Tag Prolancer

Talentos digitais: Nubelo anuncia aquisição de 31% do Prolancer

A plataforma espanhola de talentos digitais e contratação de serviços freelancers Nubelo, com unidades em Barcelona e em Buenos Aires, acaba de finalizar a aquisição de parte da Prolancer, maior plataforma de ofertas de vagas freelancers do Brasil. A Nubelo investiu R$ 2,5 milhões para adquirir 31% do capital, tornando-se o sócio investidor majoritário da empresa, da qual já possuía 20% de participação.

O restante do capital está dividido entre os fundadores da Prolancer: Sergio Méndez Baiges, Tony Cebrián, e Robzon Zumkeller. No ano passado, a Nubelo faturou R$ 2,2 milhões. Com a aquisição, a companhia calcula que deverá chegar a R$ 4,5 milhões ainda em 2015. A Prolancer, por sua vez, criada em 2011, alcançou montante de R$ 600 mil em 2014 e espera encerrar o ano com R$ 1,5 milhão de faturamento.

A compra da Prolancer é efetivada dois anos após a Nubelo adquirir o portal de trabalhos freelancers Egora, na Argentina. A empresa agora planeja abrir escritórios na Colômbia e no México ainda neste ano.

“De acordo com uma pesquisa realizada no início de 2015, o número de trabalhos registrados na plataforma cresceu 272,77% em comparação ao mesmo período de 2014. A aquisição permitirá que mais empresas brasileiras se cadastrem na plataforma e se conectem aos melhores talentos digitais. Esta nova forma de relação laboral permite às companhias economizarem até 40% nos custos fixos, além de enxugar processos e ampliar o número da oferta de profissionais disponíveis”, afirmou Sergio M. Baiges, CEO da Prolancer

“A compra da participação majoritária da Prolancer significa uma excelente oportunidade de desenvolvimento e crescimento para a Nubelo. O Brasil é um mercado desafiador e muito profissional. Esta aquisição nos permitirá adicionar ao negócio projetos no valor de U$S 3 milhões e ainda abrir uma estrutura local com mais de 115 mil talentos digitais, que se somam aos outros 307 mil ao redor do mundo, totalizando um banco com mais de 422 mil profissionais cadastrados”, explicou Francesc Font, CEO e fundador da Nubelo.

Tags, , , , ,

Desenvolvedores web e mobile são os mais procurados por empresas na hora de contratar um freelancer

A Prolancer, maior plataforma de ofertas de vagas freelancers do Brasil, realizou uma pesquisa neste mês com sua base cadastral de 100 mil talentos digitais e 7 mil empresas, em todo o País, para descobrir quais são as oportunidades freelancers mais ofertadas pelos empregadores e quanto eles pagam em média por cada um destes serviços. Segundo o relatório, os Desenvolvedores de Web e Mobile são os mais requisitados, com 45% das vagas disponíveis e remunerações que variam entre R$ 1.550,00 e R$ 3.000,00 por projeto.

Profissionais que desenvolvem aplicativos para celulares com sistema Android ou IOS têm ofertas com valores a partir de R$ 1.550,00, por exemplo. Desenvolvedores de lojas virtuais, por sua vez, encontram oportunidades com valor médio de R$ 2.500,00. Já os especialistas em produzir sites institucionais são os que mais lucram, com pagamentos acima de R$ 3.000,00. As vagas para SEO, SEM e Marketing aparecem em segundo lugar, com 24% das ofertas freelancers. Os preços, em sua maioria, variam levando-se em consideração o tempo e a dificuldade do que é solicitado.

De acordo com o levantamento, trabalhos de Desenho Multimídia ocupam o terceiro lugar, com 20% das vagas disponíveis. Os serviços vão desde design de logotipo à criação de layout para website. O valor pago pelas empresas para este tipo de profissional varia entre R$ 500,00 e R$ 1000,00 por projeto. Redação e Tradução surgem logo em seguida, com 14% das oportunidades para criação de conteúdo. O valor médio inicial pago para estes profissionais é de R$ 25,00.

“O mercado de talentos digitais está bastante aquecido, com vagas em diversos setores, além de oportunidades bastante vantajosas para aqueles que decidem seguir na carreira freelancer ou mesmo encontrar uma forma de obter uma renda extra. Para as empresas, o modelo de trabalho remoto ou trabalho 3.0, como gostamos de nos referir, é uma maneira de economizar e agilizar as demandas”, diz Sergio M. Baiges, CEO da Prolancer.

Regiões que mais contratam

Ainda segundo o levantamento, São Paulo é o estado com maior índice de contratação freelancer, com 48,64% das empresas. Em segundo lugar, aparece Rio de Janeiro com 11,43%, seguido pelo Paraná em terceiro, com 6,35%. A pesquisa ainda revelou que agências de publicidade e comunicação, agências especializadas na produção de softwares e pequenas e médias empresas são os segmentos que mais contratam profissionais freelancers.

Tags, , , ,