Tag PayU

Multiculturalismo: a engrenagem das empresas globais

Por Alessandra Albino, coordenadora de Recursos Humanos da PayU

Pode parecer pouco funcional criar um time de trabalho com integrantes de diversos países. Os desafios são facilmente reconhecidos: distância, fuso horário, idiomas, costumes e valores diferentes ou até mesmo divergentes. Meu conselho: vire a chave! Descontrua esse paradigma, que tem forma de fronteira, e veja como sua empresa pode se transformar. Como podemos falar em inovação quando ainda temos receio da mudança?

A palavra inovar, aliás, surgiu da ideia de romper padrões e a tecnologia vem ajudando nesse processo, principalmente quando existem pessoas de diferentes países na mesma organização. Um dia é possível que você esteja na África em uma conferência com um europeu. No outro, você, sul-americano, está falando em inglês com um asiático. Essas interações de equipes multiculturais têm o potencial de serem mais criativas devido à variedade de informações, ideias e perspectivas que seus integrantes podem apresentar, contribuindo muito para os negócios.

Porém, manter essa interação entre funcionários alocados em outros países e, muitas vezes, com horários de trabalho completamente diferentes, não é tão simples. As relações multiculturais precisam ser assistidas e cuidadas por profissionais preparados. Hoje, com inúmeras tecnologias disponíveis, é possível conectar pessoas a quilômetros de distância e proporcionar aos colaboradores interações simultâneas, como treinamentos internos por conferência, cursos online, reuniões e até armazenamento e compartilhamento de dados e documentos em comum.

É claro que, para isso acontecer, é necessário que as empresas tenham as ferramentas necessárias, como computadores e rede de internet de alta qualidade e meios de comunicação eficazes e únicos, tanto para conversas entre um grupo, como para comunicados globais, que devem ser feitos ao mesmo tempo para todas as filiais. Além disso, a corporação precisa ter um institucional bem definido, deixando muito claro para seus empregados sua missão, visão e valores. Assim, evitam-se conflitos, pois os colaboradores contratados identificam-se com a cultura organizacional e agem, internamente, de acordo com ela, o que chamamos de Seet Cultural.

Interagir com diferentes culturas pode ser um aprendizado diário e muito rico, por exigir empatia, respeito às diferenças e resiliência. Mas não só isso, essa proximidade também demanda alguns requisitos intelectuais que devem ser incentivados e viabilizados pela empresa, como falar inglês ou outro idioma em comum, entender a cultura para evitar erros e direcionar as ações de trabalho de forma estratégica, como num acordo comercial internacional. Esta relação beneficia os profissionais, que ficam mais preparados para adversidades na vida pessoal e também para o mercado de trabalho.

Pode parecer complexo, mas equipes multiculturais são capazes de capitalizar os benefícios da diversidade, provando, por si só, a sua importância dentro do contexto organizacional. Ainda, acredito que essa é a maneira mais genuína de inovar, pois pontos de vista diversos trazem possibilidades inusitadas. Uma organização é reflexo do que são os seus colaboradores e se você deseja ser uma empresa global, não se limite às fronteiras territoriais para buscar e desenvolver seus parceiros de trabalho e aproprie-se da tecnologia para virar a chave e transformar a sua empresa.

Tags, ,

Payu inicia atuação no varejo físico brasileiro em parceria com global Payments

A PayU, empresa global de pagamentos online, acaba de anunciar o início de sua operação no varejo físico brasileiro, após fechar parceria com a Global Payments Brasil, líder mundial em tecnologia de pagamento eletrônico. O acordo firmado amplia os serviços da PayU para além do universo online, facilitando o recebimento de pagamentos em lojas off-line. A partir de agora, os clientes da empresa poderão utilizar máquinas de cartões, também conhecidas como POS.

“Estamos expandindo o nosso portfólio de soluções para oferecer aos nossos prospects e parceiros mais opções de serviços e vantagens competitivas que vão além do online. Muitos de nossos clientes também possuem operação off-line e esta parceria nos permitirá suprir essa necessidade do varejo físico com agilidade e segurança”, afirma Marcos Marins, CEO da PayU no Brasil.

“Importante ressaltar que esta é uma iniciativa que nos enche de orgulho, já que a parceria entre a PayU com a Global Payments é a primeira deste tipo no mercado de pagamentos brasileiro, o que é uma demonstração clara de pioneirismo e inovação das duas empresas”, acrescenta Marcos Marins.

De origem americana, a Global Payments vem trabalhando para se consolidar no mercado nacional. A atuação da empresa no País abrange tanto o varejo tradicional quanto o comércio eletrônico. Segundo a presidente da Global Payments Brasil, Marcia Mello, a união com a PayU é estratégica. “Tratam-se de duas empresas com experiências globais. Vimos nesta parceria uma oportunidade de ampliar a distribuição de nossos produtos devido à representatividade da PayU na região”, comenta.

A solução de pagamentos online da PayU conta com mais de 7 milhões de compradores ativos e 40 mil lojas virtuais credenciadas no Brasil, possibilitando que o usuário compre com mais conforto e rapidez e oferecendo diferentes formas de pagamento, que incluem as principais bandeiras de cartões de crédito do mercado. A PayU também disponibiliza o sistema antifraude Fcontrol integrado à sua plataforma gratuitamente.

Tags, , , , ,

Conheça as 8 ferramentas mais populares para cobrar por suas vendas online de forma segura

Por José Abuchaem Diretor de Marketing da Nuvem Shop

O comércio eletrônico revolucionou o mercado. A cada dia, ganha mais adeptos interessados em comprar no conforto do lar, com a facilidade de interfaces intuitivas e elaboradas. Uma única questão, contudo, ainda gera certa insegurança nas pessoas: o pagamento.
Afinal, como cada ferramenta funciona? Como administrador de um negócio online, você precisa estar por dentro desse tema e oferecer a opção mais segura e prática ao cliente e ao seu caixa.
Muitas das plataformas que dão suporte as lojas virtuais, oferecem integração com varias ferramentas ao mesmo tempo. Esse é o caso da Nuvem Shop por exemplo.
Neste artigo, trazemos algumas informações para que você entenda melhor os serviços e faça sua escolha com mais tranquilidade.

Algumas das ferramentas mais utilizadas no Brasil

Cielo

Considerada uma adquirente por fazer a conexão diretamente com as bandeiras de cartão, a Cielo é uma das plataformas mais populares do Brasil e oferece planos a partir de R$ 59,90 mensais.
O dinheiro das vendas feitas no débito é contabilizado em até um dia útil (com taxa de 2%), enquanto o das vendas em crédito leva até 31 dias corridos (com taxa de 2,5%).
O serviço não tem limite de vendas ou valores e conta com um monitoramento constante para evitar fraudes.

Moip

O Moip, por sua vez, atua como um facilitador de pagamento: coordena todas as transações de forma integrada e com checkout transparente, o que impacta diretamente na conversão dos visitantes.
Para compras no cartão de crédito, são cobrados uma taxa de 5,49% e R$ 0,69 por transação (ou 4,59% + R$ 0,69 se você usa a Nuvem Shop). Para boleto e débito online, os valores mudam: taxa de 3,49% e R$ 0,69 por transação (ou 2,39% + R$0,69 para os nossos lojistas). Compras parceladas têm proporções diferentes, que você pode conferir aqui.
Os prazos para recebimento do dinheiro também variam em cada caso e, com vendas e valores ilimitados, a plataforma ainda oferece o Programa Venda Protegida de cobertura antifraude.

PagSeguro

O PagSeguro é outra alternativa facilitadora de pagamento que tem um público significativamente grande. Além de cartões de crédito, débito e boleto bancário, também aceita vendas pagas através de depósito em conta e carteira eletrônica.
Um de seus diferenciais é a variedade de checkouts; você pode escolher entre três padrões diferentes de acordo com a necessidade de seu e-commerce: Padrão, Lightbox (janela interna) e Transparente (integrado).
O prazo para recebimento do dinheiro é de 30 dias, o valor fixo por transação é de R$ 0,40 e a taxa é de 3,99% em compras à vista ou parceladas.

PayPal

Outro intermediador de pagamento bastante popular e eficiente é o PayPal. Trabalha exclusivamente com cartões de crédito e débito em conta de bancos específicos, mas compensa essa “limitação” com a possibilidade de vendas internacionais, pouco comum entre os concorrentes.
Para transações à vista no Brasil, as taxas são de 4,99% mais R$ 0,60 (ou 3,99% + R$0,40 para quem usa a Nuvem Shop). Já as vendas a prazo contam com 2,39% em cada parcela. Em negociações para o exterior, há uma tarifa fixa de acordo com cada moeda e uma porcentagem de 5,99%.
O dinheiro é disponibilizado em sua conta PayPal dentro de 24 horas, ou em sua conta bancária em até três dias úteis. Se quiser, você ainda pode usar esse saldo para comprar produtos através da própria plataforma.

MercadoPago

O MercadoLivre é um excelente serviço de vendas, e integrá-lo à sua loja virtual traz diversos benefícios. Seu facilitador de pagamento próprio, o MercadoPago, também se mostra bastante eficiente.
Com taxas de 4,99% sobre cada transação, você permite que seus clientes parcelem as compras em até 24 vezes. Em até 14 dias após a comprovação do pagamento, o dinheiro é depositado em sua conta.
Para quem também usa o marketplace, contudo, não há custos e o saldo se atualiza apenas quando o consumidor e o lojista (você) qualificam a compra. O serviço conta ainda com um sistema completo de segurança, que garante acompanhamento 24 horas por dia e oferece o Programa de Proteção ao Vendedor.

DinheiroMail ou PayU

A PayU (antigamente conhecida como DinheiroMail) é outra boa opção facilitadora de pagamento. Seus principais destaques são a disponibilidade para sete países diferentes da América Latina e o Módulo Antifraude, que previne golpes e furtos.
Possui dois planos: o para lojistas de e-commerce iniciantes (com taxas de 3.99% mais R$ 0,39 por transação) e o avançado, com pagamento em um clique e outros recursos adicionais. O dinheiro das vendas é creditado em até 48 horas úteis.
Não há limite de transações, mas aquelas feitas através de boleto bancário devem ter valor entre R$ 10 e R$ 5000.

BCash

Outro facilitador de pagamentos eficiente e popular é o Bcash. Permitindo apenas vendas em território nacional, o serviço conta com taxas a partir de 4,95% para as mais diversas formas de pagamento e também possibilita o parcelamento em até 24 vezes.
O dinheiro pode ser retirado depois de 14 dias úteis e o primeiro saque de cada mês é gratuito, enquanto os outros custam R$ 2,50. Contas verificadas não têm limite de vendas ou valores, mas as não validadas permitem até R$ 1000 (versão pessoal) ou R$ 2000 (versão empresarial).
Você ainda conta com a ferramenta antifraude Fcontrol e pode escolher o plano mais adequado para a realidade do seu negócio.

Itaú Shopline

O Itaú, sendo um dos principais bancos do Brasil, também desenvolveu seu próprio facilitador de pagamento: Itaú Shopline. As vantagens de ter uma conta corrente e utilizar esse serviço em seu e-commerce é o controle através do Itaú Bankline Empresa, com funcionalidades e informações bastante úteis.
Além disso, você facilita a compra para seus clientes que usam o banco, permitindo que paguem pelas compras à vista por transferência ou através de boleto bancário, cartão de crédito Itaucard e financiamento por crediário automático.
As taxas e prazos variam de acordo com o seu contrato, portanto, vale a pena conversar com o seu gerente.

Tags, , , , , , , , , ,