Tag Renato Grinberg

5 lições de Game of Thrones sobre liderança

A série norte-americana conquistou milhares de fãs no mundo todo ao longo dos oito anos e 70 episódios. A temporada final de Game of Thrones estreou ontem, revelando mistérios de anos que envolvem os personagens principais.

Além dos personagens que conquistaram corações e as batalhas épicas, a série também traz alguns ensinamentos – muitas vezes escondidos – que podem ser aplicados na vida real. O especialista em gestão e liderança, Renato Grinberg apresenta 5 lições sobre empreendedorismo e liderança da GoT. Confira!

Não tenha medo de expressar as próprias ideias

Apesar de pequeno e às vezes não ser levado a sério por muitos, exatamente como um empreendedor que está começando se sente, Tyrion Lannister fala alto e com convicção. A eloquência, sabedoria e convicção do personagem faz com que a maioria dos outros que brigam pelo trono de ferro esqueçam do tamanho dele. A dica é ter ideias convictas e conteúdos relevantes, assim o “tamanho” se tornará irrelevante para aqueles que te escutam.

Nunca diga que está no comando. Esteja no comando

“Qualquer homem que precisa dizer que é rei, não é o verdadeiro rei”. Essa frase foi dita por Twyin Lannister no último episódio da terceira temporada da série e diz muito sobre o perfil de um líder nato. Um verdadeiro líder não precisa dizer para as pessoas que ele está no comando. Em Game of Thrones, os Lannisters agem como verdadeiros comandantes e portanto são respeitados como comandantes. Aja como um empreendedor de sucesso e um verdadeiro líder para a equipe e as pessoas poderão enxergá-lo desta maneira.

Não tenha medo dos obstáculos

“O caos não é um abismo, o caos é uma escada”. Dita por Petyr Baelish, conhecido como Littlefinger, no sexto episódio da terceira temporada, essa frase é uma ótima lição para quem está começando a empreender. Um empreendedor somente desenvolve a “musculatura” necessária, ou seja, se torna resiliente o suficiente para levar sua empresa para outros níveis, quando ele passa por tempos difíceis. Os obstáculos no meio do caminho ajudam a desenvolver a criatividade e capacidade de adaptação.

Sempre pague as dívidas

“Um Lannister sempre paga suas dívidas”. Essa frase é repetida inúmeras vezes na série e reflete a importância de se ter credibilidade. No mundo dos negócios a capacidade de uma empresa conseguir financiamentos ou empréstimos pode literalmente representar a vida ou morte dessa empresa. Se um empreendedor contrai um empréstimo e paga no tempo correto, deixa uma porta aberta para sempre receber capital, principalmente em momentos difíceis e, invariavelmente, esses momentos aparecem mais cedo ou mais tarde.

Não se acomode com as conquistas

“O inverno está chegando” é com certeza a frase mais icônica da série e reflete a importância de lembrar que é preciso se preparar para os desafios do futuro. O sucesso que eventualmente é atingido não será o suficiente para proteger de um “inverno” que chega. Novas tecnologias, novos modelos de negócios, novas crises econômicas e políticas podem destruir o que foi construído se o empreendedor e líder não estiver alerta e preparado para eventos como esses. A dica é seguir o conselho de Ned Stark e se preparar para o inverno.

Tags, , ,

E-mail corporativo: você sabe usá-lo?

Por Renato Grinberg

Que a tecnologia trouxe grandes benefícios para a vida dos profissionais, ninguém tem dúvida. O problema é que junto com ela vieram algumas dificuldades corporativas com o seu mal uso. Ao mesmo tempo em que a internet permite maior agilidade e circulação de informações, não saber como lidar com ela pode gerar falta de foco e produtividade para o profissional.

O e-mail corporativo é o maior dos exemplos e alvo das reclamações de pessoas que recebem muitas mensagens ao dia e afirmam que poucas delas são realmente úteis e aproveitadas. Não estamos falando somente de SPAMs e correntes que pessoas enviam para toda sua rede de contatos, até mesmo as mensagens relevantes para o trabalho podem gerar confusões e lotar as caixas de entrada sem necessidade.

A organização das mensagens eletrônicas é o primeiro passo para quem quer dominar essa ferramenta e não deixar que ela tome conta de você. As que não tem importância devem ser descartadas e as demais organizadas em pastas para melhor localização e livramento de espaço. Isso não significa que devemos ter milhares de pastas do lado esquerdo da tela, mas é necessário criá-las com os nomes certos. Repare, geralmente os e-mails que não encaixam em nenhuma delas não precisam ser guardados.

Outro motivo que causa insatisfação são mensagens longas e que demandam muitos minutos da atenção. Se você é uma das pessoas que gostam de escrever bastante, lembre-se de que, com o acúmulo de atividades que as pessoas tem hoje, junto com a correria do dia-a-dia, dificilmente terão vontade de ler até o fim. Seja sucinto e objetivo no corpo do e-mail e procure não passar de três ou quatro linhas. Se o assunto for realmente extenso, jamais ultrapasse o campo visual da “janela” do e-mail. Se o leitor tiver que “rolar” a tela do computador, a mensagem está realmente excessiva.

Tudo hoje é resolvido por e-mail. Agendamento de reuniões, ata desses encontros, envio de informações, comunicado interno, orçamentos, questões atemporais e até urgências. Mas você está enviando suas mensagens da maneira adequada e sabe quem está endereçando? Preste muita atenção se o endereço do e-mail é realmente o da pessoa para quem você deseja enviar. Na pressa, acontece muitas vezes de mandar a mensagem a alguém com o mesmo primeiro nome devido ao preenchimento automático. Depois de escrever, volte ao início e confirme todas as informações para evitar problemas.

E-mails são importantes sim e nos proporcionam maior comodidade, mas não deixe que eles prejudiquem sua comunicação. Alguma vez já presenciou alguém enviando uma mensagem para o colega de trabalho que está ao lado, mas em outro computador? Quantas vezes você mesmo já fez isso? Antes de enviar uma mensagem eletrônica, pense se realmente é a melhor opção, às vezes uma conversa por telefone irá resolver seu problema de maneira muito mais rápida e eficaz. No escritório, as conversas pessoais têm maior impacto e geram resultados melhores. Portanto, use o e-mail com moderação.

* Renato Grinberg é diretor Geral da Trabalhando.com.br e especialista em mercado de trabalho. Aos 35 anos, Grinberg tem em seu currículo passagem por várias multinacionais, como a diretoria Geral da Latin American Multichannel Advertising Council (LAMAC), além de uma carreira internacional tendo trabalhado em empresas como a Sony Pictures e Warner Bros. em Los Angeles. Renato é formado em Música e Filosofia pela FAAM, pós-graduado em administração de empresas pela UCLA e possui MBA pela University of Southern California, Marshall School of Business

Tags, , ,