Tag PMI-SP

Six Sigma Brasil apoia o 14º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos e oferece palestra sobre o futuro das empresas e os desafios de gestão

Em um cenário de mudanças constantes e instabilidade, aquele que se planeja e se antecipa ao futuro passa a ter um grande diferencial. O momento da economia do Brasil desafia grandes empresas e instituições a pensarem nas tendências e estimularem a reflexão das pessoas que tomam decisões nas empresas e movimentam a economia.

Para fomentar que as empresas brasileiras tenham as informações que precisam para ajudar na recuperação da economia, eventos como o 14º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos voltados ao público de gerenciamento de projetos, trazem ricos e importantes conhecimentos. Alinhada a esse objetivo, a empresa Six Sigma Brasil agrega sua marca como apoiadora do evento.

Além disso, Clovis Bergamo Filho, presidente da Six Sigma Brasil leva à discussão durante o Seminário o tema “Empresas do futuro e os desafios da gestão”.
“Dentro da perspectiva INOVAÇÃO, pretendo abordar as tendências para a empresa do futuro e as novas características do mercado para que os profissionais tenham um entendimento do caminho a ser percorrido e como podem se preparar para ele. Minha palestra colaborará com uma visão direta de como o profissional deve elaborar o seu plano de carreira”, comenta Bergamo.

Buscando enfatizar a integração das metodologias existentes e praticadas no mercado como um meio para se atingir o resultado de negócios nas organizações, o profissional irá estimular que o público presente pense sobre seus diferenciais para a organização.

A ideia de Bergamo é compartilhar informações que subsidiam a estratégia das empresas e dos profissionais, colaborando com o objetivo do evento, de refletir as melhores práticas globais e apoiar o planejamento estratégico empresarial e profissional de cada um dos participantes.
“Entendo que os dois eventos, tanto o Congresso Internacional da Six Sigma Brasil como o Seminário do PMI-SP, são pontos de reflexão e busca de melhores práticas, gerando um grande diferencial para as empresas brasileiras”, comenta ele.

Eventos como o Seminário do PMI e o Congresso Six Sigma são muito importantes para este cenário adverso que o país está atravessando. “Os profissionais devem estar atentos para otimizar a produtividade nas organizações, pois todos sabemos que novos contratos vão ser mais difíceis neste período. O executivo deve sair a campo para utilizar todo o seu conhecimento para garantir a lucratividade de sua organização com ações que gerem redução de custo e melhoria na performance”, finaliza Bergamo.

Para saber mais sobre as palestras e ações de discussão que serão apresentadas no evento, acesse o portal do Seminário: http://sigp.org.br/seminario-2015/

Serviço:

14º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos
Local: Centro Fecomercio de Eventos
Rua Dr. Plinio Barreto, 285
Bela Vista – São Paulo – SP
Dias 09, 10 e 11 de novembro de 2015
Inscrições pelo site:
http://sigp.org.br/inscricoes/

Tags, , ,

Quem atua em projetos sabe como realizar o Gerenciamento de Stakeholders de maneira correta?

Devido à sua relevância para a Gestão de Projetos, o tema de Gerenciamento de Stakeholders foi recentemente incluso no PMBOK, porém, o aprofundamento e reflexão sobre as formas de relacionamento com os diversos stakeholders envolvidos é uma necessidade para os profissionais e empresas que atuam com projetos.
Pensando nisso, o 14º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos, que acontece nos dias 09, 10 e 11 de novembro de 2015, pretende abordar o tema na palestra ministrada por Luciano Salamacha, Doutor, PhD e Fundador do canal de vídeos corporativos Bosstech.

“Apresentarei uma metodologia inovadora e inédita em um evento de Gerenciamento de Projetos, com forte ênfase na aplicação prática e no desenvolvimento da carreira dos gerentes de projetos: a matriz Stakehand® e o método Ultravision®, que foram concebidos para auxiliar os gerentes de projetos a melhorar seu desempenho na gestão das partes envolvidas no projeto”, comenta Salamacha.

Segundo ele, a Matriz Stakehand® é uma poderosa metodologia para o alinhamento das expectativas pessoais tanto dos stakeholders quanto do próprio gerente de projetos. “Utilizando conceitos de neurociência voltada à gestão de pessoas e estratégia empresarial, a palestra vai apontar os caminhos que um gerente de projetos deve seguir pela aplicação do método. Sabe-se que grande parte do sucesso de um projeto está na capacidade que o gerente de projetos tem de se relacionar com os stakeholders. A matriz Stakehand® e o método Ultravision® surgiram justamente para preencher essa lacuna existente atualmente na qualificação dos profissionais envolvidos na gestão de projetos em suas diversas fases da carreira. Compreender o comportamento humano à luz da neurociência torna essa metodologia única e revolucionária, pois altera significativamente como as pessoas devem compreender a participação (ou não) dos stakeholders em um projeto”, conta.

Honrado em ter a oportunidade de participar do 14º Seminário, Salamacha conta que a participação no evento permite a ele disseminar ainda mais os métodos que desenvolveu para auxiliar os profissionais da área de Gerenciamento de Projetos. “Estar conectado com esse público e poder mostrar tudo que essas metodologias podem fazer por eles por si só já é um retorno incalculável, por isso, venham com a mente aberta e disposta a assimilar novas formas de desempenhar em seu dia a dia. Não só a minha, mas todas as palestras poderão colocar em questionamento vários padrões comportamentais já cristalizados na mente do participante. Logo, quanto mais disposto a aprender e aberto para novas ideias, mais proveitoso será o evento”, finaliza.

Serviço:

14º Seminário Internacional de Gerenciamento de Projetos

Local: Centro Fecomercio de Eventos
Rua Dr. Plinio Barreto, 285
Bela Vista – São Paulo – SP
Dias 09, 10 e 11 de novembro de 2015

Inscrições pelo site: http://sigp.org.br/seminario-2015/

Tags, ,