Tag SBC

Informática fomenta vendas no varejo

O setor de informática protagonizou o crescimento das vendas do comércio em junho. O desempenho no trimestre foi positivo pela primeira vez desde o início de 2015 – ou meados de 2014 para três meses consecutivos de alta, segundo o IBGE. O crescimento nas vendas de informática e comunicação, segundo último levantamento do IBGE (de -11,2% no segundo trimestre de 2016 para 7,5% no segundo trimestre de 2017). Esse segmento teve expansão de 5,1% frente a junho de 2016, no terceiro resultado positivo seguido nesse tipo de comparação.

A influência da depreciação do dólar frente ao real, com reflexo nos preços de alguns componentes eletrônicos importados, em especial para microcomputadores e aparelhos eletrônicos, além da redução da variação de preços do principal produto (microcomputadores) contribuiu para este movimento, e de quebra reflete uma maior inclusão digital.

Para o presidente da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Lisandro Zambenedetti Granville, o desempenho positivo, mesmo diante de um cenário de crise, confirma que o brasileiro é um consumidor de tecnologias de ponta bastante ávido. “Produtos de informática são atualizados constantemente com novidades que chamam a atenção do consumidor, que tem interesse em possuir, sempre que possível, a última versão dos dispositivos de mercado” destaca.

Tags, , , ,

Sociedade Brasileira de Computação lista seis dicas para navegar com segurança nos dispositivos móveis

A utilização de um antivírus atualizado e cuidados com sites desconhecidos são algumas das prevenções básicas que as pessoas que navegam pela internet hoje, por meio de computadores pessoais (notebooks e desktops), sabem que são fundamentais para não terem seus computadores invadidos e seus dados roubados. Porém, segundo pesquisa divulgada recentemente pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 92% dos domicílios brasileiros já acessaram a internet por meio do telefone celular.

O diretor de educação da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), Avelino Zorzo, explica que a ampliação da capacidade de armazenamento interno dos dispositivos móveis e a melhoria dos processadores destes itens tem possibilitado às pessoas, por comodidade e praticidade, que concentrem as suas interações do dia a dia nos celulares e tablets.

“Atualmente, é impensável imaginar que um portal de notícias ou site de banco não possua um layout responsivo que permita aos internautas navegarem a partir de um smartphone. As empresas já perceberam que as pessoas preferem acessar a sua conta de banco e e-mail por estes dispositivos e têm investido cada vez mais em melhorias que facilitem esta navegação”, comenta Zorzo.

Contudo, segundo o especialista, o que muitos usuários ainda não perceberam é que o acesso por meio dos celulares e tablets funciona da mesma forma de um computador tradicional e, por isso, necessitam dos mesmos cuidados quando o tema é segurança.

“No caso dos smartphones, que armazenam grande quantidade de informação (como mensagens SMS, lista de contatos, fotos, vídeos, números de cartão de crédito e senhas) e possuem aplicativos desenvolvidos por terceiros (que podem conter comando para a execução de atividades maliciosas), a precaução com a proteção deve ser ainda maior”, comenta o diretor.

Para auxiliar os internautas, a SBC lista algumas dicas da Cartilha de Segurança Para Internet, elaborado pelo CERT.br, que podem ajudar as pessoas a navegarem com segurança.

Ao usar seu dispositivo móvel:

? Se disponível, instale um programa antimalware antes de instalar qualquer tipo de aplicação, principalmente aquelas desenvolvidas por terceiros;
? Mantenha o sistema operacional e as aplicações instaladas sempre com a versão mais recente e com todas as atualizações aplicadas;
? Fique atento às notícias veiculadas no site do fabricante, principalmente as relacionadas à segurança;
? Seja cuidadoso ao instalar aplicações desenvolvidas por terceiros, como complementos, extensões e plug-ins. Procure usar aplicações de fontes confiáveis;
? Seja cuidadoso ao usar aplicativos de redes sociais, principalmente os baseados em geolocalização, pois isto pode comprometer a sua privacidade.

Na compra de um novo celular ou tablet:

? Considere os mecanismos de segurança que são disponibilizadas pelos diferentes modelos e fabricantes e escolha aquele que considerar mais seguro;
? Caso opte por adquirir um modelo já usado, procure restaurar as configurações originais, ou “de fábrica”, antes de começar a usá-lo;
? Evite adquirir um dispositivo móvel que tenha sido ilegalmente desbloqueado (jailbreak) ou cujas permissões de acesso tenham sido alteradas. Esta prática, além de ser ilegal, pode violar os termos de garantia e comprometer a segurança e o funcionamento do aparelho.

Ao acessar redes de internet:

? Seja cuidadoso ao usar redes Wi-Fi públicas;
? Mantenha interfaces de comunicação, como bluetooth, infravermelho e Wi-Fi, desabilitadas e somente as habilite quando for necessário;
? Configure a conexão bluetooth para que seu dispositivo não seja identificado (ou “descoberto”) por outros dispositivos (em muitos aparelhos esta opção aparece como “Oculto” ou “Invisível”).

Proteja seu dispositivo móvel e os dados nele armazenados:

? Mantenha as informações sensíveis sempre em formato criptografado;
? Faça backups periódicos dos dados nele gravados;
? Mantenha controle físico sobre ele, principalmente em locais de risco (procure não deixá-lo sobre a mesa e cuidado com bolsos e bolsas quando estiver em ambientes públicos);
? Use conexão segura sempre que a comunicação envolver dados confidenciais;
? Não siga links recebidos por meio de mensagens eletrônicas;
? Cadastre uma senha de acesso que seja bem elaborada e, se possível, configure-o para aceitar senhas complexas (alfanuméricas);
? Configure-o para que seja localizado e bloqueado remotamente, por meio de serviços de geolocalização (isso pode ser bastante útil em casos de perda ou furto);
? Configure-o, quando possível, para que os dados sejam apagados após um determinado número de tentativas de desbloqueio sem sucesso (use esta opção com bastante cautela, principalmente se você tiver filhos e eles gostarem de “brincar” com o seu dispositivo).

Ao se desfazer do seu dispositivo móvel:

? Apague todas as informações nele contidas;
? Restaure a opções de fábrica.

O que fazer em caso de perda ou furto:

? Informe sua operadora e solicite o bloqueio do seu número (chip);
? Altere as senhas que possam estar nele armazenadas (por exemplo, as de acesso ao seu e-mail ou rede social);
? Bloqueie cartões de crédito cujo número esteja armazenado em seu dispositivo móvel;
? Se tiver configurado a localização remota, você pode ativá-la e, se achar necessário, apagar remotamente todos os dados nele armazenados.

Tags, ,

Sociedade Brasileira de Computação anuncia realização de “Censo da Área de Computação Nacional”

A realização de um censo da área de computação no Brasil foi uma das novidades anunciadas pela Sociedade Brasileira de Computação (SBC), durante a 37ª edição do Congresso da entidade, principal evento do segmento no País. Sob o mote “Computação para tudo e tod*s”, o encontro reuniu, em São Paulo, entre os dias 2 e 6 de julho, universitários, professores, pesquisadores e profissionais da área de informática para debater tendências e promover o diálogo e a troca de experiências.

O presidente da SBC, Lisandro Zambenedetti Granville, explica que o objetivo do censo é tornar as informações sobre os cursos de computação mais acessíveis às pessoas. “Atualmente, um estudante que decide ingressar em uma graduação ou pós-graduação (mestrado e doutorado) na área de informática enfrenta um enorme obstáculo para obter informações tanto de localização, quanto de qualidade, dos cursos”, comenta.

“Além de fornecer uma visão unificada aos estudantes, que saberão as regiões do País onde se concentram estes cursos e as suas respectivas avaliações do CAPES – no caso de pós-graduação -, este levantamento também será importante para a aplicação de políticas públicas, ao expor regiões que estão desassistidas e que podem ter um impacto econômico positivo com a implementação de cursos que supram esta demanda”, conclui Lisandro.

Outra novidade anunciada durante o congresso foi o lançamento do projeto “Plataforma de Conteúdos”, que disponibilizará online ao público todas as informações reunidas pela SBC, como artigos científicos e palestras ministradas durantes os eventos da entidade.

Neste ano, o Seminário Integrado de Software e Hardware (SEMISH), principal fórum científico do encontro, contou com a participação de um Hackathon, que desafiou os participantes a construírem uma solução no âmbito de internet das coisas e alinhada com o tema do encontro.

O congresso da SBC contou com mais de 23 eventos e atividades nos quais os participantes debateram assuntos como inclusão digital, computação cognitiva, computação móvel, internet das coisas, segurança da informação, entre outros.

O uso ético dos algoritmos por multinacionais da tecnologia e os seus impactos na sociedade; os reais benefícios da ‘Internet das Coisas’; as mudanças que o avanço da Inteligência artificial está provocando no mercado de trabalho; os problemas de privacidade causados pelo blockchain; a computação aplicada à gestão do meio ambiente e dos recursos naturais e formas de implementação do raciocínio estruturado (pensamento computacional) para solucionar problemas em todas as áreas de atuação foram algumas das questões debatidas no encontro.

Em 2018, o Congresso da Sociedade Brasileira de Computação será realizado na cidade de Natal, Rio Grande do Norte, e tratará de “Computação e Sustentabilidade”.

Tags, , ,

Presidente da Sociedade Brasileira de Computação alerta para a necessidade de capacitação

O Brasil tem 149.716 empresas ativas na área de Internet, que geram 400 mil empregos e cujo faturamento alcançou R$ 150 bilhões em 2015, de acordo com informações do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Mesmo com a instabilidade econômica e política que o País enfrenta, a indústria de TI terá um cenário com sinais de melhora a partir de 2017. A expectativa é de um crescimento de 1,6% nos investimentos alocados em recursos computacionais frente a 2016, segundo a Gartner, renomada empresa de consultoria, com sede em Stanford, Connecticut, Estados Unidos.

No entanto, mesmo com esse cenário promissor, existe uma carência de capacitação na área, já que a oferta de mão de obra qualificada não tem sido suficiente para as empresas, que procuram profissionais para ocupar posições estratégicas em um período de instabilidade econômica. Atualmente o setor emprega 1,3 milhão de pessoas, de acordo com a Associação Brasileira de Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom). A perspectiva é de que, nos próximos quatro anos, o Brasil irá precisar de 750 mil profissionais nessa área. Os números apresentados pela Associação Brasileira de Internet (Abranet) apontam que em 2022 serão três milhões de empregados trabalhando em TI, contra 1,5 milhão em 2015. Mas, existem 50 mil postos que estão esperando por um profissional qualificado.

“A computação é uma das áreas mais importantes para a economia brasileira e este é um setor que só tende a crescer nos próximos anos. A TI é uma área crucial para diversos outros segmentos como indústria, serviços, e agricultura. Além disso, o país que quiser estar na vanguarda deve continuar investindo na capacitação de pessoas para atender esta demanda crescente”, destaca o presidente da SBC (Sociedade Brasileira de Computação), Lisandro Zambenedetti Granville.

Tags, , , ,

Cuidados com o Coração no Verão

No início do ano sempre vem à tona a preocupação com a saúde e a vontade de mudar os hábitos. Realmente esse é um bom período para fazer um check-up e repensar alguns excessos cometidos. “Pessoas acima de 40 anos ou que tenham histórico familiar de doenças cardíacas precisam realizar uma avaliação clínica para verificar os níveis de colesterol e a pressão arterial, além de exames como eletrocardiograma, teste ergométrico e ecocardiograma para avaliar o seu ritmo cardíaco e a sua capacidade física”, salienta Dr. Marcelo Queiroga, presidente da SBHCI – Sociedade Brasileira de Hemodinâmica e Cardiologia Intervencionista.

Já para aqueles que têm mais de 30 anos o médico sugere um check-up a cada dois anos. “Também é importante no período do verão ter uma alimentação balanceada, rica em vegetais, verduras e carnes magras, deixando de lado frituras e alimentos ricos em gorduras e muito açúcar”, explica o médico.

Além desses cuidados com a alimentação é muito importante o consumo de água para diminuir o risco de desidratação e também a prática de exercícios físicos. “Com a proximidade do Carnaval e como janeiro e fevereiro são meses de férias e de muito calor, as pessoas abusam muito no consumo de bebida alcoólica. Minha orientação é o consumo consciente e também saber sempre alternar o drink com um copo de água para evitar a desidratação”, orienta Dr. Queiroga.

Dicas para manter a saúde do Coração
– Tomar uma vez por dia chá verde, que tem componentes que ajudam o metabolismo;
– O verão é uma boa época para o consumo de peixes que são ricos em proteínas e têm baixas calorias. Os mais indicados são o salmão, truta e bacalhau porque estão associados à redução da incidência de doenças cardiovasculares;
– Beber bastante água durante os treinos na academia. Se possível a cada 20 minutos de exercícios físicos;
– Para recuperar a energia após os exercícios físicos tomar vitaminas de frutas, água de coco e sucos naturais;
– Ter pelo menos 6 horas de descanso todas as noites.
– Praticar exercícios físicos pelo menos duas vezes por semana. As caminhadas podem ser antes ou após o expediente do trabalho.

Campanha Coração Alerta
A SBHCI e a SBC – Sociedade Brasileira de Cardiologia – uniram-se para promover a Campanha Coração Alerta. No site www.coracaoalerta.com.br , a população tem acesso às matérias e vídeos que, de maneira informativa, abordam temas relacionados à saúde do coração e os riscos de doenças cardíacas. Além disso, o conteúdo é divulgado por meio dos perfis nas redes sociais: Facebook www.facebook.com/CoracaoAlerta e Twitter www.twitter.com/CoracaoAlerta

Tags, , , , , , , , , ,