Tag Tata Consultancy Services

NCR e Tata Consultancy Services firmam parceria estratégica

A NCR Corporation, líder global em soluções omnichannel, anuncia parceria estratégica com a Tata Consultancy Services (TCS), líder mundial em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios.

A parceria reunirá a especialidade em consultoria de TI da TCS com as soluções e a experiência da NCR em proporcionar o engajamento com o consumidor, a transformação dos canais e a capacitação digital para clientes dos setores financeiro, varejista e de bares e restaurantes.

“Temos enorme prazer em trabalhar com um líder do setor como a Tata Consultancy Services e acreditamos que nossos respectivos clientes poderão aproveitar a combinação de valor das nossas empresas para transformar a maneira como interagem com os consumidores em todos os canais físicos e digitais”, afirma Ken Richard, vice-presidente e gerente geral de canais globais da NCR Corporation.

“A NCR é o parceiro perfeito para nós pela experiência em nossos principais setores de atuação. Temos uma proposta de valor para o mercado, com a melhor combinação para ajudar nossos clientes a se manterem na vanguarda de um mercado altamente competitivo por meio da nossa solução Business 4.0 Transformation”, completa Anupam Singhal, vice-presidente sênior da TCS.

Tags, , , ,

Siemens e TCS unem forças para promover IoT Industrial sobre MindSphere

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, e a Siemens anunciam nova cooperação em torno de inovações na área da Internet das Coisas (IoT). Com foco em clientes dos setores de manufatura, energia, tecnologias de construção, saúde e ferrovias, a parceria permitirá que os clientes se beneficiem de novos insights a partir de dados e serviços baseados na MindSphere, o sistema operacional aberto da Siemens baseado na nuvem para IoT.

Os clientes poderão contar com novas aplicações da TCS para MindSphere e novos serviços analíticos e digitais, como manutenção preditiva e monitoramento de energia. O Siemens MindSphere e as soluções da TCS permitirão que os clientes explorem novos modelos para capitalizar a inovação em IoT e oportunidades apresentadas pela economia digital.

Milind Lakkad, vice-presidente executivo e chefe global da área de manufatura da Tata Consultancy Services, comenta que “a cooperação com a Siemens em torno da inovação tecnológica acontece há vários anos, e essa nova fase permitirá que nossos clientes tenham grandes avanços na inovação em IoT. Com o acordo em torno do MindSphere, vamos intensificar nossa parceria e nosso suporte aos clientes para que eles possam explorar as oportunidades apresentadas pela inovação digital. Nossos clientes serão beneficiados não apenas pela expertise em integração de sistemas e desenvolvimento de aplicações, mas também pela experiência em construção de plataformas”.

A digitalização das indústrias – tendência em que tecnologias digitais estão redefinindo radicalmente setores inteiros – vai criar importantes oportunidades para empresas de todos os segmentos e tamanhos ao redor do mundo. Inicialmente, o programa se concentrará no setor de manufatura, no qual a IoT já tem ganhado impulso significativo devido aos imensos volumes de dados gerados no processo produtivo, permitindo grandes inovações em desempenho de sistemas e conectividade.

Por meio dessa parceria, a TCS também apoiará desenvolvimentos em torno do MindConnect Nano, gateway de nuvem que pode ser usado para conectar a produção à análise na nuvem de dados de máquinas e processos produtivos . Além disso, essa nova aliança terá Siemens e TCS trabalhando juntas para explorar a implementação da plataforma MindSphere, incluindo operações e suporte, como gerenciamento de aplicações e infraestruturas bem como serviços de análise e testes.

Steve Bashada, vice-presidente executivo e gerente geral do MindSphere na Siemens, afirmou que “a competência em engenharia de software e os recursos de implementação da TCS fazem da empresa um valioso parceiro para a Siemens e nossos clientes. Siemens e TCS ajudarão os clientes a avaliar e utilizar dados para levantar novos insights que podem pavimentar o caminho para modelos de negócio completamente novos, tais como vender horas operacionais ou serviços em vez de máquinas”.

Com base na experiência da TCS, a empresa vai oferecer aplicações MindSphere, serviços digitais e analíticos que podem reduzir períodos de inatividade, custos de manutenção e consumo de energia, além de aumentar a vida útil das máquinas.

Essa nova fase de cooperação permitirá que a TCS aplique sua amplitude e profundidade de conhecimento em todas as áreas tecnológicas, como automação, IoT e conectividade com foco nas implementações em zonas industriais em ambientes variados. Os clientes terão disponível a ampla experiência em processos industriais em toda a cadeia de valor, incluindo design e engenharia de produtos, execução de produção e serviços. Essas novas soluções mobilizarão todo o potencial do sistema operacional da Siemens para IoT.

Tags, , ,

Estudantes da rede pública visitam TCS para aprender sobre tecnologia

Nesta quinta-feira (14), alunos do ensino médio do colégio Augusto Ribeiro de Carvalho, da diretoria regional de ensino Norte 1, em São Paulo, passarão a tarde na Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, para o primeiro workshop do goIT, programa da TCS para capacitação de alunos e professores, com o objetivo de estimular o aprendizado na área de tecnologia e preparar os jovens para o mercado de trabalho. Esse é o piloto de um projeto muito maior, que visa levar conhecimento de TI a cerca de 190 mil alunos e professores dos ensinos fundamental e médio, fruto do termo de parceria assinado em Agosto entre a TCS e a Secretaria de Educação do Governo do Estado de São Paulo.

A iniciativa vai ao encontro da reforma do Ensino Médio proposta pelo Governo Federal. A ideia da reforma é priorizar a educação técnica e ampliar o ensino em tempo integral, em conjunto com a iniciativa privada.

No encontro, os alunos do colégio Augusto Ribeiro de Carvalho, realizarão um tour pela sede da TCS, conhecerão o cronograma do projeto e as ferramentas que serão utilizadas. Os estudantes também assistirão à primeira aula sobre tendências do setor de tecnologia, mercado de trabalho e possibilidades de atuação em diferentes campos.

Para a segunda turma do programa, formada pelos alunos da escola Dom Pedro I, localizada em São Miguel Paulista, zona leste da cidade, o primeiro encontro será no dia 16/09, sábado. Na ocasião, os executivos da TCS irão até a escola apresentar o projeto e os primeiros conteúdos. Posteriormente, essa turma também visitará as instalações da empresa.

A iniciativa da TCS busca capacitar e despertar o interesse dos estudantes para a tecnologia enquanto profissão. De acordo com dados da Associação para a Promoção da Excelência do Software Brasileiro (Softex), o Brasil pode chegar em 2020 com um déficit de até 408 mil profissionais de TI. Já a organização Code.org prevê que, no mesmo período, 1,4 milhão de vagas sejam abertas em todo o mundo, mas apenas 400 mil delas serão preenchidas. O estudo mostra ainda que Brasil é o país com a maior deficiência em todo o continente, apesar do crescimento do segmento na região.

“Esse é o pontapé inicial de um projeto muito maior da TCS, voltado para a transformação da educação no Brasil e no mundo. A TCS vai construir, junto com esses alunos, ferramentas inovadoras com potencial para entrar no mercado e mudar a realidades deles”, analisa Tushar Parikh, Country Head da TCS Brasil.

“Estamos muito orgulhosos em iniciar esse projeto e passar todo nosso conhecimento para que os jovens estudantes possam conquistar boas posições de trabalho, explorando esse mercado em constante expansão que é a indústria da tecnologia”, comenta Parameswaran Ramani, Head de Recursos Humanos da TCS Brasil.

O projeto

O programa vai acontecer, inicialmente, nas diretorias regionais de ensino Norte 1 e Leste 2, que terão seus quase 4.000 professores capacitados por profissionais da TCS para repassar o conteúdo para os 92.000 alunos de cada uma delas.

As qualificações seguirão um cronograma para abordar temas como tendências de tecnologia, internet das coisas, mecanismos de aprendizagem fora da escola, tecnologia para sala de aula, entre outros. Os alunos terão acesso a uma plataforma de ensino virtual da TCS, o Campus Commune, e encontros periódicos com especialistas, que irão ministrar conteúdos, tirar dúvidas e auxiliar na construção do projeto final: a criação de um aplicativo com foco no comércio da região onde vivem.

Tags, , , ,

Inteligência artificial terá grande impacto nos negócios até 2020, aponta Estudo da TCS

A Tata Consultancy Services, empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, divulgou seu Estudo Global de Tendências intitulado “Getting Smarter by the Day: How AI is Elevating the Performance of Global Companies” (“Tornando-se mais inteligente a cada dia: como a IA está elevando o desempenho de empresas globais”). Com foco no impacto atual e futuro da Inteligência Artificial (IA), o estudo entrevistou 835 executivos, de 13 setores da indústria, em quatro regiões do mundo, e revelou que 84% das empresas consideram o uso da IA “essencial” para a competitividade, com mais 50% vendo a tecnologia como “transformadora”.
Ampla adoção da IA é esperada em diversas funções do trabalho

Ao explorar as visões e ações dos responsáveis pelas decisões em empresas globais com receita média de US$ 20 bilhões, o estudo revelou que a IA está se espalhando por quase todas as áreas das empresas. Os que mais adotam a IA hoje são, como já se esperava, os departamentos de TI, com dois terços (67%) dos entrevistados usando IA para detectar intrusões de segurança, problemas de usuário e automação. No entanto, quase um terço (32%) das empresas acredita que o maior impacto da IA até 2020 será em vendas, marketing ou atendimento ao cliente, enquanto um em cada cinco (20%) prevê que o maior impacto da IA será em funções corporativas não relacionadas diretamente a clientes, a exemplo de finanças, planejamento estratégico, desenvolvimento empresarial e Recursos Humanos.

As empresas que participaram do estudo fazem parte de diversos setores, incluindo automotivo, bancário e financeiro, de energia, saúde, ciências biológicas, manufatura e varejo. Esse aspecto multissetorial destacou o impacto da IA no local de trabalho como uma importante força complementar para os próximos anos. Alguns exemplos vêm do uso da IA para orientar representantes de atendimento ao cliente a resolver problemas mais rapidamente e antecipar futuras compras, reconciliar com agilidade e precisão transações em massa durante a noite para instituições financeiras, ou liberar tempo dos profissionais de RH ao administrar os longos processos de ambientação de novos contratados.

Quanto ao debate em curso sobre o impacto da IA nos empregos, os executivos entrevistados estimam uma redução líquida entre 4% e 7%. em cada função até 2020. No entanto, as empresas com os maiores ganhos de receita e eficiência de custo gerados pela IA veem uma demanda, pelo menos, três vezes maior por novos postos de trabalho em cada função até 2020 por conta da IA, em comparação com empresas com menores ganhos de receita e eficiência de custo relacionados à IA. A inteligência artificial já está sendo usada para automatizar determinados processos e impulsionar a eficiência, ajudar funcionários a serem mais produtivos,dedicar mais tempo a funções de negócios mais estratégicas e criar novos trabalhos e serviços que não eram possíveis no passado.

“À medida que começam a ter uma melhor compreensão da aplicação da IA nos negócios, as empresas percebem o impacto significativo dessa força transformadora. Isso está refletido no nosso Estudo Global de Tendências, que mostra que as empresas com visão de futuro estão começando a fazer grandes investimentos em IA”, afirma K Ananth Krishnan, Executive Vice President and Chief Technology Officer (CTO) da TCS. “Dada a crescente ruptura digital em todos os setores, inclusive o público, IA deve se tornar fundamental e um componente integrado à estratégia das organizações.”

Investimentos e retornos gerados pela IA estão crescendo; América do Norte e Europa lideram

Com a IA se tornando uma tecnologia difundida, os investimentos financeiros na tecnologia devem crescer, já que 7% das empresas destinaram, pelo menos, US$ 250 milhões cada uma para IA em 2016, e 2% já planejam investir mais de US$ 1 bilhão até 2020 – provavelmente buscando conquistar uma vantagem competitiva como primeiros a adotar a IA.
O Estudo Global de Tendências revelou uma clara correlação entre investimentos em IA e impacto nos negócios. As empresas que conquistaram os maiores ganhos de receita e redução de custo relacionados com IA, investiram cinco vezes mais na tecnologia do que as empresas com menores ganhos de receita e redução de custo associados à IA. Os líderes geraram um aumento médio da receita de 16% a partir de iniciativas de IA em 2015 versus 2014, enquanto os retardatários viram um modesto crescimento na receita de 5%. Regionalmente, as empresas norte-americanas foram as principais investidoras em IA em 2015, com um valor médio por empresa de US$ 80 milhões, seguidas pelas europeias com US$ 73 milhões, as empresas da região Ásia-Pacífico com US$ 55 milhões e as da América Latina com US$ 51 milhões.

Segurança cibernética é a principal razão para se adotar IA

Os executivos participantes no Estudo Global de Tendências em todas as regiões e setores apontaram quatro fatores como os mais importantes na aceitação generalizada e benefícios da IA para os negócios. Quase sete em 10 empresas (68%) usam atualmente a IA para detectar e prevenir potenciais ataques e ameaças à segurança dos sistemas. Outros fatores importantes incluem o desenvolvimento de sistemas cognitivos que aprendem continuamente e têm a capacidade de tomar decisões confiáveis e seguras baseados em massas de dados, e ganhar a confiança dos gestores para usar as recomendações da IA sobre o que devem fazer.

Sobre o Estudo Global de Tendências 2017

O sétimo Estudo Global de Tendências realizado anualmente pela TCS entrevistou 835 executivos de empresas em quatro regiões do mundo, com um faturamento anual médio individual de US$ 20 bilhões. As quatro regiões pesquisadas foram América do Norte (incluindo Canadá), Europa (Reino Unido, Alemanha, França, Dinamarca e Suíça), Ásia-Pacífico (Índia, China, Austrália e Japão) e América Latina (Brasil e México). O estudo foi concluído em junho de 2016. Para obter mais informações ou para fazer o download do estudo, acesse http://sites.tcs.com/artificial-intelligence/

Tags,

TCS e Siemens se unem para fornecer soluções industriais

A divisão de software para gerenciamento de ciclo de vida de produtos (PLM) da Siemens e a Tata Consultancy Services (TCS) expandiram sua parceria de longa data para fornecer um conjunto abrangente de soluções industriais e promover a Empresa Digital Conectada. Ao incluir todo o portfólio de software de gerenciamento de operações de manufatura (MOM) da Siemens, a TCS pode agora exibir o conjunto completo de software e serviços da Siemens no Centro de Excelência de Soluções Industriais da TCS, inaugurado hoje em Pune, na Índia. Com uma variedade completa de soluções, o Centro validará os conceitos e mostrará como a digitalização da empresa inteira está transformando a indústria de manufatura global. O objetivo é oferecer aos clientes um ambiente único para construir e testar soluções digitais usando a tecnologia mais avançada do mundo de software de PLM e MOM.

“Nosso novo Centro de Excelência de Soluções Industriais faz parte do nosso compromisso de criar valor excepcional para nossos clientes, fornecendo soluções totalmente integradas que permitem aos fabricantes promover a Indústria 4.0 e as iniciativas de manufatura inteligente para alcançar a excelência operacional”, disse Regu Ayyaswamy, líder global de engenharia e serviços industriais da TCS. “Nosso compromisso e investimento no portfolio inteiro de MOM de Siemens é a base para uma solução de transformação que permite aos fabricantes começar sua jornada rumo à Empresa Digital Conectada.”

A TCS participará do Centro de Alianças de Especialização MOM da Siemens (MEAC), uma comunidade de parceiros altamente qualificados e estratégicos que fornecem serviços específicos de MOM a fabricantes. Isso aumentará ainda mais a capacidade da TCS de fornecer aos seus clientes atuais e futuros soluções de MOM de alto desempenho para melhorar as operações de manufatura. A TCS também está comprometida com o fornecimento de consultoria especializada, execução de projetos e serviços de implementação para uma série de soluções de software de MOM da Siemens, incluindo sistemas de execução de manufatura (MES), planejamento e agendamento avançados (APS), sistemas de gestão da qualidade (QMS) e sistemas de gestão de informações laboratoriais (LIMS).

“A TCS é o primeiro parceiro a realizar a adoção completa do portfólio de MOM da Siemens, oferecendo excelência aos clientes em comum”, disse Rene Wolf, vice-presidente sênior de software de gerenciamento de operações de manufatura da Siemens PLM Software. “Isso permite que a TCS e a Siemens ajudem os fabricantes a perceber o valor completo da empresa digital, desde o desenvolvimento de produto e planejamento da produção até a engenharia de produção, execução da produção e serviços. As soluções industriais da TCS que utilizam o portfólio completo de software de MOM da Siemens mudarão a forma como os clientes transformam e gerenciam a digitalização das suas operações de manufatura.”

Em uma aliança estratégica que já dura três décadas, a TCS se associou em vários níveis com a Siemens PLM Software para oferecer aos seus clientes os melhores serviços de consultoria e implementação. O acordo de parceria de longa data reforça ainda mais a aliança entre a TCS e a Siemens.

A Siemens PLM Software opera na Índia por meio da Siemens Industry Software (India) Pvt. Ltd., empresa 100% subsidiária Siemens, e seu software é um componente essencial das soluções de tecnologia integradas fornecidas pela Siemens na Índia nas áreas de automação e digitalização.

Tags, , , ,

TCS patrocina Hackathon do Centro Paula Souza

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, anuncia mais uma ação em parceria com o Centro Paula Souza, desta vez na unidade de Barueri. A multinacional indiana patrocinará o 1º Hackathon da Faculdade de Tecnologia do Estado (Fatec) Barueri, entre os dias 26 e 27 de novembro. O objetivo do evento é apresentar e desenvolver os conhecimentos dos estudantes em empreendedorismo, tecnologia e inovação por meio da criação de soluções e aplicativos.

Algumas das tarefas para os estudantes serão desenvolver aplicações em plataformas móveis (Android) ou web destinadas a solucionar problemas da área de negócios. Participarão alunos dos cursos de Gestão da Tecnologia da Informação, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Banco de Dados, Redes de Computadores, Segurança da Informação, Sistemas para Internet, Jogos Digitais e Informática para Negócios.

Para se inscreverem os estudantes formaram equipes de cinco integrantes. Serão selecionadas ao todo 10 equipes e os prêmios são: 1º lugar R$ 3.000; 2º lugar R$1.500 e 3º lugar R$ 500 a serem divididos entre os membros da equipe.

“Estamos sempre investindo e participando de atividades que envolvam estudantes e os estimulem a ingressar nas áreas de tecnologia com o objetivo de ensinar como entrar no mercado de trabalho. Essa iniciativa faz parte do Programa da TCS de Conscientização em Tecnologia para Estudantes, chamado goIT. Este não é o primeiro projeto da TCS com o Centro Paula Souza. Temos um relacionamento de longo prazo, que envolve outras unidades. Além disso, todo ano realizamos um campeonato de programação, chamado Code Vita, que está acontecendo em todo o mundo”, diz Tushar Parikh, Country Head da TCS Brasil.

Tushar acrescenta que o futuro do país está nas mãos dos jovens e que são eles os principais desenvolvedores e pioneiros na adoção de novas tecnologias. Por isso, maratonas como esta são importantíssimas, já que é possível promover a troca de ideias com a finalidade de solucionar problemas com inovação.

A TCS possui desde 2015 uma parceria com o Centro Paula Souza, chamada Enable, em que realiza workshops e palestras para os estudantes das unidades de Carapicuiba e Barueri, apresentando um leque de assuntos que vai desde a rotina de um profissional de tecnologia até como ingressar no mercado de trabalho. Alguns destes jovens, ao final dos workshops, são convidados a participar dos processos seletivos da empresa TCS, que conta com mais de 1.100 colaboradores no Brasil, alguns já oriundos da parceria com a instituição de ensino.

Confira no link http://www.desafiofatecbarueri.esy.es/Regulamento/ o regulamento completo do evento.

Tags, , , ,

TCS convida universitários a participarem de competição mundial de programação

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, anuncia que estão abertas as inscrições para o CodeVita 2016, competição que promove a excelência e a constante aprendizagem entre jovens, principalmente estudantes de engenharia e ciências do mundo todo. As melhores equipes poderão participar da final mundial que será realizada na Índia no início de 2017 e a premiação aos três primeiros colocados soma US$20 mil dólares.

Os estudantes que quiserem participar devem fazer a inscrição diretamente no site www.tcscodevita.com. São aptos para participar os jovens dos cursos de Engenharia e Ciências que estão matriculados em universidades.

A competição possibilita que os participantes ganhem experiência em programação e aprimorem suas habilidades na vida prática em torno da computação. Com essa iniciativa, a TCS tenta apresentar a programação como um esporte.

“O desenvolvimento de talentos e a cooperação com instituições de ensino são alguns dos pilares centrais da TCS, por meio dos quais oferecemos oportunidades únicas para o crescimento profissional de estudantes da área de TI”, afirma Tushar Parikh, Country Head da Tata Consultancy Services (TCS) Brasil.

É indispensável que os alunos tenham conhecimento em inglês para participar da competição. As inscrições são gratuitas e vale ressaltar que são válidas para equipes compostas por no mínimo 2 integrantes. Porém, cada membro do time precisa se registrar individualmente.

A competição será realizada da seguinte forma:

=> Etapa 1: A primeira rodada consiste em uma série de problemas de programação (codificação) que devem ser resolvidos em tempo real. As equipes com as melhores soluções se qualificarão para a grande final com base na classificação geral.

=> Grande Final: A etapa final será realizada na sede da Tata Consultancy Services Limited (TCSL), na Índia.

Por que participar?

Os estudantes poderão:

· Demonstrar e colocar em prática suas habilidades como programadores
· Enfrentar problemas da vida real e resolvê-los em uma competição com os melhores programadores do mundo
· Ganhar reconhecimento mundial
· Ser candidato a ter uma carreira profissional com a marca de TI mais poderosa do mundo

Quais são os prêmios?

· Primeiro lugar: USD $10.000
· Segundo lugar: USD $7.000
· Terceiro lugar: USD $3.000
· Oportunidade de emprego global como estagiários
· Classificação global entre os melhores programadores

As inscrições se encerrarão em 6 de novembro de 2016, às 16h30 (BRT).

Tags, , , , , ,

As sete melhores práticas de RH que toda empresa de TI deveria adotar

view.aspx

Motivar dentro e fora da empresa, fornecer ferramentas que ajudem a desenvolver um bom trabalho e melhorar a qualidade de vida são ações que fazem parte das melhores práticas de Recursos Humanos de uma empresa. Para conquistar ótimos resultados é importante ter profissionais bem qualificados e engajados na companhia. Pensando nisso, a Tata Consultancy Services (TCS) – empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, e que possui atualmente mais de 353 mil colaboradores no mundo – resolveu dar algumas dicas que podem agregar mais valor à aérea de RH das empresas de TI, mas que podem ser úteis a companhias de outros setores também, que buscam ideias diferenciadas para motivar seus profissionais e atrair novos talentos. A seguir estão sete das melhores práticas que podem ser aplicadas nas empresas de TI:

1) Plataformas de aprendizado

A área de TI está em constante evolução e os profissionais do setor precisam dos cursos e certificações para se atualizarem e desenvolverem/ampliarem suas expertises. A TCS, por exemplo, criou um programa de e-learning – o iEvolve – no qual os colaboradores podem estudar de graça e online para obter novas certificações, que em sua maioria têm um custo elevado. Ao final dos cursos eles podem fazer as provas oficiais e retirar as certificações, assim economizam tempo e dinheiro, além de ampliarem seus conhecimentos. Vale ressaltar que a empresa reembolsa o valor investido pelo colaborador.

2) Período sabático

Não basta ter férias, algumas empresas de tecnologia agora fornecem períodos sabáticos para seus funcionários com a finalidade de que eles usem esse tempo para viajar, estudar e conhecer uma nova cultura. Por meio dessas licenças, os profissionais ficam de três a seis meses afastados do trabalho e são remunerados da mesma maneira. Esses períodos servem para expandir os conhecimentos, trazer novas ideias e descansar. Assim os profissionais voltam ao trabalho com mais disposição e muito mais engajados.

3) Estudo de língua estrangeira

O inglês e outros idiomas são indispensáveis no dia-a-dia de muitos profissionais. É muito importante ter colaboradores que falem um ou mais idiomas estrangeiros. A TCS, por exemplo, investe em um programa de ensino à distância, o Global English, no qual os colaboradores recebem uma chave de acesso a uma plataforma interna e online e podem estudar inglês totalmente grátis. Além disso, a empresa fechou parcerias com as principais escolas de idiomas e os colaboradores têm até 45% de desconto para fazerem cursos.

4) Investindo a longo prazo

Ainda pensando na qualificação dos colaboradores, é indispensável investir em pós-graduação e mestrado. Algumas empresas de TI já fornecem esses cursos totalmente subsidiados ou, então, com no mínimo 50% pagos. Assim o profissional se sente motivado a estudar, agregando valor para ambos.

5) Indicação de profissionais

Encontrar profissionais de TI qualificados e com boa recomendação pode ser uma tarefa difícil. Por isso, a TCS possui um programa de indicação de colaboradores – Bring Your Buddy – no qual os associados podem indicar ex-colegas de trabalho e amigos. Se o profissional passar do período de experiência, aquele que fez a indicação recebe uma bonificação. A empresa consegue assim construir um bom quadro de funcionários.

6) Programas voluntários

Tirar os profissionais do ambiente de trabalho pode ser uma ótima ideia para expandir conhecimentos. A TCS, por exemplo, possui o projeto Enable em que os colaboradores palestram e fazem workshops com estudantes de escolas técnicas de São Paulo. E os jovens que participam destas iniciativas podem se candidatar a vagas na TCS como aprendizes. O retorno é sempre positivo, pois algumas dúvidas dos estudantes fazem os profissionais pensarem “fora da caixa” e trazem novas ideias para situações do dia-a-dia.

7) Qualidade de vida

É importantíssimo pensar na qualidade de vida dos colaboradores e promover atividades relacionadas à saúde. Um profissional que pratica atividade física consegue trazer novas ideias, gera bastante valor e motiva sua família e todos à sua volta. Pensando nisso, a TCS criou programas como Fit4life, que realiza atividades como corridas e caminhadas organizadas pela empresa, além de trazer para dentro da empresa orientações médicas, por meio de palestras e exames oftalmológicos, por exemplo, para a equipe. E ainda há o programa Purpose4life com as mesmas iniciativas envolvendo os colaboradores, porém com foco em retribuir e beneficiar comunidades.

Tags, ,

TCS anuncia Tushar Parikh como Country Head para o Brasil

view.aspx A corporação teve receita global de US$16,54 bilhões no último ano fiscal e aponta América Latina como líder entre seus mercados emergentes. Região apresenta crescimento anual de dois dígitos nos últimos quatro anos, tendo Brasil como destaque e com enorme potencial de crescimento.

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de tecnologia da informação (TI), consultoria e soluções de negócios, anuncia mudanças em sua estrutura no mercado brasileiro. Tushar Parikh assume como Country Head, passando a dirigir a empresa no país, e sendo o principal representante frente ao mercado local e autoridades governamentais.
Entre suas missões à frente da empresa estão manter o crescimento ascendente alcançado pela TCS Brasil nos últimos anos, consolidar a estratégia da companhia no país, estreitar o já existente relacionamento com as áreas de negócios e TI; assim como assegurar que as atividades de responsabilidade social corporativa sejam conduzidas nas comunidades locais onde a TCS mantém negócios.

Além disso, Tushar continuará liderando como Segment Head para a unidade de negócios Global Accounts (Clientes Globais) para América Latina e Setor de Seguros & Governo no Brasil. Nesta função, o executivo responde por oito países, com destaque para Brasil, México, Chile, Colômbia e Argentina.
O executivo reforça a importância de temas como ‘Mobilidade e Pervasive Computing’, ‘Cloud’, ‘Big Data’, ‘Inteligência Artificial & Robótica’, e ‘Mídias Sociais’. Foco de atuação da TCS, estas cinco principais forças na área digital direcionam a forma como a empresa evolui, opera e interage com seus clientes. Tushar enfatiza ainda o grande conhecimento da TCS em Indústrias como Seguros, Manufatura, Automotiva, Serviços Financeiros e Varejo como o diferencial em relação a outras companhias que operam no mercado.
Natural da Índia e com vasta experiência no segmento de TI aplicada a negócios, Tushar está na TCS desde 2004. A partir da Índia trabalhou com clientes nos Estados Unidos, Cingapura, e Europa. Em meados de 2005, o executivo deixou seu país natal e se estabeleceu na América Latina, onde trabalhou por cerca de cinco anos no México e cerca de dois anos como Cluster Delivery Head para Argentina, Colômbia e Uruguai, antes de chegar ao Brasil, em 2012. Durante estes anos, Tushar desempenhou papel estratégico nas operações da TCS em iniciativas que incluem Gestão de Relacionamento com clientes, Estratégia & Transformação do Negócio, Serviços, Outsourcing de TI e Processos em nível Global.

“A TCS é uma empresa mundialmente conhecida e estou muito contente por ter sido convidado a dirigir um importante mercado como o Brasil, que cresceu tremendamente nos últimos anos – na ordem de dois dígitos – acompanhando a América Latina”, acrescenta Tushar. “Tenho planos audaciosos para expandir ainda mais a atuação da companhia na região, sempre visando oferecer o melhor serviço aos nossos clientes, garantindo qualidade, agilidade e entrega de valor à solução final”, completa o executivo.
Bacharel em Ciências, Tushar tem mestrado em Computação e Engenharia de Software, participou do programa “Leading Professional Service Firms”, da Universidade de Harvard, e do programa “TATA Group Executive Leadership”, da Ross School, em Michigan (EUA).
No último ano, a TCS foi eleita pela Forbes como uma das mais inovadoras empresas do mundo e foi reconhecida como a marca mais poderosa do mundo em Serviços de TI pela Brand Finance, principal empresa de avaliação de marcas no mundo. Além disso, recebeu a certificação de “Top Employers América Latina 2016”, concedida pelo Top Employers Institute.

Tags, , , , ,

TCS oferece treinamento em TI para estudantes universitários de São Paulo

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, anuncia o lançamento de um programa de desenvolvimento de jovens talentos. O projeto visa selecionar e treinar estudantes de cursos tecnólogos e de bacharelado nas áreas de TI e engenharia para o mercado de trabalho. O treinamento terá duração de 3 a 4 semanas, de segunda a sexta-feira, com 8 horas diárias, onde os estudantes passarão por aulas com líderes, gestores e especialistas de diversas áreas de TI. Os principais temas que serão abordados são: ERP, Lógica de Programação Orientada a Objetos, Desenvolvimento de Sistemas (Java e .Net), testes/QA e metodologias (RUP, UML, ITIL e Agile), além de Oracle e SAP, reconhecidas como demandas eminentes para o mercado de tecnologia.

Para participar os candidatos precisam estar cursando a partir do 3º ano ou do 5º semestre dos cursos exigidos, sendo imprescindível inglês avançado. O processo de seleção dos jovens terá 3 etapas. A primeira será a inscrição através do site do Vagas.com no link: http://www.vagas.com.br/v1329195, no período de 31/03 a 30/04, e contará com testes de português, inglês e raciocínio lógico. A segunda fase incluirá dinâmicas de grupo e redação na própria TCS, e a terceira e última será um painel de entrevista com executivos da companhia. Após a avaliação de todos os critérios serão selecionados os 30 finalistas que participação do projeto.

“Decidimos lançar este programa na TCS para melhorar a formação dos jovens que ainda estão nas universidades e escolas técnicas, agregando muito mais conhecimento ao seu currículo e capacitando-os para atenderem às necessidades do mercado, pois o setor está carente de profissionais qualificados”, revela Parameswaran R., Head de Recursos Humanos da TCS Brasil. Ainda de acordo com Parameswaran, há cursos especializados da área de TI que chegam a custar mais de 3 mil reais. “Esses jovens terão uma oportunidade única de serem treinados por especialistas com ampla experiência, sem pagar nada por isso, e com chances reais de conseguirem um emprego ao final do curso”, complementa o head de RH. Todos os participantes receberão um certificado.

Vale ressaltar que pelo segundo ano consecutivo a TCS foi certificada como Top Employer no Brasil e em toda a América Latina. O instituto certifica as empresas que possuem excelentes práticas de Recursos Humanos, que asseguram que os funcionários possam se desenvolver pessoal e profissionalmente.

Tags, , ,

TCS é classificada como marca mais poderosa do mundo em Serviços de TI

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em soluções de negócios, consultoria e serviços de TI, anuncia que foi classificada como a marca mais poderosa do mundo em Serviços de TI pela Brand Finance, principal empresa de avaliação de marcas no mundo.

O relatório anual de 2016 da Brand Finance avaliou milhares de marcas do mundo para determinar quais são as mais poderosas e as mais valiosas. Com uma alta classificação em uma grande variedade de métricas do Brand Strength Index da Brand Finance, tais como familiaridade, fidelidade, satisfação pessoal e reputação da empresa, a TCS se destacou como a marca mais poderosa na área de serviços de TI com 78,3 pontos – recebendo a classificação AA+. Considerando todos os setores, a Disney foi avaliada como a marca mais poderosa e a Apple como a marca mais valiosa em 2016.

A TCS é também a marca que mais cresce dentro de sua indústria nos últimos seis anos. O valor global da marca da empresa aumentou de US$2,344 bilhões em 2010 (quando foi realizada a primeira avaliação da marca TCS) para US$ 9,047 em 2016 – uma taxa de crescimento de 286%.

David Haigh, CEO da Brand Finance, declara que “o foco da TCS nos clientes tem sido fundamental para o seu recente sucesso, mas um olhar mais detalhado aos nossos dados também mostra pontuações mais altas e melhores para investimento da marca e satisfação dos profissionais. A empresa surgiu como uma força dominante na indústria de serviços de TI e é a marca mais forte no setor. O poder de sua marca é indiscutível”.

N. Chandrasekaran, CEO e diretor administrativo da TCS, afirma que “o foco no cliente está no centro da nossa organização e é um mecanismo essencial para o crescimento da marca TCS. Os esforços de nossos 344 mil funcionários – nossos melhores embaixadores da marca – ajudaram a nossa marca a se fortalecer e estar no topo da nossa indústria. Gostaria de dar os parabéns a cada um deles e também a muitos de nossos clientes que foram listados entre as principais marcas do mundo pela Brand Finance neste ano. O valor que geramos para nossos clientes, por meio de estratégias digitais inovadoras, continuará impulsionando tanto suas próprias marcas quanto a marca TCS no futuro”.

Ao longo de 2015, a TCS investiu em diversas iniciativas estratégicas para fortalecer sua marca. As iniciativas de branding, relações públicas, patrocínios, marca do empregador e programas junto às comunidades foram reconhecidas com mais de 30 prêmios em todo o mundo.

A empresa tem explorado sua força em negócios digitais para construir sua marca, investindo em iniciativas como o aplicativo ElectUK. O ElectUK foi criado para engajar os eleitores das Eleições Gerais do Reino Unido, transformando os smartphones em uma ferramenta de análise Big Data de mídias sociais. O caráter inovador da aplicação e da campanha ganhou vários prêmios, incluindo “Best mobile brand campaign” do Social Buzz Awards e o Prêmio de Relações Públicas no setor de tecnologia da PRCA. Seu inovador Youth Report recebeu a classificação Ouro para Comunicação no Corporate Engagement Awards 2015. Em reconhecimento a suas iniciativas digitais, a TCS também foi classificada como uma das empresas mais inovadoras do mundo pela revista Forbes.

A empresa é uma das principais patrocinadoras de sete maratonas no mundo. Em 2015, sua parceria com a maior maratona do mundo, a TCS New York City Marathon, gerou mais de 588 milhões de impressões no Twitter e no Instagram relacionadas com a hashtag #tcsnycmarathon e teve mais de 272 mil downloads do aplicativo oficial da corrida, também promovido pela TCS. Na Europa, a marca e a campanha de mídia social em torno da TCS Amsterdam Marathon ganharam vários prêmios, incluindo o “Best use of Digital” do Digital Impact Awards. Intitulada #TCSsuperheroes, a campanha de marca, desenvolvida sobre a ideia de que cada corredor é um super-herói, destacou histórias originais da realização pessoal por trás de cada participante.

Em 2015, a TCS também foi reconhecida como uma importante marca empregadora nos principais mercados em que opera, incluindo América do Norte, Europa, Reino Unido, Índia, América Latina e Austrália, entre outros. Seu foco no cliente também foi reconhecido por 1.470 diretores ‘C-Level’ de grandes empresas da Europa que classificaram a TCS como #1 tanto em desempenho quanto em satisfação do cliente. Nos últimos anos, TCS expandiu significativamente a sua presença em importantes fóruns da indústria em todo o mundo, tais como o Fórum Econômico Mundial em Davos, SIBOS, Dreamforce, TCS Summit, Oracle OpenWorld e Sapphire; neste último, juntamente com SAP, a TCS vai apresentar a banda de rock Coldplay, vencedora do prêmio Grammy deste ano.

Tags, , , ,

Gartner elege TCS como líder em Serviços de Testes de Aplicações

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em soluções de negócios, é reconhecida pelo Gartner, Inc. como ‘Líder’ no relatório “Quadrante Mágico para Serviços de Testes de Aplicações, em Nível Mundial’, por Susanne Matson e Patrick J. Sullivan.

Acreditamos que a posição da TCS como Líder é resultado de uma base global de clientes, de um histórico de compromissos globais complexos que garante apoio para a transformação dos negócios, e de recursos bem balanceados de consultoria de negócios, processos e setores de atividades, implementação e gestão de serviços, apoiados por rigorosas metodologias e ferramentas. Os principais pontos fortes da TCS destacados no relatório incluem a qualidade de nossos consultores, o Global Network Delivery Model™, além das ferramentas e soluções de automação robustas: TCS MasterCraft, TCS NETRA, que facilita a integração e a implantação contínuas, e o ignio™, produto de inteligência artificial da TCS™.

O Gartner avaliou 17 prestadores de serviços, entre eles a TCS, levando em conta a capacidade de execução e a abrangência da visão. Os analistas do Gartner destacam que os provedores designados como líderes estão apresentando bons resultados atualmente, ganhando espaço e mind share no mercado. Eles têm uma visão clara da direção do mercado e estão ativamente desenvolvendo competências para manter a liderança.

“Acreditamos que ser conhecido pelos analistas do Gartner como líder no Quadrante Mágico para Serviços de Testes de Aplicações pelo segundo ano consecutivo demonstra o valor que a TCS oferece aos clientes ao possibilitar a inovação e permitir que eles tenham sucesso”, afirma Siva Ganesan, Chefe Global de Serviços de Garantia da TCS. “As soluções e serviços de testes de classe mundial da TCS superam as expectativas dos clientes usando nossa plataforma global e soluções inovadoras que abraçam as mais recentes tecnologias digitais.”

Os Serviços de Garantia da TCS abordam os desafios de negócios e de qualidade dos clientes globais. A TCS oferece serviços de garantia ao longo de todo o ciclo de testes, incluindo consultoria e assessoria, implementação dos serviços e serviços gerenciados para ambiente e gestão de dados. Na era da Digital Reimagination™, a companhia consegue ajudar seus clientes a revelar o valor dos serviços de testes, explorando sua experiência para continuamente redefinir a garantia de qualidade e os paradigmas de testes para que as empresas se mantenham na vanguarda. A biblioteca de ativos digitais e de negócios reutilizáveis baseados em domínio da TCS e seu modelo de engajamento, comprovadamente bem sucedido, permite à companhia oferecer segurança a todos os seus clientes.

O Gartner não endossa nenhum fornecedor, produto ou serviço citado em suas publicações de pesquisa e não recomenda aos usuários de tecnologia selecionar somente os fornecedores com a mais alta qualificação ou outras designações. As publicações de pesquisa do Gartner refletem as opiniões da organização de pesquisa e não devem ser entendidas como afirmações baseadas em fatos irrefutáveis. O Gartner se isenta de qualquer garantia, expressa ou implícita, com relação a essa pesquisa, inclusive garantias de comerciabilidade ou adequação a um propósito específico.

Tags, , , ,

Para TCS, Internet das Coisas é a maior aposta para o setor de mineração

Segundo o IDC, o mercado global de Internet das Coisas (IoT) deve crescer de US$ 655,8 bilhões em 2014 para US$ 1,7 trilhão em 2020. Uma das empresas que deverá contribuir para que essa previsão seja alcançada é a Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, que está desenvolvendo novas tecnologias para o setor de mineração baseadas na “Internet das Coisas”.

Uma das novidades já em fase de testes é a gestão de equipamentos e veículos conectados para minimizar o número de acidentes em um campo de mineração. Um item de trabalho obrigatório, como capacete, luva ou bota, pode ser conectado aos caminhões para emitir alertas sonoros quando existir algum risco e, até mesmo, provocar a parada imediata do veículo, evitando acidentes graves como atropelamentos nos postos de trabalho. Além de zelar pelo bem-estar dos empregados, a inovação tecnológica ainda evita o prejuízo financeiro que é gerado quando a mineradora é forçada a paralisar suas atividades, já que as perdas são superiores a 1,5 milhão de dólares por dia parado em um campo.

“Estamos investindo pesado no programa TCS Connected Universe onde oferecemos a implementação de aplicações baseadas em Internet das Coisas para as organizações dos mais diferentes setores de mineração a saúde, seguro e manufatura”, explica Henry Manzano, CEO para América Latina da TCS.
Outra solução projetada e desenvolvida pela TCS especialmente para as mineradoras é um sistema de comunicação via rede Wi-Fi gratuita, de frequência média e à prova de falhas que funciona até mesmo no subsolo. Sua utilização aumenta a segurança das equipes de trabalho no subsolo, pois fornece comunicações ininterruptas e confiáveis, apesar das difíceis condições ambientais das minas. Além disso, também ajuda os operadores de superfície a localizar e se comunicar com os mineiros subterrâneos no caso de eventuais catástrofes.

“Colocamos ao alcance dos nossos clientes todas as novidades tecnológicas que,além de evitarem acidentes e prejuízos, ainda aumentam a segurança, eficiência e consequentemente o faturamento das companhias”, explica Manzano.

Dados de mercado apontam que hoje as mineradoras investem cerca de 25 bilhões de dólares em Tecnologia da Informação (IT) e Tecnologia das Operações (OT) em todo o mundo. A América Latina é responsável por quase 2 bilhões de dólares desse montante.

As unidades Engineering and Industrial Services e Digital Enterprise Solution da TCS desenvolveram em parceria diversas ofertas relevantes aos clientes de mineração e manufatura, com o objetivo de alcançar otimização, integração, e endereçar prioridades relacionadas a saúde e segurança.

A companhia fez progressos significativos ao dar suporte a seus clientes em sua convergência de IT-OT, uma prioridade para a maior parte das empresas de mineração. Atualmente a TCS presta consultoria a 26 postos de mineração no Brasil, fornece soluções e consultoria para diversas empresas do setor na América Latina e atende as maiores companhias de mineração do mundo.

Tags, , ,

Até onde a ‘Internet das Coisas’ pode chegar?

Por Henry Manzano*

view.aspxA tecnologia está, cada vez mais, presente na vida da população. Hoje em dia é impossível imaginar viver sem acesso à internet ou sem um smartphone. As novas gerações, como a chamada Z, desde pequenos já têm acesso a dispositivos eletrônicos conectados e estão mais dependentes da tecnologia nas atividades do dia-a-dia, seja para assistir conteúdos online, manter relações interpessoais ou realizar atividades cotidianas como ver as horas em um aparelho digital, deixando de lados os relógios analógicos.

E o que esperar para as próximas gerações com a ‘Internet das Coisas’ (IoT) ? Onde a vida se moldará em torno das tecnologias oferecidas. Estamos vivendo, atualmente, uma revolução tecnológica que conectará toda a nossa rotina à rede mundial de computadores.

Todos os dias, novas tecnologias e protótipos são pensados, desenvolvidos e testados. As empresas já se preparam para atender uma demanda futura onde qualquer inovação já precisa estar conectada à internet e com funções inteligentes e independentes do comando humano, são serviços que nascem para facilitar a vida.

Imagina sua casa, seu carro, seu smartphone e todos os seus dispositivos conectados. Isso já é realidade. Do seu celular você programa o destino de sua casa e no seu carro o GPS já apresenta o melhor caminho para fugir dos pontos de trânsito. Ao chegar próximo de casa é possível acender as luzes, por meio do seu smartphone. Para entrar em sua residência basta posicionar os olhos em frente a um leitor óptico ou, então, colocar a digital, não carregando mais chaves. Ligar TV ou rádio por meio de comando de voz e escolher a música ou programação que gostaria. Parece muito futurístico? Mas muitas delas já existem e outras inovações estão por vir.

A Internet das Coisas traz significado ao conceito de conectividade onipresente para empresas, governos e consumidores com gestão, monitoramento e análise. Do ponto de vista mercadológico, a ‘Internet das Coisas’ consiste em várias tecnologias interligadas e para que isso funcione as empresas precisam criar um ecossistema para viabilizar novos modelos de negócio.

As oportunidades de produtos inteligentes são infinitas: carros sem motorista (Driverless Car) usando GPS, pagamentos por aproximação (NFC) usando smartphone ou smartwatch, objetos inteligentes como lâmpadas, geladeiras, fornos e até escova de dentes que monitora escovação e fornece feedback sobre a pressão, ângulo, e duração da escovação. As tecnologias ajudarão até os médicos a coletar informações de pacientes remotamente e serem avisados sempre que houver um problema.

A ‘Internet das Coisas’ vem para revolucionar o mundo em que vivemos, fazendo com que tudo que esteja conectado se comunique um com o outro, seguindo o conceito dos Data Centers e Nuvens. Digitalizando, simplificando e facilitando todas as demandas dos consumidores que estão por vir. São tantas as possibilidades de aplicação que é impossível prever qual é o limite. Aliás, o céu é o limite!

* Henry Manzano é CEO para a América Latina da Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios.

Tags, , ,

TCS é a maior empregadora de mulheres do mercado de TI

 

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, hoje é uma das empresas com maior poder feminino no setor de TI. A empresa atualmente conta com 318.625 colaboradores, sendo que mais de 100.000 são mulheres, a começar por Ritu Anand, subdiretora global de Recursos Humanos da companhia.

A valorização das mulheres na TCS é uma política de décadas, que inclui todo o suporte às mulheres, incluindo opções de flexibilidade laboral em períodos de gravidez, por exemplo. “Entendemos e valorizamos os períodos de descanso que as mulheres devem ter durante as fases de sua vida e damos oportunidades de carreira alinhadas com cada um desses momentos. A cada etapa vislumbramos oportunidades de crescimento”, explica Ritu.
Outra iniciativa inovadora é o centro de negócios para as mulheres na Arábia Saudita: o Business Process Services. Nesse caso, identificou-se que a maioria dos recém-formados do País é do sexo feminino. O centro é fruto de uma parceria da TCS com a General Electric (GE) e a Saudi Aramco e tem como objetivo aproveitar o talento delas e oferecer oportunidades globais, analisando a cultura feminina para reconhecer as necessidades e tornar a experiência profissional a melhor possível. “A TCS tem como objetivo ser pioneira em tudo que faz. Para nós, a construção de um negócio em um País é tão importante quanto fazer parte da comunidade e do próprio ecossistema”, acrescenta Ritu.
Da força de trabalho da TCS Brasil hoje 28% são mulheres. “Acreditamos que ainda há muito espaço para ser preenchido por mulheres, principalmente, nos cargos de liderança no Brasil e no mundo”, ressalta Henry Manzano, CEO para a América Latina da TCS. Continuaremos trabalhando com nossos parceiros para oferecer ainda mais oportunidades no mercado de TI para mulheres.
Dados da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que, em 2013, as mulheres ocupavam 50% do mercado de trabalho na América Latina. Já em 2014, a participação das mulheres no mercado de trabalho aumentou, mas ainda é 30% menor do que a dos homens, os dados são do Panorama Laboral da América Latina e do Caribe de 2013 e 2014.

Tags, , , , , , ,

TCS é reconhecida como líder em BPO no varejo

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em organizações de serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, anuncia que foi reconhecida no “Winner’s Circle” (Círculo dos Vencedores), junto aos maiores provedores mundiais de serviços de BPO (terceirização de processos de negócios) no varejo pela empresa analista HfS Research em seu “Blueprint Report on Retail BPO Services,” de autoria da analista Reetika Joshi.

O HfS Blueprint identifica os principais diferenciadores dos provedores de serviços, que foram inseridos no “Winner’s Circle” por sua comprovada excelência em termos de execução e inovação. Do ponto de vista da execução, esses provedores desenvolvem sólidas relações com os clientes e fornecem soluções em cenários reais, além de demonstrar flexibilidade no atendimento das necessidades dos clientes. A inovação representa a principal visão dos provedores, com planos para investir em novos recursos e capacidade de explorar direcionadores externos de modo a agregar maior valor aos clientes.

O relatório destaca o amplo escopo da TCS em gestão de conteúdo digital, administração de promoções e otimização dos mecanismos de pesquisa, além da capacidade da empresa em contribuir para o crescimento dos varejistas e integrar seus empreendimentos de e-commerce às operações convencionais de varejo. O relatório cita também a capacidade da TCS em tecnologia, e-commerce, conhecimentos especializados do varejo e formação de opinião em seu ramo de atividade ao prestar serviços à sua vasta clientela varejista.
“Estamos orgulhosos em sermos reconhecidos no ‘Círculo de Vencedores’ da HfS e por ajudar os varejistas de todo o mundo a atingir seus objetivos comerciais e estratégicos de crescimento, agilidade e eficácia”, afirma Abid Ali Neemuchwala, Global Head of Business Process Services da TCS. “Nossos investimentos estratégicos na produção de conhecimento especializado, ofertas analíticas de varejo, impulsionadores tecnológicos e plataformas atribuem valor para os clientes em proporções globais”.

O setor de varejo passa por uma transformação tectônica conforme o cenário competitivo muda. E-commerce, expectativas do consumidor, comportamento, dados demográficos e psicográficos modificam-se com extrema rapidez. “Os varejistas buscam parceiros capazes de ajudá-los a reagir com rapidez a essas mudanças, e também a crescer enquanto administram seus custos. O nosso conhecimento do setor, a metodologia de simplificação FORE™ comprovada, os geradores TRAPEZE™ de soluções e o eficaz mecanismo de entrega via Global Network Delivery Model (GNDM™), possibilita aos principais varejistas de todo o mundo suprirem essas necessidades”, explica Henry Manzano, CEO da TCS para América Latina.

Tags, , , , ,

Vendas em dispositivos móveis crescerão 35% até 2015 na AL

As transações de vendas do consumidor realizadas através de dispositivos móveis crescerão 35% até 2015 na América Latina, de acordo com um estudo encomendado pela Tata Consultancy Services (TCS) empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios.

O estudo El Nuevo Consumidor Digital Móvil (O Novo Consumidor Digital Móvel) destaca a importância de desenvolver uma estratégia corporativa para as interações realizadas pelos dispositivos móveis. Em uma tendência similar às das transações de vendas, os serviços ao cliente e as campanhas de marketing específicas para tablets e smartphones também experimentarão um crescimento substancial, aumentando em 38% e 40%, respectivamente, nos próximos 3 anos.

As empresas que reportaram o maior sucesso com os consumidores móveis digitais são aquelas que se adaptam mais rapidamente às novas plataformas, como os tablets. Globalmente, as empresas líderes tiveram em média 25% das suas aplicações móveis desenhadas especificamente para tablets. Por outro lado, as empresas com o menor sucesso somente tiveram 17%. A rápida adoção de múltiplos dispositivos móveis, tanto pelos consumidores quanto por empregados, no entanto, requer que as estratégias continuem evoluindo ainda mais.

As empresas precisam cada vez de mais aplicações desenhadas para serem implementadas tanto em telefones inteligentes quanto em tablets. As companhias líderes que fizeram parte deste estudo reconhecem que esta estratégia permite que ajustem as suas aplicações de forma mais eficiente através de grupos de usuários e tipos de dispositivos móveis. Na América Latina, durante 2012, 28% das empresas tiveram aplicações disponíveis tanto para smartphones quanto para tablets e segundo a pesquisa esse percentual será de 34% em 2015, ou seja, mais de um terço de todas as aplicações serão planejadas para serem utilizadas em ambos os tipos de dispositivos.

“As empresas orientadas ao consumidor precisam desenvolver estratégias móveis digitais fortes e bem executadas, para que possam capitalizar as enormes oportunidades de vendas, marketing e serviço que estão surgindo via dispositivos móveis”, comenta Ankur Prakash, Presidente e COO para a TCS América Latina. “Os smartphones estão se tornando os dispositivos computadorizados preferidos dos consumidores enquanto estão em movimento, e, por sua vez, os tablets estão tendo um maior papel para estes consumidores quando estão em suas casas. Como resultado, os dispositivos móveis estão tornando a experiência dos consumidores em interações contextuais de qualquer local e a qualquer hora, e estão se tornando o novo campo de batalha para atrair e manterem-se rentáveis”.

“No estudo El Nuevo Consumidor Digital Móvel (O Novo Consumidor Digital Móvel) descobrimos através de diferentes setores que muitas empresas já fazem os altos executivos estimarem as interações de vendas, marketing e serviço através de dispositivos móveis aumentem drasticamente durante os próximos anos. As empresas que falharem em prestar atenção a estas interações, via dispositivos móveis, arriscam ficar à margem dos seus concorrentes, e perderão valiosas oportunidades de vendas”.

As companhias também estão começando a entender a necessidade de diversificar a questão das aplicações para melhorar a forma do trabalho interno. Em 2012, as empresas latino-americanas tradicionais terão um maior número de aplicações desenvolvidas para os representantes de serviços ao cliente (26 aplicações), em comparação com as aplicações desenhadas para os vendedores (17), ultrapassando aquelas para os consumidores (13). Para 2015, a área de atendimento ao cliente continuará acelerando o seu passo (34), com aplicações para os vendedores (26), que mantêm a liderança sobre aquelas para os consumidores (20).

Tags,