Tag Monetizze

Monetizze apresenta novidades inéditas para o mercado

Completando quatro anos neste mês de abril, a Monetizze – principal plataforma de intermediação de pagamentos online do país, celebrou suas quatro décadas apresentando ao mercado grandes novidades. Entre as mudanças, ferramentas que prometem melhor resultados de vendas e aumento do ticket médio. As novidades foram lançadas durante o Hangar Monetizze, evento que aconteceu na última semana, reunindo cerca de 500 profissionais do mercado, no Memorial da América Latina, em SP.

Segundo o CEO, Márcio Motta, as mudanças visam inovar para atender os clientes em todas as interfaces que eles precisam mantendo a alta performance. ”Todas estas novidades levam a Monetizze a se consolidar como uma efetiva plataforma de pagamentos. A soma de todas estas mudanças se resume na melhora significativa da experiência de uso da plataforma de afiliados, na satisfação do cliente e no aumento do número de conversões”. Segundo ele, ser a melhor plataforma é a principal missão da empresa. ”Não medimos esforços para que cada afiliado ou produtor – o recém chegado ou o cliente de muito tempo; o que vende milhões e o que está começando agora – seja tratado como first class. Aqui todos tem suporte, atendimento, solução para seus desafios. Tudo para fazer nosso cliente vender mais”. Com 300 mil afiliados cadastrados, a plataforma transaciona R$100 milhões por mês em produto.

Márcio faz questão de lembrar que desde a criação da plataforma, a Monetizze tem a característica de ouvir as demandas de seus usuários e aperfeiçoar o plataforma. ”Há quase 6 anos atrás fui num evento do Mercado de Afiliados em São Paulo. Um segmento novo, bastante maduro em países como os Estados Unidos e Alemanha, mas muito iniciante aqui no Brasil. Na oportunidade, conheci o mercado e entendi como havia espaço para plataformas que trouxessem uma efetiva solução de pagamentos on line e, ao mesmo tempo, aliasse o atendimento atencioso e o relacionamento estratégico ao negócio. Aquela ideia virou minha meta de vida e, deste dia em diante, passei anos trabalhando todos os dias no desenvolvimento da Monetizze. Ouvia as pessoas que usavam as plataformas e entendia o que elas queriam a mais, o que consideravam positivo ou negativo. Até hoje fazemos o mesmo, queremos sempre inovar e criar o melhor para nosso usuário”, lembra. Segundo o CEO, a diferença é que hoje, com quatros anos de existência, a Monetizze possui uma grande equipe que tem como meta diária escutar os clientes como o Márcio fazia diretamente. São cerca de 200 colaboradores diretos que trabalham todos os dias em sua sede na região da Pampulha em Belo Horizonte com este objetivo.

O Hangar promoveu uma verdadeira imersão com a presença dos melhores especialistas do mercado do empreendedorismo digital no Brasil. Foram dois dias de palestras e debates sobre temas como finanças, comunicação, liderança, investimento, empreendedorismo, marketing, importação, gestão estratégica, entre outros. Durante o evento, a Monetizze entregou ainda placas comemorativas para empreendedores que fizeram retiradas de R$ 200 mil a R$ 30 milhões na plataforma durante o ano de 2018.

Principais mudanças

Entre as mudanças apresentadas, o novo dashboard da Monetizze possibilita uma melhor visualização dos resultados dos clientes na plataforma. Ele permite, por exemplo, medir e comparar as vendas em diferentes períodos. ”Para o produtor é importante entender como as vendas se comportam para que ele consiga traçar melhor as suas estratégias. Por isso, o Dashboard foi pensado para ser uma funcionalidade prática, de fácil entendimento e acompanhamento”, explica Márcio Motta, CEO da Monetizze.

Outra funcionalidade é o Order Bump seu objetivo é beneficiar os produtores, que conseguirão realizar mais vendas. De forma resumida, é uma ferramenta que possibilita ao comprador, ter a oportunidade de adquirir outro produto relacionado a compra que ele já está fazendo, diretamente no Checkout. Além disso, os dados do cartão são informados apenas uma vez. ”A plataforma sugere produtos complementares. Ou seja, é quando você aproveita para vender produtos ou serviços relacionados ao que o cliente já estava comprando, e desta forma aumentar ainda mais o seu ticket médio”.

A Convert Pages também foi incorporada a plataforma, trata de uma ferramenta que tem a capacidade de criar diversas páginas de venda por produto e são fundamentais para ajudar o cliente final a decidir pela compra. Elas ajudam a pré-aquecer a venda, aumentar a confiança, consolidar o tráfego e preparando para a página de vendas final.

Outra mudança é o boleto mobile que permite ao cliente pagar o boleto pelo celular, levando o automaticamente para dentro do seu banco, agregando usabilidade e designer. A nova ferramenta tem melhor funcionalidade ao pagamento de boletos, agora, a interface é mais funcional e objetiva. Por exemplo, ao realizar o pagamento, o cliente tem a opção de acessar diretamente o app do seu banco, facilitando a conversão da vendas. ”Desta forma, a plataforma fica mais intuitiva e interativa, facilitando a realização de tarefas. Estas mudanças otimizam a experiência dos usuários dos nossos clientes já que simplificam processos. Temos certeza que este novo modelo trará o aumento das conversões”, reforça Márcio.

Por último, durante o Hangar foi apresentando o Checkout e-commerce, ferramenta que permite que o usuário tenha vários produtos em um único chekout. ”Se antes, era necessário criar uma página de checkout para cada produto cadastrado na plataforma, caso o consumidor optasse por comprar produtos diferentes, agora é possível vender vários produtos através de um único checkout! O E-commerce da Monetizze funciona como se fosse um carrinho de compras: o consumidor escolhe os produtos e, ao final, paga tudo de uma vez só”, explica Márcio.

Tags,

Evento inspira mulher a criar seu próprio negócio

O Empreender Mulher, projeto social auto-sustentável que tem como finalidade acelerar o desenvolvimento e competências empreendedoras do público feminino, realiza no dia 29 de julho (sábado), de 9h às 16h, na Universidade São Judas Tadeu (Rua Taquari, 546 – Mooca, São Paulo/SP) o 2º Aniversário Empreender Mulher. O evento conta com o patrocínio master da Monetizze, melhor plataforma de intermediação de negócios digitais, físicos e serviços do Brasil.

A Relações Públicas Erika Pessôa é a convidada da Monetizze para palestrar no evento. Co-autora do livro “Jovens Empreendedores: Líderes de Um Brasil que Dá Certo” e com 22 anos de história profissional no mercado de comunicação e 12 como empreendedora, Erika vai falar sobre como fundou a Pessoa. Agência de Relações Públicas e a startup de mensuração em comunicação “Entre a Gente”.

Além da comemoração do projeto, a proposta do evento é ensinar mulheres que desejam empreender, estão cheias de ideia e não sabem por onde começar a darem um START ao seu próprio negócio. E também apresentar novas estratégias de negócios para mulheres que já são empreendedoras.

Outro destaque é a presença de Camilla Cabral que vai ensinar como ganhar dinheiro usando a internet, redes sociais e Youtube. Ela que largou a biomedicina vai contar sua experiência e as estratégias utilizadas para que o seu canal, “Vício Feminino” tenha hoje mais de dois milhões de visualizações por mês e seja o 10º mais visto do Brasil na categoria Beleza.

Hoje o projeto trabalha com quatro princípios fundamentais: Sustentabilidade, apoiando ideias que favoreçam o equilíbrio social e de gênero, desenvolvimento da comunidade, meio ambiente e saúde em geral. Autonomia, ao criar oportunidades reais para que mulheres se tornem protagonistas de suas próprias vidas. Conhecimento, ao abordar conteúdos relevantes para o negócio e Colaboração, afinal, essa união entre as mulheres é a chave para o sucesso de seus empreendimentos.

Monetizze

Lançada em abril de 2015 a plataforma realiza a intermediação de negócios digitais, físicos e também serviços com alta taxa de conversão. Mais do que uma plataforma de vendas, a Monetizze é um ambiente que promove relacionamentos, de forma que todos saem ganhando: o empreendedor, quem divulga e quem recebe um determinado produto. Muitas pessoas viram nesse serviço uma forma de se tornarem donas do próprio negócio. Hoje a plataforma conta com mais de 500 mil usuários cadastrados e mais de 6 mil produtos à venda.

Projeto de empreendedorismo feminino realiza evento e inspira mulheres a criarem seu próprio negócio

Data: 29 de julho (sábado)

Local: Universidade São Judas Tadeu (Rua Taquari, 546 – Mooca, São Paulo – SP)

Site: http://www.empreendermulher.com/evento2017/

Tags,

Monetizze: Nova plataforma promete revolucionar venda de produtos digitais

view.aspx

“Uma plataforma inovadora de gestão e venda de infoprodutos. Com recursos exclusivos, a Monetizze foi estrategicamente pensada para que afiliados e infoprodutores sejam beneficiados desde a publicação até a fase final da venda.A Monetizze foi desenvolvida especialmente para você, que visa maximizar seus resultados.”

Assim é definida a ferramenta que está em fase Beta, porém já realizando negócios, e deve ser lançada na segunda quinzena de junho 2015. Trata-se de uma plataforma para exposição e venda de qualquer tipo de produto digital como cursos, áreas de membros, livros digitais protegidos por DRM Social (sistema que evita pirataria) e até mesmo ingressos digitais para qualquer tipo de evento e com controle completo para o organizador, que também poderá aceitar afiliados.

Criada por três empreendedores que já atuam nas áreas de tecnologia, internet e vendas afiliadas, a princípio o sistema admitiu trinta infoprodutores que estão auxiliando no desenvolvimento com sugestões e apontando melhorias.

Segundo um dos criadores, Roberto Costa, especialista em Marketing Digital, a ferramenta pretende ser bastante democrática para revolucionar o mercado de infoprodutos, possibilitando maior interação e fazendo a gestão de negócios entre infoprodutores, afiliados e consumidores desde a publicação do produto até a distribuição financeira e de uma forma mais simples possível, inclusive para pessoas que não possuem muitos conhecimentos técnicos.

Juliano Torriani Lehugeur, responsável pelo marketing, afirma que a Monetizze não fará questão de exclusividade nos produtos, portanto produtores e afiliados poderão utilizar outras opções no mercado. “Não queremos acabar com concorrentes, queremos uma plataforma melhor que as existentes no mercado, há espaço para todos. Queremos, sim, que os usuários fiquem conosco pela qualidade e praticidade do serviço”, afirma.

Segundo Márcio Junior, coordenador da equipe técnica, o quesito financeiro já apresentará a novidade de trabalhar com os sistemas de pagamento via PagSeguro, além do PayPal e futuramente Moip, já usados em outros serviços. Outra novidade é que as transferências de valores entre contas do PagSeguro, para pagamento dos afiliados e produtores, estará isenta de taxas, conforme acordo entre as empresas.

Entre as exclusividades oferecidas, estão encurtadores próprios de URL com tags (etiquetas) de monitoramento e relatórios e URLs diferenciadas para identificar de qual canal de divulgação partiu a venda, possibilitando aprimorar a experiência e maximizar o investimento em publicidade. Ainda, haverá a possibilidade de gerar no próprio sistema páginas de captura, agradecimento e entrega de produtos ou brindes, testes A/B, funis de vendas, upsell, integração com sistemas de e-mail marketing (autoresponders), integração com WordPress e até mesmo hospedagem de sites.

O editor da INCorporativa Empreendedor, Rogerio Lubk, foi um dos infoprodutores aprovados na fase inicial e rapidamente tornou-se um entusiasta. Ele já mantém seu livro “Tantra&Sexualidade” em uma plataforma semelhante e manterá ambas ativas. O diferencial que mais chamou a atenção até agora, segundo Rogerio, foi o fato de poder escolher como o afiliado será comissionado pela venda, se pelo primeiro clique, pelo último, ou mesmo por ambos, podendo ainda escalonar o ganho entre eles. “Isso corrige uma distorção importante, pois o afiliado faz sua divulgação, leva o provável cliente ao produtor e muitas vezes o consumidor muda de máquina onde o cookie original ficou gravado e o afiliado não recebe sua merecida comissão.”, aponta. Ainda, “o consumidor atingido pela publicidade na primeira vez pode não comprar naquele momento, decidindo-se após um segundo contato. Se ele for feito por outro afiliado, foi praticamente uma venda conjunta e nada mais justo que ambos participem”.

Entre as inovações, o novo modelo de atribuição de comissões não dependerá 100% do cookie gravado no comprador para identificar a origem da venda e destinar a comissão, mas isso ainda é tido como “segredo” pelos desenvolvedores até o lançamento da plataforma completa. O que já está planejado é a possibilidade de recuperação do carrinho de compras, sistema muito usado hoje em lojas virtuais, e também o recebimento de comissões também pelas compras futuras.

COMO FUNCIONA

Infoprodutores e afiliados podem já fazer seu cadastro em https://app.monetizze.com.br/r/AP/356 e inserir seu produto digital, ou ainda afiliar-se aos produtos existentes.

Cada afiliado terá um link exclusivo de divulgação daquele produto e será comissionado por toda venda identificada à partir daquele link e conforme a porcentagem definida pelo produtor.

Para Rogerio Lubk, quem entra antes acaba levando vantagem porque estará participando praticamente do começo em uma iniciativa que promete revolucionar o mercado de produtos digitais.

Tags, , , , , , ,