Tag NetView

Audiência do e-commerce dispara na Black Friday e supera até redes sociais

O número de brasileiros que visitaram os sites de varejo durante a Black Friday mais que dobrou em relação aos dias anteriores, indica a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE. Na sexta-feira 28 de novembro, 10,6 milhões de pessoas navegaram em sites de varejistas a partir de computadores de casa ou do local de trabalho. O número foi 114% maior do que os 4,7 milhões verificados na sexta-feira anterior (dia 21). Na véspera da Black Friday, a audiência das lojas de varejo já era de 8 milhões de usuários únicos.

Além das lojas de varejo, outros tipos de sites de comércio eletrônico também cresceram. Os comparadores de preços chegaram a 4 milhões de visitantes únicos no dia da Black Friday, ou 239% mais do que o 1,2 milhão da sexta-feira da semana anterior. As páginas que oferecem cupons e compras coletivas atingiram 2,1 milhões de usuários únicos no dia 27, número 97% maior do que o da semana anterior. No consolidado de todas as subcategorias, o comércio eletrônico registrou 11,7 milhões de usuários únicos no dia da Black Friday.

A audiência diária dos sites brasileiros é uma novidade que está sendo apresentada ao mercado brasileiro pela empresa Nielsen IBOPE. A pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE, desde o ano 2000, informa ao mercado a audiência mensal da internet no Brasil e, a partir de outubro de 2014, introduziu a consolidação dos dados diários de audiência da internet brasileira. A disponibilização da pesquisa com dados diários ainda está em formato beta, em testes e recebendo ajustes, e deverá ser disponibilizada aos clientes no início de 2015.

A audiência das lojas de varejo no dia da Black Friday chegou a superar o total de usuários dos sites de redes sociais. No dia 28 de novembro, os sites da subcategoria Redes Sociais/Comunidades foram visitados por 10,2 milhões de usuários únicos, ou 452 mil usuários a menos que os sites dos varejistas. A subcategoria Buscadores ficou em 10,6 milhões de usuários, que foi o mesmo patamar das lojas de varejo. Já os portais lideraram a audiência do dia 28, com 12,9 milhões de visitantes únicos.

No consolidado do mês de novembro de 2014, os sites da subcategoria Lojas de Varejo foram visitados em casa ou no trabalho por 41,4 milhões de pessoas, ou 16% mais do que os 35,5 milhões do mês anterior. A maioria das lojas de varejo registrou crescimento expressivo da audiência no mês, mas o maior aumento foi dos sites de e-commerce estrangeiro, principalmente os chineses. Esses sites que vendem produtos por importação chegaram a 21,5 milhões de usuários únicos no Brasil em novembro, o que significou um aumento de 33% sobre os 16,2 milhões de outubro.

O que mais se destacou em novembro foi a navegação em mais de um site para fazer comparação de preços. Em algumas lojas, mais de 70% dos visitantes também navegou nas páginas do concorrente. As páginas com celulares smartphones foram as mais procuradas em novembro, mas também se destacaram livros, eletrodomésticos, notebooks, televisores, roupas, calçados, móveis e decoração. Nos sites estrangeiros, a maior procura foi por roupas e relógios femininos.

Total da internet
O total de pessoas com acesso em casa ou no trabalho, que é atualizado trimestralmente, chegou a 101,5 milhões, um aumento de 11,7% sobre o número anterior. Já o total mensal de usuários ativos, que são os que efetivamente fizeram uso do computador com internet, atingiu 71,9 milhões em novembro, ou 11,2% mais que o número do mês de outubro.

Tags, , ,

Brasil supera Japão em número de pessoas com acesso à internet

O número de pessoas com acesso à internet em casa ou no local de trabalho no Brasil já é de 90,8 milhões de pessoas, segundo a pesquisa NetView, da Nielsen IBOPE. O número refere-se ao trimestre de junho, julho e agosto de 2014 e representa um crescimento de 14,2% em relação ao mesmo período do ano anterior.

Na comparação com outros países acompanhados pela mesma pesquisa, o Brasil mostra o maior crescimento nos últimos meses, chegando a superar o Japão em número de pessoas com acesso a computadores com internet no trabalho ou em domicílios. Em agosto, o Japão registrou 87,7 milhões de pessoas com acesso nesses dois ambientes.

Evolução do número de pessoas com acesso no trabalho ou em domicílios, em milhares – Brasil e cinco mercados –– fevereiro de 2012 a agosto de 2014

Em domicílios, o crescimento anual do acesso no Brasil é de 14,8%, também superando outros países acompanhados pela pesquisa de internet da Nielsen. Em agosto de 2014, o total de brasileiros que moram em domicílios que têm computador com internet foi de 87,9 milhões.

Evolução do número de pessoas com acesso em domicílios ou no trabalho, em milhares de pessoas – Brasil e sete mercados – agosto de 2013 e agosto de 2014

O número de pessoas com acesso à internet no Brasil é ainda maior se considerados também outros ambientes, como lan houses, cibercafés, escolas, igrejas e outros locais. No primeiro trimestre de 2014, o total de pessoas com acesso em qualquer ambiente no Brasil foi de 120,3 milhões.

Evolução do tempo de uso por pessoa, número de usuários ativos e número de pessoas com acesso – Brasil – trabalho e domicílios – julho e agosto de 2014

Fonte: NetView, Nielsen IBOPE

Sites de educação cresceram mais em agosto

Os sites com conteúdos relacionados à educação e pesquisa escolar foram os que mais cresceram em agosto de 2014 na comparação com o mês anterior, segundo a pesquisa mensal de audiência de internet NetView, da Nielsen IBOPE. Com a volta às aulas no segundo semestre, a categoria Educação e Carreiras passou de 24,6 milhões de usuários únicos em julho para 26,7 milhões em agosto, o que significou um aumento de 8,4%, em casa ou no local de trabalho. A subcategoria Recursos Educacionais, em que se classificam os sites de conteúdo para consulta e para trabalhos escolares, cresceu 18,5% no período, ao passar de 16,1 milhões para 19,1 milhões de usuários. A subcategoria Universidades aumentou 9% no mês, partindo de 13,2 milhões de usuários em julho para 14,4 milhões em agosto.

Tags, , ,

Acesso á internet em domicílios dispara e chega a quase 90 milhões

O total de brasileiros que moram em domicílios com acesso à internet ganhou um novo impulso em 2014 e chegou a 87,9 milhões em maio. O número é 14,2 milhões maior do que os 73,7 milhões registrados no mesmo período de 2013, representando um crescimento anual de 19%. A informação é da pesquisa NetView, da empresa Nielsen IBOPE, que monitora a audiência da internet no Brasil desde o ano 2000.

Segundo o analista José Calazans, da Nielsen IBOPE, este foi o maior crescimento anual do número de pessoas com acesso domiciliar no Brasil. “Chegamos, novamente, a um patamar de crescimento exuberante. O aumento já era de quase 10 milhões por ano e, em 2014, o ganho superou 14 milhões. Foi o maior saldo anual já registrado no Brasil, resultado da expansão do acesso à banda larga nos últimos meses. Mantido esse ritmo, em 2016 teremos mais da metade da população com acesso domiciliar”, disse o analista.

O número de usuários ativos em domicílios, que são as pessoas que efetivamente usaram o computador com internet no mês, chegou a 49,5 milhões em maio de 2014, o que significou uma diminuição de 1,7% em relação aos 50,4 milhões do mês anterior e um crescimento acumulado de 5% sobre os 47,1 milhões de maio de 2013.
Acesso no trabalho e em domicílios

Quando se considera o conjunto das pessoas que têm acesso em casa ou no local de trabalho, a pesquisa NetView apurou em maio a marca inédita de 90,8 milhões, ou um aumento de 3,8% sobre o número anterior, de 87,6 milhões. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando eram 76,6 milhões, a expansão foi de 19%. O número de usuários ativos em maio ficou em 58,9 milhões e foi 1,2% menor que o do mês anterior.

O total de pessoas com acesso em qualquer ambiente (domicílios, trabalho, escolas, lan houses, clubes, igrejas etc) é de 105,1 milhões, segundo os números apurados em 2013 pela Nielsen IBOPE.

Tags, , , ,