia os estudantes de todo o Brasil a criarem uma empresa (escuderia) e a utilizarem diversos recursos tecnológicos para projetar, modelar e testar um protótipo de um carro que competirá na modalidade de automobilismo mais popular do mundo.

A edição de 2019 do F1 in Schools terá duas finais regionais em março, sendo uma em São Paulo e uma em Brasília. A final nacional, da qual as equipes vencedoras nas regionais participarão, está prevista para acontecer em abril em São Paulo. A Final Mundial deve acontecer em Dezembro em Abu Dhabi.

Sobre F1 in Schools

Implementado nas escolas pela ZOOM education for life, empresa que desenvolve e implementa soluções de aprendizagem baseadas na cultura Maker, o F1 in Schools é um projeto educacional que reúne atividades de aprendizagem ativa e empreendedorismo no ambiente da Fórmula 1. Fruto de uma parceria da ZOOM com a Associação Projetando o Futuro, a iniciativa é voltada para estudantes dos níveis Fundamental e Médio, de 12 a 19 anos de idade, promovendo a experiência com o Empreendedorismo, contato com Tecnologias e Protagonismo em sala de aula e prepara os estudantes para uma competição de verdade, cujas finais serão realizadas em março (Regional), em abril (Nacional) e, em dezembro, a Final Internacional.

Criado há 15 anos e adotado em 42 países, o F1 in Schools é operado no Brasil pela Associação Projetando o Futuro e implementado pela ZOOM e traz o Empreendedorismo como elemento adicional às atividades originais do programa. As escolas que contratam o programa recebem da ZOOM toda assistência para capacitação dos professores e adaptação do programa na grade curricular das instituições educacionais. Atuando como mentores, os professores estimulam seus alunos a buscarem interação com a comunidade, ampliando a visão de mundo com confiança e responsabilidade ao participarem de todas as fases de construção da empresa (escuderia) até a fase final, quando o carro vai competir da Fórmula 1.

O F1 in Schools estimula o protagonismo do aluno em sala de aula ao propiciar oportunidades para desenvolver recursos como planejamento, flexibilidade na busca de soluções, prever consequências, conviver com as diferenças e respeitá-las, e resiliência para enfrentar dificuldades, além de exercitar a autonomia intelectual do jovem por meio de atividades planejadas que propiciam o uso de diversas habilidades de pensamento como: interpretar, analisar, sintetizar, classificar, relacionar e comparar. “Ao adotar o programa, a escola revitaliza o ensino das matérias, adicionando diferenciais à sua grade escolar, além de proporcionar uma interação mundial entre os seus alunos, com oportunidades para intercâmbios e difusão de conhecimento”, explica Marcos Wesley, CEO da ZOOM.

Além de favorecer que as aulas aconteçam em um ambiente divertido, lúdico e desafiador, o programa incentiva o trabalho em equipe com lições de empreendedorismo e uso de técnicas de crowdfunding, oferece acesso a outras línguas e culturas e estimula a constituição de ética profissional e social. “O F1 in Schools já foi adotado por sete escolas no Brasil e a nossa meta é inserir o programa em 90 instituições até o início do torneio regional. É importante dizer que, além da experiência completa de aprendizado na prática, convivência e interação com outras pessoas de diversos países e suas diferentes culturas e estilos de vida, trata-se de um programa que une escolas, alunos e suas famílias numa competição global e amigável”, diz Marcos Wesley.

Como funciona

São organizadas equipes de até seis alunos que, juntos, devem criar uma microempresa e realizar diversas atividades, como gerenciar o projeto e construção de um modelo de carro da Fórmula 1; desenvolver plano de negócios, marketing e ações em mídias sociais; buscar parceria/patrocínio com o setor privado; e criar ação social. O F1 in School pode ser inserido nas seguintes matérias da grade curricular, tornando o ensino mais próximo da prática:

FÍSICA: projeto, aerodinâmica, atrito, cinemática;

QUÍMICA: teoria dos gases, materiais;

MATEMÁTICA: elaboração de orçamento, controle, planilhas;

PORTUGUÊS: elaboração de portfólio, site, página e textos para Facebook, Plano de Marketing, material para patrocínio;

ARTES: logotipo, criação da marca, artes para postagens no site, Facebook, material promocional, estande;

INGLÊS: entendimento das Regras e Regulamentos do Projeto (original na língua inglesa);

COMUNICAÇÃO: apresentações para patrocinadores, mídia e juízes;

TECNOLOGIAS: projeto em CAD, usinagem de carros, impressão 3D, sistema de eixos e rolamentos.

As premiações para as equipes de melhor desempenho são realizadas dentro das seguintes categorias: • Campeão Geral (maior pontuação geral, próxima a 1000 pontos) • Segundo Colocado • Terceiro Colocado • Carro mais veloz • Melhor Engenharia • Participação Feminina • Patrocínio e Marketing • Pensamento Criativo • Identidade da Equipe • Melhor Colaboração Internacional • Excelência em Espírito Esportivo • Melhor Novato • Estande • Apresentação Verbal • Portfólio • Pesquisa e Desenvolvimento • Mídia Social.

A Associação Projetando o Futuro é uma entidade sem fins lucrativos dedicada a projetos educacionais que ofereçam aos alunos oportunidades de desenvolver práticas de empreendedorismo, uso de programas de engenharia, acesso a tecnologias modernas e contato com empresas de diversas áreas permitindo vivenciar experiências fora das paredes das escolas.

Sobre a ZOOM education for life

Há 22 anos, a ZOOM education for life propõe um modelo diferenciado de educação, focado no desenvolvimento do potencial criativo de crianças, jovens e adultos ao adotar a metodologia do aprender fazendo, que faz com que os alunos sejam colocados como protagonistas de seu próprio aprendizado, expandindo competências e agregando atitudes e valores para toda a vida. Desde 2016, a empresa vem investindo forte na Cultura Maker, criando projetos e produtos nos quais os estudantes se apropriam de muitos saberes antes limitados aos técnicos e engenheiros.

A ZOOM é pioneira e líder no segmento da robótica educacional. Seus programas curriculares e extracurriculares são resultado de forte investimento em pesquisa e desenvolvimento de metodologias ativas de aprendizagem e na formação e acompanhamento presencial dos educadores para o sucesso na aplicação com os alunos.

Os Programas Educacionais da ZOOM buscam transformar a sala de aula em um ambiente no qual os seus alunos se sintam instigados a conectar, construir, analisar e continuar aprendendo, trabalhando com atividades lúdicas e desafiadoras. Como resultado, a ZOOM se tornou líder no segmento da Cultura Maker e STEM (Science, Tecnology, Engineering and Math).

A ZOOM já atendeu mais de 2,5 milhões de estudantes em mais de 8 mil escolas de todo o Brasil, incentivando mais de 150 mil educadores a se engajarem nessa nova forma de ensinar e aprender.

Vender mais online e disponibilizar os estoques das lojas físicas é tema de palestra na Campus Party 2019

“Vender mais online e disponibilizar os estoques das lojas físicas” é um dos principais desejos dos varejistas. Quem explica é Fabíola Paes, especialista em varejo que no dia 13/2, quarta-feira, às 15 horas, faz palestra na Campus Party 2019 sobre “A nova fase Omnichannel no varejo”. Voltada para quem deseja entender mais sobre tecnologia, inovação e varejo, e sobre esse universo que já movimenta milhões nos últimos anos, a conferência será realizada no palco Startups.

Professora da Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM), do Ibmec e da USP-Esalq, parceira do Ecossistema de Startups do Varejo no Oasislab (SP) e uma das fundadoras da startup Neomode, Fabíola relata que apesar da tecnologia estar ao alcance da maioria da população nos centros urbanos, ainda existe muita dúvida entre os profissionais do varejo quando o assunto é investir em inovação.

Assim, ela observa que dentro do chamado Varejo 4.0, existe um conceito se consolidando no Brasil, o de “omnicanalidade”, que consiste em unificar todos os canais de venda (e-commerce, assistente virtuais, aplicativos e lojas físicas) em uma só experiência. Desta forma o cliente pode usar o e-commerce ou app para comprar e a loja física para fazer a retirada dos produtos, ou pode pesquisar na loja física e comprar de madrugada usando a plataforma como uma “prateleira infinita” que além de trazer os produtos e as ofertas, oferece formas de pagamento, entrega e/ou retirada eficaz.

“O varejista conectado tem ilimitadas possibilidades de conquistar seu consumidor dentro ou fora da loja (online). O smartphone, por exemplo, é uma incrível ferramenta que pode auxiliar o varejo a alcançar potenciais clientes com o envio de chamadas e ofertas personalizadas, de acordo com sua geolocalização ou perfil”, destaca.

Conveniência e engajamento

Acostumada a ouvir as “queixas” dos varejistas, Fabíola é uma das responsáveis dentro da equipe da Neomode por buscar soluções ágeis que melhoram a eficiência logística das empresas e ao mesmo tempo ampliam o fluxo de pessoas na loja física e a conversão das vendas – sejam elas nos canais online ou off-line. “Quando falamos de práticas dentro de um varejo contemporâneo pensamos numa loja conectada, onde é possível criar engajamento com os clientes por meio do uso da tecnologia. E um cliente engajado vale muito mais, pois além de promover a marca ele compra cerca de 40% a mais”, relata.

Para a especialista, “a integração das plataformas do negócio é uma boa força extra, uma vez que as pesquisas sobre os produtos agora iniciam pelo smartphone e são concluídas na loja física ou no desktop”. Ela justifica a afirmação ao citar um estudo da Criteo – empresa global de tecnologia e marketing – pelo qual os sistemas via smartphones já respondem por 48% das vendas do varejo web mobile e app e onde 22% das transações em desktop são precedidas de um clique mobile.

“O consumidor está mais à vontade para comprar via smartphones e isso impacta as classes A, B e C. As pesquisas também mostram que 47% dos consumidores conectados se deslocam até os PDV físicos por que desejam experimentar ou ver algo pessoalmente que já viram ou pesquisaram na web”, argumenta.

Clique & Retire e giro mais rápido do estoque

Além de ampliar as vendas, a integração dos canais pode impactar diretamente na administração do estoque e na logística ao transformar as lojas físicas em minicentros de distribuição. Por meio do uso de ferramentas como a geolocalização é possível ofertar ao cliente o chamado Clique & Retire, uma nova modalidade de venda onde o consumidor realiza a compra online (via app, e-commerce ou assistente virtual) e retira o pedido diretamente na loja física, sem enfrentar filas. Em até cinco minutos o pedido está disponível no sistema do caixa da loja. “Isso é bom para o lojista que vê o fluxo de clientes aumentar no PDV e também para o cliente que diminui o tempo de espera pelo produto e os gastos em frete”.

“Por essa razão é tão importante divulgar este novo conceito de varejo que permite estar presente online e offline e conectar todos os canais de venda e relacionamento. O êxito das estratégias também está em conhecer o cliente, seus hábitos e necessidades. Com o uso da inteligência artificial essas informações já são passíveis de levantamento ao mapearmos como ele se relaciona com os canais dentro da plataforma de integração”, conclui.

A Campus Party Brasil 2019 tem cinco dias de duração, 900 palestrantes e 1.000 horas de conteúdo. O evento que está em sua 12ª edição ocorre em São Paulo, de 12 a 17 de fevereiro, no Expo Center Norte. Mais informações em https://brasil.campus-party.org/

Tags, ,

Randstad recrutará profissionais de tecnologia na Campus Party

A Randstad, líder global de soluções em recursos humanos, terá um espaço dedicado no evento para relacionamento com candidatos interessados e possível recrutamento desses profissionais de tecnologia presentes na Campus Party, um dos maiores eventos de experiências tecnológicas do mundo, que acontecerá em São Paulo entre os dias 12 e 17 de fevereiro. A ação será realizada durante os dias 13 a 16 de fevereiro, no espaço Campus Jobs.

Os campuseiros que se interessarem por uma posição na área poderão conversar com os recrutadores da Randstad na mesa especial da empresa no evento, onde já acontecerão as primeiras etapas das seleções. Se aprovado na primeira fase, o candidato poderá ser entrevistado pela empresa contratante já na Campus Party ou encaminhado para outra etapa após o evento.

“O mercado de tecnologia está muito aquecido e temos escassez de talento para algumas posições. Nada melhor do que procurar pelos melhores profissionais em um evento focado no setor. Vamos unir o útil ao agradável para os campuseiros”, diz Juliano Gonçalves, diretor da Randstad Technologies, área da empresa completamente voltada para recrutamento e seleção de posições de tecnologia.

Além da mesa de recrutamento, a Randstad ministrará duas palestras. A primeira, no dia 14, abordará a evolução do mercado para entrevistas com robôs. Já a segunda, no dia 15, falará sobre o futuro dos talentos no mercado de tecnologia.

Campus Party
Quando: De 12 a 17 de fevereiro
Onde: Expo Center Norte – Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme
Mesa de recrutamento da Randstad: entre os dias 13 e 16, no Campus Jobs

Palestra “Get Ready: Seu próximo entrevistador pode ser um Robô!”.
Quando: 14/02, das 18h45 às 19h30.
Palestrante: Rafael Pereira, alquimista digital da Randstad.

Palestra “O futuro dos talentos no mercado de tecnologia”
Quando: 15/02, das 18h45 às 19h30.
Palestrante: Fernanda Cristina Prado, consultora da Randstad Technologies.

Tags, ,

Teste drive do Fusion Hybrid em realidade virtual e quiz interativo: as atrações da Ford na Campus Party 2017

Única marca automotiva presente, a Ford aproveitará a 10ª edição da Campus Party Brasil para compartilhar com a comunidade geek seus conhecimentos em conectividade e mobilidade por meio de interações lúdicas. Para falar a língua dos mais de oito mil campuseiros, desenvolveu para o evento o quiz Unlock, que vai testar os conhecimentos em tecnologias automotivas e de conectividade dos participantes. A CPBr, como também é conhecido o maior evento de tecnologia do país, acontece de 31 de janeiro a 5 de fevereiro no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

“A Ford tem participado dos principais eventos de tecnologia do mundo e no Brasil não é diferente. Estar na Campus Party faz parte da nossa estratégia de estreitar o relacionamento com a comunidade que está à frente das inovações tecnológicas”, diz Adriane Rocha, gerente de Relações Corporativas da Ford Brasil. “E, se queremos nos aproximar dessa comunidade, precisamos estar na mesma frequênca. Por isso, criamos ações interativas exclusivas para a Campus Party”, complementa Adriane.

Um estande de 150 m2 na Arena da Campus Party concentrará todas as ativações da empresa, que inclui a exposição do Fusion Hybrid e a realização de workshops. “Quando o assunto é carro, nada melhor do que testar na prática. Como não é possível dirigir dentro do Pavilhão de Exposição, criamos um test drive do Fusion Hybrid em realidade virtual, no qual será possível experimentar todas as tecnologias embarcadas no primeiro carro híbrido do Brasil”, conta Adriane.

Já o Unlock será uma oportunidade para os campuseiros conhecerem melhor e testarem seus conhecimentos não só nas tecnologias da Ford, mas também sobre conectividade, aplicativos e sobre a participação da empresa no evento por meio de um app de perguntas e respostas. Todos os participantes que atingirem pelo menos 1.000 pontos no quiz, ao acertar as alternativas de múltipla escolha, levarão para casa brindes da marca. Várias sessões do Unlock serão realizadas durante o evento.

Realidade virtual

A bordo do Fusion Hybrid, com óculos de realidade virtual, os participantes da Campus Party poderão conhecer a tecnologia de propulsão “verde” e os recursos semiautônomos e de conectividade do sedã de luxo. Equipado com motores elétrico e à gasolina, o carro é um dos mais econômicos do País e um ícone de sustentabilidade.

Suas tecnologias inteligentes incluem piloto automático adaptativo com “stop and go”, alerta de colisão com assistente autônomo de frenagem, assistente autônomo de detecção de pedestres e estacionamento automático de segunda geração para vagas paralelas e perpendiculares. Com o sistema chamado EV+ o carro reconhece os destinos mais frequentes por meio do GPS e prioriza o uso do motor elétrico para economizar combustível. Outro recurso interativo é uma tela no painel que mostra por meio de desenhos de folhas quando o motorista está dirigindo de modo mais sustentável.

Também é o único do segmento equipado com sistemas de alerta de ponto cego e permanência em faixa, sensor de fadiga (que avisa para o motorista quando está na hora de parar para tomar aquele cafezinho), sensores de monitoramento 360 graus e cintos traseiros infláveis.

A conectividade é outro ponto forte do Fusion Hybrid, com o sistema de nova geração da Ford, o SYNC 3, capaz de operar também com os sistemas Apple CarPlay e Android Auto. Além de tela capacitiva de 8 polegadas, dispõe de comandos de voz para as funções de telefone, navegação, música, climatização, mensagens de voz e aplicativos de smartphones, através do sistema AppLink.

Já existem vários apps compatíveis com o equipamento e outros estão sendo desenvolvidos, abrindo várias possibilidades de entretenimento e serviços que podem ser acessados pelo motorista de forma conveniente e segura.

Tags, , , , ,

Hackathon John Deere Campus Party: ainda há vagas

CDI_strip_77060_0_full

Ainda há vagas disponíveis para campuseiros participarem do Hackathon agrícola que a John Deere promoverá na Campus Party 2017. Com o tema “A experiência do campo na palma da mão”, o desafio vai propor o desenvolvimento de um aplicativo em 48 horas. O único requisito para o concurso é que as equipem tenham um programador, além de participarem da Campus Party.

As inscrições devem ser feitas no website oficial do evento http://ocamponacampus.com.br, até o dia 31/1 ou enquanto houverem vagas. O Hackathon John Deere vai de quinta, 2/2, até sábado, 4/2. As equipes pré-inscritas deverão confirmar a participação no estande da John Deere no evento.

A equipe vencedora ganhará viagem para a sede da John Deere Intelligent Solutions, em Urbandale, nos Estados Unidos, enquanto os demais colocados visitarão o Escritório Regional para a América Latina da John Deere, em Indaiatuba (SP).

A John Deere é a primeira do setor agrícola a participar do evento que ocorre de 31 de janeiro a 5 de fevereiro, em São Paulo (SP). A participação da John Deere visa contribuir para a transformação da mentalidade acerca do setor agrícola e da produção de alimentos junto ao público das grandes cidades. O tema participação será #ocamponacampus, alusão à origem da palavra que une o público urbano e o rural.

Além do Hackathon, a John Deere também apresentará uma palestra sobre inovação e tecnologia para produzir alimentos em larga escala, que será apresentada no Palco Inovação. O palestrante será Paulo Herrmann, presidente da companhia no Brasil e vice-presidente de Marketing para a América Latina.

Outras atividades da empresa no estande serão um Quiz, com os estágios da produção agrícola (preparação do solo, plantio, tratos culturais e colheita – além da gestão), e a presença de um Simulador de colheitadeira de grãos, que é utilizado para treinar os operadores de máquinas, em que os participantes devem manobrar uma colhedora de maneira correta, realizando a melhor colheita, com menos desperdício.

Hackathon John Deere – Campus Party 2017

Data: De 2 a 4 de fevereiro de 2017
Local: Centro de Exposições Anhembi, São Paulo (SP)
Pré-inscrições e informações:
http://ocamponacampus.com.br/

Programação John Deere

2/2 – Quinta-feira – 15h – Palestra sobre inovação
2/2 – Quinta-feira – 10h – Confirmação das inscrições Hackathon John Deere
4/2 – Sábado – Final Hackathon John Deere – divulgação da equipe vencedora no palco de encerramento

Tags, , ,

Evnts oferece descontos em hospedagem para Campus Party 2017

A Evnts, plataforma tecnológica de reserva de hotéis online, anuncia a 4a edição consecutiva de parceria com a Campus Party. A startup criou uma página personalizada para o evento que agrega diversas opções de hospedagem com descontos especiais exclusivos ao público do evento.

“Sabemos que a Campus Party é um evento que atrai milhares de pessoas de todos os locais do país. Muitos desses participantes preferem uma hospedagem com maior conforto. Pensando nesses campuseiros, criamos uma página personalizada que traz as melhores opções de hospedagem para quem vai ao evento. Proporcionamos até 20% de desconto e garantimos que as tarifas disponibilizadas na plataforma são as menores da internet”, afirma Alexandre Rodrigues, CEO da Evnts.

As opções disponibilizadas foram escolhidas com base no público e no local do evento. Dessa forma, os participantes podem se hospedar no lugar mais adequado às suas preferências e com o menor custo possível.

Tags, , , ,

Startup Marmotex participa da Campus Party em dose dupla

Startup está entre as 200 selecionadas para participar da Startup & Makers Camp 2016 e também venderá refeições “marmotex”

A Marmotex, startup que desenvolveu um novo conceito de almoço corporativo que se difere do tradicional delivery por ser o elo entre o restaurante e o consumidor, foi selecionada para participar da Campus Party como integrante da Startup&Makers (S&M), que tem a missão de conectar os campuseiros com o mundo do empreendedorismo.

Em sua nona edição no Brasil, a Campus Party acontece entre os dias 26 e 31 de janeiro, no Anhembi, e é a maior experiência tecnológica do mundo nas áreas de inovação, criatividade, ciência, empreendedorismo e entretenimento digital.

A Startup&Makers tem a missão de conectar os campuseiros com o mundo do empreendedorismo e apresenta uma área de exposição, atividades de mentoria, networking, hackathons, além de conteúdo educacional com palestras e workshops. O espaço é dividido em dois grupos: Growth Stage, para startups em crescimento, e Early Stage, iniciantes. A Marmotex participa do grupo Growth Stage.

Outra participação da Marmotex na Campus Party acontece através da entrega de ‘marmotex’ para os campuseiros. Neste caso, será a segunda participação da startup no evento, que no ano passado vendeu mais de 1000 refeições.

Para adquirir sua refeição durante o evento, acessar a página www.marmotex.com, fazer o cadastro e se inscrever no grupo Campus Party. O campuseiro define a quantidade e datas nas quais quer receber sua refeição, que custa cerca de 50% menos do que o valor convencional. Excepcionalmente para o evento, o cardápio contará com duas opções, com preços a R$ 15,00 e R$ 22,90. Normalmente, o cardápio convencional da Marmotex tem mais de 10 opções diárias.

Tags,

Ford anuncia a terceira geração do Sync no Brasil, que abre uma nova era de conectividade nos veículos

view.aspx

A Ford vai lançar este ano no Brasil a terceira geração do sistema de conectividade SYNC, com novidades que trazem a mesma funcionalidade dos smartphones para dentro dos carros e um desempenho altamente intuitivo. A novidade foi anunciada pela empresa hoje em São Paulo, na abertura da Campus Party. O SYNC 3 permite o acesso por comando de voz a diversos aplicativos de uso diário, além de velocidade na conexão com os recursos do celular, entretenimento e navegação.

O SYNC 3 é compatível com os sistemas CarPlay, da Apple, e Android Auto, do Google, para interação com os novos smartphones e aplicativos. O sistema de navegação traz uma interface gráfica renovada, com mapa em 2D e 3D, atalhos para os destinos mais frequentes e comandos de toque semelhantes aos dos smartphones. O campo de busca completa o nome quando se inserem as primeiras letras, usando o banco de dados.

O projeto do SYNC 3 valoriza a simplicidade, com menos itens na tela para tornar o controle mais fácil e sem a necessidade de desviar a atenção do motorista. Os ícones e áreas de toque são maiores e os menus, mais simples. As três opções que os clientes mais usam – áudio, telefone e navegação – estão sempre disponíveis. Os contatos telefônicos são acessados por um único toque na agenda alfabética e bastam dois passos para reproduzir uma música.

Campus Party

“A Ford tem participado dos maiores eventos de tecnologia do mundo e no Brasil não poderia ser diferente. Estamos muito satisfeitos em ser, pelo quarto ano consecutivo, a única fabricante de automóveis presente na Campus Party, principal feira de tecnologia do Brasil”, disse Steven Armstrong, presidente da Ford América do Sul.

Presente em mais de 15 milhões de veículos no mundo, o SYNC é líder da indústria e peça central do plano da Ford para ser não só uma fabricante de veículos, mas uma empresa de automóveis e de tecnologia voltada para a mobilidade.

O objetivo da empresa é estreitar o relacionamento com os desenvolvedores que estão na linha de frente das tendências tecnológicas para incentivar a criação de novas soluções em conectividade, carros autônomos, mobilidade, experiência do consumidor e análise de dados.

Ouvindo o consumidor

Além de desempenho mais rápido, o SYNC 3 traz uma tecnologia de reconhecimento de voz aprimorada, gráficos mais fáceis de visualizar e comandos de tela intuitivos, semelhantes aos dos smartphones e tablets, podendo também ter seus programas atualizados por wi-fi ou USB.

“O SYNC 3 cria um novo patamar de tecnologia e conectividade em sistemas multimídia no mercado e a engenharia brasileira teve uma participação ativa no seu desenvolvimento”, explicou Caspar Hohage, diretor de Desenvolvimento do Produto da Ford América do Sul.

No desenvolvimento da nova geração do SYNC, a Ford ouviu cerca de 22.000 comentários e sugestões de clientes em clínicas e pesquisas, o maior número já envolvido em qualquer produto ou acessório da marca. Em vez de concorrentes do segmento automotivo, esse trabalho usou como referência smartphones e tablets para definir as expectativas dos consumidores.

A conectividade tornou-se um fator importante na decisão de compra dos automóveis e hoje todas as linhas da Ford no Brasil, incluindo Ka, New Fiesta, Focus, Fusion, EcoSport, Edge e Ranger, contam com a disponibilidade do sistema SYNC. A primeira geração do equipamento foi lançada em 2007 na América do Norte e chegou ao Brasil no ano seguinte.

Desde então, a Ford lidera o desenvolvimento da conectividade em veículos, usando a conexão Bluetooth e comandos de voz para o motorista poder ouvir música, falar no telefone ou acessar seus aplicativos com segurança, mantendo as mãos na direção e os olhos na pista.

Ford Garage Lab

Outras atrações da Ford na Campus Party são a exposição do novo Focus, líder dos hatches médios, equipado com sistema SYNC, e o Ford Garage Lab, instalação em formato de laboratório experimental montada em seu estande. A marca vai convidar os “campuseiros”, como são chamados os participantes da feira, a pensar em soluções inovadoras relativas ao mundo automobilístico. No desafio “O que você é capaz de criar em 90 minutos?” eles terão à disposição ferramentas como módulos eletrônicos para colocar em prática suas ideias.

Tags, , , ,

Workshops da Campus Party Brasil ensinam desde como criar um robô até a montar um óculos de realidade virtual

Durante os seis dias de evento serão oferecidas mais de 30 oficinas de diferentes temas dentro das áreas de conhecimento apresentadas no evento.

As palestras não são as únicas atrações que a Campus Party Brasil 2016 oferecerá aos campuseiros. A 9º edição do evento, que ocorrerá de 26 a 31 de janeiro, em São Paulo, e possui a temática Feel The Future, contará também com workshops que permearão todas as áreas de conhecimento do evento – ciência, empreendedorismo, inovação, entretenimento e criatividade. Serão mais de 30 oficinas com muita interatividade e “mão na massa” oferecidas durante as mais de 600 horas de conteúdo durante o evento, sendo que seis delas serão especiais, pois os participantes podem adquirir kits exclusivos e levar a criação do seu projeto tecnológico para casa.

Confira abaixo a relação destes workshops e como se inscrever em cada um deles:

“Montando seu braço robótico” – (28/01 – das 10h30 às 12h45 e das 14h15 às 16h15 – Espaço Workshop Ciência – Arena CPBR9) – A robótica tem sido tema de destaque no ramo acadêmico, industrial e agora também está sendo inserida no ambiente doméstico. O workshop tem como objetivo ensinar conceitos desse ramo, onde conceito e prática se aliam para a confecção de um braço robótico que pode ser controlado por joystick.

Palestrantes: Glauco Aguiar, Mariana Leite e Luiz Garcia.

Serão vendidos 50 kits para a participação no workshop no valor de R$ 500,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link.

“Oficina de robótica Crafter” – (29/01 – das 10h30 às 12h45 – Espaço Workshop Ciência – Arena CPBR9) – Com o kit Crafter será montado um robô capaz de seguir linhas, desviar de obstáculos e perceber objetos em um ambiente. No workshop será ensinada a montagem de sensores e atuadores com uma placa tipo Arduíno, programação de software básico para receber informações de sensores e atuar nos motores e software de Inteligência Artificial. Além disso, quem participar do workshop passará a ter desconto vitalício de 10% sobre qualquer novo produto, além de 40% de desconto na compra da versão final robô.

Palestrantes: Henrique Foresti, Diogo Santos Lacerda e Lucas Cavalcanti.

Serão vendidos 20 kits para a participação no workshop no valor de R$ 470,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link.

“Colhendo Energia e Performance” – (29/01 – das 10h30 às 12h45 – Espaço Workshop Ciência – Arena CPBR9) – Nesta oficina será desenvolvido um Arduino energeticamente autossuficiente. Com o Arduino mais potente que acaba de entrar no mercado e o EH01, Chip brasileiro para gerenciamento de coleta de energia, um painel solar e uma célula de bateria Lipo o sistema será capaz de suprir sua própria energia e ainda alimentar sistemas externos como motores e sensores.

Palestrantes: Henrique Foresti, Diogo Santos Lacerda e Lucas Cavalcanti

Serão vendidos 20 kits para a participação no workshop no valor de R$ 319,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link.

“Próteses de mão feitas por impressoras 3D” – (29/1, das 14h10 às 17h45 – Espaço Workshop Ciência – Arena CPBR9) – Neste workshop será ensinado o passo a passo de como se montar as próteses. Com kit de peças impressas em ABS serão construídas as prótese educativas Raptor Reloaded. Este kit se presta somente a uso educativo, não tendo garantias nem recomendações para uso biomédico real, nem biocompatibilidade do material e nem resistência e durabilidade.

Palestrante: Profª. Dra. Maria Elizete Kunkel

Serão vendidos 30 kits para a participação no workshop no valor de R$ 100,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link.

“Como fazer seu óculos de realidade virtual Beenoculus e criar games” – (28/1, das 16h30 às 21h – Espaço Workshop Entretenimento – Arena CPBR9) – O workshop pretende mostrar como montar o equipamento brasileiro Beenoculus e desenvolver, com suporte Unity, uma demo de um game em realidade virtual. Com o crescimento deste mercado no mundo, a tendência é criar jogos para estes gadgets, sejam aparelhos como Oculus Rift até modelos baratos como o cardbox do Google. O Beenoculus é um modelo barato, mas com componentes de qualidade e funcionais com smartphones de 5 e 6 polegadas.

Palestrantes: Rawlinson Terrabuio – Desenvolvedor da Beenoculus e Tiago Ardel Moraes – Desenvolvedor do OvniStudios, responsável pelo premiado game Perônio.
Serão vendidos 60 kits para a participação no workshop no valor de R$ 119,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link e utilize a senha cpbeeof2016.

“Como desenvolver wearables” – (29/1, das 18h às 19h30 – Espaço Workshop Entretenimento – Arena CPBR9) – Esta oficina pretende ensinar ao campuseiro como fazer os melhores equipamentos eletrônicos que podem ser fixados em seu corpo.

Palestrante: Gedeane Kenshima – engenheira de Controle e Automação, técnica em Automação Industrial, ambos pelo IFSP.

Serão vendidos 60 kits para a participação no workshop no valor de R$ 220,00. Para mais informações acesso o site da Campus e para adquirir o kit acesse o link e utilize a senha B8Y02F768259H.

Para verificar todos os demais workshops disponíveis, horários, datas e mais informações acesse – http://brasil.campus-party.org/conteudos/agenda. Além desses, serão oferecidas outras oficinas durante a programação que ensinarão, por exemplo, a criar personagens para games, o que pensar e fazer quando se criar um produto vencedor, como criar jogos e aplicações para Realidade Aumentada, aprender métodos alternativos para otimizar a criação de música em games, entre outros.

Ingressos – Ainda restam poucos ingressos para a Campus Party Brasil. O valor da entrada é de R$ 290,00, no site da Campus com venda exclusiva pelo Paypal (parceiro global da Campus Party).

Serviço:
Campus Party Brasil 2016
De 26 a 31 de janeiro de 2016
Pavilhão de Exposições do Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209 – Santana)
São Paulo- SP

Tags, ,

Sebrae e Campus Party apontam 200 startups promissoras para 2015

O Sebrae e a Campus Party identificaram, a partir de um universo de mais de 600 startups de todo o país e nas mais diferentes áreas de atuação, 200 empresas com grande potencial para conquistar o mercado em 2015. A seleção adotou como critério o nível de desenvolvimento do modelo de negócio, a qualificação da equipe, a qualidade dos produtos e serviços e o volume de potenciais consumidores. Essas empresas serão as grandes atrações da edição 2015 da Startup & Makers Camp, que acontece durante a Campus Party de 4 a 7 de fevereiro, em São Paulo.

Os melhores negócios que prometem acontecer em 2015 representam as cinco regiões brasileiras e envolvem o trabalho de mais de 900 pessoas, entre funcionários e sócios. “A maior concentração dessas startups está em São Paulo, com quase metade das selecionadas, Rio de Janeiro (9%) e Minas Gerais (8,5%). Elas criaram inovações nos mais diversos segmentos, principalmente nas áreas de varejo e e-commerce, educação, comunicação e mídia, TIC e Telecom, finanças e entretenimento”, informa o presidente do Sebrae, Luiz Barretto. Além da oportunidade de contatos, os empreendedores terão acesso à orientação de consultores e 48 horas de palestras e workshops promovidos pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira de Startups.

O Startup & Makers, que é realizada pela terceira vez no Brasil, tem o objetivo de apoiar os empreendedores que estão começando ou em fase de consolidação, oferecendo a oportunidade de interação, conhecimento, exposição na mídia e contato com outras empresas e investidores. Além disso, este ano, o espaço será integrado com a Arena para que esses empresários encontrem parceiros e colaboradores entre os oito mil campuseiros e possam participar de todo o conteúdo da Campus Party.

As startups também contarão com um espaço físico para apresentar seu negócio para possíveis clientes e visitantes. A proposta é que empresários, campuseiros, aceleradoras, investidores, entusiastas e visitantes se unam para compartilhar conhecimento e experiências, desenvolvendo assim os negócios inovadores. Durante o evento, as empresas ganharão prêmios e a possibilidade de demonstrar seus produtos e serviços para aceleradoras, fundos de investimentos e investidores anjo.

Startups Selecionadas

Desde que participou do Startup & Makers Camp, no ano passado, a Let´s Park, que desenvolveu um aplicativo colaborativo para encontrar estacionamentos, passou por uma transformação radical. De uma empresa em estágio embrionário, que ainda procurava validar seus projetos, a Let`s Park já soma 2,5 mil estacionamentos cadastrados apenas na capital paulista e fechou parceiras com gigantes como a montadora Ford. De quebra, ainda atraiu o interesse da aceleradora Triple Seven que, além do aporte de capital, também está participando ativamente do desenvolvimento da startup.

Letícia Passelli, diretora de Marketing e uma das sócias da empresa, conta que a ideia de desenvolver o aplicativo surgiu em 2013, após ter gasto um alto valor em um estacionamento na capital paulista e, pouco depois de tirar o carro do local, descobrir outro ao lado que cobrava um preço bem mais acessível. Com um mapa baseado em Google Maps, o usuário pode checar onde há um lugar próximo em que ele possa parar o carro. Ao clicar no ícone do estacionamento, podem ser acessadas informações como se o local é coberto, se tem seguro, tabela de preços, descontos, etc. O próprio usuário pode cadastrar um estabelecimento, de preferência fornecendo informações básicas como preços e horários. “A maioria dos estacionamentos cadastrados é de São Paulo, mas já há estabelecimentos em todos os estados brasileiros e até de outros países, como Japão, EUA, Canadá, Reino Unido e Austrália”, conta Letícia, de 24 anos.

A Campus Party será o grande teste para a Networkr, uma rede social de networking desenvolvida para ajudar os profissionais a conhecer pessoas relevantes em eventos, e que está em fase de desenvolvimento. “Quando soubemos que fomos escolhidos para participar do Startup Makers & Camp decidimos acelerar o processo de desenvolvimento para poder apresentar e utilizar o sistema no evento” conta um dos sócios da Networkr, Márcio Nóbrega, de 35 anos.

Em novembro último, Nóbrega deixou seu emprego em uma grande empresa para se dedicar integralmente à modelagem do novo negócio que, segundo ele, não tem paralelo no Brasil. A ideia de desenvolver o negócio veio da própria insatisfação de Nóbrega e de seu sócio Daniel Bonato de participarem de grandes eventos corporativos em que o que network ficou muito abaixo das expectativas. “Por falta de informação, tivemos dificuldade em conhecer profissionais de áreas que nos interessavam. Procuramos desenvolver uma ferramenta para ajudar as pessoas a estabelecerem contato e, claro, gerar negócios”, explica o empreendedor, que mora em Bauru, no interior paulista.

Sócio de uma agência de publicidade, o paulistano Tiago Mateus, de 29 anos, percebeu que era cada vez maior o número de empresas interessadas em contratar celebridades para participar de campanhas com foco nas redes sociais. A partir dessa demanda, ele resolveu criar em novembro passado a Inflr, um serviço que permite ao usuário usar a sua “influência” nas redes sociais para ganhar dinheiro ou produtos de empresas interessadas em divulgar suas ações. No caso de campanhas com celebridades propriamente ditas, o trabalho da Infr é feito diretamente com as agências e empresas e com os assessores dos famosos.

Mesmo com pouco tempo de mercado, o jovem empreendedor já contabiliza 1.800 cadastrados no site da Inflr, muitos dos quais conquistados por um trabalho realizado por ele mesmo nas redes, como em perfis do Instagram. O empreendedor lembra que há muita gente nas redes sociais com muito mais popularidade do que artistas de TV. “O conceito de celebridade nas redes sociais é totalmente diferente. Existem perfis de gente conhecida somente na internet que somam milhares de seguidores”, acrescenta. Mateus já está conversando com alguns investidores interessados em realizar aportes na empresa. A startup foi selecionada como iniciante e, para ele, a participação no Startup & Makers Camp também pode ser uma oportunidade de atrair o capital necessário para desenvolver novos projetos.

Tags, , ,

Campus Party 2013 vai abordar o fenômeno das mídias sociais

Sucessos da internet mostram que não são apenas mais um rostinho bonito na 6ª edição da Campus Party, o maior acontecimento de tecnologia, inovação, criatividade e cultura digital do mundo. Palestras e debates sobre blogs e mídias sociais com os principais nomes por trás do que bomba na rede farão a programação do palco Gutenberg, um dos 13 espaços que irão expor as mais de 500 horas de conteúdo no Parque de Exposições do Anhembi, em São Paulo, entre os dias no os dias 28 de janeiro e 3 de fevereiro.

A discussão ganha ares por vezes filosóficos, como quando a surpresa de se tornar uma celebridade motiva a busca por se manter relevante. É o que relata Marcelo Cidral, criador do Tumblr “Como Eu Me Sinto Quando…” (CEMSQ). “Eu não esperava que fosse fazer tanto sucesso”, afirma o Relações Públicas de 24 anos, que irá ministrar uma oficina sobre como criar gifs animados altamente viralizáveis. “O desafio é se reinventar para se manter relevante e não se tornar um fenômeno passageiro. Ainda mais no Tumblr, que aqui no Brasil se comporta como uma plataforma bastante efêmera.” O CEMSQ está no ar há oito meses e é o terceiro maior Tumblr do mundo e o maior do país.

Ainda no rumo das grandes idéias, o palco traz um bate-papo com um dos publicitários mais relevantes do Brasil, Sérgio Valente, presidente da DM9DDB. A conversa girará em torno de insights, tendências, reflexão e provocações sobre a realidade convergente. As eleições também estarão em pauta. Eden Pino Wiedemann, que coordenou a presença de Social da campanha de José Serra à prefeitura de São Paulo, Caio Túlio Costa, que coordenou a comunicação digital da campanha de Marina Silva à Presidência e Jader Rossetto, que foi diretor de criação de digital e TV da campanha vitoriosa de Fernando Haddad a prefeitura de SP estarão em um debate mediado por Gilberto Dimenstein a respeito da aproximação entre as eleições e a web.

Sinônimo de polêmica, o comediante Rafinha Bastos é o entrevistado de PC Siqueira, na sexta-feira (1/2). Você certamente conhece o trabalho de cada um deles, e, justamente por isso, não há como negar: estas figuras são alguns dos principais hubs da nossa internet. Eles já deram muitas entrevistas, estiveram nos mesmos eventos, mas nunca tiveram numa batalha franca de perguntas e respostas. E o assunto se estende para a influência da TV nas mídias sociais. A Social TV inaugura uma nova era da Televisão, onde os comentários dos espectadores ultrapassam o sofá e ganham inúmeros interlocutores.

As atividades do palco Gutenberg, que vão das 10h da terça-feira (29/1) às 18h30 do sábado (2/2), ainda contam com uma palestra internacional de Scott Monty – líder global de social media da Ford, recém eleito um dos 10 maiores influenciadores globais da web – além de discussões sobre notícias bizarras, ativismo e liberdade de expressão, vícios digitais e até sobre o excesso de compartilhamento de conteúdo. Isso mesmo: a jornalista e blogueira Rosana Hermann quer entender “até onde vamos com esse ‘oversharing’?”.

Entre oficinas e palestras, de SEO a Podcast, o palco de blogs e mídias sociais promete um tanto quase desmedido de diversão e informação de qualidade.

Confira a agenda completa do palco Gutenberg na Campus Party:

http://www.campus-party.com.br/2013/agenda-gutenberg.html

Mais novidades sobre conteúdos, inscrições e agenda da Campus Party Brasil 2013 estão disponíveis no site oficial www.campus-party.com.br.