Tag Seekr

Hi Platform chega ao mercado para se tornar a maior plataforma de relacionamento com o consumidor

O maior congresso de relacionamento empresa-cliente do mundo será palco para a apresentação oficial da Hi Platform, principal plataforma de relacionamento e engajamento com o consumidor brasileiro, resultado da fusão entre a Direct Talk e a Seekr, realizada em março deste ano. O Conarec 2017 acontece nos dias 12 e 13 de setembro, no Hotel Transamérica, em São Paulo

A nova marca já nasce com mais de 700 clientes e expectativa de quadruplicar o faturamento nos próximos quatro anos, saltando dos atuais R$ 25 milhões para R$ 100 milhões. A partir de 2018, será iniciado o processo de expansão internacional, que inclui países da América Latina, Europa e América do Norte. Com isso, o objetivo é se tornar a principal plataforma de relacionamento com o cliente, reconhecida por promover as melhores soluções para marcas e seus consumidores.

“Com nome e selo únicos, nossa missão é trazer a transformação digital para a relação entre marcas e consumidores com uma plataforma completa de atendimento”, comenta Marcelo Pugliesi, CEO da nova companhia.

Com um amplo portfólio de produtos, a Hi Platform oferece soluções para todos os perfis e tamanhos de empresas, atendendo-as de ponta a ponta. Inclusive, uma das estratégias já em andamento é integrar serviços de parceiros, como CRMs e plataformas de e-commerce. “Trabalhamos para que nossas ferramentas sejam integráveis a qualquer mecanismo e traga benefícios e equilíbrio na relação consumidor e marca”, explica Ricardo Heidorn, Chief Sales Officer da Hi Platform.

Com o tema Somos Todos Millennials, o Conarec 2017 deve reunir mais de 5 mil congressistas com grande poder de decisão e mais de 190 palestrantes, entre líderes executivos de empresas globais e keynotes internacionais. No dia 13, na sala 4, das 11h50 às 12h20, Heidorn ministrará a palestra “Até que ponto as redes são realmente sociais? Formas de lidar com a intolerância e a impaciência em ambiente digitais.

A cada ano, o CONAREC reúne profissionais e lideranças das mais importantes empresas do Brasil para debater conceitos, ideias inovadoras e melhores práticas de relacionamento empresa-cliente. Essa combinação de conteúdo de alto nível, com a qualificação excelente dos participantes, é que o torna um dos mais cobiçados eventos corporativos do calendário brasileiro.

Conarec 2017
Data: 12 e 13 de setembro
Local: Hotel Transamérica
Endereço: Av. das Nações Unidas, 18591 – Vila Almeida

Tags, , , , , ,

Direct Talk eSeekr anunciam fusão e criam a maior plataforma de relacionamento com o consumidor do Brasil

Uma das principais startups do país e a plataforma líder em atendimento digital do Brasil se unem e criam a DT+Seekr, a maior companhia de relacionamento e engajamento com o consumidor. Com aporte do Fundo CVentures, a nova empresa tem planos de expandir a atuação para toda a América Latina e faturar cerca de R$ 100 milhões nos próximos cinco anos. Entre os países estão México, Colômbia, Chile e Peru, partindo para a Argentina numa segunda rodada.

Pioneira no setor de atendimento digital e presente no mercado brasileiro há 16 anos, a Direct Talk atende mais de 400 clientes, de médio e grande portes. Com seis anos de atuação e 300 clientes, a Seekr é reconhecida como uma das startups mais inovadoras do Brasil, atendendo as principais marcas do mercado nas mídias sociais. Juntas, as empresas passam a prover um portfólio completa de soluções para clientes de todos os portes, que poderão aprimorar seus canais digitais de relacionamento com o consumidor.

“Essa união é movida pela possibilidade de transformar a maneira como as marcas se relacionam com seus consumidores. As duas empresas acreditam e sempre trabalharam por essa mudança, agora juntas, o impacto será muito maior e o principal beneficiado será o cliente final. Além disso, vivemos um novo momento, o do consumidor 3.0, no qual a experiência com a marca vale muito mais do que apenas preço e produto”, afirma Marcelo Pugliesi, CEO da empresa.

Como parte da integração entre as empresas, a nova companhia assumirá neste primeiro momento a logomarca DT+Seekr. Em relação à integração das plataformas, Pugliesi esclarece que “será uma solução completa, com dados e ferramentas que poderão ser acessados e trabalhados por todos os gestores, otimizando na tomada de decisão para atender e se relacionar com esse novo consumidor”.

De acordo com Ricardo Heidorn, fundador da Seekr e CMO da DT+Seekr, a expertise e o DNA inovador das duas empresas vão acelerar lançamentos e trazer mais inovação para o mercado. “Nosso objetivo é oferecer para pequenas, médias e grandes empresas, escalando muito mais rapidamente, consolidando nossa liderança no setor”, afirma. “A união das empresas vem para reforçar as nossas qualidades e crescer, valorizando nossas histórias e buscando novas conquistas, sempre com o foco na relação do consumidor com as marcas”, complementa o CMO.

Para impulsionar a criação da empresa, o fundo Cventures, que já havia feito uma primeira rodada de aporte à Seekr, há dois anos, investe agora na DT+Seekr. “Buscamos soluções inovadoras direcionadas aos mercados em transformação. A possibilidade de seguirmos com uma estratégia de mercado ainda mais robusta é uma oportunidade muito interessante, por isso estamos contentes e motivados em participar da criação da maior empresa de relacionamento ao cliente do Brasil”, conclui Adonay Freitas, Diretor de Investimentos da Cventures.

Com 700 clientes e uma equipe composta por 130 funcionários, distribuídos nos escritórios de São Paulo e Blumenau (SC), a DT+Seekr conta com um portfólio de soluções que se complementam e atendem as necessidades das marcas que precisam conquistar, fidelizar e corresponder plenamente às expectativas do consumidor.

Tags, , , , , , , , ,

Relacionamento: os principais desafios e tendências para 2017 – Por Ricardo Heidorn

Se em 2016 o relacionamento mostrou-se cada vez mais importante para a realização de bons negócios, 2017 seguirá no mesmo tom. Afinal, relacionar-se é a base fundamental na construção do processo de fidelização de marca. Portanto, entre os desafios de 2017, aprimorar as estratégias de marketing de relacionamento do seu negócio seguirá sendo o principal ponto.

É por meio de um bom marketing de relacionamento que se faz possível a construção de um envolvimento e de uma lealdade em longo prazo com seu cliente, em vez de vendas rápidas e de curto prazo. Por meio de conversas e relações significativas, é possível criar clientes leais e promotores que contribuam com a divulgação e o crescimento do seu negócio.

2017: ano (ainda mais) focado no relacionamento com o cliente

A importância do investimento em plataformas de relacionamento com o consumidor é tão significativa como tendência que um estudo feito pela Gartner Group, empresa mundial do ramo, aponta que os investimentos nesse mercado alcançarão a marca de 36 bilhões de dólares. Isso significa que o mercado, que nos últimos anos veio se preparando de forma intensa para bem atender seus clientes por meio das melhoras no SAC 2.0 e 3.0, agora busca ir ainda além e relacionar-se de forma mais efetiva com seu público, buscando cada vez mais a fidelização.

De forma resumida, o investimento em plataformas se faz cada vez mais essencial. Mas, mais do que adquirir um CRM para o seu negócio, você precisa em 2017 investir em uma ferramenta que atenda as exigências do mercado. Seu CRM precisa se adaptar às necessidades da empresa e integrar-se com outros sistemas. Além disso, é fundamental que seu negócio esteja consciente das tendências de mercado para que não caia em modismos que não suprem demandas reais.

Se você já conta com uma plataforma, ou busca entender os motivos para esse tipo de investimento no próximo ano, confira as principais tendências do setor:

Aposte na geração Y

Os nascidos na geração Y, também conhecida como Millenials, atualmente com idade entre 16 e 36, ocupam a maioria da cadeia de mercado atualmente, configurando-se assim em potenciais formadores e tomadores de decisões em uma empresa. Essa é a geração da ruptura de um modelo de trabalho, passando de um formato mais físico e braçal para um momento em que tudo está conectado e pode ser gerenciado e discutido de forma online, sem prejuízo algum.

Por ser uma geração acostumada a executar múltiplas tarefas ao mesmo tempo – além de ser hiperconectada e valorizar ferramentas que possibilitem esse modelo de trabalho –, é esse o perfil de consumidor que vai dar valor para um SAC 3.0 de qualidade e ser fidelizado facilmente com um CRM alinhado a suas necessidades.

Por serem maioria, devem ser levados em conta na hora do planejamento de marketing de qualquer empresa. Lembre-se: estar afinado com os Millenials é ter perspectivas on-line e sistemas efetivos e hiperconectados.

Entenda o processo de Big Data

Um assunto recente, mas que adquiriu uma força meteórica é o consumo do Big Data. De forma simplificada, Big Data é o termo utilizado para descrever o imenso volume de dados – estruturados e não estruturados – que impactam os negócios no dia a dia. No entanto, quantidade não é mais importante do que a qualidade da informação que as empresas extraem dos dados que realmente importam. Levando isso em conta, pode-se afirmar que a análise do Big Data gera insights que levam a melhores decisões e direções estratégicas de negócio.

Apesar de a maioria das empresas ainda desconhecer as informações produzidas por elas próprias, a importância dessas informações vem sendo amplamente discutida no ambiente corporativo. Utilizar o Big Data em favor do CRM é uma tendência e ao mesmo tempo um desafio para 2017. Sua importância se justifica na ampliação do espectro de feedbacks que o big data pode trazer. Quanto mais informações, mais soluções eficientes para o cliente e relacionamento mais sólido.

Trabalhe de forma integrada

Um grande desafio do relacionamento para 2017 está em trabalhar cada vez mais integrado, visto que a hiperconectividade pede esse tipo de funcionalidade. Para conseguir informação em um formato mais centralizado, se faz fundamental contratar uma ferramenta de CRM: somente com uma plataforma será possível fazer essa integração sem trabalhar com vários sistemas e, consequentemente, obter o máximo de informações necessárias de forma automática e em tempo real.

Um sistema integrado não apenas facilita o processo, como também traz economia para os setores que façam uso desse tipo de plataforma.

O desafio dos Workflows

Apesar de muitas evoluções ao longo dos anos, um dos principais sonhos de consumo de um SAC de qualidade é a first call resolution que consiste, como o próprio nome diz, na resolução do problema já na primeira chamada. Para auxiliar nesse processo, espera-se de 2017 ferramentas de relacionamento que disponham de workflows que permeiem pelas diversas áreas da organização em questão a fim de serem poderosas o suficiente para atender às diversas situações de negócio. Em contraponto, espera-se essa efetividade de processo com uma funcionalidade que não exija o trabalho de um profissional técnico com conhecimentos específicos na área de programação (o que pode inviabilizar financeiramente o uso do CRM).

Invista em um relacionamento (ainda mais) social

Já era tendência nos últimos dois anos e ganha cada vez mais força e consolidação: a atuação forte nas redes sociais. O relacionamento das empresas em 2017 precisa dar condições para que se abram canais de comunicação nas diversas mídias sociais. Ignorar esses canais fará apenas com que haja menos controle sobre a percepção negativa do cliente. É importante entender ainda que quando o cliente se sente acolhido e tem sua indagação resolvida, ele tende a ser fidelizado e passa a advogar em favor da marca – revertendo algum problema de comunicação. Se sua empresa ainda não entrou nessa tendência, já está mais do que na hora.

Portanto, prepare-se – e a sua equipe – para construir relacionamentos cada vez mais sólidos com os clientes em 2017.

Ricardo Heidorn, CEO da Seekr, empresa brasileira de soluções em relacionamento digital.

Tags, , , ,

IBM abre Cloud Data Center em São Paulo

A IBM continua expandindo sua presença na nuvem e inaugura um segundo data center no Brasil. Situado em Jundiaí, São Paulo, o novo centro é o primeiro no país a oferecer acesso completo a uma gama de serviços para construção de soluções de cloud, ao mesmo tempo que clientes globais podem tirar proveito de velocidades de rede mais rápidas, melhorar o desempenho e atingir os usuários finais de uma forma mais ágil.

Neste ano, a IBM também lançará o suporte web completo e em português para os clientes SoftLayer. Desta forma, será ainda mais fácil para as empresas brasileiras utilizarem a plataforma para transformar suas operações na nuvem.A IBM continua expandindo sua presença na nuvem e inaugura um segundo data center no Brasil. Situado em Jundiaí, São Paulo, o novo centro é o primeiro no país a oferecer acesso completo a uma gama de serviços para construção de soluções de cloud, ao mesmo tempo que clientes globais podem tirar proveito de velocidades de rede mais rápidas, melhorar o desempenho e atingir os usuários finais de uma forma mais ágil.

Neste ano, a IBM também lançará o suporte web completo e em português para os clientes SoftLayer. Desta forma, será ainda mais fácil para as empresas brasileiras utilizarem a plataforma para transformar suas operações na nuvem.

“Estamos passando por um momento de grande mudança para as empresas, em que a ruptura dos modelos de negócios tradicionais é constante e exige uma adaptação quase instantânea. Ao longo de quase 100 anos no Brasil, a IBM se dedicou ao atendimento das necessidades das organizações e neste momento vemos Cloud Computing como o facilitador para estas empresas entrarem e sobreviverem neste novo contexto”, diz Tomaz Oliveira, vice-presidente de Cloud Computing da IBM Brasil. “A adoção da computação em nuvem cresce rapidamente e o nosso novo Data Center em São Paulo reforça ainda mais nosso compromisso com o sucesso dos nossos clientes e com a região, permitindo-nos fornecer ao País os melhores serviços de nuvem”, completa.

De acordo com o instituto de pesquisa Frost & Sullivan, o mercado de computação em nuvem no Brasil deve crescer mais de dois dígitos nos próximos dois anos devido ao crescente interesse das empresas pela tecnologia. Segundo o instituto, o segmento brasileiro de Cloud alcançou o valor de US$ 474,8 milhões em 2014 e deve atingir US$ 1,11 bilhão em 2017. Enquanto a redução de custo continua sendo a principal razão para a adoção da tecnologia, 45% dos executivos de TI brasileiros que responderam à pesquisa disseram que cloud dá suporte à inovação de seus negócios e outros 45% disseram que provê grande flexibilidade para suas empresas explorarem novas oportunidades de mercado.

Ao disponibilizar um centro de dados local aos clientes brasileiros, a IBM também aumenta a flexibilidade para armazenamento e processamento de dados no país. O novo data center se une aos outros dois data centers IBM Cloud na América Latina: o de Hortolândia, São Paulo, e o de Queretaro, no México, juntamente com uma extensa rede de centros de dados globais, provendo aos clientes mais opções de redundância e recuperação de dados, garantindo a continuidade dos negócios em caso de incidentes.

Com capacidade para 9 mil servidores e potência de 2.8 MW, o novo data center oferece toda a gama de serviços de infraestrutura IBM Cloud, como servidores físicos e virtuais, armazenamento, serviços de segurança e redes. O data center ainda segue a classificação padrão Tier III do Uptime Institute, que garante que não haja interrupções no caso de substituição e manutenção de equipamentos. A partir da nova localização, as conexões com serviços IBM Cloud na América Latina se reduzem a apenas décimos milissegundos.

Todo o comprometimento da IBM com o desenvolvimento de Cloud no mercado está sendo recompensado. Seekr, uma startup brasileira, lançada em 2010 e uma das maiores empresas de monitoramento de redes sociais no país, mudou para a SoftLayer recentemente. “É perceptível para nós, parceiros, o investimento e interesse da IBM em evoluir cada vez mais a SoftLayer. Mais do que performance e qualidade, dois grandes diferenciais da SoftLayer e IBM, outros benefícios foram o atendimento e auxílio na definição da melhor solução para as nossas necessidades, algo extremamente difícil de encontrar em outras soluções de Cloud Computing”, ressalta Mauricio Brentano, CTO Seekr.

O novo centro de dados também pode hospedar soluções baseadas em OpenStack, incluindo as da Blue Box, uma companhia recém adquirida pela IBM. Isso ajuda a ampliar o alcance de qualquer ambiente OpenStack, permitindo que os clientes se conectem à infraestrutura e serviços gerenciados que suportam arquiteturas eficazes, incluindo AIX em Power Systems. O resultado é maior flexibilidade e escolha para os clientes quando se trata de padrões abertos e implementações de nuvem híbrida.

A IBM opera mais de 40 data centers nas Américas, Ásia, Austrália e Europa para que os clientes possam obter recursos de Cloud exatamente onde e quando precisarem. Os usuários contam com visibilidade granular das localizações do data center – com indicação da cidade exata -, permitindo implementar cargas de trabalho críticas em áreas geográficas estratégicas a fim de minimizar a latência da rede, melhorar a performance dos aplicativos e cumprir as regulamentações locais.

A IBM mais que dobrou a capacidade geral de data centers da SoftLayer desde que investiu US$ 1.2 bilhão em 2014 para uma expansão maciça de data centers pelo mundo. Agora, esta rede globalmente integrada de centros de dados em nuvem, presente em todos os principais continentes, oferece às empresas a capacidade de escalar e construir os seus recursos de TI conforme suas necessidades, minimizando o risco. Quando usado com Bluemix, oferta de PaaS (plataforma como serviço) da IBM, os desenvolvedores podem facilmente criar e testar novas aplicações em ambientes de produção completos de qualquer lugar do mundo, enquanto também têm acesso a recursos internos como Watson para serviços de computação cognitiva, bem como a dezenas de serviços de terceiros.

Os clientes podem fazer seus pedidos de servidores e serviços no novo data center de São Paulo em: www.softlayer.com/info/sao-paulo-hosting ou entrando em contato com: http://www.ibm.com/planetwide/br/.

Mais informações sobre a Seekr: https://seekr.com.br/

Fonte: IBM Brasil

Tags, , , ,