Tag marketplce

Mercado Livre registra o melhor trimestre de sua história, com 73% de crescimento em receita líquida

O Mercado Livre (Nasdaq: MELI), maior empresa de tecnologia para e-commerce da América Latina, acaba de divulgar seus resultados financeiros do segundo trimestre de 2016, finalizado em 30 de junho.

Principais destaques do período:

– Foram vendidos 43,7 milhões de itens, um crescimento de 45% em relação ao mesmo período do ano passado – o maior crescimento desde 2009. O Brasil e a Argentina foram os principais protagonistas registrando, respectivamente, 57% e 46% de crescimento no número de itens vendidos.

– O valor total transacionado na plataforma (GMV – Gross Merchandise Volume) foi de US$ 2 bilhões, o que representa um crescimento de 68% em moeda constante e de 21% em dólar.

– Foram realizadas 31,9 milhões de transações de pagamentos via Mercado Pago – crescimento de 76% ano sobre ano. O volume total de pagamentos foi de US$ 1,81 bilhões, um aumento de 101% em moeda constante e de 51% em dólares.

Segundo Stelleo Tolda, Vice-Presidente Executivo – COO da empresa, “o segundo trimestre de 2016 foi o mais forte da nossa história. Além de termos mantido elevadas as taxas de crescimento da nossa principal operação, que é o Marketplace, e termos executado bem as métricas financeiras, nossa estratégia de oferecer serviços agregados está cada vez mais consolidada nos principais mercados onde atuamos”.

Destaques financeiros do segundo trimestre

– A receita líquida do segundo trimestre foi de US$ 199,6 milhões, um crescimento de 29,4% em dólares e de 73% em moeda constante. Excluindo a Venezuela, a receita líquida cresceu 29% em dólares e 68% em moeda constante.

– No Brasil, o crescimento da receita foi de 41% em dólares e de 61% em reais, acima da média de 50% dos 4 trimestres anteriores.

– A receita do Marketplace na América Latina cresceu 67% em moeda constante e 22% em dólares, enquanto a receita das outras unidades de negócio cresceu 82% em moeda constante e 41% em dólares, impulsionado principalmente pelo crescimento de Mercado Pago, Mercado Envios e Publicidade.

– A receita proveniente dos serviços de pagamento de Mercado Pago em lojas online fora da plataforma Mercado Livre cresceu 102% no período em moeda constante, mais um crescimento de três dígitos em cinco trimestres consecutivos. Essa performance positiva é impulsionada principalmente pelo modelo de plataforma aberta adotado pelo Mercado Pago, os esforços comerciais da área e as melhorias nas funcionalidades oferecidas pela ferramenta de pagamentos, elevando sempre mais a qualidade da experiência do usuário.

– No período, 20,3 milhões de itens foram enviados por meio do Mercado Envios, unidade de negócios que oferece serviços de logística aos vendedores da plataforma, o que representa um crescimento de 104% comparando com o mesmo período do ano passado. Neste segundo trimestre, Mercado Envios foi responsável pelo envio de 70% dos itens vendidos no Brasil, 32% no México e cerca de 25% na Colômbia, onde o serviço passou a ser oferecido há apenas um ano.

– As receitas com Publicidade cresceram 124% em moeda constante, provenientes principalmente da consolidação do formato publicitário Product Ads; 50% da receita total dessa unidade de negócio está atribuída a Product Ads em dispositivos móveis.

– Em 1 de junho de 2016, o Mercado Livre finalizou a compra da Axado Informação e Tecnologia S.A, uma empresa brasileira de desenvolvimento de software para logística no e-commerce.

Tags, , , ,