Tag maratona de programação

Curitiba recebe 300 estudantes para maior hackathon do Brasil

imagem_release_791198

A capital paranaense vai receber 300 estudantes de todo o Brasil para o Hackathon SENDI 2016 – uma maratona de programação voltada ao setor de energia. Realizado pela ABRADEE (Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica) e coordenado pela Copel, com o apoio da Universidade Positivo (UP) e Centro Internacional de Inovação do Sistema Federação das Indústrias do Estado do Paraná, o evento acontece de 4 a 6 de novembro, no Expotrade.

Os participantes serão divididos em equipes, limitadas por área de atuação e divididas igualmente em quatro desafios. As equipes são formadas por 5 integrantes, sendo obrigatório um desenvolvedor, um designer e um estudante de negócios. “Alunos de outras áreas também são bem-vindos. Temos inscritos de quase todos os cursos e, quanto mais heterogênea a equipe, mais chance de saírem boas ideias”, afirma Fabiano Nezello, coordenador do evento. Com a mentoria de mais de 60 especialistas, as equipes terão 30 horas para apresentarem uma solução para um dos quatro desafios: “relacionamento inteligente com o consumidor”; “energia inteligente”; “operação e automação inteligente de redes de distribuição” e “soluções para cidades e instalações inteligentes”.

Os projetos concluídos serão selecionados por uma comissão julgadora, levando-se em conta a criatividade, originalidade, utilidade prática e possibilidade de implementação. Os dois melhores projetos de cada desafio serão premiados e passam para a segunda fase, que escolherá, entre as oito melhores, a equipe campeã, que vai ganhar, entre outros prêmios, uma viagem para a Itália, com visitas técnicas a empresas inovadoras. Cada integrante da equipe que conquistar o segundo lugar vai ganhar, entre outros prêmios, um smartphone Quantum. Todos os participantes que apresentarem seus projetos serão contemplados com uma inscrição para o SENDI 2016 – XXII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica –, que acontece de 7 a 10 de novembro, e um ingresso para jantar e show do Titãs, no dia 09 de novembro, em Curitiba.

O Hackathon SENDI 2016 marca o início das atividades do maior evento de distribuição de energia elétrica da América Latina – o SENDI 2016, que reúne representantes das maiores distribuidoras de energia públicas e privadas, do Brasil e exterior, para a apresentação de novas tecnologias, relacionamento de negócios, debate sobre novas tendências e integração entre os profissionais. Mais informações e inscrições pelo site www.sendi.org.br.

Programação

As atividades iniciam na sexta-feira, 04, às 20h. Reunidos no Expotrade, os participantes vão conhecer as ferramentas de trabalho (PhP; C; C++; C#; Java; Blue Mix, InoveMais; GitHub; HackDash e impressão 3D). A competição em si começa no sábado de manhã, com a formação das equipes. A primeira avaliação (check point) do projeto acontece às 15h e a apresentação (pitch), às 18h. Todas as refeições e atividades são gratuitas. A noite de sábado será embalada por pizza, energético e música, com a banda The Gorgonzolas e DJ madrugada adentro.

No domingo, às 10h, as equipes já apresentam o protótipo do projeto desenvolvido e, às 14h, acontece a primeira eliminatória, com 4 bancas simultâneas, que vão selecionar os oito projetos finalistas. As equipes selecionadas terão oportunidade de realizar melhoras nos trabalhos até às 17h, que é quando ocorre a banca final. O anúncio do vencedor é às 18h, seguido pelo encerramento do evento, com show de stand up comedy de Diogo Portugal.

Hackathon SENDI 2016

Data: 4 a 6 de novembro de 2016

Local: Expotrade – Curitiba – PR

SENDI 2016 – XXII Seminário Nacional de Distribuição de Energia Elétrica

Data: 7 a 10 de novembro de 2016

Local: Expotrade – Curitiba – PR

Tags, , , , , , , ,

TCS convida universitários a participarem de competição mundial de programação

A Tata Consultancy Services (TCS), empresa líder em serviços de TI, consultoria e soluções de negócios, anuncia que estão abertas as inscrições para o CodeVita 2016, competição que promove a excelência e a constante aprendizagem entre jovens, principalmente estudantes de engenharia e ciências do mundo todo. As melhores equipes poderão participar da final mundial que será realizada na Índia no início de 2017 e a premiação aos três primeiros colocados soma US$20 mil dólares.

Os estudantes que quiserem participar devem fazer a inscrição diretamente no site www.tcscodevita.com. São aptos para participar os jovens dos cursos de Engenharia e Ciências que estão matriculados em universidades.

A competição possibilita que os participantes ganhem experiência em programação e aprimorem suas habilidades na vida prática em torno da computação. Com essa iniciativa, a TCS tenta apresentar a programação como um esporte.

“O desenvolvimento de talentos e a cooperação com instituições de ensino são alguns dos pilares centrais da TCS, por meio dos quais oferecemos oportunidades únicas para o crescimento profissional de estudantes da área de TI”, afirma Tushar Parikh, Country Head da Tata Consultancy Services (TCS) Brasil.

É indispensável que os alunos tenham conhecimento em inglês para participar da competição. As inscrições são gratuitas e vale ressaltar que são válidas para equipes compostas por no mínimo 2 integrantes. Porém, cada membro do time precisa se registrar individualmente.

A competição será realizada da seguinte forma:

=> Etapa 1: A primeira rodada consiste em uma série de problemas de programação (codificação) que devem ser resolvidos em tempo real. As equipes com as melhores soluções se qualificarão para a grande final com base na classificação geral.

=> Grande Final: A etapa final será realizada na sede da Tata Consultancy Services Limited (TCSL), na Índia.

Por que participar?

Os estudantes poderão:

· Demonstrar e colocar em prática suas habilidades como programadores
· Enfrentar problemas da vida real e resolvê-los em uma competição com os melhores programadores do mundo
· Ganhar reconhecimento mundial
· Ser candidato a ter uma carreira profissional com a marca de TI mais poderosa do mundo

Quais são os prêmios?

· Primeiro lugar: USD $10.000
· Segundo lugar: USD $7.000
· Terceiro lugar: USD $3.000
· Oportunidade de emprego global como estagiários
· Classificação global entre os melhores programadores

As inscrições se encerrarão em 6 de novembro de 2016, às 16h30 (BRT).

Tags, , , , , ,

Agência Nacional de Saúde Suplementar promove Hackathon

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) vai promover uma maratona de programação – evento conhecido como Hackathon – a fim de desenvolver aplicativos para celulares e tablets para o setor de planos de saúde. A ideia é usar a tecnologia digital para criar soluções úteis e inovadoras, aumentando a transparência na divulgação das informações públicas do setor.

Poderão participar da maratona especialistas em informática, programadores, desenvolvedores e inventores em geral. Eles deverão criar aplicativos relacionados a temas previamente definidos pela ANS. Os quatro primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro no valor de R$ 5 mil a R$ 15 mil. Os direitos de propriedade intelectual dos aplicativos vencedores serão cedidos exclusivamente à ANS.

“O Hackathon é uma iniciativa que tem sido bastante utilizada no mundo dos negócios para promover a cultura da inovação. Inspirados nessa ideia, vamos realizar o 1º Hackathon ANS como uma forma criativa de utilizar as redes de informação e os dispositivos móveis para contribuir para a inovação em saúde. O objetivo é aumentar a transparência da informação na saúde suplementar e desenvolver aplicativos que sejam úteis aos beneficiários de planos de saúde e ao setor como um todo”, explica a diretora de Desenvolvimento Setorial da ANS, Martha Oliveira. “Além disso, o evento é uma forma e mobilizar a sociedade em busca de uma melhor compreensão e solução dos problemas relacionados aos planos de saúde”, completa a diretora.

Editais – Para realizar o evento, a ANS publicará dois editais de chamamento, um direcionado às organizações que desejem colaborar com a iniciativa, mediante a assinatura de um acordo de cooperação, e outro destinado aos profissionais que irão participar da maratona. Veja mais detalhes:

Organizações colaboradoras: O edital para habilitação de organizações da sociedade civil que quiserem colaborar para a organização e a realização do evento está disponível a partir desta terça-feira (27/09). Podem participar do processo seletivo as instituições que possuam todas as características definidas na Lei n° 13.019/14. Essas organizações terão até o dia 10/10 para enviar à ANS os documentos solicitados.

Confira aqui o edital

Profissionais participantes da maratona: O edital para inscrição dos profissionais interessados em participar da maratona será divulgado no dia 31/10. O documento também detalhará a data de realização do Hackathon e o regulamento geral do evento.

Sobre o Hackathon – O termo Hackathon é resultado da combinação das palavras “hack” (programar de forma excepcional) e “marathon” (maratona). Esse tipo de evento reúne programadores, designers e outros profissionais ligados ao desenvolvimento de software para uma maratona de programação, cujo objetivo é desenvolver um software que atenda a um fim específico ou projetos livres que sejam inovadores e utilizáveis.

Nesses eventos, os participantes têm a oportunidade de concorrer a prêmios, conhecer outros profissionais da área, fazer networking, participar de um projeto colaborativo em um ambiente específico de programação.

Fonte: http://www.ans.gov.br/aans/noticias-ans/participacao-da-sociedade/3518-1-hackathon-ans#sthash.NeOEnLwN.dpuf

Tags, , , , , , ,