Tag Rodrigo Strey

AMcom desenvolve projeto de PLM para a Cia. Hering

Até pouco tempo, as empresas iniciavam o controle sistêmico de seus produtos somente quando eles estivessem acabados ou utilizavam controles que nem sempre permitiam medir umas das principais áreas de seu negócio, o ciclo de vida do produto. Neste aspecto, a transformação digital vem revolucionando a forma como o mercado de manufatura gerencia este processo, como é o caso da Cia. Hering.

A gestora das marcas Hering, Hering Kids, PUC e DZARM, precisava de inteligência nas diversas etapas de concepção de suas coleções de roupas e, para isso, contratou a AMcom, empresa especializada em desenvolvimento customizado e sustentação de sistemas, que atuou na automação de seus processos de desenvolvimento de coleções.

A desenvolvedora realizou a digitalização dos processos de desenvolvimento de produtos da Cia. Hering e forneceu soluções eficientes de automação que reduzem o desperdício e o tempo de produção, melhorando a qualidade dos itens fabricados, bem como corroboram para agregar transparência e valor ao negócio.

“A otimização de procedimentos e a redução de custos promovidos com o aumento da automação são iniciativas inevitáveis para redução do Time to Market que, sobretudo, conferem uma programação de produção mais lógica, evitando ter que agir de forma reativa e adotando procedimentos benéficos que favoreçam o alcance dos objetivos e metas da empresa”, explica Rodrigo Strey, diretor de serviços da AMcom.

Com a união de diversos sistemas, como por exemplo, de design e produção, tais como CAD, CAM e CAE, à manufatura digital (DM) e ao gerenciamento colaborativo propostos pelo projeto de PLM, cada etapa de fabricação dos produtos – da sua concepção e produção ao processo produtivo – fica documentada e disponível, no formato e contexto necessários, para os colaboradores responsáveis, que conseguem ter controle de todo o ciclo de vida do produto e do processo.

A ferramenta denominada simulador de custos, por exemplo, otimiza o cálculo de custos estimados para a produção de um produto. Se antes, a simulação era feita de forma manual utilizando dados disponíveis em excel e calculadora, hoje o próprio PLM, com base em bancos de dados, gera automaticamente os custos de confecção dos produtos. Com isso, as coleções podem ser alteradas, adaptadas, avaliadas e, consequentemente, melhoradas nas simulações realizadas.

O projeto de PLM também removeu as barreiras geográficas entre os fornecedores internacionais e a Cia. Hering, além de construir uma rede conectada, integrada e responsiva.

Os parceiros também se beneficiaram com a Ficha de Instrução Operacional. Direcionada para a melhoria do processo de fabricação externo, o formulário on-line traz informações e imagens sobre o padrão de desenvolvimento das peças, como os tipos de aviamento e de tecido, assim como a metragem, entre outros itens que são inseridos pelos profissionais responsáveis.

Para a AMcom, a jornada da transformação digital não é restrita apenas às mudanças internas das empresas, mas engloba uma cadeia de stakeholders, possibilitando integrar parceiros, clientes e fornecedores de forma colaborativa.

“A eficiência das soluções oferecidas pelo conceito de PLM propõe ações como simulações e gerenciamento on-line que permitem tomadas de decisão adequadas para a construção de melhores produtos, além de um ambiente mais produtivo e sustentável sob a ótica da indústria e mais aproximado das necessidades dos consumidores, permitindo interações e redução de retrabalhos”, finaliza Strey, acrescentando que a maturidade da Cia. Hering em aderir à eficiência das soluções oferecidas pelo conceito de PLM é a prova de que a nova economia dá passos rumo à transformação digital.

Tags, , , , , , ,

Catarinense AMcom conquista o CMMI – Dev nível 3

Empresa é a única de Santa Catarina com o selo CMMI-DEV nível 3 e passa a entregar aos clientes projetos certificados de ponta a ponta, incluindo as inovações adotadas pela companhia, como a metodologia ágil

Entregar projetos certificados de ponta a ponta aos clientes é o novo diferencial da AMcom, empresa de sistemas de informação sediada em Blumenau (SC), que investiu na renovação e expansão de uma das suas certificações internacionais, o CMMI (Capability Maturity Model Integration) para desenvolvimento, e teve os processos de toda sua fábrica de projetos avaliados de acordo com o modelo. A empresa conquistou o nível 3 de maturidade da certificação e é a única em Santa Catarina e uma das poucas em nível nacional que detém esse certificado.

“A certificação contempla toda a Fábrica de Projetos da AMcom e faz parte de um plano estratégico da empresa que visa executar uma série de ações destinadas ao crescimento. Para o cliente, essa conquista assegura a qualidade das entregas, prazos acordados e demais garantias de segurança nos projetos da AMcom”, comenta Rodrigo Strey, diretor de serviços.

Strey ainda explica que a obtenção de uma Certificação Internacional deste porte, além de validar o que já é prática comum nas ações de Gestão, Qualidade e Eficiência das entregas da AMcom, ainda atestou as práticas inovadoras que a AMcom implementou internamente, incluindo adoção de metodologias ágeis, bem como ferramentas e padrões de desenvolvimento de alta produtividade, sem perder o ganho de qualidade, gestão, visibilidade e garantia de entregas que o modelo do CMMI sugere com as suas práticas. “Unimos a certeza de atendermos a expectativa do mercado com entregas de qualidade e em alta velocidade, agregando valor ao negócio de nosso cliente rapidamente, o que resulta na valorização do investimento realizado”, finaliza o executivo.

Para a companhia catarinense, mais do que uma Certificação Internacional, este modelo é a chave para garantir os 18 meses que a AMcom dá a seus clientes sobre os projetos desenvolvidos, o que lhes proporciona segurança no processo de entrega, bem como a certeza de que as práticas identificadas no processo de avaliação realmente são aplicadas na prática, assegurando a AMcom como uma parceira madura e estável.

De acordo com Carlos Caram, diretor da ISD Brasil, a AMcom não apenas renovou sua certificação, originalmente obtida há três anos, como expandiu o escopo dos processos envolvidos. “Antes a certificação era voltada apenas para a Fábrica de Software, o que envolvia programação e testes. Agora o selo abrange todo o ciclo de desenvolvimento, demonstrando interesse e foco da empresa na melhoria contínua e na expansão dos conceitos de qualidade para toda a organização, benefício que se reflete nos projetos dedicados aos seus clientes ”.

Tags, , , , , , ,