Tag ofertas

Consumidor muda e as empresas também – Por Alex Tabor

O modo de consumir, em todos os setores, passou por profundas transformações ao longo da última década. E continua mudando. Cabe às empresas a capacidade de entender, ouvir e se adaptar a esse movimento para, assim, alcançar um objetivo que é crucial para a sustentabilidade do negócio: oferecer a melhor experiência de consumo para os seus clientes.

Minha empresa, desde a sua fundação, em 2011, passou por diversas fases. Começamos como uma empresa de compras coletivas e, em 2014, após o desgaste do mercado, por conta de diversas empresas que surfaram na mesma onda, fizemos a transição do nosso modelo de negócios para uma empresa de e-commerce local. Antes era necessária uma quantidade mínima de pessoas para ativar uma oferta, hoje o usuário da plataforma pode, por exemplo, comprar o cupom de um restaurante diretamente pelo aplicativo, no smartphone, que mostra por meio de geolocalização as melhores opções ao seu redor e utilizá-lo imediatamente.

O conceito chinês do O2O (online to offline) e a mobilidade na vida dos brasileiros vem crescendo cada vez mais. O desktop foi deixado de lado e, hoje, o uso de dispositivos móveis em todo país é muito maior. De acordo com pesquisa da Kantar TNS, o jogo virou e o uso de celulares saltou de 14% em 2012 para 62% em 2016, um aumento de 4,5 vezes e as vendas de aparelhos devem voltar a crescer em 2017, com expectativa 3,5% até o fim de 2017, segundo a IDC. O O2O oferece uma experiência na qual o usuário compra um produto ou oferta online e consome a mesma no offline, ou seja, no varejo físico. É um setor que vem crescendo cada vez mais e tem um potencial muito grande a ser explorado.

O processo de mudanças é iminente e constante, portanto temos que estar preparados para atender os Millenials, Geração Z e o que vier pela frente…

Alex Tabor, CEO e fundador do Peixe Urbano

Tags, , , , ,

Peixe Urbano bate recorde de vendas na Black Friday 2016

O Peixe Urbano, maior plataforma de ofertas locais do Brasil, registrou, na Black Friday 2016 (dia 25 de novembro), o dia de maior volume de vendas na história da empresa, batendo o recorde anterior, que pertencia à Black Friday de 2015. O alto volume de vendas nesse período, contribuiu para que, já em novembro, a empresa ultrapassasse o melhor semestre de vendas da companhia, registrado em 2015.

Em comparação ao dia da Black Friday de 2015, o Peixe Urbano teve aumento de 97% em receita e 42% no volume de cupons vendidos. Outro destaque são os números do aplicativo que aumentaram em 51% em vendas e 34% em novas instalações, no dia 25. O número de pedidos de compra no site e no aplicativo da empresa na data foi aproximadamente três vezes maior do que a média de outros dias do ano, e, considerando apenas a categoria de produtos, o registro foi de quase dez vezes mais pedidos.

“A Black Friday é uma importante data no varejo online brasileiro, mas ainda assim é uma operação de risco. Os números positivos demonstram o grau de maturidade da empresa – que a cada ano supera as suas vendas – e nossos esforços na manutenção da lucratividade”, diz Adalberto Da Pieve, CMO do Peixe Urbano.

Os mais vendidos

Pelo segundo ano consecutivo, a Black Friday do Peixe Urbano uniu o online e o off-line, com ofertas não apenas de produtos eletrônicos como celulares, relógios e videogames, como também opções de viagens, restaurantes e clínicas de estética.

Em 2016, os smartphones foram os campeões de vendas, seguidos pelos serviços de fotografia, como revelação de fotos, videogames e a novidade deste ano, o skate elétrico. Entre as viagens mais vendidas, o pacote para Ilha Bela/SP liderou, seguido de Cancun, no Caribe, e Bonito, em Mato Grosso. Já entre as ofertas locais mais vendidas, a fondue do Chalezinho de São Paulo foi o campeão, seguida da churrascaria carioca Mocellin e o ingresso para cinema do Cinemark.

Tags, ,

Às 8h, vendas da Black Friday já atingiam R$519 milhões aponta monitoramento Ebit

Balanço parcial da Ebit, empresa referência em dados sobre o comércio eletrônico brasileiro, aponta que as vendas da Black Friday atingiram R$519 milhões das 20h de quinta-feira (24) até às 8h desta sexta-feira (25). O faturamento é 60% superior ao registrado em 2015, no mesmo intervalo. Na mesma base de comparação, o número de pedidos cresceu 23%, de 621 mil para 763 mil.

No intervalo de maior movimento da Black Friday, entre 0h e 1h, foram realizados cerca de 50 pedidos por segundo no varejo eletrônico brasileiro.

Monitoramento realizado pela Ebit na última quinta-feira indica que, com o início dos descontos, o e-commerce faturou R$354,9 milhões nesta quinta-feira (24), alta de 236% na comparação com o mesmo dia da semana anterior (17), quando o faturamento foi de R$105,7 milhões. “Comparando os dados da terceira semana de novembro ante a anterior, verificamos um faturamento 19% menor. Essa redução preliminar aliada ao crescimento registrado ontem mostra que as antecipações de promoções feitas pelos varejistas não surtiram o efeito esperado. O consumidor realmente estava aguardando a Black Friday para comprar”, afirma André Dias, diretor de Operações da Ebit.

“Caso sejam mantidas as promoções, a tendência é que a Black Friday 2016 atinja a previsão inicial da Ebit, que é de R$ 2,1 bilhões em faturamento somente nesta sexta-feira, alta de 30% ante o ano passado. Nossos clientes também podem acompanhar o desempenho de sua loja frente ao mercado em tempo real, utilizando a Ebit Real Time”, destaca Dias, referindo-se à ferramenta que permite aos varejistas a realização monitoramento dos principais indicadores do e-commerce – captura de vendas, captura de pedidos, tíquete médio capturado e share por dispositivo -, além do cruzamento das informações para a geração de análises.

Tags, , , , ,

Black Friday: Hotel Urbano oferece milhares de viagens com até 40% de desconto

João Ricardo Mendes e José Eduardo Mendes, fundadores do Hotel Urbano

João Ricardo Mendes e José Eduardo Mendes, fundadores do Hotel Urbano

Consumidores de todo o Brasil terão nesta Black Friday oportunidades imperdíveis para viajar. O Hotel Urbano (www.hotelurbano.com), agência online de viagens líder no País, participa do Black Friday com milhares de opções de hospedagem e pacotes de viagem nacionais e internacionais com descontos de até 40% e parcelamento em até 12 vezes sem juros.

Dentre as ofertas do HU com descontos para o Black Friday, destacam-se destinos populares como Natal, Porto de Galinhas, Fortaleza, Porto Seguro, Balneário Camboriú, Foz do Iguaçu, Gramado, Maceió, Fernando de Noronha, Miami, Las Vegas, Orlando, Punta Cana, Buenos Aires e Santiago.

E tudo isso com a segurança e confiabilidade que só o Hotel Urbano pode oferecer. Como de costume, a equipe de relacionamento com o viajante Hotel Urbano (www.hotelurbano.com/atendimento) estará à disposição via chat online e aplicativo mobile (para iOS, Android e Windows Phone), para esclarecer qualquer eventual dúvida dos viajantes.

As ofertas podem ser encontradas no site www.hu.com.br e no aplicativo do Hotel Urbano disponível para iOS, Android e Windows Phone.

Tags,

Startup Baixou anuncia lançamento de plataforma para disponibilização de cupons

O Baixou, startup especializada em ferramentas online que monitoram a variação de preço de mais de 3 milhões de produtos em todo o país, anuncia o lançamento de um novo recurso para disponibilizar cupons de descontos para usuários. Além dos serviços de comparação e monitoramento de preços, a empresa agora passa a entregar uma solução de testes de cupons de forma automatizada, com o objetivo de facilitar a vida do consumidor.

Para isso, o usuário deve instalar o plugin Baixou Agora. O processo é simples e intuitivo, pois assim que chegar o momento de inserir um cupom de desconto, a plataforma oferece testar automaticamente os cupons de cada cliente. Caso algum deles esteja válido, o benefício será computado na hora e o consumidor poderá finalizar o processo de compra normalmente.

“Como o mercado de cupons ainda está em aquecimento, apostamos em uma plataforma mais inteligente. Antes os clientes tinham que testar se o cupom ia dar desconto de fato, pois diversas vezes eles eram cancelados ou não funcionavam e as pessoas perdiam muito tempo. Agora esse problema acabou. Agregamos mais uma funcionalidade para que o consumidor possa adquirir seus produtos de forma eficiente”, comenta Patrick Nogueira, sócio fundador do Baixou.

A aposta do Baixou no mercado de cupons ocorre em um momento de instabilidade econômica do país e quando observa-se um aumento no número de consumidores que utilizam esse recurso para conseguir gerar algum tipo de economia em produtos ou serviços de seu interesse.

Disponível para Firefox, Chrome e Safari, o Baixou tem a expectativa de atingir os mais de 75 mil usuários que já utilizam o plugin Baixou Agora e incentivar o consumo de forma consciente, auxiliando o mercado online a vender mais, sem prejudicar a renda do consumidor final.

Tags, , ,