Tag Netflix

Netflix acelera transmissão de vídeo global com “Cloud Xpress 2” da Infinera

Infinera, a empresa fornecedora líder de redes de transporte inteligentes, anunciou que a Netflix, a principal rede de televisão por internet do mundo, implantou o Cloud Xpress 2 da Infinera para expandir a sua capacidade de entrega para transmissão de vídeos. Mais de 100 milhões de assinantes da Netflix em mais de 190 países desfrutam de 125 milhões de horas de transmissão de programas de TV e filmes por dia.

A Netflix escolheu o “Cloud Xpress 2” pela sua combinação incomparável de capacidade e simplicidade encontrados em uma plataforma de rede óptica compacta e fácil de se instalar. O “Cloud Xpress 2” oferece suporte a um simples provisionamento do tipo “apontar e clicar” e à maior combinação PnP (plug-and-play) possível de capacidade e alcance disponíveis, fornecendo 1,2 terabits por segundo de capacidade em até 130 quilômetros sem uso de qualquer equipamento externo. A largura de banda instantânea da Infinera permite que a Netflix ative e pague por capacidade adicional em minutos, reduzindo o custo inicial de implantação ao mesmo tempo em que permanece à disposição para atender às demandas de capacidade dinâmica.

“O produto “Cloud Xpress 2” da Infinera facilita a implantação de novas conexões de alta capacidade entre os nossos pontos de presença (PoP) de entrega de conteúdo da “Open Connect” e a capacidade em escala rápida para corresponder à demanda”, disse Dave Temkin, vice-presidente de redes globais da Netflix.

“Estamos orgulhosos de trabalhar com a Netflix e participar da melhoria da entrega de serviços de transmissão de vídeo para seus mais de 100 milhões de assinantes em todo o mundo”, disse Pete Dale, vice-presidente de vendas, cloud e conteúdo da Infinera. “As implantações da Netflix comprovam a simplicidade excepcional e a eficiência operacional do produto “Cloud Xpress 2” em escala de terabit.”

“O produto “Cloud Xpress” da Infinera foi a primeira plataforma modular compacta de interconexão de data centers (DCI) no mercado em 2014 e é um incrível sucesso técnico e comercial”, afirmou Andrew Schmitt, analista líder da Opel em Cignal AI. “A Infinera liderou o mercado de DCI modular compacto de crescimento rápido desde a sua criação – e ainda detém 38% do mercado no primeiro semestre de 2017.”

A família “Cloud Xpress” da Infinera oferece soluções de DCI de alto desempenho para provedores de serviços em nuvem, provedores de conteúdo da internet, provedores de serviços de internet, operadores de redes empresariais e outros operadores de centros de dados em larga escala. O produto “Cloud Xpress 2” apresenta o mecanismo inovador de capacidade infinita (ICE4) da Infinera também disponível em outros produtos da Infinera: XTS-3300 para aplicações submarinas e XT-3300 para aplicações terrestres de longo alcance.

Tags,

Criminosos cibernéticos pedem para usuário atualizar forma de pagamento do NETFLIX

A Nodes Tecnologia, distribuidora das soluções antivírus Avira no Brasil, identificou nova onda de ataques dos criminosos cibernéticos contra os usuários do NETFLIX. Por meio de uma mensagem falsa, os criminosos pedem para que o cliente do atualize a forma de pagamento do serviço de streaming de filmes e séries de TV, oferecendo um link para uma página também falsa para coletar os dados bancários e de cartões de crédito da vítima.

Na mensagem os criminosos alegam que “houve um problema com a autorização do pagamento” e por isso o serviço foi “interrompido”. Além disso, é solicitado que o cliente “entre em contato com a emissora do cartão de crédito” caso “os problemas persistirem”.

Na verdade, segundo Eduardo Lopes Freire, diretor da Nodes Tecnologia, a mensagem apenas usa um discurso habitual deste tipo de ataque. “Os criminosos apostam na desatenção do usuário e na possibilidade dele realmente enfrentar algum tipo de interrupção do serviço por qualquer motivo, técnico ou financeiro. Este método de ataque é conhecido como Engenharia Social, no qual os atacantes maliciosos abusam da ingenuidade ou confiança do usuário para obter informações que podem ser utilizadas para ter acesso não autorizado a computadores e informações. Neste caso os dados bancários e de cartões de crédito do cliente NETFLIX são o objetivo”, explica o especialista.

O especialista também orienta a nunca acreditar neste tipo de mensagem e que cliente acesse diretamente a sua conta para apurar o saldo de crédito do serviço. “Também é necessário manter todos os programas de computador sempre atualizados, assim como o software antivírus, que deve ser abrangente e com recursos avançados de proteção contra as ameaças novas ainda desconhecidas”, acrescenta Lopes Freire. “Nas empresas é importante promover o treinamento dos funcionários para que as equipes possam conhecer os tipos de ameaças usadas pelos criminosos e, assim, possam atuar de maneira pró ativa na proteção da rede corporativa”, destaca o especialista.

Tags, , ,

Quer usar o Netflix de graça? O mais provável é que você seja vítima de um golpe

view.aspx

A popularidade de serviço de streaming Netflix não está chamando a atenção apenas das pessoas que querem assistir os conteúdos exclusivos da plataforma de vídeos. Como há demanda por formas acessíveis e gratuita para acessar o serviço, os cibercriminosos brasileiros ganharam a oportunidade para gerar ganhos ilícitos. Além disso, criou-se um mercado paralelo que oferece credenciais roubadas com um custo mais baixo.

Os analistas brasileiros da Kaspersky Lab identificaram trojans sendo disseminados por meio de tutoriais e geradores de logins disponíveis na web, que prometem dar acesso ao Netflix gratuitamente. O tipo de malware que será baixado depende do criminoso por trás do golpe, mas os mais usados são keylogger para roubar dados financeiros da vítima e RATs, que permite com que o golpista controle a máquina infectada.

Outra técnica utilizada para a disseminação de malware é feita por meio de falsas promoções, que estão de olho nos dados do cartão de crédito do usuário para cloná-lo. O ataque começa com um e-mail informando um suposto novo recurso.

Já o mercado paralelo de credenciais roubadas é sustentado pelos diversos ataques de phishing.

Em uma das mensagens, os criminosos criaram uma promoção falsa entre o serviço de vídeos online e o canal Telecine, que oferece seis meses de acesso grátis aos conteúdos de ambos.

Ao clicar no link para ativar a oferta, o usuário é direcionado para uma página que solicitará as informações de acesso do usuário e o número do seu cartão de credito.

Tais golpes suportam o mercado paralelo brasileiro de credenciais do Netflix. Em um dos portais, o internauta pode acessar por três dias o serviço sem pagar nada, já uma assinatura mensal usando um login roubado custa apenas 10 reais. Uma conta completa, com acesso simultâneo em até quatro dispositivos e por tempo indeterminado, é comercializada por 20 reais (contra 30 reais no serviço legítimo).

“O roubo do login do Netflix pode inviabilizar o acesso do proprietário ao serviço, pois muitas contas não possuem o acesso simultâneo e pelo fato do criminoso ter acesso a suas informações de pagamento, como o cartão de crédito”, explica Fabio Assolini, analista sênior da Kaspersky no Brasil.

Como proteger sua conta

Infelizmente o Netflix ainda não oferece aos usuários brasileiros recursos de segurança avançados para impedir o roubo de uma conta, como a dupla autenticação. Para protege-la é necessário estar atento às dicas e boas práticas de segurança:

1) Crie uma senha única e forte: códigos repetidos é uma má prática de segurança, mas comum para a maioria dos usuários. Uma senha forte deve contar letras, números e símbolos. Mais importante, não use essa senha em nenhum outro lugar. Para facilitar a criação e gerenciamento de senhas fortes, a empresa oferece o Kaspersky Password Manager.

2) Fique de olho no cadeado: se for acessar sua conta por meio do navegador web, verifique se a página possui conexão SSL (cadeado de segurança que fica no canto esquerdo do navegador). Se ele não for exibido, feche a página, pois ela é falsa.

3) Cadastre seu número de telefone: essa medida pode ser usada para recuperar sua conta, caso ela seja roubada ou a senha seja esquecida. De fato, esse é atualmente o único recurso de segurança oferecido pelo Netflix aos clientes e é altamente recomendável ativá-lo.

4) Não acredite em promoções mirabolantes: é comum que cibercriminosos enviem promoções com pacotes gratuitos ou recursos que não existem no Netflix. A mensagem sempre trará um link para uma página falsa, que solicitará seu login e/ou número de cartão. Na dúvida é melhor não informar nada e excluir a mensagem.

5) Não seja espertinho, o barato pode sair caro: comprar logins roubados ou buscar geradores de logins para tentar usar o serviço gratuitamente pode custar suas informações pessoais e financeiras. A maioria desses programas são falsos e visam apenas infectar o computador do internauta.

Tags, , , , , , ,

Brasil terá 13 milhões de assinantes de tv via internet até 2017

O Brasil detém 50% do mercado de VOD (Vídeo On Demand) na América Latina, representado por um milhão de pessoas e, segundo estimativa, até 2017 totalizará 13 milhões de assinantes de serviço online de transmissão de vídeo. Esta projeção é um estudo realizado em outubro de 2012 e divulgado agora pela Dataxis, instituto de pesquisa especializado em audiência de internet e televisão.

Em 2011, o Brasil tinha 310 mil assinantes e, já no ano seguinte, quase quadruplicou o número, atingindo a marca de 1,1 milhão de internautas. Este ano, o aumento foi para 2,48 milhões e, até o final de 2014, serão 4,2 milhões. Em média, o crescimento do alcance de serviços VOD é de 50% ao ano no país, à frente de países como México, Argentina, Chile, Colômbia, Peru e Venezuela.
“O Brasil tem um grande potencial de crescimento dos serviços de vídeo on demand, ainda que tenha limitações na oferta de banda larga, uma barreira que devemos superar com novos investimentos e com a adesão do nosso público aos serviços via web, que oferecem acesso rápido e de alta qualidade, por exemplo, como em smartphone ou tablet”, explica Antonio Barreto, CEO da DLA

Entertainment no Brasil
Em volume de transações, em 2012 os brasileiros registraram pouco mais de 21 milhões de aquisições de serviços, como exibição de filmes, transmissão de shows e eventos esportivos. Para esse ano, o número mais do que irá duplicar, saltando para 48,7 milhões de transações segundo a Dataxis.

O Brasil conta com importantes players de serviços de vídeo on demand como ClaroVideo, Now (Net), Netflix e Netmovies. O serviço de VOD existe na Europa desde 1994 e ganhou força a partir de 2005, com o lançamento de várias plataformas disponíveis para o usuário comum. Com a expansão das vendas de notebooks, tablets e dispositivos móveis, como os smartphones, o serviço de pay per view pela internet atraiu atenção de grandes operadores. Nos EUA, dos 190 milhões de internautas, 80% assinam serviços de transmissão de conteúdo via internet.

Tags, , , , , , , , ,