Tag planta industrial

Lenovo leva fabricação da linha de servidores System X e ThinkServer para planta em Itu

A Lenovo, maior fabricante de PCs do mundo e terceira maior fornecedora mundial de servidores x86, iniciou a produção local da linha de servidores System X e ThinkServer em seu complexo fabril na cidade de Itu, no interior paulista. A novidade faz parte da estratégia da companhia em aumentar sua capilaridade no território brasileiro e atender com mais flexibilidade o mercado corporativo.
A fábrica atualmente produz 13 modelos das duas famílias de servidores da Lenovo e passou por algumas adaptações para incorporar a montagem da linha System X, marca adquirida da IBM em outubro do ano passado.

“A produção local da linha completa de servidores nos ajuda a alavancar a nossa competitividade no mercado brasileiro, além de complementar o nosso portfólio de soluções corporativas, que já é produzido no complexo. Vamos produzir 97% do volume de servidores que pretendemos vender no mercado brasileiro. Com essa implementação, ganhamos a capacidade de atender nossos clientes de médio e grande porte com maior agilidade e flexibilidade”, diz Joarez Bertholdo, diretor executivo de vendas corporativas da Lenovo.

A planta industrial da Lenovo em Itu é um dos complexos fabris mais avançados da companhia no mundo e atualmente produz, além dos servidores, computadores, workstations, storages e tablets. O local conta também com um centro de reparos e distribuição que atua no atendimento pós-venda das marcas Lenovo e CCE no Brasil.

“Os recursos de produção que temos em Itu, juntos às parcerias estratégicas com fornecedores, formam um plano de negócios muito eficiente para a cadeia logística, trazendo alta receptividade de mercado e acelerando a inovação de produtos”, finaliza Bertholdo.

Aquisição Servidores X86, da IBM

Em outubro do ano passado, a Lenovo anunciou a conclusão da aquisição do segmento System X, da IBM, que inclui os servidores blade e switches System x, BladeCenter e Flex System, os sistemas integrados Flex baseados no x86, os servidores NeXtScale e iDataPlex e o software associado, além das operações de redes e manutenção de blades.
Com a aquisição do x86, a Lenovo ampliou sua capacidade nas áreas de hardware e dispositivos, alcançando a 3ª posição no mercado global de servidores.

Tags, , , ,