Tag NL Informática

Cake ERP vai ao Vale do Silício visando mercado norte-americano

O Cake ERP, ligado à NL Informática, passou 45 dias incubado em um dos principais ecossistemas de empreendedorismo do planeta: o Vale do Silício, nos Estados Unidos. Visando inserção no mercado norte-americano e aprimoramento de suas práticas, a startup participou do Projeto Negócios Internacionais de TI, promovido pelo Sebrae.

O objetivo foi desenvolver cada vez mais o negócio e aprender com empresas que lá estão sediadas, além de buscar conhecimento sobre análises preditivas para softwares de gestão, prospectar novas oportunidades para de mercado para a ferramenta e promover parcerias.

Segundo Daniel Pozza, Business Development do Cake ERP, o contato com a dinâmica do Vale do Silício foi muito produtivo e irá adotar processos lá desenvolvido tanto no Cake ERP, quanto no NLGESTÃO.

“Foi possível aprender muito com os profissionais que lá trabalham e já que estão acostumados com o ritmo intenso com que as coisas acontecem. Me chamou muito a atenção o senso de coletividade e o foco com que as pessoas trabalham, sempre buscando aumento de produtividade e entregando suas demandas com excelência”, destaca Pozza.

Durantes os 45 dias nos Estados Unidos, foram realizadas visitas a grandes empresas de tecnologia, workshops, palestras, encontros de negócios com desenvolvedores locais de sistemas de gestão empresarial, pequenos varejistas e desenvolvedores de software preditivo. O Cake ERP ainda vai ter mais 30 dias de acompanhamento para o desenvolvimento do projeto.

O Projeto Negócios Internacionais de TI do Sebrae-RS tem o objetivo de qualificar as micro e pequenas empresas do setor de Tecnologia da Informação do Rio Grande do Sul, promovendo ações que potencializem a inovação e a diferenciação de produtos e serviços oferecidos pelas mesmas como forma de inserção no mercado global do setor.

Cake ERP

O Cake ERP é um sistema de gestão on-line, com inteligência e melhores práticas de mercado, feito para micro e pequenos lojistas, distribuidores e franquias. A ferramenta tem possibilidade de integração ao e-commerce da japonesa Rakuten e possui um sistema de Frente de Loja eficiente.

Tags, , , , ,

4 dicas para uma Gestão de Projetos eficiente em TI

Imagine se a maioria dos projetos fosse concluída da mesma forma que havia sido desenhada no papel? Bom, a realidade para a maioria dos gestores, principalmente os que trabalham com implantação de tecnologia é bem diferente disso.

Por isso, o gerente de Projetos de NL Informática, Fúlvio Ritter, empresa que está há 35 anos no mercado e desenvolve softwares para gestão de empresas, dá algumas dicas para que o processo ocorra da forma mais eficiente possível:

Conheça o negócio do cliente melhor que ele mesmo:

É imprescindível que o fornecedor de TI entenda tão bem do ramo da companhia que atende, quanto o seu contratante. Muitas vezes o cliente acredita que precisa de uma solução, quando na verdade ele precisa de outra completamente diferente. Para tanto, é necessário entender do negócio para propor a melhor alternativa que vá entregar os resultados que ele almeja lá na frente.

Tenha os limites do contrato bem definidos, mas permaneça flexível

Firmar quais serão os itens que estão inclusos no acordo é de suma importância, porém, sabemos que novas demandas do cliente podem acabar surgindo. O objetivo é entender a complexidade dos processos e como a solução pode auxiliar no gerenciamento do negócio e trazer melhores resultados. Sendo assim, sabemos que para uma parceriaser sólida, ela precisa ser win/win (ganha/ganha), e chegar a um denominador comum quanto ao atendimento de necessidades não previstas anteriormente também faz parte do jogo.

Alinhe as expectativas periodicamente

Durante o Gartner Symposium ITxpo 2016, que aconteceu em Orlando em outubro deste ano, os analistas da consultoria deixaram bem claro que as empresas não querem mais saber só de estudos de caso de sucesso. Hoje, as companhias querem o Retorno do Investimento (ROI) com maior exatidão possível para conseguirem avaliar se o gasto com TI valerá a pena. Desde o início do projeto, é importante alinhar as expectativas para que não haja descontentamentos e nem frustrações ao longo da parceria. E isto deve ser feito periodicamente, para que o cliente tenha a ciência dos avanços que estão sendo conquistados e das partes que ainda precisam de melhorias para extrair o máximo do potencial da solução contratada.

Além disso, é fundamental estar atento ao mercado para propor inovações. É sempre importante capacitar os clientes para utilizar o sistema junto as suas demandas e o principal papel de quem gere um projeto é entender estas necessidades e auxiliar a melhorar estes processos.

Comunicar-se bem e pelo meio certo

Um projeto de TI envolve diversas áreas e cada uma delas se comunica de um jeito diferente. Nem sempre o velho e bom e-mail é a melhor alternativa (apesar de ser uma excelente forma de documentação do que foi tratado). Algumas áreas como o varejo ou a indústria, nem sempre tem à disposição um computador para acessar sua caixa de entrada e, por outro lado, algumas demandas precisam que uma pessoa esteja orientando o cliente por telefone. A melhor forma de se comunicar deve estar bem clara, seja e-mail, telefone, redes sociais, aplicativos de mensagens… pois cada empresa funciona de uma maneira e todos os envolvidos no projeto precisam estar a par do que está acontecendo.

Tags, ,