Tag Positivo Informática

Positivo Informática Tecnologia Educacional apresenta temas e parceiros do projeto Oficinas do Texto 2016

view.aspx

O projeto Oficinas do Texto, um dos maiores sucessos do Educacional e um dos exemplos mais bem sucedidos da aplicação da tecnologia na educação, já está no ar e, neste ano, com uma novidade: vídeos convites (https://youtu.be/Hbe6nYJcVAY, https://youtu.be/tk-Iq6loEdo https://youtu.be/JjBZ8e3sajI) gravados pelos autores parceiros do projeto e traduzidos por um intérprete da Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).

“Incluir a mensagem em LIBRAS nos vídeos convidando os alunos para participarem da Oficina foi a forma que encontramos de mobilizar também aqueles com deficiência auditiva para esse projeto que é um grande sucesso. Queremos que eles também participem dessa iniciativa e escrevam uma obra em coautoria com personalidades da literatura brasileira”, diz Patrícia Sprada Barbosa, ‎Coordenadora Pedagógica do Educacional, conjunto de tecnologias educacionais para a sala de aula desenvolvido pela Positivo Informática Tecnologia Educacional. Patrícia lembra, ainda, que o convite em vídeo e com a intérprete de LIBRAS acaba mostrando também uma outra forma de comunicação e despertando em todos os alunos o interesse e o conhecimento sobre a linguagem de sinais.

A Oficina do Texto existe desde 2000 e, este ano, os parceiros são o cartunista e consagrado autor da literatura infantojuvenil Ziraldo, o escritor Ilan Brenman, que entre outros sucessos escreveu “Até as princesas soltam pum”, e o ilustrador Daniel Cabral.

Além de livros, o projeto Oficinas do Texto 2016 também prevê a criação de um jornal. O jornal é apresentado com suas habituais seções – cultura, esportes, economia, humor etc., mas o aluno pode alterar tudo, inclusive os títulos de cada uma delas. “Além de criar o conteúdo, cada matéria do jornal pode ser ilustrada com imagens obtidas em um grande banco, dividido em diferentes categorias, criado para essa Oficina do Texto pela equipe do Educacional, informa Patricia.

O projeto Oficinas do Texto também possibilita que o aluno grave um áudio com a história que criou e que depois pode ser ouvido em tablets e smartphones por meio de um QR Code.

Conheça um pouco mais sobre as propostas de 2016:

Deixa eu contar um sonho: o tema desafia os alunos para escreverem sobre um sonho inventado, a partir de uma série de imagens criadas por Ziraldo. As histórias podem ser escritas em português, inglês ou espanhol.

A caverna encantada: o projeto vai mexer com a imaginação dos estudantes, que se aventuram em uma caverna encantada ao lado de Lúcio, um guia munido de um lampião a gás. O parceiro, neste caso, é o renomado escritor infantil Ilan Brenman.

O sonho de Pierre: no ano em que o Rio de Janeiro recebe as Olimpíadas, essa Oficina do Texto apresenta um personagem que foi o grande responsável pelo renascimento desse grande evento, o Barão Pierre de Coubertin. O cenário da história é a cidade de Paris no final do Século XIX, e apresenta o ainda jovem Pierre no momento em que vai conhecer a obra fantástica de outro grande sonhador, o escritor Júlio Verne, considerado o pai da ficção científica. Júlio, com sua obra visionária, irá inspirar Pierre a uma incrível viagem. O parceiro nesta Oficina é o ilustrador Daniel Cabral.

Uma viagem no Tempo: em formato de jornal, essa oficina pode transformar a sala de aula na redação de um jornal que relata uma viagem no tempo e no espaço. Os alunos escolhem um destino e narram os acontecimentos como se estivessem presentes nos mais variados locais e épocas. Cultura, esportes, economia e humor são apenas algumas das seções para as quais os estudantes poderão produzir textos criativos e ilustrá-los com imagens do grande acervo próprio dessa ferramenta, que podem ser referentes a temas atuais ou de épocas passadas, ou, ainda, pertencentes a um futuro distante.

Tags, ,

Positivo Informática expande suas operações para a África

A Positivo Informática, por meio de sua joint venture com o grupo argentino BGH, anuncia a expansão de suas operações para a África, cujo início foi marcado pela assinatura de contrato com o governo de Ruanda para produção e venda de computadores sob a marca Positivo BGH no mercado local. Inicialmente, o acordo prevê a contratação de um volume mínimo de 750 mil equipamentos, com cronograma de entrega distribuído ao longo de cinco anos. Pelo menos 50 mil laptops educacionais devem ser faturados até dezembro deste ano, com início das entregas previsto para o primeiro semestre de 2015.

A proposta da Positivo Informática e da BGH é levar à Ruanda o conceito do uso de tecnologia em sala de aula para alunos de Ensino Fundamental e Ensino Médio, em parceria com o Ministério da Educação. Os computadores e tablets que compõem o acordo virão com conteúdo educacional pré-embarcado. “Estamos confiantes na execução e no sucesso desse projeto em Ruanda pelo know-how que acumulamos ao desenvolver projetos educacionais no Brasil, na Argentina e no Uruguai”, diz Norberto Maraschin Filho, vice-presidente de Mobilidade e Negócios Internacionais.

Segundo o executivo, a estreia no continente africano também está alinhada ao objetivo da Positivo Informática de ampliar a diversificação de seus negócios por meio da internacionalização de sua operação. Continuam no foco o desenvolvimento de novos clientes, projetos e mercados de atuação, acompanhando o amadurecimento do negócio. “Temos um histórico sólido e bem-sucedido da joint venture com a BGH no Uruguai e na Argentina, mercados nos quais a marca Positivo BGH têm mantido uma posição proeminente nos grandes projetos educacionais e no mercado de varejo. Vamos trabalhar para repetir esse modelo de sucesso na África também”, completa Norberto.
Os equipamentos serão produzidos em uma fábrica própria, com área total de 7.500m² em Kigali, capital de Ruanda, inicialmente com capacidade produtiva nominal mensal de 60 mil PCs e tablets.

Internacionalização da companhia

O processo de internacionalização da Positivo Informática começou em 2010, por meio de uma joint venture com a BGH, importante player do segmento de consumo da Argentina. Na época, foram adquiridos 50% do capital social da Informática Fueguina S.A. (IFSA). Desde então, são fabricados e comercializados desktops, notebooks e tablets para os mercados argentino e uruguaio sob a marca Positivo BGH.

Tags, , , ,

Positivo Informática vence prêmio Tele.Síntese de Inovação

A Positivo Informática foi a vencedora do Prêmio Anuário Tele.Síntese de Inovação em Comunicações, na categoria “Desenvolvedores de apps e conteúdos”. A conquista deve-se ao Aprimora, plataforma de ensino adaptativo e individualizado desenvolvida pela Divisão de Tecnologia Educacional, que inova ao romper o modelo de ensino que parte do princípio de que todos os alunos aprendem da mesma maneira e no mesmo ritmo. Além de conteúdos e avaliações de Português e Matemática, a plataforma Aprimora identifica as habilidades e dificuldades de cada estudante e traça caminhos personalizados de aprendizagem.

A cerimônia de entrega do prêmio Tele.Síntese de Inovação aconteceu dia 03/11, em São Paulo, e contou com a presença do ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, entre outras autoridades.

O Aprimora foi um dos 145 projetos avaliados por um júri de especialistas formado por membros da Academia, do Governo, da Sociedade Civil e da Momento Editorial, que realiza o Prêmio. Ao escolher essa plataforma como a melhor da categoria, o júri considerou, entre outros critérios, sua diferenciação em relação às práticas tradicionais em seu segmento, melhoria real em torno do que já existe no mercado e seu impacto no seu ramo de atividade.

“Receber um prêmio é sempre motivo de muito orgulho, mas, sem dúvida, um prêmio de inovação em tecnologia – ainda mais quando oferecido por um júri altamente qualificado – é uma consagração ainda maior”, disse Elaine Guetter, Vice-Presidente da Divisão de Tecnologia Educacional da Positivo Informática. “Principalmente no ano em que a Positivo Informática completa 25 anos como a maior fabricante brasileira de computadores e nossa divisão de Tecnologia Educacional faz 20 anos, o prêmio Tele.Síntese é um reconhecimento à nossa experiência em educação e nosso conhecimento da realidade brasileira”, afirmou.

Tags, ,

Positivo Informática anuncia lucro líquido de R$ 30,9 milhões no quarto trimestre, aumento de 230,6%

Em 2013, a Positivo Informática completou o nono ano consecutivo de liderança no mercado brasileiro de computadores, com market share de 15,3%, crescimento de 1,7 p.p. na comparação com 2012, configurando a maior participação de mercado da companhia no país desde 2009, segundo a IDC. No 4T13, registrou participação de 16,1%, retomada que proporcionou crescimentos de 1,4 p.p. e de 2,7 p.p. em relação ao 4T12 e ao 3T13, nesta ordem. O mercado de varejo de PCs também apresentou recuperação de market share da companhia nos últimos meses do ano, alcançando a fatia de 20,5% no 4T13, crescimento de 3,7 p.p. na comparação com o trimestre anterior. Em 2013, a participação da companhia no varejo foi de 20,4%, praticamente estável em relação a 2012, de acordo com a IDC.

No mercado brasileiro de tablets, a Positivo Informática encerrou 2013 com participação de 5,7%, crescimento de 3,1 p.p. em relação ao ano anterior. Além da maior venda a clientes de governo, destacou-se o avanço da marca nas principais redes varejistas ao longo do segundo semestre, refletindo a aceitação favorável da nova linha de produtos Positivo.
Na Argentina, os computadores Positivo BGH registraram participação de 10,3% no 4T13. No ano, a marca registrou market share de 10,0%, crescimento de 1,5 p.p. em relação a 2012.

Volume, receita e lucro
As vendas do 4T13 totalizaram 802,8 mil computadores e tablets, crescimento de 19,1% em relação ao 4T12. O desempenho do período permitiu a realização da maior receita trimestral da história da companhia e a superação da marca de 3 milhões de unidades vendidas no ano, expansão de 27,6% em relação a 2012. Destacaram-se as vendas de tablets, que registraram crescimento de 96,6% no 4T13, com maior proporção de comercialização no varejo. No segmento de PCs, foram comercializadas 668,6 mil unidades no 4T13 e 2,6 milhões no ano. Entre os canais, a companhia registrou crescimento de vendas nos mercados de governo e corporativo, com avanços de 106,3% e de 114,9% em relação ao 4T12, respectivamente. As vendas de telefones celulares apresentaram crescimento de 87,3% no 4T13, totalizando 97,9 mil unidades, das quais 55,9 mil foram feature phones e 42,1 mil smartphones. No ano de 2013, foram vendidos 266,8 mil aparelhos, expansão de 410,2%, sendo representado por 191,3 mil feature phones e 75,5 mil smartphones.

As vendas no varejo registraram 485,0 mil PCs e tablets no 4T13. O volume foi representado por 425,1 mil PCs e 59,9 mil tablets. Em 2013, as vendas de PCs e tablets no varejo atingiram 1,8 milhão de unidades, volume estável em relação a 2012, sendo representado por 1,7 milhão de PCs e 136,6 mil tablets. As vendas de telefones celulares foram majoritariamente realizadas no varejo e totalizaram 97,9 mil unidades no 4T13, crescimento de 87,3%. Destacou-se o desempenho das vendas de smartphones, com volume de 42,1 mil peças. No ano de 2013, o volume de celulares totalizou 266,8 mil.

No mercado de governo, as vendas no 4T13 foram de 245,8 mil PCs e tablets, crescimento de 106,3%, sendo 172,5 mil no Brasil e 73,3 mil na Argentina. As vendas, compostas por 187,1 mil PCs e 58,7 mil tablets, se referem principalmente a projetos educacionais envolvendo laboratórios de informática, netbooks conversíveis e tablets, e maior volume de desktops para empresas e bancos públicos. Em 2013, as vendas para o segmento alcançaram 1,0 milhão de equipamentos, crescimento de 127,1%, representadas por 715,6 mil unidades no Brasil e 314,7 mil na Argentina. Para 2014, a companhia abre o ano de 2014 com uma carteira de entregas estimada em cerca de 50 mil tablets e mais de 600 mil PCs, dos quais 350 mil no Brasil e 250 mil na Argentina.

As vendas corporativas totalizaram 71,9 mil PCs e tablets no 4T13, crescimento de 114,9%. No período, a companhia acelerou suas vendas diretas para grandes empresas, com destaque para tablets para instituições privadas de ensino, e manteve performance destacada em sua plataforma de vendas indiretas. No ano, foram comercializados 234,9 mil equipamentos no corporativo, crescimento de 61,6% em relação a 2012.
A receita bruta registrou R$ 843,1 milhões no 4T13, novo recorde trimestral, representando crescimentos de 16,7% e de 38,0% em relação ao 4T12 e ao 3T13, respectivamente. Em 2013, a receita bruta atingiu R$ 2,8 bilhões, crescimento anual de 21,2%. Já a receita líquida foi de R$ 769,1 milhões no trimestre, crescimento de 17,9%, e de R$ 2,6 bilhões no ano, aumento de 22,1% na comparação com 2012.

O lucro bruto registrou R$ 176,9 milhões no 4T13, crescimentos de 8,8% e de 62,5% em relação ao 4T12 e ao 3T13, respectivamente, acompanhado de margem bruta de 23,0%. Em 2013, o lucro bruto totalizou R$ 549,1 milhões, aumento de 6,3%, com margem bruta de 21,4%. Foi apurado lucro líquido de R$ 30,9 milhões no 4T13, crescimento de 230,6% em relação ao 4T12, e de R$ 15,6 milhões em 2013.

O EBITDA tradicional totalizou R$ 42,2 milhões no 4T13, crescimento de 57,6% na comparação anual. A margem EBITDA atingiu 5,5% no período, melhora de 1,4 p.p. em relação ao 4T12. No ano, o EBITDA tradicional registrou R$ 104,0 milhões, aumento de 27,7%, com margem EBITDA de 4,1%. O EBITDA Ajustado, que considera 50% do resultado da operação da joint venture da companhia na Argentina, totalizou R$ 54,7 milhões no 4T13, crescimento de 62,7%. A margem EBITDA ajustada expandiu para 7,1%, crescimento 2,0 p.p.. Em 2013, o EBITDA Ajustado registrou R$ 139,3 milhões, crescimento de 40,4%, acompanhado de margem EBITDA Ajustada de 5,4%. A melhora do resultado operacional foi impulsionada pelos repasses de preços praticados pela companhia, pela melhora do perfil das vendas e pela contenção dos custos e despesas ao longo do ano.

Tags,

Positivo Informática registra vendas de mais de 3 milhões de PCs e tablets em 2013

A Positivo Informática anuncia hoje os dados preliminares e não auditados de volume e receitas referentes ao quarto trimestre (4T13) e ao exercício de 2013. As comparações referem-se ao quarto trimestre de 2012 (4T12) e ao ano de 2012.

As vendas do 4T13 totalizaram 802,8 mil computadores e tablets, crescimento de 19,1%. O desempenho do período possibilitou a realização da maior receita trimestral da história da companhia e a superação da marca de 3 milhões de PCs e tablets vendidos no ano, expansão de 27,6% em relação a 2012. Destacaram-se as vendas de tablets, que registraram crescimento de 96,6% no 4T13, com volume de 134,1 mil. No ano, foram vendidos 507,9 mil tablets. No segmento de PCs, foram comercializadas 668,6 mil unidades no 4T13 e 2,6 milhões no ano.

No mercado de varejo, as vendas registraram 485,0 mil equipamentos no 4T13, sendo 425,1 mil PCs e 59,9 mil tablets. Em 2013, as vendas no varejo atingiram 1,809 milhão de unidades, um volume estável em relação a 2012, somando 1,673 milhão de PCs e 136,6 mil tablets. A comercialização de celulares totalizou 97,9 mil unidades, crescimento de 87,3% no 4T13. No ano de 2013, foram vendidos 266,8 mil aparelhos, expansão de 410,2%, sendo representados por 191,3 mil feature phones e 75,5 mil smartphones.
O volume de vendas para governo no 4T13 foi de 245,8 mil equipamentos, crescimento de 106,3%, composto por 187,1 mil PCs, aumento de 112,1%, e 58,7 mil tablets, crescimento de 89,9%. Em 2013, as vendas alcançaram 1,030 milhão de equipamentos, crescimento de 127,1%. Para 2014, a companhia abre o ano com uma carteira de entregas de cerca de 50 mil tablets no Brasil e mais de 600 mil PCs, dos quais 350 mil no Brasil e 250 mil na Argentina.

As vendas corporativas totalizaram 71,9 mil PCs e tablets, crescimento de 114,9%. No período, a companhia acelerou suas vendas diretas para grandes empresas e manteve uma performance destacada em sua plataforma de vendas indiretas. No ano, as vendas no segmento registraram 234,9 mil equipamentos, crescimento de 61,6% em relação a 2012.
A receita bruta foi de R$ 843,1 milhões no 4T13, novo recorde trimestral, representando crescimento de 16,7% em relação ao 4T12. Em 2013, a receita bruta atingiu R$ 2,8 bilhões, crescimento anual de 21,2%. Acompanhando o comportamento da receita bruta, a receita líquida apresentou crescimento de 17,9% no 4T13, totalizando R$ 769,1 milhões. Em 2013, atingiu R$ 2,6 bilhões, aumento de 22,1%.

Tags, ,

Positivo Informática apresenta o Positivo Mini

A Positivo Informática lança, nesta semana, o Positivo Mini, tablet de 7,85 polegadas de alta resolução com tecnologia IPS, que possibilita um ângulo de visão superior, e processador Quad Core de 1,6GHz. O equipamento é voltado para usuários que buscam agilidade para navegar na internet, ler, ouvir músicas, ver vídeos e rodar jogos.

O Positivo Mini tem 9,4mm de espessura, pesa 430g e seu acabamento é branco na parte frontal e prata na traseira, com a assinatura “With Google”, que aprovou também os produtos da linha de tablets Positivo Ypy. O dispositivo conta com aplicativos e serviços Google, incluindo cerca de 1 milhão de apps disponíveis para download na Google Play. Há também diversos aplicativos embarcados para potencializar ainda mais a experiência de uso. Entre eles, estão revistas gratuitas por três meses, Facebook, Kingsoft Office, para a edição de arquivos de Word, Excel e Power Point, e jogos como Cute the Rope e Fruit Ninja, além de outros games da Gameloft.

O dispositivo vem com sistema operacional Android 4.2 Jelly Bean e teclado customizados para o português Brasil, que permite escrever somente deslizando o dedo entre as letras para formar palavras em vez de digitar letra a letra. O modelo também conta com armazenamento de 8GB, memória expansível até 32GB pela porta Micro SD, câmeras frontal e traseira, conectividade Wi-Fi e Bluetooth 4.0 e portas mini HDMI e micro USB.

O Positivo Mini está à venda nos principais varejistas do país pelo preço sugerido de R$ 699. O Mini se encaixa nas condições do Minha Casa Melhor e pode ser adquirido com o cartão do programa em até 48 meses. Mais informações estão disponíveis no site www.minhacasamelhorcompositivo.com.br.

Mercado de tablets no Brasil
Com o Positivo Mini, a companhia se fortalece no mercado de tablets ao oferecer equipamentos de 7, de 7,85 e de 10,1 polegadas. Segundo a IDC, o segmento contabilizará 7,2 milhões de unidades comercializadas neste ano no Brasil, contra 3,3 milhões em 2012. De cada 20 tablets vendidos no país hoje, 19 rodam Android. Em um ano, a participação do Android aumentou de 68% para 95%, segundo dados da consultoria do segundo trimestre.

Tags,

Positivo Informática conquista prêmio Consumidor Moderno

A Positivo Informática, maior fabricante de computadores do país, recebeu o prêmio Consumidor Moderno de Excelência em Serviços ao Cliente na categoria Informática, em evento realizado ontem, 28, em São Paulo. A premiação, que está em sua 14ª edição, é conduzida pelo Grupo Padrão e pela consultoria GFK e visa reconhecer as empresas que buscam a excelência no atendimento como diferencial competitivo na prestação de seus serviços.

De acordo com a organização do prêmio, foram seis meses de análise das estratégias e da avaliação técnica de canais de comunicação para que a Positivo Informática fosse escolhida como a melhor do segmento de Informática. “É com imensa satisfação que recebemos este prêmio, que vem consolidar nossa empresa entre as que prezam pela qualidade dos produtos e atendimento aos consumidores. Sempre digo à minha equipe para que se coloque no lugar do cliente e faça o melhor possível para atendê-lo. Desta forma, entendo que o que nos diferencia são, especialmente, a flexibilidade em encontrar soluções rápidas e eficazes para os nossos clientes e a preocupação em oferecer um atendimento personalizado”, declara Marielva Andrade Dias, vice-presidente de Operações.

Entre os pontos de destaque no atendimento ao consumidor, a executiva ressalta a ampliação da solução no primeiro contato do cliente, que registrou melhora de 20% de 2011 para 2012, e a realização de treinamentos técnicos e comportamentais para as lideranças e os times de atendimento, tanto presenciais quanto à distância, que superaram em 50% em 2012 e 2013, na comparação com 2011. “Acredito que o nosso foco em atender às aspirações do consumidor faz com que nos destaquemos em um cenário tão competitivo e mantenhamos a liderança do mercado nacional de computadores há mais de oito anos”, reforça Marielva.
A Positivo Informática é a maior fabricante brasileira de computadores, com presença destacada também na Argentina. Adicionalmente, a companhia está à frente do mercado nacional de Tecnologia Educacional e, recentemente, entrou no promissor mercado de games, distribuindo no Brasil os jogos mais vendidos do mundo.

Sobre a Positivo Informática:
A Positivo Informática (BM&FBOVESPA: POSI3), maior fabricante brasileira de computadores, é líder de mercado há oito anos consecutivos e tem destacada presença na Argentina. Emprega mais de 5,1 mil colaboradores em suas fábricas no Brasil, localizadas em Curitiba (PR), Manaus (AM) e Ilhéus (BA), e na Argentina, na Terra do Fogo. Integram seu portfólio de produtos desktops, notebooks, ultrabooks, tablets, smartphones e celulares. Também investe em serviços e conteúdos – prioritariamente em língua portuguesa – para agregar valor aos equipamentos da marca. Presença em cerca de 10 mil pontos de venda no Brasil e 2 mil na Argentina. Líder também na área de tecnologia educacional, com soluções em cerca de 8,9 mil escolas públicas, 2,2 mil escolas particulares, mais de 3 mil pontos de venda no varejo em todo o Brasil e exportação para mais de 40 países. Mais informações disponíveis em www.positivoinformatica.com.br.

Tags,

Positivo Informática amplia liderança em PCs

A Positivo Informática anuncia os dados de participação na venda de PCs no primeiro trimestre de 2013 (1T13), com ampliação de market share em todos os segmentos de atuação, segundo informações da consultoria IDC. Reforçando sua liderança absoluta no país há mais de oito anos, a companhia atingiu 15,1% de market share no mercado total, aumento de 3,1 pontos percentuais (p.p.) na comparação com o primeiro trimestre de 2012 (1T12). A liderança foi garantida tanto em notebooks como em desktops, com participações de 18,4% e 11,0%, respectivamente.

“Estamos especialmente satisfeitos por termos registrado ganhos de participação com forte expansão da receita em todos os segmentos nos quais atuamos durante o primeiro trimestre. Além da performance positiva em computadores, estamos trabalhando fortemente nos mercados de celulares e tablets para consolidarmos a nossa posição, assim como em outros segmentos nos quais estamos inseridos, como distribuição de jogos e publicidade, o que reforça as nossas expectativas de realização de um ano superior em resultados para a companhia”, destaca Hélio Bruck Rotenberg, presidente da Positivo Informática.

No mercado de varejo, a Positivo Informática manteve-se na liderança, com participação de 22,6%, crescimento de 2,7 p.p. na comparação com o 1T12. O maior ganho de market share neste segmento foi com a venda de notebooks, chegando a ocupar 21,3% do mercado, aumento de participação de 6,4 p.p. na mesma comparação, enquanto em desktops o market share registrado foi de 27,3%. No período, o desempenho no mercado de governo e educação garantiu à companhia o primeiro lugar, com market share de 49,0%, crescimento de 26,3 p.p. na comparação com o 1T12. No corporativo, apresentou participação de 3,6%, aumento de 1,1 p.p. em relação ao mesmo período de 2012.

Tags, ,

Cenetic anuncia parceria com Positivo Informática para compra de computadores

A Positivo Empresas passa a oferecer `as empresas associadas da Cenetic a possibilidade de comprar o Desktop Positivo Master com preços e condições de pagamento bem próximos a valores de revenda. Saiba mais no site da Cenetic.

Tags, , , ,