Tag óleo e gás

Melhor Executivo de TI do Ano na categoria Química, Petroquímica, Óleo e Gás é colaborador da FMC

view (5)

A16ª edição do prêmio “Executivo de TI do Ano 2017”, promovido pela IT Mídia, homenageou Vanderlei Andrade, Diretor de TI para América Latina da FMC Agricultural Solutions, como principal profissional do setor na categoria Química, Petroquímica, Óleo e Gás. A premiação identifica e destaca os CIOs e executivos da indústria por meio de iniciativas que agreguem valor tanto aos negócios da empresa quanto para sua carreira profissional.

Foram homenageados 3 finalistas em cada categoria e premiado um executivo para cada uma das vinte categorias. Além disso, a companhia está entre as primeiras empresas mais inovadoras do setor e investe em projetos estratégicos de negócios por meio de inovações tecnológicas com ferramentas e sistemas completos de gestão.

“Essa nomeação é uma honra, pois concorri com mais de 200 profissionais do setor. Realizo meu trabalho com empenho e dedicação, e receber esse reconhecimento é uma grande conquista e orgulho. Nossa equipe da FMC tem se dedicado para desenvolver projetos que aprimorem a logística e o controle dos processos, transformando problemas em soluções para os colaboradores e clientes”, pontua Vanderlei.

O Presidente da FMC Agricultural Solutions América Latina, Ronaldo Pereira, comenta que os resultados obtidos pelo setor de investimento em tecnologia de informação são essenciais para a evolução da companhia. “Trabalhamos para garantir a conveniência e satisfação do nosso público interno e externo. Parabenizo ao Vanderlei por essa conquista e a todos os profissionais do setor que se dedicam com assiduidade as tarefas desenvolvidas”, comenta.

Tags, , , , ,

Fórum de Compliance da Rio Oil & Gas debaterá governança e as melhores práticas em integridade corporativa

No dia 27 de outubro, o Fórum de Compliance reunirá especialistas e executivos para debater a importância do alinhamento da indústria de óleo e gás às regras e leis anticorrupção no Brasil e no mundo. O Fórum faz parte da programação de eventos paralelos da Rio Oil & Gas, maior evento do setor da América Latina, e que ocorrerá de 24 a 27 de outubro, no Riocentro, Rio de Janeiro.

O Fórum de Compliance será realizado no último dia da Rio Oil & Gas, das 14h15 às 18h30. Na ocasião, especialistas da área vão discutir as questões mais atuais relacionadas à integridade corporativa. Os modelos de certificações de compliance, o papel do compliance officer, análise de risco, Due Diligence de Integridade, e qual é o papel do Estado no impulso de práticas corporativas de combate à corrupção são alguns dos temas que serão abordados. Estarão em pauta ainda a Lei Anticorrupção, as regras de integridade, além de medidas de proteção às empresas, diante da preocupação crescente com as boas práticas.

Os públicos-alvo do evento são gestores de empresas do setor de Óleo e Gás, representantes de seguradoras, auditores, consultorias, além de integrantes de agências certificadoras e reguladoras e de escritórios de advocacia.

“Compliance é um assunto de grande importância para indústria no mundo e que ganhou grande importância no Brasil nos últimos tempos, em especial devido às consequências da Operação Lava-Jato. É necessário discutir as boas práticas e medidas de proteção a serem adotadas a partir de agora”, afirma o gerente Jurídico do IBP, Mauricio Bove, responsável pela organização do Fórum.

FÓRUM DE COMPLIANCE – RIO OIL & GAS

Quando: 27 de outubro

Horário: de 14h às 18h

Local: Riocentro – Pavilhão 3

Entrada gratuita

Tags, , , ,

Virtualização de workstations auxiliam exploração de óleo e gás

view.aspx

Tendência cada vez mais em alta no ambiente corporativo mundial, a virtualização de workstations com processadores gráficos da NVIDIA tem conquistado muitos adeptos de diferentes setores da indústria e de serviços no Brasil.

Um exemplo de sucesso no uso dessa tecnologia está na exploração de óleo e gás, uma tarefa complexa que exige a participação integrada de diversas workstations e de diferentes profissionais, como, por exemplo, geólogos, geofísicos, cartógrafos e engenheiros. Entretanto, este processo demanda uma alta quantidade de recursos por conta dos altos requisitos de hardware exigidos pelos softwares da indústria.

Visando à modernização de sua área de Exploração e Produção (E&P), a Ouro Preto Óleo e Gás investiu na virtualização de dez workstations utilizando soluções gráficas NVIDIA GRID K2, que impactaram positivamente no trabalho de dez usuários da plataforma.

Com a virtualização, a Ouro Preto possibilita que seus usuários acessem suas workstations, independentemente de onde eles estejam ou de qual dispositivo estejam utilizando. “Isto permite, por exemplo, que nossos geólogos e geofísicos usem softwares que exijam grande capacidade de hardware por meio de seus computadores pessoais, tablets ou até mesmo celulares. Já temos empregados manipulando dados sísmicos remotamente pelos seus tablets”, explica Eduardo Cunha, responsável pela área de Tecnologia da Informação da Ouro Preto Óleo e Gás.

O Country Manager da NVIDIA Brasil, Richard Cameron, aponta outro ponto importante: o investimento em melhorias após a implementação do projeto oferece benefícios para todos os usuários simultaneamente, otimizando o investimento. “Quando a estrutura crescer, basta a Ouro Preto investir nos servidores e todos os usuários terão ganhos de performance, enquanto que em uma estrutura tradicional seria necessário investir em todas as workstations separadamente, gerando ainda mais custos”, explica.

Segundo dados da consultoria Gartner, o custo total de propriedade de uma arquitetura centralizada em servidores, com thin clients como estações-cliente, fica entre 12% e 48% menor do que a opção pelos ambientes com PCs nas mesas dos usuários, dependendo da aplicação e, principalmente, do nível de gerenciamento. “No nosso caso, estamos tratando de workstations, que são máquinas com custo mais elevado que os tradicionais PCs. Ao utilizar essa tecnologia em nossa área de Geologia e Geofísica, conseguimos racionalizar a disponibilização desses recursos de acordo com a demanda efetiva dos profissionais envolvidos em diversos projetos da companhia”, explica Cunha.

O futuro virtualizado pela GPU

O projeto conduzido pela SPE Data Informática, que atuou como parceira no desenho e implantação da virtualização das workstations das áreas de Geologia e Geofísica da Ouro Preto, utilizou placas gráficas NVIDIA GRID K2 como solução para aplicativos com uso intenso de gráficos em estações locais e remotas, proporcionando, assim, gráficos 2D e 3D de alta qualidade e excepcional performance. Esta tecnologia fornece excelência de processamento a desktops virtuais, que equivale a de workstations locais ao compartilhar uma GPU com diversos usuários.

“As soluções de virtualização de desktops e aplicativos fornecem ao setor de Tecnologia da Informação uma nova abordagem simplificada para oferecer, proteger e gerenciar desktops e aplicativos Windows, reduzindo os custos e garantindo que os usuários finais possam trabalhar a qualquer momento, de qualquer lugar no mundo, por meio de qualquer dispositivo, como celulares, tablets e notebooks”, complementa Cunha. O que começou como teste conceitual para avaliar os benefícios da plataforma virtualizada deu tão certo que a Ouro Preto já se prepara para aperfeiçoar suas estações de trabalho.

“Durante o início dos testes que realizamos no período conceitual, virtualizamos apenas três workstations. Precisávamos testar a plataforma que utilizamos, uma vez que soluções de VDI (infraestrutura de dados virtualizados) são pouco difundidas na indústria de E&P. O conceito com as GPUs da NVIDIA foi um sucesso e resolvemos dar mais um passo em direção a esse processo”, explica Cunha.

“Já virtualizamos toda nossa área técnica, que hoje conta com dez workstations (utilizadas por geólogos, geofísicos, engenheiros de perfuração, engenheiros cartógrafos etc). O pedido dos equipamentos envolvidos na solução (hardware e software) já foi efetuado e estamos apenas aguardando a entrega dos mesmos para criar o ambiente definitivo”, finaliza.

Tags, , , , , , , , , , ,