Tag Telit

Telit fecha parceria com Wind River para acelerar a adoção de IoT em indústrias

A Telit, líder global em Internet das Coisas (IoT), anuncia sua colaboração com a Wind River, uma companhia da Intel, para promover a aceleração da Indústria Internet das Coisas (IIoT). A partir dessa união de forças, as duas empresas visam reduzir as complexidades da gestão de dispositivos IoT, auxiliando empresas a notarem de forma rápida e segura os benefícios da solução completa para o segmento industrial.

A Wind River está utilizando a plataforma de tecnologia IoT da Telit para suas soluções de gestão. A versão mais recente do Wind River Helix Device Cloud facilita a obtenção por empresas de dados on-premise ou na nuvem, fornecendo análises aprimoradas do sistema, além do gerenciamento remoto de dispositivos. Ao possibilitar aos usuários agregar e performar atividades computacionais, o Device Cloud apoia o uso de informações de inteligência de negócios para proteger investimentos, utilizar a infraestrutura, melhorar processos e gerar novos fluxos de receita.

Por mais de 30 anos, o software Wind River tem ajudado Por mais de 30 anos, o software Wind River tem garantido potência aos considerados mais seguros dispositivos do mundo. O portfólio abrangente da solução em nuvem da empresa continua a evoluir, capacitando uma grande variedade de casos de uso de IoT em segmentos de mercado de infraestrutura críticos, como aeroespacial, defesa, industrial, médica, redes e transporte.

A Telit se concentra no desenvolvimento das melhores soluções IoT e no estabelecimento de parcerias com instituições inovadoras nos mais diversos segmentos. Nos últimos 15 anos, ela criou uma plataforma IoT abrangente que atende às necessidades de OEMs, empresas e prestadores de serviços em todo o mundo. A plataforma deviceWISE oferece um conjunto incomparável de gerenciamento de conectividade, gerenciamento de dispositivos, gerenciamento de dados, nuvem, aplicações e conectores prontos para uso que reduzem o risco e o tempo de mercado para conectar “coisas a aplicativos”, coletando , gerenciando e analisando dados críticos do dispositivo.

“Telit e Wind River vêem uma oportunidade de milhões de conexões na plataforma para os próximos anos e, através desta colaboração, a Wind River conseguirá oferecer uma plataforma pré-construída para o desenvolvimento e implantação de soluções IoT de dispositivos para nuvem que permitam aos clientes transformar digitalmente seus negócios”, diz Yosi Fait, CEO interino da Telit.

“A colaboração entre as empresas vai acelerar a entrega de soluções IIoT para o mercado global, testemunho do verdadeiro valor do ecossistema”, afirma Keith Shea, Gerente Geral da Helix IoT Solutions da Wind River. “Juntos, nós estamos atentos sobre as necessidades de indústria mais observadas em nossos clientes, que conhecem as soluções IoT como necessárias para aumentar a competitividade de seus produtos e serviços”.

Tags, , , ,

Telit fecha parceria com líder global em segurança digital

A Telit, líder global em Internet das Coisas (IoT), juntamente com a OT-Morpho, líder mundial em segurança digital e identificação de tecnologias, anunciam que trabalharão em parceria para solucionar os desafios enfrentados pela adoção em massa da IoT.

Juntas, as duas empresas vão combinar suas experiências técnicas, bem como promover a integração de seus ecossistemas mundiais de clientes e operadoras, para impulsionar a economia celular de banda estreita do IoT. O foco será a racionalização do processo de gerenciamento de suprimentos e subscrição para a próxima geração de tecnologias para conectividade Cat-M e NB-IoT.

A união de forças entre Telit e OT-Morpho tem ainda por objetivo trazer ao mercado uma abordagem que permitirá a distribuição digital de inscrições móveis sob demanda para módulos de conectividade IoT. A solução conjunta permitirá a interoperabilidade global, reduzirá o custo total de propriedade dos clientes finais e melhorará o tempo de colocação no mercado de soluções desenvolvidos por empresas e fabricantes de dispositivos que buscam implantar projetos de IoT em larga escala.

“Estamos entusiasmados com a parceria com a OT-Morpho, que nos possibilita colaborar de formas inovadoras para atender às necessidades do mercado IoT. Acreditamos que nossa nova abordagem também oferecerá benefícios significativos aos parceiros da MNO (sigla do inglês, referente as operações móveis) – incluindo, entre outras, novas vantagens no mercado de serviços, impacto mínimo nos processos de negócios existentes e economia de custos na logística de SIMs, mantendo o mais alto nível de segurança”, afirma Oozi Cats, CEO da Telit. “Na sequência da oferta recentemente anunciada Telit simWISE, esta nova solução visará ainda mais a próxima onda de dispositivos NB-IoT e Low Cat que permitem um serviço global de gerenciamento de assinaturas centradas no IoT, reduzindo o custo total de propriedade dos clientes finais e melhorando o time-to-Market para desenvolvedores de IoT”.

“OT-Morpho e Telit veem a grande oportunidade representada pelo mercado de IoT e acreditam que, como principais intervenientes no ecossistema, eles têm um papel vital a desempenhar para ajudar os operadores de redes e as empresas a implementar suas estratégias de IoT. Ao simplificar o gerenciamento de assinaturas e trazer soluções que podem melhorar a segurança e a integridade dos dispositivos conectados, estamos cumprindo as necessidades críticas da indústria para que o IoT atinja todo o seu potencial “, disse Didier Lamouche, CEO da OT-Morpho.

Conforme a Telit e OT-Morpho avançam em sua parceria, as empresas planejam anunciar os detalhes de sua solução no futuro próximo, o que permitirá uma adoção em larga escala da tecnologia celular em bilhões de dispositivos em todo o mundo.

Tags, , , ,

Mercado de segurança prevê crescimento em 2017

A Intelbras, presente no país há mais de 40 anos nas áreas de segurança, redes e telecom, fechou 2016 com um faturamento acima da inflação. O bom cenário abre para a empresa novas perspectivas em parceria, como a da multinacional líder em Internet das Coisas, Telit, tendo em vista que o mercado de segurança prevê triplicar o valor em 2017, segundo pesquisa da Secutiry Industry Association (SIA).

“A expectativa é que o mercado brasileiro de segurança continue aquecido. Isso porque há no Brasil uma alta demanda por investimentos em infraestrutura. A nossa premissa é continuar crescendo acima da inflação este ano”, revela Edson Valdir Machado, gerente do segmento de Alarmes da Intelbras. A companhia conta com mais de 230 distribuidores e um total de 80 mil revendedores cadastrados. São cinco unidades de negócio, com a proposta de garantir transparência na entrega de soluções completas e que funcionem de forma integrada.

A empresa investe na área de segurança com o lançamento do GPRS Universal (General Packet Radio Service), que possui tecnologia de ponta da Telit embutida. “Por meio de nossa tecnologia foi possível trazer conectividade às centrais de alarme, pois os dados de monitoramento são realizados em tempo real, com entrada digital e programação totalmente remota via dispositivo móvel. Contribuímos com a Intelbras a trazer mais segurança para seus clientes”, diz Ricardo Simon, VP para América Latina da Telit, multinacional líder em Internet das Coisas.

O GPRS é uma tecnologia de transmissão de dados, que permite aos clientes acesso à internet pública e, também, a todas as transmissões de dados através do equipamento móvel baseando em protocolos IP na rede. Edson explica que se o cliente não tem linha telefônica, a central de alarme se comunica com o GPRS universal, enviando-lhe todas as informações. “Se o cliente ligou o alarme, desligou ou se existe algum problema de energia elétrica, bateria ou, ainda, se houve algum disparo, a central de alarme disca para o dispositivo de GPRS Universal que, por sua vez, vai para a empresa de monitoramento. Lá na ponta há um software responsável por fazer a gestão de todas as centrais instaladas por meio do GPRS”.

Todo produto lançado é analisado pelo laboratório, onde são realizados diversos testes para a garantia da qualidade em seus produtos. O GPRS, por exemplo, possui regulamentação da Anatel. “Com o relatório em mãos, encaminhamos imediatamente para a Anatel e para a Telit que, por sua vez, nos ofereceu todo o suporte para prosseguir com os ensaios, nos orientando dos melhores caminhos para trazer a homologação de nosso produto”, completa Edson.

Além disso, a empresa possui o Circuito Fechado de TV para Sistemas de Vigilância (CFTV), que corresponde ao maior segmento de mercado: o de videovigilância. A companhia possui diversas soluções em alarmes, sensores, cercas elétricas e unidade de alarme de incêndio. “Nós sempre garantimos o controle em tempo real do sistema para que o cliente tenha não só um equipamento, mas todo o serviço associado ao aparelho que ele possui dentro de casa”, finaliza Edson.

Tags, ,

Telit promove evento sobre indústria 4.0

A Telit promove na próxima terça-feira (01/08), em São Paulo, um seminário que debaterá os rumos da Indústria 4.0 no Brasil. O evento, que tem entrada gratuita, reunirá executivos de grandes empresas como Microsoft, Radix e SPI.

Considerada a quarta revolução industrial, a Indústria 4.0 será a base das fábricas do futuro ao unir Cloud, Big Data e Internet das Coisas. Representando a categoria Factory Solutions da Telit, estarão presentes os executivos: Dubi Margalit (Diretor Geral), David De la Rosa (Diretor de Engenharia), e Ricardo Buranello (VP Global de Vendas).

A mesa de debates contará, ainda, com a presença dos executivos: Roberto Prado (Diretor de Cloud e Enterprise da Microsoft), Flavio Waltz (Diretor Geral da Radix), Elcio Brito (Presidente da SPI) e Rafael Schirmer (Diretor Geral da SPI).

A confirmação de participação no evento deve ser realizada pelo e-mail anacarolina.demarco@telit.com até o dia 31/07.

Serviço:

Local: Hotel Blue Tree |Rua Peixoto Gomide, 707 – Cerqueira Cesar

Data: 01/08

Horário: 13h às 19h

Tags

Telit IoT University é lançada oficialmente no mundo

A Telit, líder global em Internet das Coisas, anuncia hoje o lançamento oficial da Telit IoT University. Projetada para desenvolvedores e integradores, a solução faz parte do know-how ligado à Internet das Coisas da companhia, em conjunto com uma série de serviços consultivos, que ensina clientes e parceiros a obter sucesso no desenvolvimento de soluções IoT, com a entrega de resultados comerciais mensuráveis.

Localizada na Telit IoT Platforms em Boca Raton, na Flórida, a Telit IoT University inclui um grande currículo como cursos e laboratórios hands-on co-desenvolvidos pela Telit e pela Florida Atlantic University Institute for Sensing and Embedded Network Systems Engineering (I-SENSE), unidade que promove atividades universitárias com foco em sistemas inteligentes. A nova solução é uma expansão originária do deviceWISE University Program. Inclui inovação e mostra a Telit deviceWISE Ready Partner Applications, dando aos estudantes experiência para um desenvolvimento de soluções IoT.

“A Telit IoT University auxilia companhias a acelerar seus projetos de IoT, fornecendo as ferramentas necessárias para facilitar o acesso ao ecossistema e desenvolvedor recursos dentro de nosso conceito IoT”, afirma Fred Yentz, CEO da Telit IoT Platforms. “Lideramos companhias e aplicamos imediatamente o que eles aprendem na Telit IoT University para lançar inovação de produtos e serviços e melhorar as eficiências operacionais. A itenção é capitalizar o potencial total da transformação digital dos dias de hoje”.

Os cursos mensalmente aplicados provêm experiência hands-on para auxiliar estudantes a iniciarem o protótipo com uma solução IoT. Consumidores também podem requisitar treinamentos no local. Conheça:

– IoT for Developers: ensina estudantes a conectar “coisas” em aplicativos, explorando múltiplos tipos de transporte e métodos enquanto aprendem como usar o portal de gerenciamento;

– IoT for Integrators: introduz e reforça as tarefas críticas, envolvendo design, lançamento, integração e manutenção de uma solução empresarial IoT;

– IoT Immersion: a combinação de IoT for Developers e IoT for Integrators. Esse curso ensina estudantes a integrar serviços com aplicações back-end e compreende, no projeto final, a solução de um caso real;

– Industrial IoT for Integrators: Desenvolvido para fabricantes, esse curso ensina participantes a adquirir, enviar e transferir informação bidirecional entre PLCs e aplicações ERP;

– IoT Sales & Marketing Essentials: Fornece uma visão geral em alto nível dos conceitos IoT, usando cases e soluções IoT;

– IoT Operations & Administration: Oferece ao técnico ou engenheiro encarregado da administração de uma solução IoT soluções e habilidades para manter o sistema.

Tags, , ,

Indústria 4.0 no setor farmacêutico: fique de olho nesta tendência

Devido a sua alta variedade de produtos, a Indústria Farmacêutica é sem dúvida uma das mais complexas. Por isso, manter um controle seguro e preciso é essencial para evitar problemas indesejados no futuro, incluindo altos custos com o gerenciamento dos processos fabris.

Com a chegada da Internet das Coisas, já é possível enxergar um mundo cada vez mais participativo por meio da integração dos mais diversos dispositivos. A Indústria 4.0 é realidade a partir da aplicação da IoT em seus mais variados segmentos industriais, automotivos, de energia e, também na área da saúde. “O nosso grande desafio é que o tema Indústria 4.0 ainda é relativamente desconhecido no Brasil, desta maneira, existe uma infinidade de oportunidades a serem exploradas”, revela Gabriel Salvate, gerente de vendas da Telit, líder global em Internet das Coisas.

O especialista explica que, em especial no setor farmacêutico, a utilização da tecnologia permite um bom monitoramento de intercâmbio de dados do processo produtivo de uma maneira que otimize o processo. Além disso, por meio da tecnologia, é possível que exista maior interação entre todos os elementos da cadeia de produção e distribuição. Devido a suas inúmeras aplicações, as diversas vantagens que a Indústria 4.0 proporciona devem ser mais exploradas por este setor.

Não à toa, a Indústria 4.0 será um dos temas de destaque no Sindusfarma, que será realizado nos dias 05 e 06 de junho, na própria sede da entidade, em São Paulo. No primeiro dia de evento, às 14h45, o executivo ministrará a palestra “A Indústria 4.0 e a integração horizontal da indústria farmacêutica” que, por sua vez, abordará os conceitos básicos sobre a atual Indústria 4.0 no setor farmacêutico, além de trazer alguns cases de sucesso ao redor do mundo.

SINDUSFARMA – WORKSHOP: A INDÚSTRIA FARMACÊUTICA E A ERA DAS TECNOLOGIAS EXPONENCIAIS – INDÚSTRIA 4.0

Data: 05 e 06 de junho de 2017

Local: Rua Alvorada n°1280 – Vila Olímpia

Palestra: A Indústria 4.0 e a integração horizontal da indústria farmacêutica

Data da palestra: 05 de junho de 2017

Horário: 14h45

Para mais informações, acesse: http://www.sindusfarma.org.br/newsletter1351.html

Tags, , , ,

IIoT: Telit e Yokogawa anunciam novas soluções para a Indústria 4.0

A Telit, líder global em Internet das Coisas, anuncia parceria com a Yokogawa, empresa especializada em automação industrial. Ambas trazem para o mundo nova arquitetura IIoT, com o objetivo de impulsionar o modelo de negócios da Yokogawa para um futuro cada vez mais conectado. A junção do portfolio de módulos tecnológicos da Telit com os produtos da Yokogawa como instrumentos analíticos, dispositivos e outras soluções industriais, poderá trazer novos valores para os clientes.

A Telit contribuirá com três componentes importantes para a arquitetura IIoT da Yokogawa: um amplo portfólio de módulos de comunicação sem fio IoT, que requer apenas um design de hardware por implantação global, além de uma coleção diversificada de drivers industriais e de Analytics, conectividade e recursos de gerenciamento de dispositivos.

Por meio da parceria com a Telit, a Yakogawa será capaz de fornecer um sensor de ponta a ponta para soluções em nuvem de sensoriamento. A plataforma em nuvem da Telit, por exemplo, atuará com um dispositivo de classe industrial dentro da arquitetura em nuvem gerenciada pela Yakogawa, garantindo a compatibilidade bidirecional dos dispositivos e o controle com uma série de sensores.

A Telit oferece recursos de gerenciamento de dispositivos remotos sem interrupções, incluindo configuração, provisionamento e atualização. As tecnologias da Telit se integram perfeitamente à arquitetura em nuvem gerenciada da Yokogawa, permitindo o consumo, em grande escala, de milhões de eventos de ativos e dispositivos industriais.

“Estamos fazendo esforços para desenvolver novas soluções e criar novos valores em colaboração com clientes e parceiros. A experiência da Telit no segmento de Internet das Coisas, combinada com o seu excelente portfólio de tecnologia, permite acelerar o nosso desenvolvimento de serviços. Essa agilidade é exatamente o que precisamos para criar esse valor”, revela Tsuyoshi Abe, VP da Yokogawa.

“A Internet das Coisas tem a capacidade de transformar empresas e indústrias”, explica Fred Yentz, CEO de Plataformas IoT da Telit. “A companhia está trabalhando com organizações inovadoras em todo o mundo para aproveitar esse potencial”, finaliza o executivo.

Tags, , , , , ,

Ricardo Simon é o novo Vice-Presidente da Telit para a América Latina

A Telit, líder na área de Internet das Coisas (IoT), anuncia globalmente o seu novo Vice-Presidente para a América Latina, o executivo brasileiro Ricardo Simon. Com mais de 14 anos de experiência na indústria eletroeletrônica e com passagens pelas multinacionais Fujitsu, Lenovo e Siemens, o profissional passa a ocupar a posição de Ricardo Buranello que, por sua vez, assumirá o cargo de Global VP para a Indústria 4.0 em Boca Raton, nos EUA.

A Telit é uma das maiores empresas do mundo voltada para a indústria de Internet das Coisas. Listada na bolsa de Londres, é responsável por conectar anualmente mais de 25 milhões de novos dispositivos IoT por meio de soluções de hardware, software e serviços em plataforma.

Para Ricardo Simon, a reestruturação é muito positiva. “As promoções internas fazem parte de nossa estratégia de crescimento. Para se ter uma ideia, hoje o Brasil já conecta mais de 12 milhões de objetos em rede celular e a Telit faz parte deste movimento”, revela. A empresa fechou 2016 com um faturamento de USD 370,3 milhões – superior ao divulgado em 2015. O crescimento anunciado foi de 11%, o que equivale a aproximadamente R$ 1.172 bilhões.

Tags, ,

Aplicativo brasileiro permite a gestão de frotas públicas

Em parceria com a Telit, líder global em Internet das Coisas, a Mobiware anuncia o lançamento do Helios Mobile, aplicativo brasileiro que permite a gestão de frotas públicas. Ligado à Internet das Coisas, o app conversa diretamente com o MDVR + kit de câmeras que captam a imagem e o som de qualquer veículo em tempo real.

Menor que um aparelho celular convencional, o dispositivo é extremamente compacto (12cm x 9cm x 2cm 0,57kgs) e traz grandes vantagens para veículos que transportam materiais de valor, químicos ou de risco. Em caso de acidente, por exemplo, a empresa conseguirá acompanhar imagens e sons transmitidos em tempo real. “Adicionalmente, o Helios Mobile traz benefícios para carros de utilidade pública como polícia, bombeiro, ambulância, bem como soluções de rastreamento de caminhões pesados e transportes de valores”, conta João Francisco da Costa, CEO da Mobiware.

Além disso, o modelo de negócio oferecido pela Mobiware propõe que o próprio usuário opere e mantenha a estrutura em seus dispositivos com pouco ou nenhum envolvimento de empresas de monitoramento. Com um login e uma senha de segurança, é possível ter acesso ao Helios e iniciar o controle e a comunicação com a frota cadastrada. O aplicativo também oferece suporte em casos como freada brusca, sensores de porta e temperatura, além da opção de envio de comandos para o bloqueio do veículo, acionamento da sirene e luzes de alerta.

“Oferecemos a opção de monitoramento em tempo real, atribuição automática de endereços para reais posições geográficas, histórico da viagem com animação exibido diretamente nos mapas e sem nenhuma despesa relativa à instalação ou acesso ao sistema. A nossa tecnologia é completa e pode ser utilizada em qualquer lugar do mundo, com conectividade à internet de ponta”, finaliza João.

O projeto contou com o fornecimento do módulo de comunicação 3G ou 4G da Telit. A solução é composta por um kit de até quatro câmeras de áudio e escuta, disponível para venda no próprio site da marca (http://www.mobiware.com.br/ ).

Tags, , , , ,

Telit adquire a startup do Vale do Silício GainSpan

A Telit, líder global em Internet das Coisas (IoT) anuncia a aquisição da startup GainSpan Corporation, provedora de soluções de conectividade sem fio – especializada no design e desenvolvimento de tecnologias Wi-Fi de potência ultrabaixa. A startup possui mais de 90 funcionários de Investigação & Desenvolvimento (I&D) e engenheiros de suporte espalhados em centros de Pesquisa & Desenvolvimento (P&D) em Bangalore, São José e Califórnia.

“À medida que nós entrarmos em uma era de maturidade IoT, começaremos a testemunhar outros novos espaços voltados para a Internet de Sensores, a Internet de Carros e a Internet do Digital”, avalia Oozi Cats, CEO da Telit. Com matriz localizada no Vale do Silício, a startup é responsável pela fabricação e comercialização de chips e módulos para dispositivos alimentados por bateria e propriedade intelectual relacionada (IP), o que inclui network stacks (pilhas de rede) e projetos referência em aplicativos.

A aquisição expande o portfólio da Telit em soluções end-to-end e a posiciona como marca referência no mercado de dispositivos alimentados por bateria e que dependem do Wi-Fi e de outras tecnologias de baixo consumo de energia. As soluções da GainSpan estão presentes em vários segmentos de mercado emergentes da IoT tais como saúde, gestão de edifícios, logística, comercial e industrial.

As soluções da startup oferecem integração de Wi-Fi com tecnologias de baixo consumo como BLE e 6LoWPAN para conectividade segura. Os ativos da GainSpan alinham-se bem com os produtos da Telit, incluindo módulos celulares BT/ BLE e GNSS, além da plataforma IoT, o que reforça a proposta de solução “sensor-to-cloud” da empresa.

Além disso, de acordo com a recente pesquisa da IoT Forecasts da Machina Research, em 2025 a previsão é que 75% das mais de 27 bilhões de conexões IoT serão de curto alcance. As conexões, em grande parte, são compostas pelos vários tipos de Wi-Fi – tecnologia líder em aplicações dentro do cenário IoT e que depende da bateria devido ao seu baixo consumo de energia associado.

Tags, ,

Telit apresenta novo módulo 3G para o mercado brasileiro

A Telit, líder global na área de Internet das Coisas (IoT), anuncia hoje que o seu novo módulo celular 3G, o UL865-BR, começa a ser comercializado no mercado nacional. A companhia lança a nova versão do módulo em resposta à alta demanda dos fabricantes e integradores de dispositivos eletrônicos que utilizam o popular módulo 2G, GL865, produto líder de mercado há anos. Com o seu formato VQFNcompacto, ocupando apenas 24.4×24.4mm, o módulo UL865-BR UMTS|HSPA é ideal em aplicações de IoT como rastreadores telemáticos e pessoais, painéis de alarme, dispositivos de monitoramento e segurança, e edifícios inteligentes (smart buildings).

O módulo representa a mais nova geração tecnológica empregada na série de produtos xL865, trazendo performance líder de classe, o que inclui suporte a voz, quatro bandas de frequência 2G para garantir conexão onde o 3G não está disponível e interface embutida no conjunto de comandos AT para a plataforma deviceWISE da Telit. O módulo propicia integração facilitada dos dados provenientes do dispositivo contendo o módulo e a Nuvem. O UL865-BR é ideal para a geração nascente de dispositivos conectados, que almejam a utilização da tecnologia mais avançada no mercado brasileiro de IoT.

“O módulo UL865-BR é a plataforma perfeita para o nosso mercado porque aproveita a longevidade da tecnologia 3G para acelerar e expandir o acesso da IoT a um número muito maior de setores onde são críticos os requisitos de alta taxa de dados e vida útil longa do dispositivo. A experiência técnica global da Telit e a manufatura local no Brasil se traduzem em reais vantagens para nossos clientes”, diz Ricardo Buranello, Vice Presidente da Telit para a América Latina. “Como ainda temos lacunas de cobertura de tecnologia 3G no país, o atributo do novo módulo de operar transparentemente em 2G quando necessário garante que o dispositivo do cliente permanecerá conectado não obstante a sua localização,” conclui.

O UL865-BR é um módulo multi-modo, com duas bandas em UMTS|HSPA, quatro bandas em GSM|GPRS e compatível com o padrão internacional ‘3GPP Release 7’. Suporta 3G em 850/2100MHz, 2G em 850/900/1800/1900MHz, e tem velocidade de dados de 7.2Mbps downlink com 5.76 uplink. O novo módulo suporta o desenvolvimento e operação de aplicativos dentro de seu próprio ambiente por meio do desenvolvimento de aplicativos Telit IoT AppZone. Inclui também circuito de voz digital e é ideal para novos projetos ou projetos em processo de modernização.

Tags, , ,

Telit e Intel firmam parceria para o desenvolvimento de plataformas IoT para Internet das Coisas Industrial

A Telit, líder global em Internet das Coisas (IoT), anuncia sua parceiria com a Intel® para o desenvolvimento da arquitetura de múltiplas plataformas do Intel IoT para a Internet das Coisas Industrial. A solução, já disponível para comercialização, consiste em arquitetura e produtos de referência para implantações de ponta a ponta com a tecnologia inovadora Telit deviceWISE, que incluí uma extensa biblioteca de drivers e cloud readliness embutidos – dando às empresas um salto instantâneo para o IoT Industrial.

A colaboração entre Telit e Intel oferece benefícios imediatos para o monitoramento e controle remote de máquinas, produção de diagnósticos e manutenção preventiva para todos os mercacos e industrias ao redor do globo. Negócios que implementam as soluções da Plataforma Tecnológica Intel IoT podem rapidamente estabelecer e prever sua estratégia IoT, conectar legados e novos sistemas, ajudar na transmissão de dados de forma segura entre dispositivos de ponta e a nuvem, e economizar recursos para o futuro. Com suporte para múltiplos sistemas operacionais e níveis de desempenho do processador, as soluções baseadas no Intel Iot Gateway Tecnology vom deviceWise são escaláveis e capazes de atender às necessidades de uma larga escala de aplicações

“No início deste ano, a Telit anuncioua formação de sua unidade de negócios voltada ao IoT Industrial e nossa parceria com a Intel cria uma nova forma para empresas implementarem a Internet das Coisas,” comenta Fred Yentz, CEO da Telit IoT Platforms. “A Intel adotou a arquitetura da plataforma deviceWISE por sua superior inteligência de ponta, conectividade pronta para a nuvem e integração para sistemas empresariais”.

“O ecossistema é fundamental para a estretégia Iot da Intel,” diz Doug Davis, Vice-Presidente Senior do Grupo Internet das Coisas da Intel. “Parcerias com empresas como a Telit permitem à Intel fornecer blocos de construção chave aos nossos clientes para para dimensionar e impulsionar o crescimento de suas soluções de Internet das coisas facilmente”.

A Intel e a Telit publicaram conjuntamente um resumo do produto entitulado “A Faster, Simpler Way to Turn Edge Data into a Business Asset,”(ou, em português, “Um Jeito Rápido e Simpls de Transformar Dados de Ponta em um Ativo de Negócios”), ilustrando como o deviceWISE pode transformar qualquer plataforma de desenvolvimento Intel IoT em uma base sólida para a Internet das Coisas Industrial, aproveitando estas vantagens poderosas

1. Alta Performance que permite analyses em praticamente tempo real, tomada de decisão local e controles de processos mais rigorosos

2. Avançada Segurança e Proteção de Dados contra Ataques Custosos

3. Escalabilidade para diversos níveis de requerimentos para performance de gateway

4. Capacidade de gerenciamento para serviços e upgrades remotos com segurança

5. Implementação rápida e mais flexível com uma plataforma que suporta sua escolha de sistemas operacionais e aplicações de ecosistema, permitindo a aceleração para chegada aos mercado.

Tags, , , ,

Telit impulsiona mercado automobilístico inteligente na América Latina

A Telit, líder global em Internet das Coisas (IoT), anuncia parceria com a empresa chilena Jooycar, primeira plataforma telemática capaz de transformar veículos automotivos em SmartCars – carros conectados e inteligentes. A multinacional italiana foi a escolhida para fornecer serviço de conectividade por meio de sua plataforma IoT chamada deviceWISE.

Os algoritmos exclusivos da Jooycar são armazenados em nuvem, onde a equipe atuarial – que analisa e calcula os possíveis riscos na administração de seguros – pode incluir novas variáveis de dados para o cálculo mais preciso do perfil do motorista por meio do modelo Usage Based Insurance (UBI), onde são considerados fatores relacionados aos hábitos de condução como locais, períodos (diurno a noturno) e tempo dirigido.

A Jooycar fornece um modelo conhecido como Pay as You Drive (pague baseado na utilização do veículo) e Pay How You Drive (pague baseado em como você dirige). No Brasil, o conceito está cada vez mais popular e traz reais economias ao usuário final, além de uma maior taxa de conversão de vendas e retenção, respectivamente, para as concessionárias e empresas de seguro. “Com a popularização dos negócios digitais, a tendência global é que os principais players invistam na telemática e em plataformas voltadas para a Internet das Coisas a fim de conectar pessoas e carros e tonar os preços mais justos para o condutor”, avalia Ricardo Buranello, VP da Telit para a América Latina.

A Jooycar é a primeira companhia fundada na América Latina, com vasta experiência em negócios digitais baseados em Internet das Coisas. Oferece uma plataforma telemática abrangente para tornar veículos cada vez mais conectados. Seu objetivo é a condução mais segura e inteligente, com a oferta de seguros menos caros para os motoristas. Além disso, a Jooycar é responsável pela criação de novos negócios para o setor de seguros, telecomunicações e indústria automotiva.

“Estamos muito contentes em contar com a Telit”, revela Maria Paz Gillet, CEO da Jooycar. “Para o nosso UBI ser bem-sucedido, as companhias de seguro exigem a coleta de um amplo conjunto de dados e a adoção de softwares para melhores análises das métricas de condução. Nosso algoritmo, unido ao portal IoT da Telit, tornou possível a tomada de decisão mais eficiente da equipe atuarial para a análise/venda das apólices de seguro”.

A Jooycar utiliza o DL750 da Danlaw, empresa líder em soluções UBI para carros. O DL750 utiliza módulo celular GSM/GPRS da Telit para a comunicação de informações críticas do veículo e sua localização, o que permite encontrar o inventário de automóveis e monitorar as condições de bateria. O benefício são Test Drives bem-sucedidos, pois as concessionárias podem delimitar um perímetro em torno de seus locais para segurança e monitoramento dos carros.

Para aumentar a receita e a pós-venda, as concessionárias podem, ainda, vender os dispositivos GPS para os potenciais compradores para que possam monitorar o comportamento de motoristas mirins (filhos adolescentes, por exemplo), além de poder recuperar o veículo em caso de roubo. Além destes benefícios, o motorista terá acesso a um aplicativo intuitivo para gerenciar o uso do carro e programar manutenções preventivas.

“Os dispositivos e plataforma da Telit têm reputação global de confiabilidade e escalabilidade. Sempre oferecemos aos nossos clientes uma solução de ponta” diz Fred Yentz, CEO da área de Plataformas IoT da Telit. “O modelo UBI tem o potencial de reduzir risco para as empresas de seguros, além de reduzir este custo para os condutores. O app da Jooycar é alimentado pelos dados de nosso portal e o acesso às informações é realizado 24h/7, em tempo real”, finaliza.

Para mais informações, confira o vídeo da Jooycar com a Telit:

Tags, , , , , , ,

Telit anuncia os estudantes finalistas do torneio universitário IoT

Com o objetivo de incentivar o empreendedorismo em sala de aula que a Telit, multinacional italiana especializada em Internet das Coisas (IoT), anuncia os 13 projetos finalistas da 2ª edição do Telit Cup Brasil, competição universitária voltada para os cursos superiores de Engenharia e Ciência da Computação e cursos técnicos de Eletrônica e Automação de todo o país.

A última fase da competição será realizada em São Paulo, no dia 15 de agosto, com a apresentação dos 13 protótipos à comissão julgadora composta por três executivos do setor de TI. Os estudantes vencedores ganharão uma viagem com tudo pago para participar de uma das maiores feiras de inovação e tecnologia do mundo, a CTIA, em Las Vegas.

O objetivo do torneio é promover projetos inovadores ligados à Internet das Coisas. “Os nossos estudantes de hoje serão os empreendedores de amanhã, por isso acredito ser extremamente importante incentivar a comunidade universitária na criação de soluções que possam se transformar em negócios rentáveis no futuro”, revela Ricardo Buranello, VP da Telit para a América Latina.

Conheça os 13 projetos finalistas do Telit Cup Brasil:

Universidade Federal do ABC – Sistema Acústico de Monitoramento (SAM);

USP São Carlos – Controle Inteligente do Aedes Aegypti usando Internet das Coisas;

Universidade de São Paulo – Monitoramento de rios e prevenção de dados causados por inundações;

Universidade de São Paulo – Programa de Acompanhamento para Idosos (PAI);

Universidade Federal de Santa Maria – Sistema Inteligente de Coleta de Resíduos;

Centro Universitário do Rio Grande do Norte – Rastreador de Emergência;

Instituto Mauá de Tecnologia – Sistema de monitoramento e gerenciamento para a terceira idade;

Instituto Mauá de Tecnologia – Automatização de semáforos;

Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Avaliador de Qualidade do Ambiente de Trabalho;

Universidade Tecnológica Federal do Paraná – Monitoramento de vagas de estacionamento em vias públicas;

Universidade de Franca – Sistema dinâmico de localização de rotas para ônibus;

Universidade de Franca – Dispositivo de Integração para Vendedores Porta a Porta;

Universidade de Franca – Sistema de alerta contra enchentes.

A 2ª edição do Telit Cup Brasil recebeu dezenas de inscrições de diversas universidades de todo o país. A propriedade intelectual de todas as soluções desenvolvidas durante a competição pertencerá exclusivamente aos estudantes e professores responsáveis por sua criação.

Vencedores da 1° edição do Telit Cup Brasil

Os ganhadores da 1° edição do Telit Cup são da Universidade de São Paulo (USP) São Carlos. Os estudantes Renata de Camilo e Renato Nunes Moraes apresentaram durante o Telit DevCon o Sistema Automático de Umidificação de Parques (SAUPA). A solução busca estabelecer, de maneira inteligente, um nível de umidade relativa do ar confortável em ambientes abertos a prática de esportes. “Iniciar este projeto, ultrapassar todas as barreiras encontradas e, ainda, ganhar o Telit Cup Basil foi incrível. Agradeço a empresa pela experiência inesquecível de participar e apresentar o SAUPA no Telit DevCon”, relata Renata de Camilo.

Para Renato Nunes Moraes, a experiência foi única pela oportunidade de poder expor o trabalho para pessoas importantes e influentes do meio. “Participar de uma das maiores feiras voltada para a Internet das Coisas foi inspirador. Agradeço à Telit pelo reconhecimento do nosso trabalho e pela experiência proporcionada”.

Tags, ,

Como empreender com a Internet das Coisas

Ricardo Buranello, VP da multinacional italiana Telit, traz orientações para pequenos e médios empresários explorarem o mercado IoT a fim de criarem projetos inovadores

A Internet das Coisas (IoT) é a grande tendência tecnológica mundial. Consiste em sensoriar e conectar objetos que antes eram inanimados, garantindo a obtenção de milhares de dados e a automatização de processos. Para o VP da Telit para a América Latina, Ricardo Buranello, hoje o Brasil conta com mais de 11 milhões de dispositivos conectados apenas via rede celular.

“Não estamos falando de um futuro longínquo, mas de um cenário atual e que tende a crescer ainda mais. Prova disso são os dados publicados por analistas do setor com a previsão de termos 50 bilhões de dispositivos conectados em 2020”, diz Buranello. E como empreender neste setor em crescimento? Confira as três orientações do executivo para explorar o mercado IoT com projetos inovadores:
1. Entenda onde seu produto de fato gera valor: Um erro comum que vemos no mercado é o desenvolvimento de um produto sem uma visão clara da geração de valor do mesmo. Quando falamos em IoT, podemos ter tanto produtos que atendem a necessidade de pessoas físicas (como um dispositivo que monitora sua casa, seu carro, seu cachorro, enfim, as aplicações são infinitas) ou que atendem soluções profissionais (o que o mercado chama de industrial IoT). Independente de onde você esteja posicionando a sua empresa, tenha claro onde seu produto gera valor. É comum empresário ficarem tão empolgados com os desafios tecnológicos, que eles não conseguem visualizar de forma clara o real valor que ele está gerando para os clientes.

No final do dia, por mais empolgante que seja o produto, ele tem que gerar valor para o usuário final. Um exemplo interessante é de um cliente nosso que desenvolveu uma solução para conectar lixeiras públicas. As lixeiras passaram a avisar a empresa de limpeza quando elas estavam cheias e precisavam ser limpas. Assim, o caminhão faz uma rota inteligente, parando apenas nos locais necessários, reduzindo drasticamente a quantidade de caminhões necessários para a manutenção da limpeza pública.

2. Time-to-market é tudo: Para você ser bem sucedido você precisa ter o produto certo na hora certa. A tecnologia tem evoluído rapidamente e as empresas precisam entregar soluções em tempo hábil. Por sorte, os módulos de comunicação e microprocessadores evoluíram a ponto de encurtar sensivelmente o tempo de desenvolvimento de hardware. Na ótica da aplicação, soluções em nuvem garantem que os clientes desenvolvam seu software também de forma acelerada.

Em menos de um ano nós ajudamos dezenas de clientes no desenvolvimento de suas aplicações através da nossa plataforma de software. As empresas percebem cada vez mais que o ideal é focarem naquilo que importa ao cliente final. A plataforma que garante a interconexão de hardware, APP e ERP é extremamente complexa, mas pode ser terceirizada reduzindo o tempo de desenvolvimento e o risco.

3. Não basta ter um ótimo produto: Essa é uma parte sensível no nosso mercado. Em mais de 10 anos suportando centenas de clientes no Brasil e na América Latina, posso afirmar categoricamente, nem sempre o melhor produto é aquele que mais vende.

Não basta ter um ótimo produto e não conseguir acessar o seu cliente. É preciso que o empresário tenha uma estrutura de canais coerente para o mercado que ele queira atender.

O produto tem que ser ofertado no preço certo, no lugar certo, na hora que o cliente está inclinado a consumir.

Tags, ,

Crise impulsiona projetos IoT no formato pay-as-you-grow

Para incentivar a criação de soluções disruptivas em época de crise financeira, Telit atualiza seu modelo de negócios, permitindo ao empreendedor pagar de acordo com o crescimento de seu projeto IoT no mercado. Novo portal e plataforma em nuvem serão apresentados no Microchip Masters Brasil 2015

O cenário econômico negativo impulsionou uma nova tendência de mercado: o pay-as-you-grow ou, no português, “pague conforme o seu crescimento”. Voltado para pequenos empreendedores, o modelo de negócios tem ganhado cada vez mais espaço no Brasil e pode ser encontrado no portfólio de serviços da líder global em Internet das Coisas – Telit. Recentemente atualizado, o portal IoT e plataforma em nuvem deviceWISE serão apresentados no Microchip Masters Brasil 2015, em São Paulo.

Para Ricardo Buranello, VP da Telit para a América Latina, a democratização da eletrônica e da TIC abriu espaço para os pequenos investidores interessados em inovar pagando pouco, trazendo ao mercado projetos disruptivos, com sólidas taxas de crescimento e voltadas para o consumo, automatização industrial, telemedicina, segurança e qualidade de vida urbana. “Mesmo com a recessão, a Internet das Coisas oferece grandes oportunidades de fomento à inovação, sendo o Brasil um país de grande potencial e que representa 70% do mercado latino americano de IoT”, afirma.

Na apresentação do portal e plataforma em nuvem, o executivo pretende trazer alternativas economicamente viáveis para o pequeno investidor, com foco em inovação. “Apresentaremos o nosso modelo de negócios, mostrando como a integração do portfólio de hardware, software e serviços da Telit estão moldando o universo de IoT e permitindo que as empresas inovem em velocidade recorde e com custos e riscos limitados”, diz Ricardo.

Mesmo que o empreendedor esteja apenas começando ou já operando milhares de dispositivos remotos globalmente, o portal IoT da Telit torna mais fácil a conexão de “objetos e aplicativos” ao integrar qualquer dispositivo, ativo de produção e sensores remotos a sistemas de aplicativos móveis e sistemas empresariais baseados na web por meio de qualquer rede sem fio.

Com a atualização do portfólio, as PMEs têm a chance de conectar qualquer dispositivo às necessidades do cliente, sejam frigoríferos, carros ou dispositivos médicos, com a finalidade de saber informações sobre manutenção do equipamento, temperatura, bateria, entre outros dados de interesse do consumidor. O modelo de negócios pay-as-you-grow é utilizado também por grandes players como McDonald’s, John Deere e Verizon Wireless. O Microchip Masters Brasil será realizado no dia 12 de novembro, no Immensità Espaço de Eventos, em São Paulo.

Serviço: Microchip Masters Brasil 2015
Data: 12 de novembro
Local: Immensità Espaço de Eventos, São Paulo
Endereço: Av. Luiz Dumont Villares, n. 392 – Jardim São Paulo

Tags, , , , ,

Intel e Telit fecham parceria para incentivar internet das Coisas do Brasil

A Intel e a Telit Wireless Solutions anunciaram colaboração para incentivar o empreendedorismo da Internet das Coisas no Brasil. Para isso, a Intel fornecerá kits de desenvolvimento para grupos classificados da Telit Cup Brasil, uma competição criada para incentivar estudantes universitários e de cursos técnicos de engenharia e tecnologia a desenvolverem suas ideias para máquinas conectadas que podem melhorar a qualidade de vida urbana.

Os doze grupos aprovados na primeira fase da Telit Cup Brasil, formados por até três estudantes e um professor orientador de instituições como USP, Inatel e Fiap, terão até junho para apresentar um protótipo funcional do business plan apresentado durante as inscrições. “Os módulos da Telit fornecem funcionalidades de comunicação como 3G, 2G e GPS, e o kit da Intel é o acompanhamento perfeito para processar os dados enviados pelas soluções desenvolvidas pelos grupos”, explica Ricardo Buranello, diretor geral e vice-presidente da Telit Latin America.

O objetivo principal da competição é que essas soluções se tornem negócios no mundo real que possam potencialmente ser inseridos no mercado e melhorar a qualidade de vida em nossas cidades. Por isso, a propriedade intelectual de todas as soluções desenvolvidas durante a competição pertencerá exclusivamente aos estudantes e professores responsáveis por sua criação. “O papel da Intel e da Telit é fornecer aos grupos aprovados os kits e o suporte técnico durante a competição, para que os grupos possam atingir seus objetivos”, explica Rubem Saldanha, gerente de educação da Intel. “Estamos ansiosos para ver o que essas mentes jovens e brilhantes podem fazer com nossa tecnologia”.

O primeiro prêmio da Telit Cup Brasil será uma viagem para Las Vegas para que todos os membros do grupo vencedor visitem uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, a CTIA, e possam fazer contatos para a implementação de suas idéias.

Tags, , , , , ,