Tag Skype

Evite riscos de segurança com o WhatsApp bloqueado

A justiça de Sergipe ordenou que as operadoras de telefonia celular bloqueiem o serviço de mensagens instantâneas WhatsApp por 72 horas a partir do dia de hoje. Com isso, muitos usuários acabam utilizando VPN desconhecidas e públicas, que podem causar danos irreversíveis.

As VPNs (Virtual Private Network) são amplamente usadas para estabelecer uma conexão segura entre computadores conectados na internet a redes corporativas ou governamentais. Quando se está navegando numa VPN todo o fluxo de informações passa a trafegar uma rede privada, e o provedor desse serviço passa a ter acesso a todos os dados.

É importante ressaltar que não são apenas as mensagens do WhatsApp que trafegam pela VPN, mas todo o conteúdo consumido e enviado durante a navegação de internet. E é por esse motivo que a Navita recomenda às empresas, caso elas utilizem o WhatsApp como meio de comunicação no trabalho, que os usuários sejam orientados a baixarem outros programas de comunicação populares e seguros, como Skype, Hangout ou Telegram.

Fonte: Navita

Tags, , , , ,

Universidade Microsoft apresenta soluções para o mercado publicitário

A Microsoft lança o programa ‘Universidade Microsoft’ para apresentar e familiarizar os profissionais das maiores agências de propaganda do País aos produtos e serviços da companhia. O objetivo da ação é que esses profissionais possam extrair o máximo de cada ferramenta Microsoft que eles têm à disposição em suas agências para o desenvolvimento de suas campanhas.

Cada empresa participante contará com alguns dias de aprendizado interativo. No primeiro momento, a Microsoft vai até a parceira para apresentar todas as suas soluções para diversas plataformas, como Xbox LIVE, Windows 8, Bing e Skype. Na sequência, a agência vem até a Microsoft para uma experiência inovadora no qual os participantes irão aplicar os conhecimentos adquiridos e terão um contato real com todos os produtos da companhia. Ao final do programa os vencedores de cada etapa ganharão uma viagem para Seattle para conhecer o campus da Microsoft.

“A Universidade Microsoft é uma excelente forma de aproximar as agências de publicidade, que cada vez mais utilizam os meios e canais digitais para elaborar suas campanhas, da Microsoft, que atualmente oferece uma ampla gama de opções interativas e experiências únicas alinhadas com as necessidades e interesses dos usuários de todas as nossas plataformas”, afirma Marcos Swarowsky, diretor da divisão de publicidade e online da Microsoft Brasil.

A agência DM9 atuou como parceira da Microsoft auxiliando a elaborar e participando do piloto da ‘Universidade Microsoft’. “O mundo está tão rápido hoje, que muitas vezes deixamos de perceber detalhes que podem mudar a nossa realidade. Pensando nisso, resolvemos desenvolver junto com a Microsoft uma universidade com o objetivo de capacitarmos os profissionais da DM9. A quatro mãos, desenvolvemos um conteúdo onde todos os produtos foram apresentados novamente a todo o time de mídia da DM9, mas de uma maneira diferente, com um treinamento interativo e uma prova prática, divertida e engajadora ao final. O vencedor viajou para a Adweek em Seattle, junto com os clientes da DM9. Participar da Universidade Microsoft foi uma experiência fantástica e muito enriquecedora para todos os envolvidos”, explica Adrian Ferguson, VP de Mídia da Agência DM9 DDB.

Nos próximos 12 meses, 15 agências devem participar da iniciativa.

Tags, , , , , , , , , ,

Entrevista de emprego sem sair de casa

Depois de lançar a entrevista de emprego via Hangout, em março, a Elancers, empresa especializada em sistemas de recrutamento e seleção, apresenta mais uma novidade para auxiliar as empresas nos processos seletivos. Agora, os recrutadores poderão entrar em contato e entrevistar os candidatos por meio do Skype, o que desobriga o interessado em uma vaga a se deslocar para participar de processos de seleção. Segundo Cezar Tegon, presidente da Elancers, a novidade vai facilitar a vida das áreas de RH na hora de encontrar o candidato ideal para uma vaga:

“Muitos profissionais de RH já fazem entrevistas por Skype. O diferencial de nossa ação é que integramos o Skype à plataforma de recrutamento e seleção que disponibilizamos para nossos clientes, o que permite entrevistar os candidatos, de forma online, com apenas um clique a partir da plataforma Elancers”, explica Tegon.

Segundo Tegon, o contato visual com o candidato desde o primeiro momento permite avaliar rapidamente a adequação daquele profissional à empresa que oferece a vaga. Além disso, a entrevista via Skype permite que as empresas avaliem bons candidatos que estão atualmente empregados e que não conseguiriam deixar o emprego no horário de trabalho. Essa possibilidade amplia a oferta de candidatos e, principalmente, daqueles bons candidatos que já estão empregados.

Como Funciona
As empresas que utilizam o sistema da Elancers podem escolher os melhores candidatos a uma determinada vaga utilizando filtros por palavras chaves. Dessa forma, mesmo recebendo milhares de currículos, o recrutador vai avaliar somente aqueles que se enquadram em determinado perfil pré-selecionado. Um dos requisitos pode ser, inclusive, o fato do candidato poder ser acessado via Skype, o que caracteriza um profissional que sabe usar as novas tecnologias:

“Se o profissional pré-selecionado informou seus dados de acesso ao Skype, o recrutador poderá acessá-lo por essa ferramenta com apenas um clique. Nessa hora o sistema abre o programa de teleconferência e o profissional de RH pode contatar a pessoa na hora ou adicioná-lo para contato futuro”, explica Tegon.

Com este novo recurso, as áreas de recrutamento e seleção das empresas conseguem realizar mais entrevistas, agilizando o processo de recrutamento e seleção. Já disponível para uso imediato para as mais de 10.000 empresas que utilizam a plataforma da Elancers, a entrevista via Skype também pode ser utilizada pelas empresas que usam a plataforma BOL Empregos.

Tags, , , , , , , ,

11 soluções gratuitas de gerenciamento de TI

Por Lawrence Garvin

Você é um profissional de TI que recebeu a tarefa de fazer mais com menos? Há muitos softwares de qualidade disponíveis no mercado que facilitam a vida dos profissionais de TI brasileiros em seu trabalho diário. Neste artigo, Lawrence Garvin, especializado da fornecedora de softwares de gerenciamento de TI SolarWinds, apresenta 11 ótimos exemplos de softwares grátis e poderosos que todos os profissionais de TI deveriam pensar em usar para ajudar a automatizar tarefas, economizar tempo e gerenciar as restrições orçamentárias.

DNSstuff – uma coleção online de mais de 30 ferramentas de gerenciamento de DNS para e-mail, rede, domínio e pesquisa de endereços IP. O livre acesso a essas ferramentas permite instantaneamente que os profissionais de TI diagnostiquem e resolvam problemas com DNS e serviços de e-mail, e façam análise forense em uma série de preocupações de domínio e e-mail, análise de caminho e autenticação e localização de domínio; além disso, ajuda a manter o controle das listas negras e com a conformidade e a conectividade da Web, do e-mail e do servidor de nome.

SolarWinds Alert Central – para a maioria das equipes de TI, o gerenciamento de alertas é um processo manual e tedioso que envolve planilhas, calendários compartilhados, pagers e telefones para gerenciar alertas. No fim, esses métodos contam com pessoas para encaminhar problemas na hora certa, o que dá lugar a erros humanos e consome um tempo desnecessário. Com o SolarWinds Alert Central, os profissionais de TI podem agora centralizar os alertas de TI de múltiplos sistemas em uma visualização única e consolidada, dar aos membros da equipe acesso a um calendário de agendamento, encaminhar os alertas automaticamente e permitir que a equipe de TI responda de seus próprios computadores ou dispositivos móveis com ou sem acesso ao VPN, tudo de graça.

OpenOffice (e derivados, como LibreOffice e IBM Lotus Symphony) – no reino dos produtos robustos cheios de recursos, é certo que este programa pertence a esta lista simplesmente por causa de sua incrível funcionalidade. Esses produtos podem interessar os profissionais de TI em locais em que ainda são usadas versões mais antigas do Office e não existe verba para atualizá-los ou para justificar as despesas de TI, porque são pouco utilizados. Além disso, para as organizações que precisam dispor de um pacote de ferramentas de escritório, mas podem querer avaliar o nível de uso que vão fazer, um pacote gratuito como o OpenOffice, o LibreOffice ou o Symphony pode fornecer o cenário de produtividade e avaliação antes de se determinar o investimento em uma cópia completa do Microsoft Office.

EverNote – não há dúvida de que este é o programa único mais falado do ano passado. Sua força vem da capacidade de capturar qualquer coisa em qualquer lugar e armazenar em um único local. Imagine o arquivo de um projeto no computador do trabalho, quando surge uma epifania no momento em que você senta para ver um episódio de CSI. Pegue o smartphone, acrescente uma nota de texto sobre a epifania e retorne para o sofá antes do final do intervalo comercial (bem, para os que não têm gravador de vídeo). No dia seguinte, a nota aparece no arquivo do seu projeto (porque você tinha colocado o arquivo no Evernote-for-PC).

Skype – diga o que quiser sobre a forma como a Microsoft está lidando com as migrações do WLM-Skype-Lync, o Skype foi a principal ferramenta de texto/voz/vídeo por bastante tempo. A partir deste mês, a Microsoft está integrando a funcionalidade do sistema de mensagens Windows Live no Skype. O Skype já está integrado no Facebook, e até o final do ano o Skype estará integrado com o Lync. O resultado dessa integração é que não será preciso instalar os clientes Lync em sistemas remotos, porque os usuários do Skype vão conseguir conversar diretamente com os usuários do Lync, com as credenciais corretas de autenticação do Lync.

VirtualBox – para preencher a lacuna entre o abandono do VirtualPC por parte da Microsoft e o abandono do VMWorkstation por parte da VMware, e a recente disponibilidade do Hyper-V no Windows8, o VirtualBox trouxe uma ferramenta de virtualização independente de plataforma para o ambiente de desktop. Foi o VMware Workstation e o VirtualPC que rapidamente ampliaram a capacidade dos profissionais de TI em todos os lugares de explorar novas tecnologias ao criar uma VM em suas máquinas pessoais e fazer uma instalação sem precisar seduzir um servidor inutilizado no meio do ferro-velho corporativo. Hoje o VirtualBox é o produto que está fornecendo essa experiência para os profissionais de TI.

Audacity – no mundo bombando do podcasting “faça você mesmo”, é inestimável ter uma boa ferramenta de edição de áudio. Mas, se você não está fazendo podcasts, basta conseguir fazer mix de suas músicas, editar podcasts para uso pessoal (botar o lixo fora, guardar o que é importante) ou talvez até mesmo se aventurar no campo da gravação de snippet de áudio. Quantas vezes um técnico de suporte técnico lê, de forma automática, por telefone, os mesmos passos para consertar algo no sistema de computador do usuário final? Pense na opção de só enviar um arquivo WAV para esse usuário final com exatamente as mesmas etapas que estão sendo lidas para eles, só que agora o usuário final pode pausar o áudio, reproduzir o áudio ad naseum (até resolver o problema) e esse técnico de Help Desk pode ajudar alguém que realmente precisa de ajuda personalizada.

WireShark – qualquer profissional de TI que se encontra na posição de precisar diagnosticar o problema em um serviço ou aplicativo baseado na rede vai achar muito útil conseguir ver o que está realmente passando por essa conexão de rede.

LastPass – o gerenciamento de senhas é um desafio até mesmo para o uso mais leve que se faz na Web, mas os profissionais de TI normalmente têm acesso a muito mais recursos, e muitas vezes a um nível administrativo que exige uma melhor proteção. Manter dezenas de senhas complexas pode ser uma pressão sobre o cérebro, ou às vezes evoluir para um padrão previsível que faz com que cada senha desse profissional de TI seja descoberta com força bruta como resultado da descoberta de uma senha. O LastPass é a principal geração de senha e uma ferramenta de armazenamento, e deve estar no arsenal de todos os profissionais de TI.

VLC Media Player – a mídia vem em todas as formas, tamanhos, formatos e quase sempre o momento em que você precisa ver esse vídeo, ou ouvir aquele áudio, “agora” é o momento em que ele foi gravado com um codec diferente, e seu player de mídia incorporado não sabe o que fazer com ele. Além disso, o VLC tem a capacidade de reproduzir vídeos em DVD (algo que está sendo removido dos players de mídia baseados em OS por causa dos custos de licenciamento), e a versão mais recente tem código experimental para reprodução de Blu-Ray (tomara que você tenha sorte de ter um reprodutor de Blu-Ray no seu notebook).

Microsoft Security Essentials – Rodo este programa em todos os meus ambientes de desktop pessoais desde seu lançamento. (Por que eu pagaria a Symantec ou a Trend Micro pela mesma coisa?). Embora não esteja disponível para organizações com mais de 10 desktops, todos os usuários domésticos ou pequenas empresas devem ter um, incluindo os profissionais de TI, e também todos os familiares que vão ligar para você com um problema de malware na volta das férias, porque esqueceram de renovar o AV/AM quando estavam na praia. O MSE é grátis – para sempre – e é automaticamente atualizado pelos mesmos recursos de Atualizações Automáticas que os consumidores usam para obter outros pacotes de segurança da Microsoft (não tem assinatura para expirar… nunca!)

* Lawrence Garvin é especializado e gerente de marketing de produtos técnicos na SolarWinds, um Microsoft Certified IT Professional (MCITP) e vencedor por oito vezes consecutivas do prêmio Microsoft MVP em reconhecimento por suas contribuições para o fórum Microsoft TechNet WSUS.

Tags, , , , , , , , , , , , ,