Tag profissões em alta

Michael Page aponta os cinco setores que mais contrataram no primeiro semestre

Vendas, TI, Marketing, Farma/ Saúde e Finanças intensificaram a busca por profissionais no período

Os primeiros sinais da retomada do emprego começam a aparecer. É o que revela levantamento realizado pela Michael Page, empresa líder mundial em recrutamento executivo de média e alta gerência, parte do PageGroup. De acordo com a consultoria, os setores de Vendas, TI, Marketing, Farma/ Saúde e Finanças intensificaram a busca por profissionais no primeiro semestre deste ano.

“Verificamos que alguns segmentos já começam a reagir. Mesmo com o cenário político conturbado, algumas empresas procuraram buscar profissionais de olho numa possível melhora da economia. Alguns indicadores já apontaram essa gradual recuperação econômica, refletindo diretamente nas estratégias das empresas. Com essa sensível melhora, as companhias acabam se preparando para uma eventual retomada do crescimento e esse ajuste passa pela contratação de profissionais que possam dar o suporte necessário”, explica Ricardo Basaglia, diretor executivo da Michael Page.

Confira abaixo os setores e posições mais demandadas no primeiro semestre:

Vendas

Cargo: Head of Sales – Gerente Comercial

Área de atuação: Tecnologia – Cybersecurity

O que faz: Desenvolve relacionamento com os principais canais de distribuição e integradores de soluções

Perfil da vaga: Experiência dentro do segmento de tecnologia, vendas indiretas (por meio de canais) e com sólido relacionamento com alto escalão

Salário: R$ 16 mil a R$ 22 mil

Percentual de aumento no semestre: 21%

Motivo para alta em 2017: Mercado em franca expansão devido a carência no Brasil desse tipo de segurança.

Cargo: Gerente Comercial / Gerente de Novos Negócios / Business Development Manager

Área de atuação: Industria Química

O que faz: Buscar novas frentes de negócio e novas aplicações, principalmente nos mercados que começam a reagir positivamente à crise ou não sofreram impacto como farmacêutico/cosméticos, agronegócios, embalagens e etc.

Perfil da vaga: Atuação consultiva, background técnico essencial e foco em desenvolvimento de mercado

Salário: R$ 12 mil a R$ 18 mil

Percentual de aumento no semestre: 20%

Motivo para alta em 2017: Retomada da indústria e investimento das empresas nas áreas de negócios/frente comercial.

Marketing

Cargo: Gerente de Marketing de Performance

Área de atuação: Tecnologia e Serviços em geral

O que faz: Responsável pela análise da viabilidade dos canais de comunicação da empresa, atuando com ferramentas de marketing digital.

Perfil da vaga: Experiência em SEM (e todas as variáveis digitais)

Salário: R$ 14 mil a R$ 18 mil

Percentual de aumento no semestre: 19%

Motivo para alta em 2017: Mercado de digital em crescimento com abandono do modelo tradicional de marketing.

TI

Cargo: Head de BI e Big Data

O que faz: gestão e análise de dados com o objetivo de garantir mais eficiência e rentabilidade, e também obter insights que contribuam com a expansão do negócios.

Perfil: É uma posição relativamente nova no mercado, os clientes priorizam candidatos com experiência em liderança de projetos de BI e BIG Data.

Salário: R$ 20 mil a R$ 30 mil

Percentual de aumento no semestre: posição nova

Motivo para alta em 2017: esses profissionais cuidam da gestão e análise de dados com o objetivo de garantir eficiência e rentabilidade. Cada vez mais serão imprescindíveis para a competitividade das empresas, e já são requisitados em tomadas de decisões, sobretudo para encontrar informações qualitativas, métricas, indicadores e as variáveis de risco ao negócio.

Cargo: Cientista de dados

O que faz: é dedicado a soluções complexas que envolvem garimpar, analisar e enxergar tendências em dados e tem a curiosidade de explorar quais são os problemas que precisam ser resolvidos.

Perfil: Formação em grande parte ligada à área de exatas: matemática, ciências da computação, análise de sistemas, estatística, física.

Salário: R$12 mil a R$ 15 mil

Percentual de aumento no semestre: posição nova

Motivo em alta 2017: As empresas estão desenvolvendo suas áreas de inteligência de mercado, CRM / DBM, análise de dados estruturados e não estruturados. Isso mostra a consolidação da área digital e tecnologia atuando diretamente no negócio das empresas.

Farma/ Saúde

Cargo: Gerente Comercial – Promoção a Saúde

Área de atuação: Saúde/ Serviços

O que faz: Realiza o relacionamento com empresas para promoção a saúde de seus funcionários, com foco em redução de sinistro e absenteísmo. Além de promover melhora significativa na qualidade de vida do colaborador. Consequentemente, impactando nos resultados operacionais da empresa.

Perfil da vaga: Conhecimento sobre projetos de promoção a saúde e gerenciamento de crônicos, importante ter experiência em análise de risco, formação técnica em saúde é solicitado.

Salário: R$ 12 mil a R$ 25 mil

Percentual de aumento no semestre: 20%

Motivo para alta em 2017: Mercado de saúde em fase de profissionalização, com a entrada de investimento no setor, fundos de investimentos se interessando cada vez mais pelo segmento, e abertura de capital para investimento ou venda possibilita estas mudanças. E a busca de qualidade de vida e redução de custos corporativos, são fatores importantes para esta tomada de decisão.

Cargo: Diretor/ Gerente Geral – Hospital /Clinicas

Área de atuação: Saúde

O que faz: Realiza a gestão geral da unidade de negócios (seja hospital ou clinicas), realizando desde a prospecção de novos clientes posicionamento no mercado até a gestão da operação (revisão de processos assistenciais, segurança do paciente, qualidade de atendimento, certificação e acreditação). Responsável pela parte estratégica do negócio (expansão, perfil de mercado, novos negócios).

Perfil da vaga: Conhecimento sobre o mercado de Serviços em Saúde em geral, especialização em Administração Hospitalar e formação técnica em saúde tem sido um dos grandes diferenciais. Apresentando um bom perfil analítico e de processos.

Salário: R$ 17 mil a R$ 28 mil

Percentual de aumento no semestre: 30%
Motivo para alta em 2017: Oxigenação pós crise e melhoria de qualidade, são os principais motivos. O aumento da profissionalização no setor e da redução de custos no mercado possibilitou aumento de concorrência. O cliente está mais exigente em relação a qualidade.

Cargo: Gerente de Acesso

Área de atuação: Indústria Farmacêutica e Dispositivos Médicos

O que faz: Desenvolve e implementa estratégias de acesso com aos gestores de saúde dos mercados público e privado, com o objetivo de minimizar as barreiras de acesso dos pacientes aos produtos da empresa. Inclusão e padronização de medicamentos nas esferas governamentais; processos licitatórios, pregões diretos e indiretos, pregões presenciais e eletrônicos; padronização e vendas dos produtos no mercado hospitalar e Incorporação de produtos estratégicos nas Operadoras de saúde.

Perfil da vaga: Conhecimento técnico sobre os produtos, domínio de políticas públicas e privadas. Ter um perfil com boa habilidade de relacionamento é fundamental para o perfil.

Salário: R$ 18 mil a R$ 28 mil

Percentual de aumento no semestre: 17%

Motivo para alta em 2017: Interesse das indústrias de penetração e estabelecimento no mercado (tanto o público como também o privado).

Cargo: MSL (Medical Science Liaison)

Área de atuação: Indústria Farmacêutica e Dispositivos Médicos

O que faz: Mapear e dar suporte aos médicos líderes de opinião. Promover o conhecimento científico e viabilizar o elo entre os Médicos e a Indústria trazendo melhorias. Desenvolver e ministrar treinamentos internos e externos além de apoiar a área Vendas.

Perfil da vaga: Profissional com formação na área da Saúde e um conhecimento cientifico muito alto. Habilidade de transitar no mercado corporativo e acadêmico.

Salário: R$ 12 mil a R$ 15,5 mil

Percentual de aumento no semestre: 25%

Motivo para alta em 2017: O profissional tem uma participação grande no desenvolvimento e introdução de novos produtos ao mercado.

Serviços Financeiros

Cargo: Gestor de Marketing Digital

Área de atuação: Serviços Financeiros

O que faz: Elabora, executa, acompanha e apura resultados de plano geral de marketing para plataformas digitais, como internet e mobile.

Perfil da vaga: Conhecimento sobre técnicas de marketing através de mecanismos de buscas, redes sociais, campanhas e branding através das plataformas digitais.

Salário: R$10 mil a R$ 15 mil

Percentual de aumento no semestre: 50%

Motivo para alta em 2017: Mercado de serviços financeiros está se “digitalizando”, o que justifica o crescimento das “Fintechs”. O consumidor está cada vez mais habituado com as ferramentas de tecnologia e com uma experiência de consumo mais inovadora.

Tags, , , , ,

Freelas: Conheça as profissões em alta para o fim do ano e prepare-se

O final do ano está chegando e um levantamento realizado pelo Freelancer.com, maior plataforma do mundo de freelancer e crowdsourcing do mercado em número de usuários e trabalhos publicados, aponta quais são os profissionais mais procurados durante esta época. Cargos como programador, designer e desenvolvedor de conteúdo são uma grande aposta para aqueles que buscam vagas freelancers para garantir uma renda extra nesse período.

Confira abaixo as categorias profissionais com o maior número de contratações para esta época do ano:

– Programador
– Design gráfico
– Tradutor
– Website Design
– MySQL
– Editor de vídeo
– Desenvolvedor de banners
– Photoshop
– Produtor de conteúdo

Segundo Sebastián Siseles, diretor internacional do Freelancer.com, a demanda por esses profissionais se deve à procura das empresas por peças de final de ano, como cartões – digitais e físicos -, brindes, entre outras coisas.

Confira algumas dicas para garantir os melhores projetos nesta ou em qualquer época do ano:

– Escolha a sua área de competência corretamente, um único nicho e que lhe agregue valor.

– Tente posicionar-se fortemente na sua área e não se expandir para todos os segmentos.

– Imponha seus próprios padrões pessoais de trabalho, esforçando-se para estar sempre à frente e superar seus concorrentes.

– Evite as ofertas que soem muito promissoras ou boas demais para serem verdade. Não tenha medo de dizer “não” para projetos questionáveis.

– Não se candidate para tudo. Seja seletivo. Como um profissional independente, sinta-se livre para escolher os seus clientes.

– Faça valer o seu trabalho: familiarize-se com preços ou custos correntes para evitar que você seja enganado ou induzido a trabalhar por baixo custo.

– Mantenha-se atualizado, fazendo cursos dentro da área de sua competência.

Tags, , , , , , ,

Seis profissões que estão superando a crise

Page Personnel lista posições com grandes chances de recolocação no mercado
Resultados de curto prazo, eficiência e dupla função ainda são a tônica de atuação dos executivos no mercado de trabalho brasileiro. A Page Personnel, uma das maiores empresas globais de recrutamento especializado de profissionais técnicos e de suporte à gestão, parte do PageGroup, acaba de realizar levantamento sobre os profissionais que ainda conseguem, em pouco tempo, uma oportunidade de trabalho no mercado. A consultoria identificou seis cargos onde a demanda segue em alta, apesar do momento econômico do País.

“O candidato a uma vaga precisa compreender o contexto macroeconômico que impacta os negócios da companhia e se colocar à disposição para ajudar neste momento de crise. Os profissionais híbridos, que conseguem desempenhar duas funções, com orientação aos resultados, de curto e médio prazo, ainda estão valorizados pelas empresas”, analisa Ricardo Haag, diretor da Page Personnel.

Confira abaixo as seis posições listadas pela Page Personnel por área, cargo, setor de atuação e motivos pela procura por esses cargos:

Marketing e Vendas

1 – Analista de Marketing Digital

Áreas de atuação: empresa de tecnologia, bens de consumo e varejo.

Percentual de aumento: 50%

O que faz: Responsável pela estratégia, controle e operação de todo o canal digital da companhia.

Motivo: A necessidade das empresas em acompanhar a evolução da comunicação digital, a mudança do perfil do consumidor, a importância da internet e a influência das mídias sociais na decisão de compra, faz com que as empresas passem e se preocupar cada vez mais com suas estratégias digitais.

Remuneração: R$ 3.500 a R$ 7.000

2 – Analista de Planejamento de Vendas

Áreas de atuação: empresas de bens de consumo, serviços e varejo

Percentual de aumento: 30%

O que faz: Responsável por analisar resultados e indicadores, além de auxiliar na estratégia das áreas de vendas.

Motivos para o aumento: Devido ao momento da economia e as dificuldades em manter o volume de vendas, as empresas têm buscado profissionais que possam auxiliar a área comercial com informações relacionadas a inteligência de mercado e do negócio, gerando ideias para novas oportunidades.

Remuneração: R$ 4.000 a R$ 7.800

Finanças

3 – Analista de Sales Finance (vendas financeiras)

Áreas de atuação: financeira em indústria, bens de consumo, comércio

Percentual de aumento: 15%

O que faz: Tem como principal responsabilidade o processo orçamentário, o acompanhamento dos resultados de áreas específicas do negócio – principalmente Vendas.

Motivos para o aumento: Não está fácil vender e as empresas precisam trabalhar “mais com menos”. Com isso, esse profissional tem a oportunidade de trazer uma visão de performance financeira para uma área tipicamente direcionada a resultados e impulsos humanos. Com isso, ele auxilia a área na tomada de decisões estratégicas incluindo preço, margem, volume, descontos, rentabilidade dos produtos e vendedores.

Remuneração: R$ 4.500 a R$ 7.000

Tributário

4 – Analista de Planejamento Tributário

Áreas de atuação: fiscal ou jurídica

Percentual de aumento: 10%

O que faz: Responsável por auxiliar a desenhar novas estratégias e políticas tributárias no funcionamento da empresa.

Motivos para o aumento: Segue como uma área de alta demanda devido à complexidade de nossa legislação tributária. Esse profissional era até alguns anos o responsável por apurar perdas e custos para empresa. Atualmente, é visto como alguém que pode determinar a rentabilidade de uma área ou da corporação. Sua atuação auxilia a determinar preço dos produtos e serviços, montante de imposto a ser pago ao governo, e até mesmo no processo de decisão de abertura de novas plantas para empresa

Remuneração: R$ 5.000 a R$ 8.000

Tecnologia

5 – Desenvolvedor fullstack (conhecimento em Python/Ruby/PHP/Javascript)

Áreas de atuação: consultorias, startup, e-commerce

O que faz: Desenvolvimento de sistemas no front e backend

Percentual de aumento: 30%

Motivos do aumento: A procura crescente por profissionais desse perfil no mercado, deve-se o interesse das empresas em ter cada vez mais profissionais mais completos e que consigam ter a visão do desenvolvimento da plataforma como um todo.

Remuneração: R$ 8.000 a R$ 12.000

6 – Analista de Processos

Áreas de atuação: consultorias, empresas de médio/grande porte

O que faz: Levanta processos de diversas atividades e áreas da empresa, com o objetivo de encontrar possibilidades de melhorias através da tecnologia (por redução de custo, aumento de eficiência, automatização, entre outros).

Percentual de aumento: 20%

Motivos para o aumento: A procura crescente por profissionais desse perfil no mercado explica-se pela intenção da empresa reduzir custos e a tecnologia pode auxilia-los nisso. Pode ser automatizando, parte de atendimento de call center, ou projetos de melhoria de sistemas que impacta diretamente a área que a utiliza, entre outros.

Remuneração: R$ 6.000 a R$ 8.000

Tags, , , , , , , , , ,